PplWare Mobile

Manuais escolares: Livrarias ponderam não aceitar vouchers


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. José Moreira says:

    O grande problema reside no facto de alguém ter dado, a certas entidades, a faca e o queijo. Provavelmente, para os amigos fazerem sandes.
    O D. Afonso Henriques tanto batalhou contra os mouros na EB de Cafeteiras de Cima, como na de Alcachofras de Baixo. Em 2018, como em 1938. E 2+2 são 4 em qualquer escola, em qualquer ano, em qualquer lugar.. Por isso, não entendo: a) por que raio todos os anos os manuais terão de ser diferentes; b) por que raios terão de ser diferentes de escola para escola, de professor para professor; c) por que carga de água o Estado – leia-se o Governo – não toma a iniciativa de, ele mesmo, já que dispõe de meios para isso, não desata a criar, publicar e distribuir os manuais. A ver de as editoras ganhavam juízo.

    • Nuno V says:

      A resposta a todas as tuas perguntas é uma única e é muito simples. Porque isso afectaria os lucros das editoras, e uma grande maioria dos deputados não tem interesse nisso visto defenderem interesses privados.

      As editoras não precisam de ganhar juízo pois tem lucros enormes a cada ano.

      • joaquim says:

        Sim,.. mas parece que poucas pessoas se importam com o que fazem os políticos. Metade não vota, a metade que vota, mais de metade é sempre prós mesmos…. Temos o que merecemos…..

        • Bruno Santos says:

          E quando não é nos mesmos, é noutros, que não sendo os mesmos, são iguais. Estamos num sistema viciado, em que todos eles são amigos uns dos outros, e nada vai mudar.

          • Nuno V says:

            Se achas que todos são o mesmo, percorre todos os partidos com representação parlamentar e demonstra um exemplo destes favorecerem amigos. Se encontrares um exemplo para cada um dos partidos, então podemos dizer que são todos iguais. Se não encontrares, então não podes dizer isso.

  2. Doesn't Matter says:

    Só continuo a questionar-me porque é que não é o Ministério da Educação a desenvolver manuais universais para todas as escolas… Se são eles que indicam os conteúdos que têm de ser lecionados, porque é que não boicotam o monopólio das editoras com os manuais escolares e tornam-se independentes a estes custos desnecessários…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.