PplWare Mobile

Nexus 6 não tem leitor de impressões digitais e culpa é da Apple


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Arcanjo says:

    +1 apple. Os outros que criem as suas proprias soluções e deixam de fazer copy paste.

    • miguel says:

      só dizes calunias é inovação da Apple, os androids é que copiam LOOOL

      Já não estranho nada, é politica da Apple fazer estas coisas.
      Ou como é que a apple chegou onde chegou, não foi pelo seu próprio pé.

      foi sim comprar ideias dos outros a pouco custo e implementar, exemplo: Rato, ambiente gráfico, etc…
      E Depois chamam de INOVAÇÂO, esquecem-se de dizer que não é a deles é dos outros.

      • ACS says:

        vai ler o que é inovação! Inventar é uma coisa inovar é outra. Antes da apple pegar no rato o rato era a coisa mais inútil que existia. Idem para muitas outras coisas.

      • Joao Magalhães says:

        Parece que agora patentearam ( Apple ) um sistema para o Iphone ser à prova de água, já estou a ver daqui a um ano dizerem que a Sony os imitou

    • Dr Teso says:

      Tempos recentes quem tem feito um copy paste é a apple, mas sempre para pior, neste caso para fazer um copy paste para pior é melhor estar quieto.

    • Joao says:

      “A empresa Authentec é actualmente a mais importante nesta área e é propriedade da Apple.” A Ferrari também é da Fiat mas não foi a Fiat que inventou o Ferrari seu burro. Copy\Paste neste momento é tudo. Quem inventou o primeiro ecrã touch? Todos os outros são copy\Paste. Quem colocou a primeira câmara no telemóvel? Alta voz? Gps? Wifi? Etc. os que vieram a seguir…copy/paste

    • Paulo Oliveira says:

      a Apple não inventou nada…apenas comprou a empresa que era lider nesta tecnologia…

      • Cristiano Alves says:

        Não te cansas de dizer a mesma coisa…?!?!?

        A Apple não inventou nada, mas implementou de forma INOVADORA e FUNCIONAL

        Tal como o rato, tal com o ambiente grafico, tal como o tablet…

        Verifiquem no dicionário os vossos significados para as vossas palavras.

  2. Pedro says:

    Condicionar o desenvolvimento? a apple investiu nesta tecnologia (através da Authentec) e agora esta a tirar proveito dela :p

  3. Nunes says:

    desculpas!
    A empresa foi comprada pela Apple há mais de 2 anos, tudo aponta que bem antes de terem pensado no Nexus 6. O facto é que foi o iPhone 5S a mostrar o que era preciso para ter um sensor em condições no smartphone… sem ele muito provavelmente nem sequer teriam colocado a hipótese de pôr um no Nexus 6!

    • João Reis says:

      Concordo, a culpa não é da Apple, a culpa é da azelhice e falta de visão da concorrência.

      É caricato ainda vejo usarem códigos e rabiscos para acederem ao telefone.

      E depois a Apple não inova, esquecem-se alguns, nestas alturas lembram-se. Queriam ir buscar a papinha feita à fonte da Apple não era 🙂

      • Carlos says:

        De facto comprar uma empresa é uma inovação do outro mundo.

        • Catarino says:

          Uma pequena história para perceber o conceito de achar seja o que for caro.

          “Um especialista em informática, foi chamado para consertar um computador muito grande e extremamente complexo, que valia em torno de 12 milhões de euros.
          Sentado na frente do monitor, o especialista mexeu numas teclas, balançou a cabeça, murmurou algo para ele mesmo, pegou uma pequena chave de fenda do bolso e apertou um minúsculo parafuso.
          Então, ligou o computador e comprovou que funcionava perfeitamente.
          O presidente da empresa se mostrou surpreso e satisfeito e se ofereceu para pagar o serviço à vista.
          – Quanto te devo? – Perguntou.

          O especialista respondeu:
          – São mil euros pelo serviço.

          O presidente, indignado, perguntou:
          – Mil euros? Mil euros por alguns minutos de trabalho? Mil euros só para apertar um simples parafuso? Eu sei que meu computador vale 12 milhões de euros, mas mil euros é muito dinheiro. Vou pagar somente se você me mandar uma fatura detalhada que justifique o valor.
          O especialista concordou e foi embora.
          Na manhã seguinte, o presidente recebeu a fatura. Leu o documento com cuidado, balançou a cabeça e a pagou na hora.
          A fatura dizia:
          SERVIÇOS PRESTADOS:
          Apertar um parafuso ………1 euro

          Saber qual parafuso apertar……….999 euros

          LIÇÃO DE VIDA:

          Jamais devemos desvalorizar o trabalho de alguém. E julgar o valor de um serviço, simplesmente pelo tempo que se demora para realizá-lo, é um grande erro.”

