PplWare Mobile

Note10: Samsung passou a usar funcionalidade que durante anos usou para gozar com a Apple


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. João Miguel says:

    Isto não é novidade nenhuma, já aconteceu com imensas empresas. Casos onde as palavras se viram contra o feiticeiro são vastos. Ainda ha não muito tempo a Google gozava com a Apple pelo o ios não ter adobe flash, onde está agora o flash no android? Exemplos como este são ás dezenas…

  2. Miguel says:

    Eu para a Samsung não volto, acho que perderam muita qualidade ao longo do tempo no entanto gosto da estética do note 10!

  3. Jnmartins says:

    “funcionalidade” …

    • Vítor M. says:

      F.u.n·ci·o·na·li·da·de
      (funcional + -idade)
      substantivo feminino
      1. Qualidade do que é funcional.
      2. Uso especial para que algo é concebido. = FUNÇÃO, UTILIDADE

      “Funcionalidade”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.

      • Jnmartins says:

        Exacto, mas qual é a “funcionalidade” mesmo? A meu ver funcionalidade era o jack…

        • Vítor M. says:

          Não, a funcionalidade é na mesma porta ter dados, som e energia. 😉 excluindo, com isso, a porta de áudio.

          • rui says:

            E se eu quiser ouvir música e carregar o telemóvel ao mesmo tempo, tenho de comprar um adaptador ou uns auscultadores sem fios que obrigam a carregamentos periódicos.

          • Vítor M. says:

            Eu nem preciso dessa porta para nada. Repara, ouço música via airplay ou via Bluetooth, carrego via wireless e ligo o iPhone ao computador por Wi-Fi. Agora pensa.

        • rui says:

          O que eu penso é que se a ti não faz falta o jack, tudo bem.
          A mim faz; os meus auscultadores com fios funcionam bem, não precisam de ser carregados (o que os torna mais amigos do ambiente :D) e nunca ficam sem bateria.
          E posso andar na rua a ouvir música e a carregar o telemóvel através de powerbank sem precisar de gastar dinheiro num adaptador, além de o ter de transportar.
          Cada um tem as suas preferências e o que dá jeito a um pode não dar a outro.
          Provavelmente, daqui a uns anos o jack desaparece de vez, mas enquanto isso eu vou comprando telemóveis que têm o jack pois, para mim, são mais funcionais.

          • Vítor M. says:

            Claro, sabes bem que uma medida nunca serviu a todos. Mas sempre foi assim. Mas a evolução deixa sempre alternativas, mais não seja, os adaptadores. Certo, dirás tu que não é a solução ideal , tens razão, mas nunca há uma ideal.

          • rodrigo says:

            tenho o auscultadores sem fios(AirPods) ha +/- um ano e nunca fiquei sem carga uma única vez! E atenção que utilizo todos os dias

            So sabes o jeito que uns auscultadores sem fios te dao quando tiveres uns.

          • R says:

            Acho engraçado quando se defende que isto é uma nova funcionalidade, quando precisamente o contrário!
            É uma perda de funcionalidade e versatilidade!

            Não é por ter perdido o jack apenas este ano que só agora a Samsung passou a suportar dados, som e energia no USB-c. Isso já acontecia antes de desaparecer o jack e há muitos anos!

            Depois há outra diferença entre a Apple e Samsung. A Samsung só retira o jack numa altura em que o mercado já está preparado para ter muita oferta e variedade de phones bluetooth e a vários preços (ok, foi a Apple que “forçou” isso), enquanto que a Apple tirou o jack para vender phones de 160€.

            Daqui a uns anos todos os PCs vão trazer apenas USB type-c (o que será normal, porque está-se a tornar o standard). Também vão dizer que vão copiar a Apple? lol

          • Rodrigo Da Silva says:

            @R

            Sim pode-se dizer que copiaram a Apple ja que foram os primeiros a lancar um portatil (Macbook de 2015!) so com entrada USB-C.

            Nao te esquecas que USB-C esta-se a tornar standard porque a grande Apple assim o quis. Tal como o micro-sim card ‘e standard por causa da Apple e os seus iphones.

