PplWare Mobile

Alerta das Autoridades: Cuidado com as moedas virtuais


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

38 Respostas

  1. pedro says:

    …ora se viessem a apoiar é que eu me admirava….!

    • Redin says:

      Eles apoiam a tecnologia.

    • Hugo Cardoso says:

      Mas por acaso não têm razão nos pontos que referem?

      • fabio says:

        Não, as moedas virtuais vão por um ponto final ao sistema que os bancos centrais e os governos nos impõem, que é um sistema antigo e corrupto. O mundo evolui, chega de os grandes encherem os bolsos como querem e bens lhes apetece. Na blockchain não se eliminam registos, tudo é transparente e eles não querem isso.

        • GM says:

          Não é o sistema que é corrupto, são as pessoas. Quado tiveres a possibilidade de “pores o dedo no nariz” a essas pessoas, o sistema funciona. Que é como quem diz, quando tiveres uma democracia participativa e não representativa, tens hipótese de pôr na ordem essa malta. Aqui sim, podes dizer que a “eles” não interessa a existência, pois a democracia representativa é uma farsa. Alguém disse que a democracia é a pior ditadura que existe.

        • Celso says:

          Investe antes no ouro, em vez de meteres euros numa coisa que pouco conheces e pode dar para o torto. Ou vais dizer que a criptomoeda ainda é melhor que o ouro?

    • Miguel says:

      Ora pois, não controlam, não presta!

  2. NN says:

    Acho que devem de alertar os consumidores casuais… que não comprar BitCoins e na semana a seguir esta milionario.
    Muitos ( com as noticias) pensam que basta ter o dinheiro.
    Esta noticia não é preocupante. Gostei mais da Goldman Slaks …a dizer que vai valer 0 … que bela jogada de marketing …para eles comprarem bitcoin a preço mais baixo.

  3. Balearic Soul says:

    O BPP, o BPN, o BES, etc… tinham esses seguros todos (garantidos por essas mesmas entidades) e as pessoas ficaram sem o dinheiro na mesma. Vão encher alheiras para Mirandela!

    • GM says:

      Tens toda a razão. Mas ainda assim, prefiro como está do que andar “em roda livre”, como aparenta ser o mundo das moedas virtuais. Ao sistema instalado só falta o que foi feito na Islândia. Não pagam aos agiotas, e prendem à séria os banqueiros e reguladores!

      • blabla says:

        Quando estiveres como a Venezuela, que viu a sua própria moeda perder valor, depois já não pensas dessa forma.

        • GM says:

          E chegaram lá, como? Já pensaste? Com H. Chaves e N. Maduro. Tens por cá algo parecido? Tinhas, o Socas…
          Além de que a Venezuela está isolada. De algum modo, ainda que apanhemos pancada, o impacto é em parte distribuído pelos parceiros da Eurozona.
          Mas ninguém te impede de arriscares, amigo. O artigo é bem claro.

          • Sujeito says:

            Esse raciocínio é perigoso. A Venezuela não caiu por causa do Chaves e cá não deixa de cair por não estar lá o Sócrates.

      • Balearic Soul says:

        Claro que é um risco! O mesmo risco que é investir em produtos financeiros dos bancos que agora apregoam para os perigos da moeda virtual. Estarão eles preocupados com o consumidor ou com o próprio bolso?

  4. The Onee says:

    Casinos e apostas são também um risco no entanto as pessoas perdem mais dinheiro nisso e ninguém diz nada…. 😉 O governo até agradece pelos 20% que recebe.

  5. arc says:

    Com Criptomoedas, sem Criptomoedas…e ainda tanto para “lavrar cá na terra”!

  6. R says:

    Há razão nisso tudo. Mas gostava de saber quanto é que essas mesmas instituições/gestores estão a ganhar com moeda virtual? 😉

  7. Fernando Pessoa says:

    O sistema da bolha não se aplica, porque o bitcoin é produzido por qualquer um, o valor pode ou não ser mais ou menos manipulado, mas é como as acções, por isso não inventem, o sistema bancário é pior que a bolha, neste ganham dinheiro sem investimento, os otarios investem por elesti.

