Quantcast
PplWare Mobile

iPhone original torna-se um produto vintage no dia 11 de Junho

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. fornost says:

    interessante artigo! nunca puder ter nem o 1… hoje tenho um android (galaxy Y). Primeiro smarthphone “de verdade”. Perdi o “boom” mas ganhei nas funcionalidades/aprimoramentos. No futuro farei um upgrade, mas só quando realmente este já não der pro gasto, atualmente atende minhas expectativas.

  2. Fábio says:

    Que pena, vendi o meu a meio ano…

  3. KaPutnixZ says:

    Por acaso ainda tenho o meu.. Comprei-o nos Estados Unidos em Dezembro de 2007.. Depois ainda tive que esperar uns mesinhos para o conseguir desbloquear 🙂 Em 2011 foi rendido por um iPhone 4 e hoje descansa em paz na gaveta da mesa de cabeceira.. No entanto já me desenrascou quando o 4 teve que ir para reparar e continua a “bombar”.. 🙂

  4. says:

    A apresentação deste Iphone foi das melhores coisas que vi.

  5. lontra says:

    No meu tempo era preciso 20 anos para um produto ser vintage.

  6. Na pratica o o produto que dá nome à noticia, é aquele que os consumidores vão notar menos, já que em termos de suporte, o iPhone já não recebia nada à muito tempo. Pior é saber que o meu MBP, que saiu nessa mesma altura e ainda corre 10.8, não vai receber mais nada de novo

  7. Boinas says:

    Algo verdadeiramente novo, diferente, desde aí, só upgrades…
    “Wozniak comentou sobre o tamanho da tela do iPhone, chegando a compará-lo com dispositivos Android: “sempre digo que prefiro as telas grandes, como as dos smartphones Android. Acho que uma tela maior é importante para a usabilidade do smartphone”, afirmou. Para o executivo, a Maçã não tem acompanhado as mudanças do mercado e por isso ela “provavelmente está perdendo mercado”. “

  8. Luis says:

    Cotinua a ser o smartphone mais bonito que já vi!! ainda me lembro qd o recebi dos EUA! Desde a caixa até ao cheiro dos plasticos…
    Não há como explicar este raio de culto…adoro esta cena…

    • Boinas says:

      Há como explicar e está bastante estudado até, como uma rápida pesquisa pelo google mostrará. É basicamente o poder do marketing.

  9. João says:

    Ainda é o meu telemóvel do dia a dia 🙂
    Já não é funcionam aplicações desde alguns anos (aplicações que não seja telefonar e enviar mensagens xD)

  10. Sérgio says:

    Sou mais virado para outra marca, mas ha que reconhecer que este produto para além de ter acrescentado algo que o mercado não tinha, impulsionou também que as outras marcas evoluissem no mesmo sentido.

    Por isso, parabéns.

  11. fire says:

    Ainda tenho o meu original, com caixa impecável e tudo. Quando saiu rendi-me à evidência que era o melhor que existia no mercado em comprei-o nos EUA. Hoje está guardado e não me irei desfazer dele. Apesar de ainda funcionar já o reformei para um WP.
    Agora já é vintage … é a evolução!

  12. eu mesmo says:

    serei eu também uma peça vintage? oh raios… a idade não perdoa… vou ser substituído?? oh deus…

  13. jeton90 says:

    eu tenho um

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.