Pedrógão Grande: Site sobre fundo de apoio disponível


Destaques PPLWARE

15 Respostas

  1. Rui says:

    O estado apodera-se das ajudas das pessoas e faz dele o que entender………. será que vai algum para Pedrógão ou fica todo em Lisboa, como costume?

  2. Diogomm says:

    Não dou nem um cêntimo a associações ou este tipo de projectos, muito menos depois de ter lá ido dar uma ajuda e ver que ainda há gente que mal recebeu ajuda!
    Querem ajudar, façam como eu.
    Juntem uns amigos, arranjam coisas do dia a dia(fruta, legumes, verduras), enlatados (atum, feijão) e façam lá um fim de semana a andar por lá.
    Talheres, pratos e tachos também são bem vindos(é verdade que existe pessoas que nem isso têm) e também não esquecer, ração para animais (quase ninguém se lembra deles)

    Não crítico esse projeto, mas duvido muito que essa ajuda chegue onde realmente deva chegar, tal como toda a ajuda já feita não chegou, infelizmente .

  3. The Onee says:

    Está a ser doado tanto dinheiro e acho bem que assim seja mas não sabemos exatamente para onde vai… Deveria de existir um sistema qualquer em que eu doava X euros e depois eu sabia onde é que o dinheiro tinha ido parar (reconstrução das casas, plantação das árvores, etc).

    Uns dias atrás ouvi na rádio para apoiar as vítimas mas esse dinheiro ia para a cruz vermelha. Neste caso ajudaria pois sei que o dinheiro iria para uma instituição que iria mesmo ajudar quem necessita.

  4. Eu says:

    Então e o milhão de euros que se angariou com a televisão, onde está ?

  5. André O. Freitas says:

    Nossa! Se eu não tivesse lido o título, acharia que a imagem se tratava de uma cena da série The Walking Dead.

  6. Fernando Negro says:

    (Pergunta meramente retórica – pois, neste país, nada irá acontecer aos responsáveis por isto…)

    Alguém aqui conhece algum sítio na Internet que esteja a reunir os esforços para processar judicialmente o governo e a instituição público-privada, SIRESP – com o objectivo de eventualmente prender pessoas – responsáveis por esta tragédia?

    (Ou, em alternativa, se a não funcionalidade destes sistemas de emergência vai passar impune: Alguém aqui conhece algum sítio que esteja já a recolher donativos para ajudar as vítimas da próxima tragédia?)

    • Vlad says:

      O SIRESP não é uma instituição público-privado, mas sim totalmente privada. É sim uma parceria público-privado, e como todas as restantes parcerias deste tipo, não tem o interesse da população como objectivo principal, mas sim aumento de capital.

  7. José Rodrigues says:

    Eu cá nunca dei nem dou dinheiro para lado nenhum e aconselho a nunca darem, mesmo bens alimentares ou coisas do género nunca ponham nada de qualidade, sei se casos de instituições de animais bem conhecidas do grande público onde rações de veterinário e mantas boas ficam para os colaboradores, os pobres animais que as pessoas querem realmente ajudar ficam com o que sobra. A verdade é que as pessoas não gostam de outras pessoas nem de animais, gostam dos seus familiares e dos seus animais, são um lixo de seres humanos.

    Doei algumas centenas de euros em águas, alimentos, pomadas para queimadas e ligaduras (que ninguém dá por ser caro) e entreguei nos bombeiros VOLUNTÁRIOS da minha confiança, não dei um único cêntimo nem fiz uma única chamada pois já sei que esse dinheiro serve para encher tachos de entidades que supostamente vão gerir o dinheiro, mas no final vão dar mais dinheiro tanto à Maria Jaquina que não tem onde cair morta e ficou viúva e com 3 filhos como ao Ti Manel que tem 300k debaixo do colchão não declarados, porque o Ti Manel tinha mais terrenos, casa maior e mais gado.

    Dinheiro não dou a ninguém, comida não a nego a ninguém.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.