Novas Matrículas de carros disparam! A culpa é do imposto


Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. Osvaldo Genial says:

    alguém pode explicar o que as matriculas têm a ver com o imposto?

    • Miguel says:

      Se emitires uma matrícula pagas imposto… Se o imposto subir numa determinada data tudo o que for emitido antes paga menos.

    • tiago says:

      Tem a ver com a data de emissão… podes pagar mais ou menos de imposto…

      Por exemplo, os carros antigos até Julho 2007 pagavam um certo e determinado imposto, a partir de Julho de 2007 pagavam mais caro… e existem muitos carros que começaram antes e acabaram depois a produção…mas o que conta é a emissão da matrícula…aqui é igual!

  2. Rudi says:

    Penso que carro electrico não paga imposto, pelo menos para mim é bom saber a noticia.

  3. Pedro Pinto says:

    @Pedro Almeida Que agressividade? Já estás a fazer um filme!

  4. Sergio J says:

    O pplware tem-se aproximado cada vez mais de um público geek. Um geek gosta muito de tecnologia, mas tb gosta muito de outros assuntos como astronomia, história e muitos outros assuntos. Há muito que o pplware deixou de ser um blogue de informática.

    • Vítor M. says:

      A tecnologia é muito abrangente é muito mais que informática. O pplware nunca foi um blog de informática, sempre foi um blog de tecnologia. Acima de tudo, sempre foi um site com informação Peopleware. Mas desde sempre, alias convido-te a ver as primeiras páginas 😉 https://pplware.sapo.pt/page/2075/

      Abraço e bom domingo.

    • Sergio J says:

      Victor eu não estou a criticar 😉

      Sinto o pplware cada vez mais um site género Gizmodo. Não estou a dizer que é mau, bem pelo contrário. Eu gosto muito.
      Antigamente o foco era mais a informática. Não quero dizer que já não tivesses artigos sobre tecnologia.

      Mais uma vez eu gosto muito. Não gosto tanto da forma de fazer títulos. Apesar que já a algum tempo que não tenho razão de queixa. Pontualmente posso concordar da abordagem de algum artigo. Mas o editor és tu. Se por exemplo fosse eu, muito provavelmente discordarias muito mais. Acho que isso é natural.

      Acima de tudo continuai o excelente trabalho.

  5. Marcio Rodrigues (BR) says:

    Nem me fale de impostos. Rsrsrsrsrsrs, aqui no Brasil se conseguirem tributam até o ar.

    • Joao Magalhaes says:

      kkkk, em Portugal é igual amigo , no resto da Europa os automóveis são praticamente a metade do preço.

      • int3 says:

        E mais que o dobro de poder de compra.

      • Marcio Rodrigues (BR) says:

        Por aqui um veículo popular 0 km de 35.000,00 Reais vai custar quase o dobro se for financiado de modo que um trabalhador comum possa pagar sem apertos. Sem exagero, ao pagar a última parcela você pagou por 2 carros.
        Fora isso ainda é necessário pagar IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) que vence todo ano até final de janeiro/fevereiro, e já não bastasse isso ainda tem o Licenciamento e Seguro Obrigatório, que vencem anualmente conforme o último dígito da placa do carro. Pensa que acabou? não, ainda tem o custo com o combustível que é extremamente alto por aqui, e quem quiser fazer seguro particular ainda tem que arcar com franquias caríssimas devido ao alto índice de roubos.
        Ah, e se fizer alguma manutenção no veículo terá que pagar o ISS (Imposto sobre Serviço), e talvez CSLL, IRRF, PIS e COFINS; e se for usado alguma peça de reposição terá que pagar tantos impostos que eu não saberia dizer todos, mas é algo como ICMS, ST, DIFAL, IPI, II, novamente PIS e COFINS, pagando no cartão vai aparecer o IOF, dependendo de onde for viajar vai ter alguns pedágios no caminho, e se resolver estacionar em áreas movimentadas da cidade vai ter que pagar no parquímetro ou particular. Com certeza estou esquecendo de algo, mas isso é o mínimo só pra adquirir e manter um carro.
        Mas seguimos vivendo. Rsrsrsrsrsrs

        • joao alves says:

          FOGO… nao admira que no Brasil roubem carros diariamente… fica mais barato roubar um carro todos os dias que comprar e sustentar porra

  6. Cris romao says:

    Desculpem a ignorancia mas tem a ver com matriculas de carros novos nao….nao tem a ver com as matriculas requesitadas no ato das inspecoes periodicas. …obrigado

  7. Joaquim Fernando Preda says:

    Será preciso fazer um desenho para perceber o motivo do aumento de matriculas?

  8. RF says:

    Impostos, impostos e mais impostos.. ah e não esquecer a dupla tributação sobre um bem/produto, que é o caso dos carros!! Em fim.. viva Portugal! Sugiro apenas que dêm uma vista de olhos sobre o preço dos carros aqui ao lado em Espanha, ou se quiserem ir mais longe, visitem os sites dos EUA, tanto para os novos como para os usados (estes últimos então….. em Portugal vale tudo ouro, lá nos primeiros 4anos desvaloriza logo 50%) Isto já não querendo falar dos salários…

  9. Marco says:

    Em espanha fazem-se melhores negócios que por cá, compensa lá ir tirar umas mini férias, verificar possíveis veículos (eles lá também têm sites online como os nossos) e poupa-se um bocadeco mesmo tendo em conta os custos de legalização.

    No ultimo veiculo que fui buscar com um conhecido meu, foram cerca de 2000€ a menos … compensa e bem, dá é um pouco de trabalho e sorte.

    Depois todos os stands estão a ir buscar carros lá fora, são MUITO mais baratos, têm custos de legalização irrelevantes e altas margens de lucro. A última novidade é ir buscar carros à Noruega e Finlândia … países em tudo semelhantes às buscas de carros alemães …

    Penso que o aumento de emissão de matriculas tenha a ver com isso e não propriamente em poupar imposto … afinal os aumentos deles são de cêntimos ou pouco mais de euro e picos por carro … em muitos é dinheiro, mas para o consumidor final … são irrelevantes até certo ponto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.