          Neste caso da apple para além de ter é preciso saber como o usar.

        • Nuno says:

          Por acaso foi o que fez em 2005 quando comprou a Android Inc., fartou-se de INOVAR desde ai…

        • Paulo Oliveira says:

          pelos vistos para outras pessoas é…. mas essas pessoas certamente não sabem que a maioria do material de que é feito o iPhone é da Samsung… enfim

      • Joao Magalhães says:

        Acrescento, caricato códigos, rabiscos e leitor de impressões digitais, coisas que não servem para nada.

    • miguel says:

      LOL a Apple tem Muito dinheiro e um monte de ovelhas seguidoras, tipo o” eng. socrates”

      E claro que quando COPIA, ou compra uma empresa que é a melhor nesse ramo. Contudo não é de louvar que tem dos melhores s não o melhor sensor biométrico para smartphones.

      Ela pode comprar o melhor. È a lei do mais Rico.

      • João Reis says:

        lol !?!?

        Foram opções das outras marcas, não trataram de fazer algo em condições precisamente porque acharam que não era importante.

        Agora pagas premium em marcas que nem algo básico para utilizador iPhone tens.

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        Mais rico? A Apple comprou a Authentec por 365 milhões de dólares e há-de ganhar com isso. A Google comprou a Motorola por 12.500 milhões de dólares e, além disso, ainda teve que suportar mais prejuízos.

        A Authentec já tinha negócios com fabricantes Android, até chegou a ser anunciado que smartphones Android iriam utilizar os seus sensores de impressões digitais.

        Antes de aceitar a oferta da Apple há-de ter procurado para saber quem oferecia mais. Não se chegaram à frente porque acharam que a tecnologia não era importante. A Apple teve visão e comprou – fez um bom negócio.

        • Benchmark do iPhone 6 says:

          Já agora. A coisa passou-se assim:
          – A Google comprou a Motorola em Agosto de 2011
          – Já após a compra pela Google a Motorola trabalhou, intensamente, com a Authentec para introduzir o sensor de impressões digitais.
          – A Apple comprou a Authentec passado um ano, em Julho de 2012.

          Se a Google deixou o pássaro fugir não foi por falta de dinheiro. Foi por falta de visão.

          • miguel says:

            a google não tinha de comprar o pássaro loool.

            ela não fabrica smartphones…

          • Benchmark do iPhone 6 says:

            – A Google comprou a Motorola, fabricante de telemóveis/smartphones, em Agosto de 2011 (por 12.500 milhões de dólares).

            – Vendeu a unidade de telemóveis à Lenovo, em janeiro de 2014 (por 2.500 milhões de dólares).

            Na altura em que a Apple comprou a Authentec a Google era fabricante de telemóveis.

            P.S. Verdadeiramente, comprou a Motorola por causa das patentes, que acabaram por não lhe render nada de jeito.

          • Não Não says:

            Aliás, a primeira coisa que a Google fez quando comprou a moto foi processar a Apple com o brinquedo novo…

            A Google está sempre a comprar empresas, se quisessem qualidade, teriam comprado essa empresa para a motorola…

      • Zero Zero Sete says:

        Copia o quê de quem?

        Sim, sim, é a lei do mais rico!

        É para aqueles que dizem que os produtos apple são “uma grande roubalheira”… por serem uma “grande roubalheira”, é que a Apple pode licenciar e comprar empresas para depois ficar com estas coisas…

        Não sabes como é que funciona o mercado da propriedade intelectual, não vale a pena… 🙂

      • Nunes says:

        A Apple já demonstrou por diversas vezes que não basta colar uma peça de hardware para que se torne funcional ou uma mais valia. Tem que haver uma óptima integração do hardware e software, e é aqui que a solução da Apple sobressai.
        Por isso a compra da empresa, que não foi assim tão cara, não lhe deu automaticamente aquilo que se vê hoje. E se comprou não foi porque outros não tiveram oportunidade de fazer o mesmo, mas porque foi provavelmente a única a saber o que queria fazer e como fazer!

