Quantcast
PplWare Mobile

DevOps: Uma nova profissão que veio para ficar

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Maria Inês Coelho


  1. nm3k says:

    Qualquer dia o informático é mulher da limpeza, lambe-botas, trolha, carpinteiro, electricista… tudo a bem do mau e barato 😀

  2. BM says:

    Isso não é basicamente um consultor que faz de “intermediário” entre o programador e o “user final”, sabendo tanto ou mais que o user sobre o “négocio” em causa para depois explicar em pormenorizado ao programador.

  3. M3mn0t says:

    Boa iniciativa!!!! 😉

  4. Daniel says:

    O chavão DevOps está na segunda década deste milénio como o chavão Agile estava na primeira década. Agile era… tudo o que quisesse dizer “chuta para produção o mais rápido possível, é o que interessa!” (ainda hoje assim o é em muitos sítios que afirmam seguirem uma metodologia “Agile”). Daqui a um par de anos, chegando à década, pode ser que tal como o Agile a chegar a essa idade ganhe um compêndio e um conjunto de guidelines para refrear tantas asneiras que se fizeram em nomes dos chavões.

  5. Leandro Sousa says:

    DevOps NÃO É UMA PROFISSÃO!

    • Assssssertivo says:

      DevOps é uma metodologia….

    • Luis says:

      exatamente, DevOps nao e uma profissao, o pessoal devia inmformar-se melhor antes de publicar estes artigos, aqui no Reino Unido a discussao e a mesma e o que vem acontecendo ao longo deste ultimos 3/4 anos em relacao a DevOps (que ate divia ser referido como DevSecOps) e um re-treino completo das empresas e a forma como veem DevOps. E claro quando se diz que os Devs tambem tem que entrar no On-call rota ate apertao o rabinho, porque pensavam que contravam um DevOps e ele e que dava sempre o support fora de horas… 😛

      Nota: Teclado sem acentos e sem paciencia para os meter

      • Vítor M. says:

        Então não é e aí discute-se isso há 3/4 anos? Então se fosse assim claro não precisavam de tanto tempo, 😉 é porque efectivamente há verdade em que DevOps é uma profissão, ou pelo menos, como diz no texto, é algo que chegou agora mas veio para ficar.

  6. Matias says:

    Bom dia Pessoal, e bom ver que aos poucos e poucos, os profissionais na area de TI em Portugal, estao cada vez a se actualisar com praticas de trabalho em termos de technologia TI do resto do mundo desenvolvido. Mas, permitao-me dizer, sem querer ofender sensibilidades, que acredito que maior parte do pessoal aqui deve mesmo investigar & quissa aprender mais acerca do que e DevOps – como disse bem o @Luis – DevOps nao e uma profissao, e nunca sera, e senao, uma metodologia de trabalho de uma ou varias Equipas de Developers e TI Operacionais trabalhando em simbiose *como se fosse uma equipa* – DevOps nao e um profissional..
    A autor/ra do artigo, esta relativamente mal informada/o, nao tendo um real conhecimento do que Devops e ou significa..
    Outro ponto a frisar, e que DevOps nao tem apenas 3 ou 4 anos como se afirmou aqui .. Permitao-me passar a informacao mais correcta.. O termo DevOps comecou a ser usado nos Mass Media em US, e UK e tornou-se *main stream* a 3/4 anos para ca.. Mas na verdade, o termo e Methologia ja existe, desde 1957, tornando mais sonante no intervalo de 2000 – 2007 .. Aqui vai algumas fontes para uma leitura mais aprofundada –
    https://devops.com/the-origins-of-devops-whats-in-a-name/
    https://www.oreilly.com/ideas/the-evolution-of-devops
    https://blog.bluematador.com/posts/short-history-lesson-devops-where-its-going/
    https://theagileadmin.com/what-is-devops/
    https://expertise.jetruby.com/the-history-of-devops-and-why-you-should-consider-adopting-it-babeaa778288
    https://www.atlassian.com/devops

    Com os melhores Comprimentos,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.