PplWare Mobile

Gripe A H1N1 – Aulas a partir de casa


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Emannxx says:

    Mas será que não sabem dar um prazer aos mais novos?

    Caneco! Os mais novos vêm na gripe A a possibilidade de uns dias (ou semanas como ja aconteceu cá) de não terem aulas, e estes trambolhos vêm logo com soluções! C’um caneco!

    Xissa Peniko!

    • kekes says:

      Tens razao no que dizes as crianças ficam todas contentes só que os maiores prejudicados sao elas mesmas, nao é nada bom ter resultados péssimos por falta de instrucçao devido a falta de tempo. Eu nos meus tempos de criança ficava feliz como tudo, mas tambem tinha consciência que quando tivesse aulas novamente teria de compensar o tempo perdido com muito mais trabalho e menos qualidade de ensino.

    • c.p says:

      Nao sao so os mais pequenos. O ministerio da educaçao ta a pensar em nao abrir as escolas, na generalidade, tao cedo por causa da gripe A

  2. A says:

    Muito se tem falado da gripe A, dando se muita ou pouca importancia, mais ou menos receio.

    Uma das situações mais pessimistas (mas possivel de acontecer) é a seguinte:
    Supostamente existe em stock medicamento para tratar X% da população. Vamos supor que os infectados são superior ao medicamento disponivel no momento (um surto nesse imediato temporal).
    Alguem sabe me responder (por conhecimentos e não por “bitaites”) se uma pessoa infectada consegue combater o virus sem medicamento?

    Sim, todos os seres vivos são diferentes uns dos outros, assim como o seu Sistema imunitário, mas sem entrar por aqui, será que uma pessoa é capaz de curar-se estando apenas em casa sem medicamentos?

    Uma “gripe normal” dá para se curar (nalguns casos) bebendo muitos liquidos, fruta/legumes (vitaminas), descanço, etc…..

    Será que também é assim para esta gripe?

    Agradeço o esclarecimento

    • PeTiNgA says:

      Penso que isto responderá à tua pergunta:
      http://www.ionline.pt/conteudo/13458-94-dos-infectados-com-gripe-vao-ser-tratados-em-casa-com-antipireticos

      Como exemplo de antipirético tens o Ben-u-ron e a Aspirina

    • kekes says:

      Tomo a liberdade de te esclarecer nessa situaçao mas agradeço correçoes caso sejam necessarias.

      A gripe A assim como outro tipo de gripes, mata, devido aos nosso rudimentares métodos de combate a virus, temos medicamentos que ajudam nesta situaçao travando a multiplicaçao de virus no organismo a ritmos acelerados mas nao conseguimos ainda atacar-los no ponto certo. O nosso meio de combate mais eficaz a virus e a vacinaçao que por injecçao de “virus adormecidos” faz o nosso corpo activar os mecanismos de defesa para identificarem os invasorese neutralizar-los, e tendo o nosso corpo criado tais resistencias no futuro iremos combater melhor e mais eficazmente os virus. E quase como um antivirus no PC, ele surge, as empresas identificam, criam metodos para os combater e depois todos os PC’s estao preparados para os comabater.
      O que se passa é que o nosso pais tem grandes stocks de Tamiflu, por exemplo, pois os profissionais de saude aqui nao tem muitopor habito receitar-los, ao contrario de muitos paises que e a primeira forma de combate a gripes, portanto em caso de necessidade somos um dos paises mais bem preparados, acredita. No entanto o Tamiflu nao e nada mais nada menos que uma ajuda o teu corpo tem de o combater sozinho tem que naquele periodo de tempo entre a vida e o limite da morte criar meios para o combater e combaterlos eficazmente, portanto tudo depende do teu organismo, pois a medicaçao e apenas um meio de ajuda para prolongar o tempo de acentuaçao dos sintomas prolongando a vida ao doente e permitido que ele tenha mais possibilidades de o combater.

      A soluçao passa pela vacinaçao, coisa que os nossos laboratorios a nivle mundial nao conseguem fazer em pouco tempo, dai a tambem pouca disponibilidade de vacinas para a gripe dita normal (atenção a vacina muda todos anos com base em previsões).