        • João Reis says:

          Sim é outra das coisas que diferencia, quem usa produtos Apple repara logo que tudo é feito para melhorar em termos de utilidade diaria.

          E não para ter Infra Vermelhos como tinham os Nokias, só porque sim 🙂

          O que seria dos nossos telefones se a Apple não tivesse voltado a renascer?
          Eu aposto que ainda estavamos a transferir as fotos uns para os outros por bluetooth lol

          • Gonçalo says:

            Gostas mesmo de atacar tudo o que não é apple..

            A mim os infra vermelhos davam boe geito para jogar mais que 1 jogador e para passar coisas de um telemovel para o outro, foi o primeiro passo em transferencias entre telemoveis, não foi só porque sim lol, foi tipo o “pai”

  4. brmim says:

    Epá essa desculpa é boa, então o Moto G aconteceu o mesmo foi? é que tem uma zona igual na parte de trás 😉

    • miguel says:

      LOL o moto G é a baixa/media gama da motorola, queres o que?? comunicações por satélite também??

      Agora andamos a comparar fiat uno com Ferrary, pode ser da mesma empresa, mas por amor de deus.

  5. Joao says:

    E a apple meteu o botão de lado, a entrada dos fones e aumentou os fones por culpa de quem? quem foi quem foi? 😀 😀 😀

  6. Joao says:

    E a apple meteu o botão de lado, a entrada dos fones para baixo e aumentou o ecrã por culpa de quem? quem foi quem foi? 😀 😀 😀

    • Nunes says:

      :S
      cada um que aparece!!
      botão de lado é uma consequência do aumento de ecrã
      entrada dos “fones” é a mesma desde 2012, altura em que passou a haver espaço em baixo com a mudança de conector
      o aumento de ecrã é culpa da procura

  7. Nelson says:

    este telemovel é lindissimo, qual iphone qual quê. Não tem ninguem que pense o contrario

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      É. A covinha do M dá-lhe muita graça 😉

      • miguel says:

        o que gosto mesmo nele mé o ecran… pena a iphone ainda não ter comprado uma empresa que fabrique ecrans de jeito

        • Nunes says:

          lol
          é por isso que tem o que é considerado o melhor ecrã LCD em smartphones

        • Chic e esperto says:

          Ahahah o iphone tem o melhor ecra do mercado tanto em macbooks/ipads/iphones (6plus)

        • Não Não says:

          Pois, por isso mesmo é que compra sempre o melhor LCD que há no mercado, independentemente de quem o faz!

          Mas deixa tar, que eles vão começar a fabricar OLEDs, e acabar com o monopólio da Samsung e LG no assunto…

          • miguel says:

            LOOL tem o Melhor LCD do mercado….

            Essa tecnoligia ja deu o que tinha a dar..

            que que ma vale ter a melhor saída SCART do mundo na minha TV se a concorrência já tem saída HDMI.
            ISSO É TAPAR O SOL COM UMA PENEIRA aos utilizador de Iphones.

            sem duvida que a comcorrencia tem melhores ecra’s

  8. damn says:

    Isto é incrivel. Vocês estão sempre com o mesmo, impressionante. Acham mesmo que uma gigante como a Apple não pensa em várias coisas que estão em telemóveis Android tanto antes como ao mesmo tempo que a Google ou que os fabricantes de vários telemóveis? A Apple tem uma estratégia, e de certeza não é esperar que os outros façam para ver do que precisam nos iPhones.

    Mas para vocês é mais fácil dizer que a Apple só copia. E sem dúvida que esta foi uma boa jogada, já que os concorrentes não vão ter a mesma tecnologia que eles no sensor de impressão digital. Criticam a Apple por tudo, mas por exemplo iOS é bem mais estável e seguro que Android e ninguém diz nada…

    • ACS says:

      eles precisavam de fazer um sensor custom made para o iphone e integrar isso com o hardware de tal maneira que a validação, etc é feito por hardware. Como todos sabem a apple tem de produzir todas as coisas que quer implementar num iphone aos milhões por isso convém apenas meter tech que alguém possa produzir para gigantes quantidades. é obio que fica mais barato á apple comprar a empresa do que pagar x euros por cada telemóvel que produz ou então ter que dividir a produção com a concorrência quando nem para iphones havia o suficiente porque a safira que a apple implementou por cima do sensor estava limitada.

