PplWare Mobile

WD cria o primeiro disco rígido de classe empresarial


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. eduardo says:

    O título é algo confuso pois discos rígidos de classe empresarial já existem há muitos anos

  2. DoContra says:

    E bom, também, para gammers “a sério” 😉

  3. Marco Fontes says:

    Bom artigo. Sempre gostei dos WD.
    E por falar em NAS! Dava-me jeito um cá em casa/escritório! Não querem lançar um passatempo com um??? 😀

  4. Rodrigo says:

    Além de que não percebi, os discos tiveram 20 milhoes de horas em testes?

    Quem é que fez os testes? Uma entidade divina ou um homo erectus?

    • Gerardo says:

      lol. Isto foi inventado logo a seguir à roda e ao fogo, mas só foi anunciado agora devido ao tempo dos testes. 😀

      Agora um pouco mais a sério, essas horas serão o somatório dos testes de vários discos. Para fazeres um teste sério não podes testar apenas uma unidade. Tens de testar várias para poderes tirar ilações.

    • eduardo says:

      vários discos, funcionamento contínuo, alguns meses, análise estatística de qualidade…
      tudo bastante terreno

    • SexOnaSal says:

      20 milhões de horas é prai 2283 anos

      Por isso acho perfeitamente aceitável 😛

      • Emiliano says:

        Se tiveres 2283 discos, apenas demora 1 ano, e se tiveres 4566 discos, apenas demora 6 meses. Apesar de um teste deste tipo, não ser o mesmo que ter um disco a trabalhar milhoes de horas… tudo é estimativa.

        • eduardo says:

          nenhum disco aguentaria esse tempo sequer!
          E considerando que os discos em condições normais não estão em “spin” contínuo ou a ler ou escrever a cada instante, é fácil imaginar testes de stress equivalentes a alguns anos de uso

    • Curioso says:

      o pplware devia ter um sistema de gostos, como no facebook, no caso de aparecerem comentários destes. a sério!

      está hilariante!

  5. Felippe says:

    nossa armazenamento infinito

  6. Raclima23 says:

    nice pode provavelmente servir para o meu propósito aqui em Angola 🙂

  7. Lucas says:

    Pensei que os Western Digital Black Caviar já fossem Discos Rígidos de classe empresarial… Essa nova nomeclatura da WD não me agradou muito…

    Uso Western Digital em meus servidores já faz alguns anos e são sem dúvida a melhor opção que encontrei no mercado…

  8. arrebenta says:

    WD? classe empresarial? sata? lol
    devem estar a brincar de certeza.

  9. Robert Soares says:

    um disco de 4tb vinha mesmo a calhar! xD

  10. Ace says:

    Gosto do sistema de classificação dos discos da WD… Mas já não havia uma linha de discos destinados a uso 24/7?!

    WD Green – Baixo consumo, baixa velocidade mas baratos.
    WD Blue – Médio consumo, velocidade média e preço razoavel.
    WD Black – Consumo médio, velocidade alta, para gamers e mais caro.
    WD RED – Para uso em NAS e para sistemas RAID para uso 24/7.

  11. dajosova says:

    Uso WD black 2TB na empresa tanto para backups como CCTV e recomendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.