  4. André says:

    Priceless…

  5. Strato says:

    Dure o tempo que durar, gozam, dizem isto e aquilo, falam mal…criticam…mas no fim batem todos a mesma porta…Follow The Leader…

    • José Carlos da Silva says:

      Bom líder esse que vai tirar o notch e voltar a usar Touch ID com sensor integrado no ecrã, e igualar equipamentos de 2018… Em 2021!

    • Artemus says:

      Mas o “The leader” vai ter que seguir outro leader quando finalmente decidir tirar o notch.

      • Vítor M. says:

        Como vai conseguir tirar o notch sem evoluir o sistema de segurança?

        • José Carlos da Silva says:

          Vão optar por uma solução semelhante ao que outras marcas já fizeram. Sejam estes sensores e câmaras debaixo do ecrã – para leitura de impressão digital ou mesmo IR para manter o Face ID -, sejam câmaras retrácteis. Em todo o caso, já existem soluções.

          • Vítor M. says:

            Estás a falar do dispositivo pop up que sai por trás. Não é viável, nem pensar. Repara, a Apple ao longo dos anos removeu tudo o que são dispositivos mecânicos dos seus equipamentos. Com isso, a empresa pretende menos peças dentro da máquina, menos problemas mecânicos e menos áreas de inundação. Como exemplo a empresa retirou a porta de áudio, retirou o botão mecânico do Home, retirou o mecanismo de impressão digital e está a caminho de retirar a porta do slot SIM. Além disso, com a evolução das tecnologias de multi-touch no iOS, a empresa não tarda e remove os botões de volume e mute. Já se usa menos o botão power com o toque de acordar no ecrã e o levantar para acordar, por isso, mais ano menos ano, o botão power terá os dias contados. Nunca a Apple cairá no erro de colocar um mecanismo tão fácil de avariar como esse. Aliás, vai desaparecer em breve.

            Portanto, não há alternativas a tirar daqui (usando um ecrã “infinito”) para remover o conjunto Face ID. Repara, aquele espaço não é usado, como noutros, para ter uma marca grafica registada. A Apple naquilo que se chama de notch tem (em grosso modo):

            1 projetor de pontos (que dispara mais de 30 mil)
            1 câmara frontal convencional
            1 microfone
            1 auscultador
            1 sensor de luminosidade
            1 sensor de profundidade
            1 câmara de infravermelhos

            Portanto, meter isto noutro sítio é, para já, irreal.

          • Sergio J says:

            Victor, concordo que provavelmente mais dia menos dia vão retirar os botões de volume, mas o de power tenho algumas dúvidas. É sempre mais seguro ter um botão fisico para salvaguardas.
            Um botão que pode vir a desaperacer (mas que dá muito jeito) é o de mute.
            Relativamente ao notch concordo em parte contiho, mas um das coisas que ocupa mais espaço é o asculatador e esse pode desaparecer (genero s10) reduzindo em cerca de 33% o tamanho do notch. Além disso podem transferir alguns dos sensores para por exemplo os cantos, ou mesmo para as bordas de cima.

            Mas, claro que tem um notch maior porque também tem muito mais funcionalidades.

          • Vítor M. says:

            Atualmente tens toda a razão, mas os hábitos, as tecnologias e os conceitos mudam muito. A Apple, pela voz de Steve Jobs, dizia que ecrãs maiores que 3,5 polegadas não fazia sentido. E afinal, faz e muito. Portanto, os remover componentes, além de ficar mais barato o dispositivo, tem menos peças para se dar uma avaria.

            Quanto ao auscultador, bom, até poderia ir para cima e deixar aquela margem maior, como o S10, mas não é por aí, o que não consegues mover para cima dão os sensores e as câmaras. Repara no S10, além de colocar em cima e não ser um ecrã “infinito” ainda ganhou dois furos laterais. Não é fácil, as marcas não podem ir contras a lei da física.

            Mas, vamos ver.

            Cump.

  6. Pedro says:

    Enfim andam andam mas la vergam a mola

  7. Gonçalo Matias says:

    Não é só a Samsung que goza com a Apple. Depois apercebem se que o que a Apple tinha feito foi uma boa ideia, acabam todos por copiar a Apple, já essa traseira do note parece a Câmara do iPhone x, mais n digo…

  8. Tim says:

    First they laugh.
    Then they copy.

