Quantcast
PplWare Mobile

Compras na Internet? Queixas dos portugueses aumentam…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. PedroC says:

    Curiosamente, todas as entidades referidas no último parágrado são de facto e sempre foram uma porcaria como lojas online. Mesmo a Worten e FNAC que, tendo loja física, são de maior confiança, não são nada boas na parte online, pois por vezes parece ser um negócio completamente distinto.

  2. Mike says:

    Bom conselho da jurista da DECO. Só me interrogo de que outro método de pagamento estaria ela a pensar…

  3. Spoky says:

    Mal vi isto, desatei a rir «OLX » como se as queixas online resolvessem alguma coisa, principalmente num site de vendas, cujo o responsável pelas vendas e compras é o comprador, cabe a ele decidir se deve confiar ou não no vendedor principalmente quando são envios e pagamentos via Internet e não mão em mão.

    Há pessoas que sinceramente, fazem coisas sem qualquer sentido / nexo. E esta é uma delas, como se queixar do OLX no Portal Da queixa resolve-se algo! O Ladrão não são eles.

    Estão a espera do que para irem a policia? Preferem fazer queixinhas online, onde até o burlão goza!

    Opah sinceramente, há gente sem cerebro mesmo.

    • Marco says:

      Tal e qual. Há cada cromo, e pior, há os que compram, recebem as coisas e começam com tentativas de devolução dos montantes, onde dizem que nunca receberam produtos (não pagam o ctt registado) onde claramente pelo tipo de conversa se vê logo que estão a aldrabar. É cada história, desde falta de educação, civismo, enfim … 😛

      • Belmiro says:

        Tuga em geral é assim infelizmente. O civismo ficou fora das aulas dos avós, pais e agora filhos…

        Em todo o caso: os ÚNICOS sites que funcionam bem sao os que o utilizador tem que se registar, é verificada a morada e existe uma avaliacao do mesmo. Assim se o site vir que há vários utilizadores maus numa morada pode interceder. Isto e enviar sempre com aviso de recepcao… nao seria preciso se o povo fosse educado, mas como estamos kinge disso, podemos olhar para outro lado.

        • Bruno Albano says:

          Desde 2002 que realizo compras online. O príncipio é simples:
          -desconfiar sempre. (quando a esmola é muita…)
          -verificar política de reclamações/devoluções
          -começar com compras de baixo valor
          -verificar reputação (não, não é o ouvi falar aka redes sociais)
          -usar métodos de pago não-imediatos (a DG consumidor tem excelentes informações/brochuras sob pedido) como MBNET/MBway, Paypal, transferência bancária.
          -Usar o espaço de direito europeu, a DG consumidor gere o centro de arbitragem do consumidor europeu)
          -OLX e afins: pagamento em lugar neutro e ao vivo ao cores (com testemunhas, se possível)

          • Bruno Albano says:

            garanto que só correu mal 2 x (em 16 anos acho que não é mau)

          • Marco says:

            Curiosamente o meu pior caso enquanto vendedor ocorreu numa entrega em mão em que o “idiota” (é mesmo este o termo) se deve ter arrependido da compra (financiada ao que me pareceu pelos pais que não deviam saber o que iam buscar) e começou com ameaças (tive de colectar dados para em caso mais grave apresentar queixa nas autoridades, que felizmente nunca se passou) e no dia seguinte estava a vender novamente o produto que tinha dito que se avariou, enfimm cada aldrabão, sendo que online até ver, tirando um ou outro cromo que aparece de vez em quando, tudo ok.

    • Bruno Albano says:

      Sir, hats off

  4. Belmiro says:

    Acho curioso é quase ninguém ser socio da DECO apesar de serem uma instituicao super util, também de certeza que há muita gente a dizer mal deles (O tuga é raro nao dizer mal de alguém que nao seja do seu clube de futebol)

    • António Fagundes says:

      Inutil ser sócio da deco, faço 100 vezes melhor que eles para reivindicar os meus direitos, eles só servem para gente que não se sabe mexer ou não sabe dos seus direitos.

      • Renato Nismo says:

        +1
        se a deco quisesse ajudar todos os portugueses, já teriam aconselhado amazon e compras por paypal, ninguém ficava prejudicado.

        por razões óbvias, nunca compro a lojas tugas, preços ridículos, portes caros para ilhas, amazon por 10€ enviou 3 encomendas (chegada de stock nas próximas semanas) para a build completa de pc do meu amigo, e lojas tugas eram mais de 50€ e só 1 encomenda quando já tivesse tudo em stock.