  8. GM says:

    Ao Sujeito das 20:48
    Perigosa foi a passagem do Socas pela governação. Pergunta aos Portugueses emigrados na Venezuela qual o sentimento que têm relativamente à situação que estão a vivenciar. E aos retornados à Madeira. Deve ter sido conspiração dos EUA.

  9. Fernando Pessoa says:

    Os bancos, os reguladores dos mesmos bancos, governos e mais uns quantos abutres falam das cryptomoedas como se fossem o mal do mundo, esquecem-se de falar nos preços dos imóveis, dos juros miseráveis que os bancos pagam a quem tem dinheiro a prazo, e se pedissemos o mesmo valor emprestado cobrariam quase 20x o valor do juro., mas disso não se houve falar, os media parecem ratos, porque será?

  10. Hugo Nobre says:

    A alta volatibilidade não é exclusiva.
    Também existe noutros mercados.
    Forex, stocks etc

  11. daniel says:

    É interssante ver como estas entidades são tão sabichonas para este negócio, quando em durante anos não foram capazes de detectar problemas como por exmeplo o subprime e outras negociatas afins…

  12. Vasco says:

    Gastem o dinheiro onde quiserem.
    Mas depois não venham pedir solidariedade tipo os enganados pelas criptomoedas.

  13. dajosova says:

    FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD FUD

    …não aprendam sobre criptos e blockchain não!!!
    acreditem só no que leiem nos media convencionais!!!!
    tenham muito medo, dúvida e incerteza!!!
    Bela programação a que estou a assistir! Lindo

    • Fernando Pessoa says:

      Relativamente ao que escreveste eu tenho uma teoria, mas não em relação às moedas e ao blockchain, mas ao cálculo matemático que encontra as ditas hash que, por sua vez permeiam com fracções de uma moeda digital chamada bitcoin, por outras palavras, alguém tem interesse na força de cálculo para descobrir passwords, porque o facto de estarem todos interligados o calculo é muito mais rápido. Mas, é apenas uma teoria, e o dinheiro obtido facilmente ilude quem minera, porque ninguém pensa nisto que eu falo

  14. Fernando Pessoa says:

    Pensem bem sobre o assunto e pode ser que cheguem ao meu raciocínio, eu minerei em tempos e depressa percebi que havia algo muito maior do que meras permilagens de bitcoin, e deixei de o fazer.

  15. Ricardo says:

    Ó Fernando Pessoa, ovelhas não são para mato, escreve poemas que serão sempre mais verdade, lol descobrir password…..

  16. Fernando Pessoa says:

    Antes de escreveres pensa e investiga o assunto e depressa chegas a uma conclusão, porque a teoria é isso mesmo, teoria.

  17. Ricardo says:

    Não é teoria nenhuma que cada “minerador” recebe uma recompensa pelo trabalho que faz, neste caso são verificações de transacçoes… por exemplo cada transferência é verificada por 100 mineradores e todos são recompensados por isso. Não há esquema nenhum, ao contrario da dita moeda como o euro por exemplo, em que os bancos tem o chamado sistema fracionário que no fundo é dinheiro feito de nada, dinheiro falso pois apenas vai inflacionar o próprio sistema. Isto não são teorias, teorias são o que são e valem o que valem.

  18. dajosova says:

    Alerta do cidadão consciente:

    triliões e triliões de dívida pública cuja inflação não vai conseguir cobrir durante muito mais tempo.
    Por outras palavras; a bolha financeira mundial vai rebentar e olhem que não vai ser como a crise de 2008!
    E se acham que a economia está muito saudável… então não tenham o vosso plano B e depositem toda a confiança nos governos e nas instituições bancárias 😉 Boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia