PplWare Mobile

Mozilla termina desenvolvimento do Firefox 64 bits no Windows


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. JSantos says:

    Isso não é um panda vermelho? Parece-se com uma raposa mas não é

    • Fernando says:

      Chamam-lhe raposa-vermelha e panda vermelho. Mas verdadeiramente não pertence a nenhuma das duas espécies. É o único da sua espécie. A única caraterística que o semelha ao panda e comer bambu mas também come ovos como as raposas! Só sei que é um animal lindo 🙂

    • CapuYo says:

      Sim é um Panda Vermelho (Ailurus fulgens)… Deviam ter mais cuidado com isso…

      Visto que já chega a Televisão andar a dizer asneiras nesses assuntos..

    • JCHP says:

      https://en.wikipedia.org/wiki/Red_panda

      “The English name firefox, from which the Firefox web browser gets its name, is a calque (literal part-by-part translation) of the Chinese word 火狐 (huǒhú), another Chinese name for the red panda.”

    • Luke Skywalker says:

      É um panda vermelho, sim senhor!

      Não sei qual a ideia do “artista” que colocou esta foto num artigo relativo ao Firefox. Possivelmente não saberá distinguir uma raposa dum panda vermelho, se é que ele quereria colocar a foto de uma raposa…

    • Traul says:

      Sim, é um panda vermelho. Sabes, a mascote que a Mozilla tem vindo a suster ao longo do desenvolvimento do “Fire fox”, que é um nome alternativo para os canitos.

    • AJ says:

      Precisamente, é das poucas vezes que está correcto, apesar de costumares ver uma raposa associada ao firefox está errado, é mesmo um panda vermelho.

    • k3bra says:

      Não entendo… A mascote do firefox é o panda vermelho e tu queres que postem uma raposa?!?! :s

      • JSantos says:

        Em 1º lugar eu só questionei a imagem, não passei atestados de burro a ninguém nem pus em causa a competência do autor do artigo.

        Em segundo lugar, ok acredito que o panda vermelho, faça parte da história da Mozzila mas não podem achar que o comentário é completamente descabido tendo em consideração que o seu símbolo é efectivamente uma raposa e até o seu browser móvel tinha o nome de fennec, uma outra espécie de raposa.

        k3bra colocar uma raposa não é de todo idiota considerando que o fireFOX tem FOX no nome e símbolo e apenas o nome é que é baseado num nickname de outro animal em mandarim.

    • Dachau says:

      Olhem, aprendi hj uma coisa nova. Sempre pensei que o Firefox fosse uma raposa a pegar fogo pelo o rabo!

  2. Mario says:

    Resumindo, falta de competência da Mozilla.

    • Chico Silva says:

      Sem dúvidas.

    • Gil says:

      Só não utilizava a versão 64 bits do Firefox porque os add-ons não eram executados corretamente nessa arquitetura.
      E como grande parte deles são desenvolvidos por terceiros, a mozilla não pode obrigar os developers a desenvolver para 64 bits.

      • mc says:

        Problemas dos addons, o tanas – os problemas de gestão de memória são (eram) independentes dos addons (e plugins), mas, como diz o ditado, só faz falta quem cá está – bons ventos os levem e… venham outros par o seu lugar 😛

    • Pedro says:

      Não se trata de falta de competência mas sim uma questão de prioridades. Como podes ver aqui as prioridades da Mozilla neste momento são: aumentar o suporte para HTML5, desenvolver o seu sistema operativo, o firefoxOS (baseado em HTML5/JavaScript/CSS com base na tecnologia Boot to Gecko), ter uma Appstore própria e um sistema de login que garanta mais privacidade (Persona).

      Se a escolha que fizeram foi acertada? Não sei, mas o que é certo é que não podem apostar a 100% em várias áreas ao mesmo tempo e mais tarde ou mais cedo vão voltar a trabalhar nesta versão.

  3. RaposadeFogo says:

    Nunca usei a versão 64-bits, mas realmente tendo em conta a evolução tecnológica a que assistimos, acabará por ser uma grande limitação deste navegador.

    É pena que esta notícia surge logo agora que a edição para Windows está muito bem conseguida, depois de uma série de versões decepctionantes (desde a 4 até 13-14), desde a versão 15 que tenho visto francas melhorias em performance, economia e estabilidade, a versão 17 está excelente, de acordo com a minha utilização, e continua a ser o meu browser de preferência, embora por vezes seja obrigado a recorrer a outros, e pelos vistos esse será o caso no futuro :/

  4. m4x says:

    Isso tb é só manias… perdem mercado pk? 32 bit tb funciona em 64bit, o que ganhas em ter um browser a 64 bit? nada…

    • rand says:

      A versão 64bits era mais rápida e não tinha os limites de memória da versão 32 bits,por isso nnão, NÃO SÃO MANIAS

      • m4x says:

        lol, para mim nunca foi mais rápida a versão de 64 bit.
        E limites de memória? lol tens o firefox a usar-te quanta memória?
        epa só rir mesmo… deves ter o firefox a usar 3 ou 4 gb para te estares a queixar… lol nem brinques, mas quem é que precisa disso?

        Duvido que 90% dos users tenham tantas tabs como eu a toda a hora, e no entanto não tenho problema nenhum com os 32bit no firefox.

