Quantcast
PplWare Mobile

T-shirt anti-consumista?!?!

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. puling says:

    eu pensava que tava a ler a dobrar mas não, a noticia está mesmo duplicada 🙂

    axo que vou comprar uma coisa dessas

  2. Ferreira says:

    Isto deve ser bom é para os funcionários que trabalham nessas lojas. :mrgreen:

  3. Pedro says:

    ehehehhh…. nao sabia que a omni tinha sede aki em viana do castelo….

  4. Já encomendei uma, vai ser fixe para brincar…

  5. BigLord says:

    Se ao menos fosse um pouco mais apelativa visualmente……….. :/

    Até ofereceria a um amigo meu como prenda de amigo da onça xD

  6. Não passa de uma forma de marketing… Primeiro vai tudo deixar o dinheiro na Omni e depois e que vamos ter cuidado com o consumismo.. 😛

  7. Ricardo says:

    @ Pedro

    A OMNI nasceu aqui em Viana!!!

    Por onde tens andado??? 🙂

  8. @Pedro
    A Omni é do filho do Freitas da ourivesaria Freitas depois foi feito franchising para expandir pelo país e funcionou.
    Também a quem não saiba e se queira rir: depois do Sr Freitas ter dito em directo no canal 1 que o comandante da policia de viana andava a mentir ao dizer o que disse sobre o assalto à sua ourivesaria ele foi processado, saiu hoje no publico que o sr “intendente” comandante da policia de viana do castelo levou nas orelhas do juiz e deu razão ao Sr Freitas.
    Saiu no Publico.

  9. Nixon says:

    Só pelo simples facto de comprar esta t-shirt é um acto consumista. Para isso vão às loja e peçam uma pecinha dakelas e andem com ela no bolso das calças.

    Em tempo de crise, alguém precisa de uma coisa destas? É ridiculo. Se uma pessoa não se aguenta em comprar coisas inúteis é fraca da cabeça e não vai longe nesta vida. Portugal é um dos países mais individados da Europa, com mais de 50% das familias com dívidas. Cá vive-se para mostrar, é nos carros e nos telemóveis, no hitech, merdas que de 3 em 3 anos são completamente ultrapassadas, e o mais engraçado é que são os mais pobres que mais compram estas merdas. Tenho vários colegas meus bem endinheirados, e tudo bem que tem os seus Audi’s BMW’s e Mercedes, mas os telemoveis são Nokias da maria-cachuchas tipo 6210, etc sem camara e sem cores, vão ao Lidl, Continente e compram alimentos marca branca. Claro que na roupa têm cenas de grande marca, mas nao os vejo a alterar o armario muitas vezes. As pessoas com posses e boa carteira são as que mais acabam por poupar.

    Os pobres de espirito, são os que são absorvidos pelas campanhas publicitarias, mamam os morangos com açucar, passam a vida a passear pelos “shopping’s”, almoçam ou jantam no Mac, Burger, etc e compram as mesmas sapatilhas e toda a roupa de caca feita no Bangladesh importada para Portugal por uma marca qq espanhola, que passam nos morangos e são felizes nessa vida embrionária.

    Pode ser que esta crise abra os olhos a muita boa gente.

    Digo mais, não comprar esta t-shirt, são 20 euros que se poupa.

    Esta t-shirt é um grande acto de marketing, pois a omni anda nas ruas da armagura, bem precisa da publicidade.

  10. Vítor M. says:

    Tenho de pedir algumas para oferecer aos visitantes do Pplware 😉

  11. whYnot says:

    Mega Hiper Super, vou comprar 7. Uma pra cada dia da semana

  12. Nantunes says:

    @Nixon

    Vamos lá com calma…

    Esta t-shirt é realmente uma grande manobra de marketing e prima pela originalidade. Nao deixa de ser uma ideia engraçada que penso que nao foi feita a pensar na utilidade que possa ter.

    Mas o sr parece ter uma cruzada contra a Omni… ou entao a crise afecta-lhe muito a cabeça… 😉

    Bem Haja

  13. Frigo says:

    O Nixon não deixa de ter alguma razão. Basta olhar para o belmiro, quem o conheceu dizia que ele era um “agarrado”…olhem onde acabou. Portugal vive de aparências e não de possibilidades

  14. Nantunes says:

    Nao digo que nao tenha razao, mas penso que é algo desproporcionado para este artigo.
    Eu nasci e cresci em Braga e asseguro que, infelizmente, é das cidades em Portugal onde mais se vive de aparências…

  15. Nixon says:

    É sim senhora. O meu comentário é desproporcionado para este artigo. Abusei, mas abusei para chamar a atenção a este tipo de situações. Há certas coisas que não devem sair do papel…

    E não tenho nenhuma cruzada contra a Omni, apenas tenho pena dela, porque quem é de viana sabe bem o que se passou.

    Controlar o mercado em posição priveligiada acaba por dar sempre borrada mais tarde. Praticar preços altos por causa da sua posição é muito bontio, o problema é quando aparecem outras concorrentes a praticar preços inferiores nos mesmos produtos. Aí já não se canta de galo. E tem de se mudar de localização e fechar uma data de lojas…

    Para ter um negócio, não basta ter dinheiro, basta ter cabeça. O único sítio onde dinheiro vem antes do trabalho é no dicionário.

    Mas concordo, o meu comentário foi abusivo, mas deu-me algum prazer escreve-lo, como aqui alguns que eu escrevo. Ehehehe…

  16. Carolina says:

    Ora bem, deixa cá ponderar uma coisa:
    A t-shirt apita na entrada.
    Obviamente, apitará na saída.
    Portanto, quem estiver a usar a t-shirt pode meter qualquer artigo ao bolso e sair sem pagar, porque à saída, apitando, “ah e tal é da t-shirt muito obrigado bom dia”.
    Se eu fosse comerciante, provavelmente impediria a entrada de quem a tivesse vestida (caso não concorde em despi-la!)… sendo assim, o sistema anti-consumista é capaz de funcionar, sim senhor.

  17. Raul says:

    Ó Carolina!! n sabes ler?!!!!!
    Só apita na entrada dahhhhhhhh

  18. @Raul
    obviamente se detectar a presença apita ao entrar e sair a nao ser que a pessoa nao entre. a direcçao nao importa, aquilo apita de qualquer forma nao importa pra que lado se vai. se ha um detector apita

  19. UKN says:

    Ora aí está um paradoxo.

    Um produto de consumo … anti-consumo …

  20. miguel says:

    Uma Tshirt que merece o meu destaque da Semana …!

    Um Abraço da M&M & Cª!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.