      • Paulo Oliveira says:

        toda a gente sabe que a maioria do material usado para construir oa iPhones são Samsung….. memoria RAM, processador ,ecrã etc…

        • Nunes says:

          lol!
          RAM é maioritariamente da Elpida ou da Hynix,
          ecrã é maioritariamente da LG e Japan Display [a Samsung pode nem sequer ser um dos fornecedores],
          processador é da Apple e maioritariamente fabricado pela TSMC [a Samsung fornece menos de metade],
          etc

          • Paulo Oliveira says:

            as que disse estão corretos, mas a Samsung fornecia ram ao iPhone, só se no 6 é outra…mas os displays ate ao iPhone 6 era a Samsung que fornecia…os processadores são agora desenhados pela Apple e fabricados pela TSMC, mas o próximo iPhone vai ter processador Samsung .

          • Nunes says:

            @ Paulo Oliveira
            estás vários anos atrasado/enganado!
            RAM, ecrãs, etc, já há muito tempo que têm outros fornecedores principais.
            O processador é da Apple desde o 2011, contratando a Samsung para fabricar, tal como a Qualcomm, Nvidia e AMD contratam outras empresas para fabricar – “ninguém” parece dar relevância a isso com estas empresas, mas pelos vistos a Apple é especial.
            Quanto ao processador do próximo iPhone ninguém sabe realmente como vai ser. Tudo indica que a Samsung será o principal mas não será único, cabendo à TSMC uma parte do volume, sendo até possível que a GlobalFoundries tenha tb uma parte da produção!

          • Joao Magalhães says:

            Looool, resumindo, o Iphone é tudo menos Apple.

  9. Chic e esperto says:

    A apple tem 2 defeitos grandes, o preco alto e mania de achar que hardware n precisa de ser melhorado, sim sao mto optimizados mas ja punham 2gb de ram e tri cores em iphones (o plus) como no ipad…um aparelho de 900euros com 1gb de ram e ridiculo e n me venham dizer que chega pois o meu air 2 br, noto a diferenca na ram!

  10. Scheldon says:

    Deixa eu ver se entendi, se não podem roubar a tecnologia, criar a sua própria está fora de questão? Mas a falta de vergonha na cara desse povo não tem limites.

  11. LP says:

    Isto soa-me a aldrabice… a covinha é aquela onde está o logo da marca? Aquela que até o moto E tem? Também estariam a pensar por um sensor nesse?
    Uma coisa é certa, é de louvar a atitude de optarem por não colocar um sensor que não funcione bem só para dizer que tem, como outras marcas, podiam era descontar no preço o facto de não o ter.

  12. David Neto says:

    Aumetar a segurança? Os leitores de impressões digitais são das tecnologias mais fáceis de ultrapassar.

    Seria sim, um aumento de comodidade para não se ter que por o PIN sempre.

    • LM says:

      @ David Neto,

      “…Os leitores de impressões digitais são das tecnologias mais fáceis de ultrapassar”

      Não sei como funcionam os da concorrência, mas o da Apple, facil de ultrapassar, garantidamente não é.
      Se existe maneira de ultrapassar? sim, existe. Mas isso é como tudo…

      • David Neto says:

        Basta uma foto da impressão digital e paciência. Podes ver mais aqui:

        http://www.ibtimes.co.uk/iphone-6-touch-id-fingerprint-scanner-hacked-days-after-launch-1466843

        Para já não falar que leitores de impressão digital estão mais sujeitos a falsos positivos que outros sensores biométricos (da última vez que procurei era algo como 1 em 500).

        Algo que dá acesso aleatório a uma em cada 500 pessoas não é, de todo, uma medida de segurança mas sim de falsa segurança.

        O touchId serve para duas coisas: Evitar que os teus colegas entrem no teu telemóvel e facilitar a entrada para quem não quer por mesmo o pin.

        Quem quer segurança a sério não pode usar touchId. Se a ideia é impedir o acesso, algo tão facil como um leitor de impressão digital que te podem forçar a usar não serve. Se tens documentos sensíveis no teu telemóvel o aconselhavel é ter password no ecrã.

        E gostava de saber como passas uma password decente que te encripte o telemóvel. Dizer como no artigo que “aumenta a segurança” é falso.