        Em qualquer momento tenho de 50 a 100 tabs activas, mais de 800 abertas, ja cheguei a 1300…

        • rand says:

          O meu limite foi à volta das 2000, o meu normal anda à volta das 30 e com todos os addons que eu tenho já cheguei a ter o firefox a usar 5GB ram,

          E se nunca notaste que a versão 64bits era mais rápida é porque provavelmente não usas tão intensivamente como eu.

  5. Element90 says:

    e ainda falam do Internet Explorer e seus bugs. Das duas uma, ou os developers não têm aptidões e não merecem estar numa equipa de desenvolvimento como esta, ou a microsoft só tem génios. 🙂

  6. Carlos Silva says:

    E quantas pessoas usam o IE 64bits ?|?

    Para os browsers as versões 32bits funcionam muito bem em 64bits.

    • Carlos says:

      É, basta ver que por omissão o Windows usar o IE de x32, apesar de vir com a versão x64 também (já agora o mesmo vale para o Windows Media Player). Aliás, ainda vai mais longe: no IE 9 só a versão x32 é que usa o Chakra para compilar o JavaScript, o que faz com que o IE 9 x64 seja significativamente mais lento.

  7. bolota says:

    Valeu por ter ficado a saber que a mascote do Firefox é um panda vermelho, é que parece uma raposa.
    Quanto à noticia, utilizo Linux por isso não me afeta.

    • AJ says:

      Para dizer a verdade não é tão simples assim, no início era “Phoenix” que é uma ave mítica de fogo, depois passou a firebird (pássaro de fogo), seguindo para firefox que seria raposa de fogo, no entanto esse nome já pertencia ao panda vermelho que em inglês pode ser chamado de firefox. Assim no logotipo acho que está verdadeiramente uma raposa porque achavam que o panda vermelho não passava a ideia desejada mas acabou por ser associado ao panda vermelho.

  8. marco says:

    Gougle Groups ou Google Groups?

  9. António says:

    “Os vários problemas que esta versão apresenta acabaram por ditar o fim do seu desenvolvimento e a Mozilla anunciou agora que terminou a disponibilização desta versão.”

    Esta frase não é contraditório?
    Não deveria ser antes “Apesar dos vários problemas que esta versão apresentou, tendo mesmo confirmado o fim do seu desenvolvimento, a Mozilla voltou atrás e terminou o seu desenvolvimento, anunciando agora a disponibilização desta versão.”

  10. Asdrubal says:

    Epá, quando li o título, até pensei que tinham terminado finalmente uma versão de 64bits para Windows, mas afinal interromperam o desenvolvimento. Mau! Muito mau!

  11. João Trindade says:

    Não vejo problema nenhum. O Windows 64 bits vem com as versões de 32bits e 64 bits do internet explorer, e ninguem usa a versão de 64 bits

  12. k3bra says:

    waterfox 😀

  13. Dário says:

    Fantástico, de 22 comentários só 5 é que falam sobre o tema do texto! Sinceramente, o que é que interessa que seja um panda, uma raposa? Não me digam que a imagem não é alusiva ao tema? Claro que é! Mais uma vez: Há pessoal a reclamar de tal maneira que até parece que paga uma taxa para ler o pplWare! Não se paga, e devemos é agradecer e absterem-se de comentários ridículos, inúteis, e até por vezes ignorantes.
    (vá, agora seguem-se 50 comentários a ofender-me, força nisso, dêm-me razão)

    Agora sobre o tema: O Waterfox não tem nada a ver com a Mozilla? Eu instalei, porque é anunciado como melhor e mais rápido para a versão win64, e na verdade é bastante estável e rápido.

  14. José Leite says:

    Meus amigos,há duas alternativas(talvez até mais),ao Firefox(de dois browsers baseados no gecko engine).São o Palemoon:http://www.palemoon.org/palemoon-x64.shtml e o Waterfox:http://www.palemoon.org/palemoon-x64.shtml .Querem estabilidade e bastante velocidade,utilizem os dois,pois são bastante bons.Um abraço e bom fim-de-semana 🙂

  15. Luis Miguel Lopes says:

    Esclarecem só uma questão minha e desculpem a minha “noobice”.

    Usar uma versao 32bits num processador de 654bit é assim tão prejudicial em termos de desempenho? Quais as diferenças que eu irei notar? Será assim tão compensatório mudar para outro browser? É algo que sinceramente e desculpem a minha ignorância que não consigo entender se haverá assim uma quebra de performance tão brutal ou não.

    Desde já agradeço as respostas

  16. James Bond says:

    “Gougle Groups” *Google Groups

  17. JC says:

    Esta notícia tem alguma coisa a ver com o Waterfox (Firefox recompilado para 64 bits)?

    Uso o Waterfox há bastante tempo, tem sido rápido, estável e não tenho tido problemas.

  18. Koizo says:

    offtopic firefox: tenho instalada a versão 17 do firefox + flash 11.5 r502. Não têm sentido “avarias” com estas novas versões?

  19. Tiago says:

    Sempre gostei de ter tudo a 64bits, desde há muito tempo, então vou seguir os links aqui postados para continuar a fazer… Não faz sentido andarmos para trás. Obrigado José Leite pelos links

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.