PplWare Mobile

Última hora – Parlamento Europeu chumbou acordo ACTA


Marisa Pinto

Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.

Destaques PPLWARE

34 Respostas

  1. xyz says:

    Grande victória para os cidadãos.

  2. Andam doidinhos para restringir a Internet, mas sabem quão impopular seria tal medida.

  3. anog says:

    O problema da ACTA não era só a internet.. longe disso. Mas ainda bem que está morta! 🙂

  4. Viriato says:

    GRANDE VITORIA ESTA!

    Infelizmente a investida contra a Internet livre não vai acabar aqui, os barões do capitalismo só param quando atingirem os seus objetivos.
    Futuramente calculo que todo o género de subterfúgios vão ser usados para restringir a liberdade de expressão e conteúdo na Internet.
    É preciso que todos lutemos contra estes atentados à Democracia e liberdade de expressão!

  5. Ashyam says:

    Agora é só esperar que inventem o próximo. Qual será o nome da próxima aberração…?

  6. wtv says:

    A próxima será PILA (Piracy Internet Law Anti-counterfeiting)

  7. Ricardo C. says:

    Não só não é um assunto encerrado como cabe ao PPlware dar essa informação!!

    Há (e haverá) mais ACTAs e SOPA com outros nomes mas com o mesmo intuito e mais evoluidas ainda.
    Outros nomes: CISPA, MPAA, IFPI, TPP – https://www.eff.org/issues/tpp

  8. Anónimo says:

    Excelente noticia, só o facto de terem tentado legalizar a censura diz muito sobre o mundo que querem construir.

  9. Filipe says:

    Infelizmente não está “DEAD”

  10. Tiago C. says:

    ….isso ca para mim os deputados curtiam fazer uns downloads á pala tb 🙂 eheheh

  11. Paulo Bastos says:

    Finalmente uma boa noticia, como alguém já disse aqui nos comentários “grande vitória para os cidadãos”.

  12. Pisca says:

    Já agora para ficarem a saber quem de entre os deputados portugueses votou a favor do Acta e conta o mesmo:

    Abaixo listo os deputados portugueses que votaram a favor, contra ou se abstiveram nestas duas votações

    Adiamento do Voto do ACTA
    A favor
    Regina Bastos – PSD (PT); Group EPP

    Maria da Graça Carvalho – PSD (PT); Group EPP

    Carlos Coelho – PSD (PT); Group EPP

    Mário David – PSD (PT); Group EPP

    Diogo Feio – PP (PT); Group EPP

    José Manuel Fernandes – PSD (PT); Group EPP

    Maria do Céu Patrão Neves – PSD (PT); Group EPP

    Nuno Teixeira – PSD (PT); group EPP

    Paulo Rangel – PSD (PT); Group EPP

    Vital Moreira – PS (PT); Group S&D

    Contra
    Luís Paulo Alves – PS (PT); Group S&D

    Luís Manuel Capoulas Santos – PS (PT); Group S&D

    Edite Estrela – PS (PT); Group S&D

    Elisa Ferreira – PS (PT); Group S&D

    João Ferreira – PCP (PT); Group GUE/NGL

    Ana Gomes – PS (PT); Group S&D

    Marisa Matias – BE (PT); Group GUE/NGL

    Alda Sousa – BE (PT); Group GUE/NGL

    Rui Tavares – Independente (PT); Group Verts/ALE

    Abstenções
    António Fernando Correia de Campos – PS (PT);

    a partir daqui: http://paulasimoesblog.wordpress.com/2012/07/04/meps-portugueses-e-o-acta-votacoes/

    • Canelas says:

      Qd copiar, copie bem.

      A lista da votação de hj:
      “ACTA
      A favor
      Vital Moreira – PS (PT); Group S&D

      Contra
      João Ferreira – PCP (PT); Group GUE/NGL

      Marisa Matias – BE (PT); Group GUE/NGL

      Alda Sousa – BE (PT); Group GUE/NGL

      Luís Paulo Alves – PS (PT); Group S&D

      Luís Manuel Capoulas Santos – PS (PT); Group S&D

      Edite Estrela – PS (PT); Group S&D

      Elisa Ferreira – PS (PT); Group S&D

      Ana Gomes – PS (PT); Group S&D

      Rui Tavares – Independente (PT); Group Verts/ALE

      Regina Bastos – PSD (PT); Group EPP

      Maria da Graça Carvalho – PSD (PT); Group EPP

      Carlos Coelho – PSD (PT); Group EPP

      Mário David – PSD (PT); Group EPP

      José Manuel Fernandes – PSD (PT); Group EPP

      Nuno Teixeira – PSD (PT); group EPP

      Paulo Rangel – PSD (PT); Group EPP

      Abstenções
      Diogo Feio – PP (PT); Group EPP

      Maria do Céu Patrão Neves – PSD (PT); Group EPP

      António Fernando Correia de Campos – PS (PT); Group S&D”

  13. Manuel Jose says:

    Eu sou contra a pirataria, por várias razões, se ninguém comprasse as coisas, ninguém as fazia e também acho que devemos valorizar o trabalho dos outros. As coisas não aparecem feitas do nada, exigem trabalho e investimento e o dinheiro não cresce nas árvores. Mas sempre achei o SOPA/ACTA um exagero, porque vai além da pirataria. Para além disso, a melhor maneira de combater a pirataria não é com restrições, mas sim oferecer um serviço melhor a quem compra original e baixar os preços.