        • Nunes says:

          Não, não basta um foto!
          Primeiro é preciso obter uma impressão de boa qualidade – o que não é assim tão fácil!
          Segundo é preciso reproduzir essa impressão com óptima qualidade, num processo que requer materiais e equipamento que nem toda a gente tem!
          Terceiro, é preciso que essa seja a impressão correcta
          Quarto, muitas impressões ficam só parcialmente gravadas, e por isso é preciso alguma sorte e usar a zona correcta do dedo.
          Quinto, é preciso que tudo isto aconteça com menos de 5 tentativas e num certo intervalo de tempo. Isto é, pode falhar por vários motivos, desde más impressões, impressões erradas, má reprodução da impressão…
          O TouchID é muito exigente na qualidade da impressão. Ao contrário do que afirmas os falsos positivos não são 1/500, mas 1 em 50 000.

          • David Neto says:

            Epá, que teimosia.

            1- Seja 1 em 500 ou 1 em 50 000. É mais do que 1 em 37127468124612461263 que seria o número de tentativas necessárias para uma password em condições. E se dizem que é 1 em 50000 estão a mentir. A Apple não lançou estatísticas que tenha visto e os números que meti, embora desactualizadas, eram de leitores topo de gama há uns anos.

            Posto isto, NÃO AUMENTOU A SEGURANÇA se passámos de 1 em alguns biliões para 1 em 50000.

            Mais ainda, se alguém quiser acesso ao teu telefone pode, no extremo, arrancar-te um dedo e entra. Ou forçar-te a por o dedo no sensor. Como queiras.

            O sensor tem MENOS segurança que uma password alfanumérica comum.

            2- Nem toda a gente tem o material necessário, mas MAIS gente tem o material necessário para criar uma reprodução de uma impressão digital do que para fazer brute force a uma password. É tão simples como isso.

            3- Sim. Mesmo tendo que acertar com o dedo, é 1 em 10. não 1 em biliões.

            4- Nem comento. Isto para ti é algo que aumente a segurança?

            5- Alguém que queira acesso ao teu telemóvel tem esse acesso FACILITADO se usares impressões digitais em vez de uma password. Ponto final. A estatística, probabilidade, etc, mesmo com os teus números que considero exagerados (1 em 50000) não te dão razão.

            E em termos de sensores biométricos, as impressões digitais são as mais fáceis de ultrapassar há anos. Isto é um facto que está amplamente documentado e é, desde sempre, desaconselhado o uso de impressões digitais quando o objectivo é restringir acesso. Normalmente usa-se para controlo de entradas e saidas.

            Posto isto, o texto está mal. O touchId diminui a segurança.

          • Nunes says:

            @ David Neto
            teimosia?
            Quem é que vai escrever repetidamente ao longo do dia uma password dessas?

            ” E se dizem que é 1 em 50000 estão a mentir”
            Eu teria cuidado em chamar mentirosa uma empresa que comprou tecnologia de ponta, com base numa ideia vaga sobre produtos de há vários anos atrás! A Apple deu essa estatística quando lançou o iPhone 5S! Pesquisa e encontras. E as mesmas pessoas que mostraram ser possível enganar o sensor, constataram que ele é bastante melhor que outros – por exemplo o usado pela Samsung!

            1/50 000 é melhor que um PIN (1/10 000), que é a alternativa mais usada! A somar a isso o sistema obriga à introdução duma password quando ultrapassa os limites de tentativas e tempo. Essa password, por causa da comodidade introduzida pelo TouchID pode ser uma qualquer já que a pessoa já não perde muito tempo com ela ao longo do dia para desbloquear o aparelho!

            “3- Sim. Mesmo tendo que acertar com o dedo, é 1 em 10. não 1 em biliões.”
            Isso é uma falácia, já que a probabilidade de conseguires uma impressão deriva de vários factores, e não só de acertar no dedo, dedo esse que até possível que não consiga obter!

            “4- Nem comento. Isto para ti é algo que aumente a segurança?”
            :S Isso é uma demonstração que não basta advinhar o dedo. Muita gente coloca o dedo no sensor de formas específicas. Quem quiser mais segurança até pode usar zonas do dedo que dificilmente sejam “apanhadas”

            “5- Alguém que queira acesso ao teu telemóvel tem esse acesso FACILITADO se usares impressões digitais em vez de uma password. Ponto final. A estatística, probabilidade, etc, mesmo com os teus números que considero exagerados (1 em 50000) não te dão razão.”

