PplWare Mobile

Sabia que já pode pedir o seu Registo criminal online?


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Rui Almeida says:

    Ainda na sexta-feira fui buscar o meu e custou-me 5€ (3,25€+ taxa de 1,25€)! Sabem se vai ter na mesma esse custo ou passou a ser gratuito?

  2. Antonio Alves says:

    5 €

  3. Berrio says:

    É tudo a gamar e o tuga estúpido a pagar… a dois anos pedi um para o meu mais velho concorrer à Força Aérea e como dita a lei seria facultado gratuitamente, mas neste canto existem vários tipos de portugueses e mesmo apresentando a lei ao balcão do tribunal não tive outro remédio se não pagar.

  4. Nelson Ramos says:

    Quem é que conseguiu fazer a autenticação do CC online?
    Quero fazer a adesão à chave móvel digital mas não funciona!!!!

    Quem já o fez?

    Obrigado!

    • Marcia says:

      Olá bom Dia Nelson
      Estou a têr a mesma dificuldade,ñ consigo preencher os dad’s da chaves digital… Tenho os codigos d Cc Mas acredito Eu que tenho que comprar um card reader Mas não sei Qual o que fazer e Qual card reader deva comprar.. Que dôr de cabeça… Sera que vou têr de ir a Portugal? Preciso de ajudante urgent. Obrigado

    • Greenshines says:

      Tens de ter instalado o soft do CC e quando aceda ao site ele vai instalar uma espécie de plugin de autenticação. Sem isso nada feito. Ahhh tenta usar outro browser para despiste

  5. Filipe says:

    Comprar online ou pessoalmente é o mesmo preço, 5 euros. Assim sendo prefiro ir pessoalmente! Só o que gasto em energia a ligar o computador! E assim dou trabalho a pessoas em vez de maquinas.

    • Arnaldo says:

      Filipe, a electricidade que gastas ao ligar o pc têm custos é evidente, mas não serão custos muitos mais baixos em relação a tua deslocação?E não estas a dar trabalho a maquinas….
      Quem as programa?quem faz a manutenção das mesmas??

      • pedro says:

        O argumento dos custos das máquinas é falacioso. As introdução das máquinas nos seviços do estado poupa milhões em redução de funcionários. E já agora qual é a coerência em pedir a um cidadão que page para ter acesso aos seus próprios dados do cadastro quando todos os outros dados: fiscais , segurança social, faturas são de acesso gratuito? Se percebe alguma coisa de computadores deve saber que na prática os dados de cadastro são apenas uma consulta a uma base de dados com meia dúzia de bytes que leva uns milisegundos a devolver o resultado. Acha que isso custa 5 euros?

        • pedro says:

          * pague – queiram desculpar os erros ortográficos

          • Marco says:

            Penso que se pague a autenticação, fui pedir uma e veio com o selo branco (ainda não conhecia o serviço online…obrigado pplware 😉 ).
            Da mesma forma que um advogado valida um documento bastando para isso assinar ou se identificar no documento.
            Claro que já existe autenticações género Declaração de IRS, mas o estado não deve querer generalizar demasiado essas…

  6. Sergio says:

    Pretendo comprar um leitor de Cartões de Cidadão mas tenho uma dúvida: se o leitor não tiver pin pad funcionará com este serviço e outros? Ou tem que ter o pin pad?

    • Jonas says:

      Não é necessário pin pad. Os equipamentos com pin pad são mais adequados para os organismos com atendimento ao público, evitando assim que o utente tenha de introduzir o seu pin no teclado do computador do funcionário que o está a atender.

  7. o gajo says:

    Não tenho tinteiro em casa para tantas paginas de registo.

  8. Rui Moureira says:

    Uma pergunta, processo arquivado conta como um crime? Ou quando é arquivado deixa de ser crime ou seja deixa de constatar no registo criminal?

    Basicamente quero saber se o processo for arquivado e o caso encerrado consta na mesma como criminal, ou deixa de ser criminal a partir de um processo ser arquivado?

    • Rui Moureira says:

      Esqueci-me de acrescentar antes do 18 anos.. Tudo o que disse a cima conta como um crime ou registo criminal? O Caso foi arquivado ou seja encerrado.

      • Trotski says:

        Não havendo condenação, não há averbamento em sede de CRC.
        Agora depende do sentido da palavra arquivamento…. Literalmente, em sede criminal, um arquivamento, ou despacho de arquivamento, é a pronúncia do Ministério Público de findar o processo crime sem acusação. Ora, se não há acusação não há condenação, logo não há lugar a qualquer averbamento no registo criminal.
        Agora, se por arquivamento quer dizer que já foi julgado e eventualmente condenado há uns anos atrás e o processo já estará “arrumado” ou mesmo fisicamente em arquivo, aí já não será assim.
        Todas as condenações são averbadas no registo criminal, sendo dele retiradas, conforme os casos (crimes com moldura penal mais leve ou mais pesada), nos termos prescritos no art.º 15.º da Lei 57/98, passados alguns anos.
        Todavia, existindo apenas uma condenação e se o fim do CRC fôr para efeitos laborais (não todas as situações), apesar de a condenação estar averbada no CRC para fins judiciais, o CRC sairá “em branco” para efeitos de emprego.