    Ir à frente é assim. Quem vem atrás ainda não consegue atingir para onde caminhamos. São mais lentos!

  9. Nuno says:

    Headphone Jack, notch, etc…
    A seguir é o quadrado à volta das câmeras dos iphone XI que todos nos sabemos que os androids vão copiar. Tem sido sempre assim desde o inicio.

  10. LFC says:

    @Vitor M.
    O ideal seria indicar as caracteristicas do smartphone em questão e lá pelo meio falar sobre a porta de áudio jack 3,5 mm.
    São estes artigos assim que fazem os leitores pensarem que o autor não é imparcial com as marcas, ou tem uma preferência.

    É uma critica contrutiva, continuem com o bom trabalho e o esforço em melhorar.
    Cumps.

    • Vítor M. says:

      Não vale fugires à questão. Fica mal. A questão está na porta de áudio. O resto como refiro são grandes máquinas. Agora, fazer um circo sobre uma política de uma empresa e depois copiar.. coiso.

  11. Marco B says:

    Telemovel em agua salgada, humm

  12. sakura says:

    ???? o que? o que a apple fez foi retirar o Dac do iphone ….
    https://es.wikipedia.org/wiki/Conversi%C3%B3n_digital-anal%C3%B3gica
    e obrigara a compra uma adaptador com dac https://www.macrumors.com/2016/09/20/lightning-earpods-teardown-confirms-dac/
    Só por $$$$$$$ a Sansumg não fez isso, só passou a usar a usb para output de audio.
    O áudio jack 3,5 mm está disponível na porta usb, nos iphones Não está. https://youtu.be/XrpsA98DhCI?t=194

    • Vítor M. says:

      The first thing to know is the lack of hi-res playback isn’t to do with hardware – it’s software-related. The iPhones themselves are capable of playing hi-res tunes, but Apple’s own iTunes and Apple Music software don’t allow full playback of these hi-res files.

      This means you just need the right software – an alternative music playing app – that will play hi-res files on your iPhone. Simple, right?

      • sakura says:

        No, usar um cpu para emular 1 dac gasta 10x mais energia, não está filtrado para as frequências da musica 10Hz…120KHz, etc é por isso que a apple designed o “chip” H1 .
        se serve Sim mas não é o
        do S10

        Audio
        Stereo speakers and Earphones sound by AKG
        Surround sound with Dolby Atmos technology (Dolby Digital, Dolby Digital Plus included.)

        Ultra high quality audio playback
        UHQ 32-bit & DSD64/128 support
        PCM: Up to 32 bits, DSD: DSD64/128

  13. Zé Duarte says:

    Ainda não entendi qual é o alarido com a porta de audio. Quem é que nos dias de hoje ainda ouve música com auscultadores seja de qualquer tipo.

  14. Rui says:

    Copiaram a apple? Se fores mais precisos copiaram o moto z, o primeiro a abdicar do jack 3.5. Depois a apple copiou 🙂

  15. D. Simon says:

    Há pessoas que ainda isso pois a qualidade do som pode ser melhor dependendo do equipamento. Mas chega um dia que temos que dizer adeus. Já estou a utilizar os galaxy buds desde que sairiam e posso dizer que são muito bons. E também a verdade seja dita não estou a pensar em voltar para os 3.5mm. Agradeço a Samsung de se recusar a tirar o jack mas compreendo perfeitamente, temos que olhar para o futuro.

  16. Filipe F. says:

    Sem dúvida um passo arriscado da Samsung. Notar que este Note 10 não é o primeiro telemóvel Samsung sem Jack áudio, não sei se o autor se percebeu disso mas já existem desde janeiro outros telemóveis de gama média e alta da Samsung sem Jack Áudio, dai que o espanto ou novidade para os clientes da marca não era muito, porque já vinha a acontecer há meio ano noutros equipamentos.
    É uma pena o fim mas faz parte.