            Pergunto-te outra vez quem é que usa uma password complexa para desbloquear repetidamente o telemóvel?
            E a questão não era se uma password alfanumérica é mais segura que uma impressão… a questão era vires dizer que bastava uma foto para desbloquear quando isso é falso, e não é trivial!

          • David Neto says:

            Ufa. Finalmente percebi o quanto não percebes disto, bastando ler a tua última pergunta.

            Sabes quem é que usa uma password de jeito? Qualquer pessoa que perceba de segurança e que tenha coisas sensiveis no telemóvel. O que claramente não és tu.

            Estou no telemóvel e por isso fico-me por aqui. Se realmente acreditas que é mais seguro usar uma impressão digital… Força.

          • Nunes says:

            se queres deturpar o que eu disse estás à vontade!

  13. Marco says:

    Ai e tal a Apple comprou a empresa, logo não é inovação. Vá o papá vai ensinar-vos uma coisa, no mundo das grandes empresas TODAS compram pequenas empresas para usarem a tecnologia destas como se fossem suas. TODAS. Vão ver as compras da Google e da Microsoft. Tá bem a assim? Vá de não tem que agradecer.

    Deixem de ser ovelhas, vocês não ganham nada com isso, se a google/apple vos paga-se alguma coisa ainda percebia.

  14. Abner says:

    Incrível como falam desse sensor biométrico. No momento é uma tecnologia incrível, mas totalmente desnecessária. Os próprios desenvolvedores de software acham difícil a utilização, algo caro e sem importância. No meu ver é um luxo sem valor. Difícil você encontrar 5 aplicativos que usem isso.

    • Nunes says:

      onde é que foste desencantar tais ideias?

    • LM says:

      @Abner,

      “…No meu ver é um luxo sem valor. Difícil você encontrar 5 aplicativos que usem isso.”

      Na concorrencia, não sei… Mas no iphone é muitissimo prático, só tens que encostar o dedo e voilá. Simples, não? E por ultimo, e para tua informação, já existem dezenas de de apps a usarem o Touch ID da apple. Quase que diria que cada dia que passa, desenvolvem uma app a dar utilidade ao sensor do iphone.

      • ACS says:

        E não te esqueças do apple pay. Quase de certeza que a maior razão da apple foi o apple pay porque qual é a vantagem de usar o telemovel para fazer compras se tens que digitar o código na mesma?

  15. JJ says:

    Se a empresa é da Apple, logicamente a Apple não é obrigada a licenciar a melhor versão de um produto a concorrência. As outras empresas fazem o mesmo.

    Agora, tendo em conta a postura da Apple no mercado, vamos ver se esta tecnologia não irá limitar o progresso dessa tecnológico. Isto porque, com a historia das patentes tão em voga, fica cada vez mais difícil outras empresas desenvolver determinada tecnologia, o que pode limitar o progresso, se ficar limitada apenas a uma empresa a utiliza-la.

    • ACS says:

      Se o mundo achar que esta tech é necessária e imprescindível nos telemóveis a apple será obrigada a licenciar ao resto dos fabricantes de telemóveis por um preço justo e igual para todos.

      • Nunes says:

        Creio que deves estar a pensar em patentes de standards, mas isso só é válido se a empresa participar na definição desse standard. Se a Apple não quiser participar ninguém a pode obrigar a isso… no máximo poderá é ver se confrontada com outros a usar as suas patentes sem licença e a ter que ir a tribunal para ser indemnizada.

  16. Bahh says:

    Ainda bem que a Apple tem o exclusivo da melhor… a ver se menos gente usa a impressão digital, que como solução de segurança é um pouco fraca… melhor que nada: sem dúvida!!! Mas por exemplo as autoridades de todo o mundo podem exigir (legalmente) que metam lá o dedo… o código podem genuinamente não se lembrarem ou não o quererem divulgar… o dedo até o podem cortar (dependente dos países… a mão toda) se não o quiserem lá meter voluntariamente.

    Por outro lado, estimular a concorrência a fazer igual ou ainda melhor, nunca fez mal à inovação… se houver necessidade alguém vai arranjar uma solução.

    • Nunes says:

      Essa das autoridades obrigarem a pôr o dedo só serve para meter medo! E porquê? Porque basta desligar o telemóvel ou usar o dedo errado e passa a ser necessário inserir a password, com a vantagem de, por causa da comodidade, passar a ser viável o uso de passwords complexas!
      Quanto a cortar o dedo, boa sorte com isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.