        • Rui Moreira says:

          Não ninguém foi condenado nem levou sanções apenas o processo foi arquivado ou seja.. não houve “condenação” nem “sanções” mas o inspector disse que o processo foi arquivado mais propriamente encerrado.

          Então isso significa que não tenho registo criminal?

        • Rui Moreira says:

          Não sei se me expliquei bem, mas quando és chamado para falar sobre isso és acusado de uma crime, no entanto o processo foi arquivado digamos “fechado” pelo que ele me disse..

          Então não há registo criminal?

  9. lelo says:

    Isto é tudo muito bonito mas onde posso comprar o leitor para me poder autenticar? Vivo no estrangeiro e para mim seria mais fácil online mas andei nas faqs do ministério da justiça, no separador “onde aquirir” não há informação nenhuma.

    • Pedro says:

      No site da mbit vendem leitores do cartão de cidadão a 10€

    • pedro says:

      Encontra leitores de cartões à venda nas secções de informática das grandes superficies. Se procurar nas lojas online especializadas ( staples, worten ou outras) também encontra ( lá tem inclusive a indicação se são compatíveis com o cartão de cidadão) e pode encomendar. Os preços começam nos 10 euros se for um leitor usb simples.

  10. José says:

    Que estamos melhores, sem dúvida que estamos. E que este simplex se deve ao PS, também é uma grande verdade. Toda a critica politica negativa que vier será só para destruir.

  11. JCR says:

    Enfim, quem não tem Cartão do Cidadão, que se lixe, dado que para aceder a este serviço, é necessário ter esse documento, bem como e também, 1 leitor para ler esse cartão, havendo mais 1 custo associado!
    Quanto à Chave Móvel, também é preciso ter esse cartão, além do processo de registo, não ser nada “amigo do utilizador”!
    Em resumo, a pessoas mais idosas, estão bem lixadas, dada a sua maioria não possuir esse cartão!

    • Daniel says:

      Esse deve de ser o argumento mais fraco que li nos últimos tempos… O método antigo não desapareceu.

      Quanto a ter a chave móvel é tão simples como pedir a algum conhecido ou familiar que tenha leitor de cartão e um pc para usar o pc e fazer o registo e pode usar quando quiser. Qual será o argumento a seguir? “ai e se a pessoa tiver perdido o pin, como fica?”, é?

      • Ggahn says:

        Se fosse assim, tambem precisas de um computador e de internet, mais custos associados…

      • Marcia says:

        Olá Daniel
        Preciso de ajuda pff
        Preciso comprar um card reader ou leitor de cartao Mas Qual é exatamente o nome e modelo a comprar pois deve existir outros modelos e preciso de fazer o Pedido Com Alguma urgência. Estou em Londres (na eBay têm?) Obrigado

  12. Jonas says:

    Embora esta medida seja positiva, nota-se que o governo não quer perder receita de forma nenhuma. Um exemplo é a obrigatoriedade de apresentação anual do registo criminal por parte de funcionários e professores em contacto permanente com menores. À conta do bicho papão do pedófilo, criou-se mais um pretexto para as famosas taxas e taxinhas. Bastava que os vários organismos fornecessem ao Ministério da Justiça uma lista com os números de identificação dos seus funcionários. Será assim tão difícil?

    • Lufino says:

      Talvez relendo o início do texto ajudasse:
      «Ao contrário do que acontecia até aqui, o requerente só terá de solicitar o documento e efetuar o respetivo pagamento uma única vez, desde que a finalidade para o qual foi solicitado seja a mesma. Este certificado terá um código de acesso que poderá ser utilizado para consulta, as vezes que for necessário, pelo próprio ou por outro a quem este tenha disponibilizado o código».

  13. RDastr says:

    Para quê que isto serve? Os verdadeiros criminosos sao contratados por ajusto direto

  14. Luís Pereira says:

    É tudo muito bonito mas a verdade é que são poucas as pessoas que têm leitor assim à mão para este tipo de cartões. Para a maior parte dos indivíduos isto não serve para nadinha. E lá está… a adesão que este serviço vai ter, é com certeza diminuta!

  15. Marcia says:

    Preciso comprar o card reader ou leitor de cartao para o CC p poder pedir o registro criminal Aqui de Londres..alguém me sabe informar Uma LoJack online que venda e envie para o estrangeiro…. Que dôr de cabeça … Obrigado

  16. Luciano resendes says:

    Vivo aqui nos usa 100 por cento grátis e além disto eu posso ver qualquer outro cidadão americano deste que saiba o seu nome completo o registo creminal aqui é público e se algum predador sexual se muda para a área onde vivo a polícia manda cartas para todos os moradores que esteijam perto da casa dele

  17. Gina says:

    Peço urgentemente que me possam ajudam, fui condenada a 4 anos e meio de pena suspensa por crime de tráfico de estupefacientes já pedi a 2 meses atras o registo criminal para fins de trabalho num lar de idosos mandaram me uma carta a dizer que eu precisava mantar também a cópia da sentença ,visto eu morar no estrangeiro foi a minha cunhada fazer por mim ela entregou no dia 13 de Abril e até agora não obtevi resposta estou prestes a perder o trabalho sabem quando tempo mais vai demorar até que me dêem uma resposta?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.