PplWare Mobile

Recibos Verdes: Se não atingir os 9 156 euros não paga IRS


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

11 Respostas

  1. miguel dinis says:

    estas informações são engraçadas, mas atenção o orçamento de estado ainda está em discussão, e até isto ser aprovado e ratificado, muita tinta irá correr, pelo que pode-se estar a dar informações incorretas só porque um jornal decidiu fazer esse artigo….

    • Ismael Guimarães says:

      Isto já foi aprovado em 2018. Não é do OE de 2019.

      Aprenda sobre política, economia e fiscalidade um pouco mais antes de dizer asneiras!!

      • miguel says:

        De acordo com o DN, o indexante de apoios sociais deverá aumentar cerca de sete euros em janeiro e com ele sobe também o mínimo de existência, que passará dos atuais 9006,9 euros para 9156 euros.
        caso não saiba ler… deverá é algo que poderá ou não acontecer.
        obrigado mas não preciso de aprender muito mais, afinal o mestrado em auditoria e especialização em fiscalidade chegam… mas o sr é que deve ser o rei da politica, se calhar e daqueles que nunca trabalhou e vive da politica…

  2. R says:

    E entretanto há quem vá ser obrigado a criar empresa por não saberem legislar.

    • Miguel Dinis says:

      Ninguém é obrigado a criar empresa… Pode é não compensar estar no regime de independentes…

      • R says:

        Indirectamente já é e vai piorar.
        Quando uma entidade patronal tem de pagar à SS uma taxa porque o trabalhador independente (verdadeiro) factura mais de 80% na empresa (vai piorar e agora também de 50-80%), quem lhe parece que vai sofrer? Para continuar a prestar serviços, obrigam a pessoa a constituir empresa.
        Depois as estatísticas melhoram e há cada vez menos recibos verdes… hipócritas.

        Conheço vários casos em que isso já aconteceu – um técnico de radiologia por exemplo

    • Ismael Guimarães says:

      Sim. Acho muito bem. Só favorece a pessoa pois evita que, futuramente, perante uma dívida responda com o seu património pessoal e familiar.

  3. Louro says:

    Querem ver que afinal de contas Portugal está a abrir os olhos e a quantidade absurda de impostos que se paga nesse jardim a beira mar plantado vai baixar para os mesmos niveis dos restantes paises europeus?

    Oh espera… se ganhares abaixo de 642Euros/Mes nao vais pagar IRS… ui…que fartura…

    No entanto ganhas uma miséria,
    Pagas combustiveis a precos altissimos,
    Pagas Eletrecidade e gás acima da média,
    Pagas saúde,
    Pagas educacao,
    Pagas portagens para te deslocares,
    Pagas IVA altissimo,

    Epah Brutal Portugal…

  4. Philleas says:

    Já cheira a eleições ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.