      COmo tal um organismo de uma pessoa tem todos os meios para o combater, alias e a unica forma que existe para o combater, portanto os mais fortes consiguirao fazer-lo sem ajuda de medicaçao mas depende de muitos factores sendo as crianças e os idosos o grupo de risco. Depois de teres contraido a Gripe A o teu corpo para a proxima estara mais preparado para o que vier, mas nao é seguro que a conseguiras viver novamente pois depende novamente do estado do paciente, se esta com as “forças” em alta ou nao. COmo eu disse depende de muitos factores e o que é hoje nao é amanha.

      Directamente a tua pergunta: Sim podem curar alias é o unico meio que tens.

      • kekes says:

        um reparo no penultimo paragrafo

        Depois de teres contraido a Gripe A se sobrevives o teu corpo para a proxima estara mais preparado para o que vier, mas nao é seguro que a conseguiras viver novamente a doença mas a ultimas vez teve um efeito vacina , mas depende de muitos factores nomeadamente do estado do paciente, se esta com as “forças” em alta ou nao. COMO eu disse depende de muitos factores e o que é hoje nao é amanha.

        E mais um add-on 😀 todo tipo de cuidados essenciais para a cura de outros virus tambem podem ser aplicados nesta dituaçao, como boa alimentaçao e essas coisas ja por nos conhecidas como basicas, pois permitem que o corpo tenha materia prima para combater o virus.

    • aver says:

      Não sou médico, mas um médico de saúde pública o que me disse foi – a gripe A não é pior nem melhor que as outras gripes, causa febre e mialgias (dores no corpo), como as outras. Disse mais – a partir de Outubro, quando é habitual começar os surtos de gripe não é possível e é um disparate andar a distinguir a gripe A das outras.

      A ideia com que fiquei é que gripe é gripe, seja A ou outra (não confundir com constipação). Se houver Tamiflu toma-se (parece que para as crianças não é indicado) se não houver não se toma.

      Quanto à plataforma Camões/ensino à distância … é certo que os alunos, com gripe (A ou outra) ficam uma série de dias em causa, sem aulas. Pelos vistos, a partir de um certo número de casos de gripe A a escola fecha e não há aulas. É esperar para ver.
      Já tinha reparado foi nas notícias, sem relação com a gripe A, quanto a meios informáticos disponibilizados nos centros pediátricos dos hospitais, para internados (a pediatria vai até à idade de 18 anos) e pais que lá permanecem.
      http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1328552&seccao=Centro

    • joao says:

      Visto que tive uma experiência recente com a Gripe A, gostaria de partilhar aqui. Eu e uns amigos fomos de férias para o Algarve a semana passada, e um deles foi diagnosticado gripe A após o regresso ao Porto. Rapidemente se curou tomando apenas benuron’s e habituais medicamentos. Não foi sequer necessário tomar anti-gripais. Gostaria de sublinhar que este estado de pânico originado pelos media é ridiculo. Vejam este video que está bem elucidativo da questão:

      http://www.youtube. com/watch? v=CcgCBiyGljM&eurl=http%3A% 2F%2Fwww% 2Eorkut%2Ecom% 2Ebr%2FFavoriteV ideoView% 2Easpx%3Frl% 3Das%26uid% 3D10819820024002 718834%26ad% 3D1249245842% 26uit%3D% 2FHome%2Easpx&feature=player_ embedded

  3. EsPoNjOSO says:

    Boas tardes!

    Concordo em pleno com esta medida e a apresentação de alternativas para de algum modo conseguirmos ultrapassar a “pandemia” que pelas noticias, nos estará a bater à porta dentro em breve.
    E de futuro quando a “pandemia” se tornar numa “epidemia” que medidas surgirão?! Poderemos também vir a trabalhar de casa? Que empresas aprovarão esse tipo de medida?
    Medidas com esta são benéficas, mas de nenhum modo irão resolver o verdadeiro problema, a existência do virus entre nós.
    Gostaria de pensar que isto se trata tudo de um grande alarido em torno de algo que afinal até é controlável, aplicando as medidas sanitários correctamente e de uma forma rigida.
    Quantos infantários já terão instalado nas suas instalações sanitárias as medidas sugeridas pela direcção de saude?

