PplWare Mobile

EmpregosIT: Procuras um emprego?


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Zeca says:

    Quase tudo para Lisboa… que seca o resto do país é paisagem.

  2. Miguel says:

    90% das ofertas é relacionado com Programação… pena não ter quase vertente de hardware

    • Maximvs says:

      Hoje em dia qualquer um é “técnico de informática”, desenvolvimento e administração de Software e Sistemas é sem dúvida nenhuma o ponto forte do IT. (claro que deixei muitas áreas de fora).

    • Ricardo Silva says:

      Exacto… A área de firmware e hardware é muito pouco procurada em Portugal

    • Woot! says:

      Se por vertente de hardware te referes a “técnico” – tipo aqueles gajos da worten que estão dentro do “aquário”, qualquer um com o mínimo de esforço faz esse trabalho. Já desenvolvimento, apesar de já existir muito mais pessoas com apetência, continua a não ser tão straightforward como “técnico”.

  3. Joaninha says:

    so aceitam licenciados ou tb quem esta na faculdade? Queria arranjar um emprego mas ainda tou a meio do curso

    • Rui says:

      Em informática o curso pouco vale, para mim vale mais a experiência e portfolio 🙂

      • Woot! says:

        Não é bem assim. Muitas empresas oferecem o salário inicial com base no curso.

        Exemplo:
        12º Ano: 800€
        Licenciado 1000€
        Mestrado 1150€

        Acontece em varias empresas, estes valores em especifico é para uma consultora de referência de mercado que ainda contrata pessoal com o 12º. Muitas consultoras já nem o fazem.

        • Maximvs says:

          Conheço muitos licenciados em consultoras a ganharem 600€ + 200€ em ajudas de custo.
          O pior é que não é só uma ou duas pessoas :S

          • Woot! says:

            600??? Estás a falar a sério?
            Epá…sinceramente não conheço ninguém a ganhar esses valores…

            Mais detalhes, licenciado mestrado, anos de experiência? Consegues fornecer? Os 600 são brutos ou já estás a falar em líquidos?

            Esses valores parecem-me extremamente baixos mesmo que os 600 sejam líquidos.

          • Flavio says:

            Existe por aí muito boa gente a ganhar isso… eu quando comecei limpava 900€ limpos mas não era numa consultora, era numa empresa de produto.

            Agora estou a tirar quase 4x mais (limpos) mas nas terras de Sua Majestade :p

          • zeze says:

            Verdade, esses preço já são aplicados pelas empresas hoje em dia.
            Devido a “crise” as empresas já começaram a baixar salários, mas não todas atenção.
            O problema esta nas pessoas de informática em pensar que se não aceitar essa proposta vão ficar sem emprego, como acontece na grande maioria dos outros cursos.
            Falo por experiencia própria, quando me ofereceram um salário de 600€, não demorei 1 minuto a recusar a proposta.
            Muitas dessas empresas “atiram o barro a parede”, se essa pessoa não aceitar os 600€, vai aparecer outra que aceite.
            Neste momento, não falta trabalho para o pessoal de Informática.

          • Woot! says:

            Pois o meu primeiro ordenado tb foi perto disso. Tirava limpo 970€, mas esse valor foi subindo bastante de ano para ano. Nunca estive a ganhar 600€ e acho isso uma verdadeira roubalheira…principalmente numa consultora…em que as condições e horários de trabalho são aquilo que se sabe… Até acho que esta matéria dava um bom artigo aqui no pplware.

          • asdfgg2 says:

            confirmo, tambem conheço pessoas a receber 650€ + subsidio de alimentaçao.

      • Sergio says:

        Quem me dera que assim fosse. Sou programador de carreira profissional, com 15 anos de experiência, e, infelizmente, ao responder a anúncios de emprego a resposta é sempre a mesma: “temos preferência por licenciados”…

      • Maximvs says:

        Falo pelo meu caso, comecei a trabalhar na faculdade e pagavam 600€ + desconto na propina o que teoricamente seria uns 900€

        Quando sai da faculdade como licenciado, vim para PT por uma consultora a receber 600€ + 270€ de ajudas e custo e sub alimentação.

        Agora estou um bocadinho melhor 1500 limpos, mas já levo 6 anos de experiencia, agora sim começo a conseguir mais alguma coisa.

        Mas vou a muitas entrevistas em que me oferecem os 650€ mais os pozinhos… Dava mesmo um artigo o que as consultoras ganham indevidamente…

        Tenho um irmão a sair da faculdade agora (IST), e as entrevistas que tem ido tem sido estes valores ridículos, conclusão está a começar a procurar fora de Portugal.

        Foi um bom negócio para o estado, fez um investimento de 17anos e agora que é altura de tirar proveito do investimento vão ser os outros a ter o proveito 😉

        • Woot! says:

          Para teres a noção cada consultora ganha por uma pessoa em media 1000€/mês para pessoal com 0-2 anos de experiencia que são vendidos a clientes. Estes 1000 é já sem os impostos.