    Certeza que no contrário não faltará mais de 1 ano para vermos o inverso na Apple mas com o face ID a ir de vela e quem sabe voltarem a fingerprint que a Apple disse ser menos segura, porque isso é outra coisa inevitável, o fim da notch e sensores visíveis que já começa a ser banal e dar um aspeto de telemovel antigo. Por exemplo a Samsung tem sensores under display como o de brilho e proximidade faltando só a câmera e depois disso teremos ecrãs completos, uns com recurso a popup câmeras outros com tudo debaixo do ecrã sem recortes ou notch).

    Agora que uma boa fatia de utilizadores ficou se calhar a perder com a falta desta porta, sim. Felizmente que o carregamento com fios e sem fios é extremamente rápido no note 10 assim como a autonomia e duvido que haja gente a comprar dongles híbridos como se vê nos clientes Apple que precisam de 2 a 3 horas para carregar o iPhone nos dias de hoje :/ (carregador fornecido)

    • Vítor M. says:

      A questão não está nas gamas médias ou entradas de gama. Está em causa o topo de gama. Um dos melhores, se não mesmo, o melhor smartphone de sempre até hoje lançado. Coisas como a porta de áudio, cartão microSD, leitor de impressão digital, entre outras tecnologias e funcionalidades foram abandonadas pela Apple e passaram a ser motivo de chacota para a Samsung. Tempos depois, o que é feito é o tal caminho que já foi traçado. Por isso, como diz é bem, é um passo arriscado fazer aquele tipo de movimentos.

      Depois não verás tão cedo o Face ID a desaparecer, caro Filipe, porque, ao contrário das outras empresas, a Apple comprou duas empresas israelitas que detinham patentes e tecnologias únicas na identificação do rosto e com outras tecnologias Apple a empresa de Cupertino fez um sistema único no mundo dos dispositivos móveis. Só a Microsoft tem algo parecido nos portáteis, e foi desenvolvido por uma das empresas depois adquiridas pela Apple.

      Além disso, para a Apple confiar única e exclusivamente no Face ID para pagamentos, sendo a Apple a maior empresa do mundo no que toca à base de dados de cartões de crédito dos clientes, seguramente confia no poder desta ferramenta de segurança. Não verás tao cedo nem a Apple a deixar de usar esta tecnologia nem qualquer outra empresa a usar algo Two eficaz (isto porque o que as outras empresas usam ainda está aquém do Face ID).

      O caso do notch, acho estranho ainda não se terem apercebido que a Apple não tem como o remover dali. Se para usar o Face ID tem de ter aquelas câmaras e sensores, ou usa um área lateral com a largura do iPad Pro ou tem de colocar as câmaras e sensores dentro do ecrã. Provavelmente, diriam muitos, debaixo do ecrã era o ideal. Ou não. Se fosse assim, qualquer outra marca teria já colocado a câmara frontal debaixo do ecrã, e não acontece. Questões técnicas, obviamente. O notch veio mas foi amplamente copiado, outros têm as suas limitações, com o ecrã furado ao centro ou num canto. Mas faz parte.

      A evolução natural das tecnologias nunca arrasta todos na mesma velocidade, mas é inevitável.

  17. Abre os Olhos says:

    A Apple afuda já em quarto lugar… Ainda terão muito para gozar com a maça!!!!!

  18. Carlos says:

    Sim, sim. Um dia destes também os IP terão Dual Sim.

    • Strato says:

      Os iPhones já têm dual SIM, 2 cartões físicos na versão vendida na China e 1 físico e 1 eSIM nas versões vendidas no resto do Mundo, cabe aos operadores abrirem as portas ao eSIM como já existe em UK e outros países…

  19. AndLop says:

    E tudo o que a Apple se fartou de gozar e desdenhar com o Android e com a Samsung em particular mas agora começou a clonar?

  20. ervilhoid says:

    também acho piada a forma como o casal troca de números, como se fosse menos prático criar logo o contacto na app contactos..

    Aquilo de escrever com a caneta cria logo o contacto?

  21. Xiquinho says:

    Para que é que eu preciso de uma porta quando tenho uns hear buds……

  22. Joao says:

    Da mesma forma que a Apple criticou os stylos e ecrãs grandes e agora…

  23. Filipe Nery says:

    Demagogia pura e dura !!!!
    Neste caso aplicado á electronica de consumo …

  24. Andre Fonseca says:

    Suas dicas me ajudaram muito. Vou fazer.

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.