    Cumps, 😉

  4. canelas says:

    É só alarmismos. A pior forma de propagar a doença é criar alarmismos que por sua vez possam aumentar o medo e o pânico nas pessoas.A verdadeira arma que deve ser usada é a prevenção. O Governo está a errar porque no início do H1N1, ainda estava só activa no México, considerou que estava enfermidade chegaria tarde a Portugal. Estamos no século XXI, existe o avião e us migrações entre comunidades aumentou com os tempos. O que no passado poderiam ser meses, hoje podem ser dias ou mm horas. Nunca se pode por de parte a possibilidade se haverem compatriotas infectados com infecção X ou vírus Y. Todos os cenários são possíveis. E para terminar, os hospitais carecem de unidades de quarentena. Gastaram milhões em Magalhães esqueceram-se de equipar os hospitais. Parabéns ao Governo.

    • claudio says:

      Este país resume-se a uma frase: Esqueçam as prioridades, vamos ao que nos interessa mais.
      Os hospitais assim como tantas coisas nao interessam… É como a expressao brasileira: “Deixa pra la…”.

  5. NT says:

    Gripes e atchims à parte,

    Segundo li no post é utilizado um Dell. Como é que raio ficam os Magalhães dados aos “pobrezinhos” que por sua vez os venderam? (Pobrezinhos = Pobres de espírito, ignorantes e afins sem ter haver com o seu estado económico!)

    Lá vai o pessoal devolver os magalhães pois não o podem utilizar nesta plataforma.

  6. João Campos says:

    Eh pah, fazem negócio com tudo, valha-me nossa senhora. Não serve qualquer pc com webcam? Até parece que é preciso ir muito longe…

  7. manuel says:

    As escolas já possuem uma plataforma open souce de e-learning “MOODLE”, para quê mais negócios???????

  8. ronaldo says:

    isto é uma tristeza .. foram os cientistas que criaram esta gripe para poderem ganhar mais uns trocos .. o mesmo se passa nos anti-vírus, são as próprias empresas anti-vírus que criam os vírus, se não houvessem vírus ou doenças para que que os anti-vírus e os cientistas existiriam? não faziam nada,ou seja, não ganhavam dinheiro…

    corrijam-me se estiver enganado lol!

  9. STK says:

    Boas! Considero uma boa ideia o acesso remoto, mas não deixa de ser irónico ver o plafond de 1 GB dos programas e-escolas ou e-escolinhas a acabar enquanto o diabo esfrega um olho… Aliás é ridículo os limites de tráfego que os operadores móveis colocam, são quantidades que se usavam há 10 anos atrás…Depois aparecem notícias de Internet ultra rápida, em que Portugal é pioneiro…Dá vontade de rir, tudo feito com limites ridículos e preços proibitivos…

    Cumps,
    Rui Santos

    • claudio says:

      Sendo que essas aulas remotas necessariamente gastarão tráfego em demasia, que se salve quem tem net fixa em casa… quem nao tem fica com 1 gb :S Nao tou a ver o socrates a mudar isso, já que depois ha certos miudos que se poem a noite inteira a sacar jogos e programas ilegalmente. A menos que façam um certo tipo de controlo da Internet que eles acedem, mas isso seria um ataque à privacidade.

  10. Contribuinte says:

    Plataformas Camões ??? Computadores DELL ??? Então onde páram os fanboys do opensource ?? A Plataforma MOODLE está neste momento capacitada para ser usada como ferramenta , mais do que suficiente, para ser usada para essa finalidade !Quase todas as escolas já fazem uso da plataforma, os alunos já a conhecem,(pelo que o tempo de adaptação é ZERO) pode-se fazer qualquer tipo de actividade, desde um simples alojamento de informação,video conferencias, até testes de avaliação online ! Já não bastava o negocio VERGONHOSO e RUINOSO dos C#galhães, ainda vamos ser forçados a pagar mais este capricho de uma empresa “amiga” ???

  11. claudio says:

    Oh pah, custa muito dar net aos que nao a teem no magalhaes, e usar esse computador para esse fim, ou mesmo o computador que as pessoas teem em casa? Ou so os DEll Latitude é que funcionam, os outros nao? xD

  12. UKN says:

    Bah !

    Pandemias e afim … qual a relação de infectados/mortos !?
    A gripe normal também mata bastante pessoal e não se ouve alarmismos doidos.

    O estado (e congéneres europeus) empatou milhões com as vacinas da “gripe aviària” e quem lucrou com isso !?