          Se for um estagio profissional ou um primeiro contrato sem termo o valor duplica porque existe a ajuda do estado nestas 2 componentes.

          Depois andam os senhores directores com BMWs z4, x6, audis q7 e por ai enquanto aqueles que verdadeiramente trabalham recebem esses míseros salários…. tristeza…

          • Flavio says:

            Eu até considero pouco se a consultora estiver a ganhar “só” 1000€ por cada consultor por mês, sei de um caso especifico em que a empresa que eu estava foi buscar um consultor com 4 anos de xp por 3500€/mês em part-time (só lá estava das 9 ás 13h e depois das 14h ás 18h estava noutra empresa), assumindo que a outra empresa estava a pagar á consultora os mesmos 3500€/mês, aquele consultor estava a render 7000€/mês á empresa e como uma vez calhou em conversa ele comentou comigo que tirava “um pouco acima de 1400€ + subsidio de alimentação e passe para deslocação em Lisboa”

        • zeze says:

          Pois como é o caso do teu irmão, foi o meu caso também. As empresas andam a aproveitar-se dos recém licenciados.
          No meu caso, tive a estagiar numa empresa, (não vou dizer o nome), mas é considerada umas das melhores empresas para se trabalhar pela revista Exame (vai-se lá saber como avaliaram, mas os salários não deve ter sido de certeza) ofereceram um salário de 670€ brutos.
          Fiz uma contra proposta, de 670€ para 800€, a resposta deles foi rápida, “Não estamos interessados então”. A minha resposta também foi rápida, “Se não estão interessados eu também não estou. Até a próxima”.

  4. Rui Nunes says:

    Para que, procura emprego uma boa solução e mais abrangente é o indeed https://play.google.com/store/apps/details?id=com.indeed.android.jobsearch&hl=pt_PT

  5. N.Silva says:

    Calculo que quando falam de 1000 euros limpos por mês para pessoas com 2 anos de experiência seja em Lisboa, pois eu ja ando à um ano à procura de trabalho em Coimbra e Leiria na área de Sys Admin, virtualização ect, e nunca ninguém me ofereceu mais de 650 euros limpos por mês… já rejeitei umas 6 ofertas onde pagavam esses valores…

    • Woot! says:

      Ninguém falou em 1000 euros limpos para pessoas com 2 anos de experiência. Se te estas a referir ao meu comentário os 1000 que falei era o lucro da consultora. No entanto acho que 1000 limpos é o mínimo aceitável para 2 anos de experiencia. Quanto a oferecerem 650 em coimbra….sem comentários. É ridiculo. Porque não procuras em Lisboa? Ou na área de developer? Eu tenho 2 anos de experiência na area de desenvolvimento e ganho 1300 limpos sem duodecimos em Lisboa… Atenção que agora as empresas têm a mania de oferecer os salários já com os duodecimos incluindos para iludir o entrevistado. Continua a rejeitar as propostas se todos fizessem o mesmo estas empresas não tinham sequer coragem de oferecer um salário desses.

      Cumps e boa sorte.

    • Maximvs says:

      Não infelizmente esses são mesmo os valores que se andam a praticar no nosso país :/

  6. Hugo Jorge says:

    O melhor para encontrar trabalho na área das IT para mim é o itjobs. Tem para o país todo, não está limitado a Lisboa, nas várias vertentes que existem da área. Quanto a ordenados continua a ser uma vergonha o que oferecem e o mal é que muito aceitam, alguns porque tem que ser outros porque não estão para recusar.

    • YaBa says:

      Hugo, você deve ser comercial deles ou das empresas que andam lá a empestar aquilo, não!??!?
      De facto, é verdade que tem para todo o país, mas é tudo através de empresas de trabalho temporário e outras duvidosas.
      Uma das ofertas está anunciada noutro site, através da própria empresa empregadora, contacte ambos e depois veja a diferença 😉
      Cumps.

  7. David Outtrez says:

    You all:
    _hxxps://www.youtube.com/watch?v=Vhh_GeBPOhs

  8. Fico chocado com alguns dos comentários que aqui vejo, 650 euros para alguém especializado em IT?? Não somos de Lisboa, não somos uma consultora, e não fazemos código para produtos de outros, somos 100% Nacional, e não queremos escravos… e por falar em empregosit exemplo: http://empregosit.pt/oferta/3996/backend-developer

    • YaBa says:

      Chocado!??! Não sei pq, basta ir a umas entrevistas fora de Lisboa, ou ver as propostas que andam por aí.
      E o mais engraçado é pedirem N requisitos para depois oferecerem esses valores “brutais”.

      Essa oferta… Blip ou equivalente? parece…

  9. é isso mesmo, não tinha conhecimento, daí o meu espanto…
    A empresa está no titulo.. não é Blip e como comentei, não faz código para produtos de outros, e é 100% nacional..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.