    • Gualter says:

      Uma coisa é roubar, outra coisa é partilhar.
      Não é por eu comprar um CD de musica, e depois o emprestar ou o disponibilizar para mais ppl o ouvir que isso será crime/roubar.
      Falo por mim, eu faço download de filmes na Internet, e sou capaz de ir ver esses mesmos filmes ao Cinema, não vejo o mal.
      Agora uma coisa é certa, ir ao cinema ver um filme por 6€, isso é de absurdos. Por isso há mais contenção.
      Lá está, se calhar se colocassem um preço mais acessível haveria mais pessoas a comprar em vez de ir tirar da Internet.
      Para mim Pirataria é baixar um filme na Internet e depois ir para o mercado vender. Mas o que realmente essa associação fazia era procurar aqueles que partilhavam na internet em vez de procurar aqueles que estavam a lucrar com o negocio dos outros.
      Enfim tudo isto para dizer que a Internet é sinónimo de LIBERDADE.

  14. Serva says:

    UF , esta etapa já está , eu tenho subscrito e apoiado as acções da AVAAZ e era importante que todos tomássemos consciência que estas não são vitorias duradouras , a qualquer momento esta gente pode mudar de opinião e voltar a carga ,a blogosfera é dos poucos lugares aonde se transmite informação que não é controlada por nenhuma entidade reguladora leia-se tendenciosa , quando chegarmos aí esta gente que nos governa tira-nos o único veiculo de comunicação em massa com o fantasma dos downloads piratas , quanto aos votos dos Eurodeputados Portugueses infelizmente não me surpreende a tendência de voto .

    Obrigado Marisa por nos trazeres em primeira mão uma noticia tão importante para quem preza a sua liberdade .

    Cumprimentos

    Serva

  15. Pim Pam Pum says:

    Fico contente 🙂

  16. Trata-se de um mero jogo psicológico… E, leiam bem estas palavras: os nossos governos vão acabar por controlar a Internet.

    (Ou que sentido é que faz, então, que sejam os mesmos grupos políticos que avançaram com estas leis a chumbar as mesmas?)

    Primeiro, faz-se da ideia de controlar a informação, o fluxo desta e as actividades de toda a gente “em linha”, algo que é admissível. (Oh… Mas não se preocupem… Os políticos são nossos amigos e não são o tipo de pessoas que queiram fazer isto…)

    Derrubada esta barreira psicológica, instala-se esta nova ideia na mente das pessoas – de que é possível e também admissível controlar a Internet. E o debate passa então apenas a ser sobre: em que circunstâncias é que é então “legítimo” controlar esta rede… E, caso surja um bom argumento a favor disto, então aí já haverá a “justificação” que falta para implementar estas novas medidas de controlo e vigilância.

    Deixem vir mais uns quantos, e talvez mais sérios, ataques “anónimos”, mais supostos roubos de dados ou algum ciberataque em grande escala e depois então veremos estas novas leis de vigilância e controlo serem definitivamente implementadas.

    Chamem-me paranóico, se quiserem…

    (E juntem-se à lista de pessoas que pensavam o mesmo de mim no passado, sobre coisas que hoje em dia vemos acontecer…)

    Lembrem-se do que aqui digo e vejam o evoluir dos acontecimentos.

    • Manuel Jose says:

      Paranóico? Eu acho que tens razão, se te acham paranóico, vão achar que eu também sou … Os políticos são mesmo assim, tentam sempre legitimar os males que fazem e não estou a falar só deste caso em específico, mas de tudo.

    • Pedro H. says:

      Se calhar a malta devia focar-se em mandar os políticos para fora do poder. Já pensaram nisso? A raiz do mal político tem origem no Povo que os elege. Nunca se esqueçam disso.

  17. Serva says:

    Sem dúvida , de paranóia não tens nada , bom censo sim e também vejo uma capacidade para extrapolares no que o futuro nos trará .

    Cumprimentos

    Serva

  18. Pedro H. says:

    A ignorância é fatal. Se és ignorante, vais ter medo ( porque te informam mal e da maneira a teres medo ), se tiveres medo, vais engolir qualquer parvoíce que te colocam à frente.
    Existem actualmente países a censurar a sua Internet e têm tido algum sucesso. Alguns utilizadores, conhecedores, usam redes TOR para passar por cima dos filtros. Mas esses países não permitem que o conhecimento esteja acessível às massas, porque sabem que perdem poder. Aqui também estamos sujeitos, mas somos bastante diferentes, porque já temos o conhecimento suficiente para dizer “Não!”, “Vocês estão errados” e “Não é assim que deve ser feito”. Embora a Educação em Portugal esteja a descer consideravelmente de qualidade, o que se viu nos últimos tempos a nível social e virtual comprova de facto que o conhecimento é poder e é a única arma contra quem se atreva a tirar certas liberdades a que temos direito como seres humanos condignos.
    Não creio que a Internet vá ser totalmente censurada. Se for, não uso. É simples. Quando os ISPs tiverem a perder receitas, vão perceber e da pior forma…

    PS: Até não era mau a malta deixar de usar Internet. Significaria socializar mais 😉

  19. Eh, lá…

    Fico contente e surpreso que mais pessoas também o consigam ver e perceber. 😉

    Mas, agora, mudando completamente de assunto…

    Como é que alguns de vós conseguem pôr ícones nos vossos comentários? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.