    Sa lixe … se ela aqui chegar acho que ela é que apanha alguma doença e morre …

  13. Mário says:

    Mas esta gente perdeu o juízo, só se fala em gripe até parece, quem os houve falar que nunca houve gripe na terra,como já não se falava da gripe das aves e os laboratórios já não vendiam toca de lançar o pânico em tudo quanto é sitio ajudados pelos parolos dos governantes e meios de comunicação,não falta muito para ninguem sair á rua sem o ençai-me tipo cão porque a´por aí gripe e devem andar a fazer corridas a ver quem é o País que tem + é o que parece, o que interesse tenho em saber se ha 10 ou 1000 ganho alguma coisa com isso.
    Mas agora abre-se as noticias e pensa-se enta gente agorasó vive em função da gripe, e querem á viva força que os outros vivam traumatizados pela gripe como eles andam.
    Esta gente esta a caminho de se tornarem histericos, complexados e dominados pelo medo.

  14. Navyseal says:

    Ainda me lembro quando a gripe estava concentrada unicamente no México e na Califórnia se houvesse razões de receio qualquer país teria fechado as suas fronteiras e imposto controlos, em vez disso ficou tudo igual. O nosso numero de casos tem vindo a aumentar e tudo começou com casos importados.
    Todos os anos morre gente com gripe dita “normal” com esta em Portugal ainda não morreu ninguém e a recuperação foi rápida.
    Devíamos era preocupar-nos se este surto chegar a África já tão afectada com outras doenças sem qualquer cura e onde os tratamentos são escassos.
    Já agora não é de admirar que as pessoas morram em países em desenvolvimento como o caso do México ou em países onde apenas quem tem seguro tem direito à saúde, caso dos EUA.
    Toca a fazer $ mas é, e a vender noticias, se todos desligássemos a televisão provavelmente seriamos mais felizes.

  15. Mário says:

    Isto agora vivemos na cultura do medo e do pânico para se poder controlar as multidões.
    Medo do terrorismo.medo das doenças,medo do desemprego,medo dos roubos,medo dos incendios, medo da fome, medo da seca,medo da chuva,medo dos terramotos, medo da guerra, medo até do proprio medo.
    Daqui apelo aos criadores de câes para começarem a vender cão por tudo quanto é lado, pois ja dizia a minha avó “quem tem medo compra um cão.”

  16. ronaldo says:

    eu ainda agora tive num festival “ANDANÇAS” aqui perto e era só hippies de todo o mundo e andava tudo preocupado com a gripe já mês antes do evento, convenci quem não queria ir ao dizer “se é para apanhar a gripe ao menos apanhamo-la a CURTIR à GRANDE”. Foi tudo para o ANDANÇAS e andamos todos como ó AÇO ! ahaha
    mas estão já confirmados 3casos aqui em são Pedro do sul!

  17. Iv@n says:

    No Brasil já chegam a 192 mortes até 31 de Julho. Aqui no Estado de São Paulo por volta de 77. A ordem é para as escolas deixaram para o dia 17/08 o fim das férias, esperando que o clima mude para temperaturas maiores. Muitas escolas particulares estão, mesmo sem atividade, passando aos pequenos uma carga de estudos para casa. Ficou para os pais a fiscalização dessas tarefas.

    Iv@n

  18. Elen says:

    Oi.
    eu acho q essa vacina tinha que chegar..
    o quanto antes mas repido nos e nossa familia estamos correndo perigo 192 mortos
    eu acho q alguma solução pode ter para excluir esse vírus
    falta apenas um pouco de consentração…

  19. XBUZZY says:

    muitas pessoas estao a encher os bolsos com isto..

    agora ate as de informatica

    Enfim…

    CumpZ^^

  20. Cristiano says:

    Engraçado, malária mata muito milhões a mais do que a gripe H1N1 (que por sinal mata beeeeem menos do que a gripe comum).

    A malária tem vacina, mas o estranho é porque existe este alarde todo em cima de uma gripe? Ah, deve ser porque mata gente rica também, ao contrário da malária e difteria.

    Porque não estão preocupados com o vírus da gripe comum? A gripe comum no Brasil, matou 40mil ano passado a H1N1 matou uns 200 até agora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.