      • Marco says:

        Melhor que a Deco … é ler os contractos que se assinam de olhos fechados … e usar os livros de reclamações vezes sem conta desde que devidamente fundamentado. Ser sócio da Deco é estar a dar dinheiro a uma cambada de gatunagem que é comprada de vez em quando como já se viu em certos “pareceres” …

  5. vector says:

    A Worten é de facto uma miséria, comprei um produto no dia 7 ainda não chegou nada! Depois admiram-se que a malta se vir para a China, assim como assim o tempo de espera começa a ser semelhante!!! Que miséria a Worten ONLINE, não recomendo!

  6. GM says:

    Tive uma situação, não com lojas portuguesas, mas uma loja espanhola, MY TELECOM. Pois, nem produto, nem devolução de dinheiro, apesar das diversas tentativas e promessas. Apresentei queixa na PSP, foi para o Ministério competente, foi ao tribunal, e deram o processo arquivado. Antes de ter apresentado o caso na PSP, contactei, enquanto associado, a DECO. Descartou-se, pois era um negócio/compra intra-comunitária. Sugeriram que contactasse o CEC – Centro Europeu do Consumidor, o que fiz. Direccionaram o assunto para o congénere de Espanha. Deu em nada. Dali sugeriram então as autoridades portuguesas. Resumindo, negócios online com determinadas “empresas”, o cliente é um “pato”. As autoridades não têm forma de agir. Ou não estão para isso, vá-se lá saber. Ou são tantos, e os montantes relativamente pequenos, que não interessa.

  7. Filipe Rodri says:

    Como experiência dos últimos 2 meses:
    Compra 150€ na amazon espanhola, tudo impecavel.
    Compra 400€ na fnac, tudo impecavel com levantamento em loja.
    Compra 400€ no elcorteingles online, que só se resolveu com intervençao do paypal. – EVITAR
    E 400€ perdidos na amazonite/niwite ! – Pagamento por referencia multibanco , já tinha comprado no ultimo ano lá sem razão de queixa.

    Fiquei a aprender umas coisas, todo o pagamento feito nestes sites portugueses com referencias multibanco é de evitar.
    Quem faz as referencias não tem qualquer seguro ou responsabilidade, ao contrario de usar MBNET ou VISA, que teem seguro de uso da rede.

    Depois disto, para mim, zero compras online sem ser na amazon ou pago com paypal.

    • GM says:

      Obrigado pela dica. Nas lojas portuguesas, incluindo AMAZONITE, tenho sempre comprado com pagamento via referência MB. O MBNET é sem dúvida idêntico, e não sabia do pormenor, com seguro.

      • Arlindo says:

        Amigo,
        Não deixe de exigir que lhe devolvam esses 400 euros. Recorra a centros de arbitragem ou julgados de Paz (se possiível)!

        • JJ says:

          Amazonite declarou insolvência!!!
          Eu fiquei arder com 200€…

          • GM says:

            Pois, agora chama-se NIWITE. Comprei lá umas pilhas recarregáveis e um cartão microSD, sem problemas. Os produtos vieram separados, o segundo umas 3 semanas depois do primeiro, mas sem problemas. Já lá tinha comprado tinteiros, nessa altura com prazo de entrega de morte (15 a 20 dias), mas chegaram sempre. E um TM que também chegou, ao invés do que aconteceu com a MY TELECOM. Nem telefone, nem €€€.

          • JJ says:

            Mas… a Niwite também esta insolvente!
            Desde Set/Out que eles deixaram de entregar os produtos que vendiam, e em Dezembro declaram insolvente, deixando centenas de consumidores sem o dinheiro e os produtos.

            Infelizmente… acaba por ser mais viável comprar em lojas estrangeiras do que em lojas portuguesas.

  8. Gusmão says:

    Só mais uma informação, a ASAE está a fazer uma razia aos sites de eCommerce nacionais (pequenos, porque dos grandes até fogem) com multas completamente desproporcionais e por razões descabidas…

    Na minha opinião os sites nacionais pequenos, são regra geral honestos e de fiar, já a maioria dos grandes players nacionais são honestos (não ficam com o nosso dinheiro) mas não são de fiar (péssima pós-venda, prazos de entrega não normalizados e outras situações menos claras).

    Por último e em compras internacionais deve-se usar o PayPal ou similar ou então um cartão de crédito (ainda que por via do MB net), pois e em caso de algo correr mal podemos ir ao banco e solicitar o reembolso do valor por motivo de fraude.

  9. Daniel says:

    Foi dito que o MBnet é seguro em caso de fraude on-line. Isso é válido para quem cria um MBNet a partir de um cartão de débito? Onde existe tal informação, nunca li nada sobre essa segurança.

  10. Ze says:

    Comprei na amazonite/niwite
    500€ para o lixo!

    Nem produto nem $$$ e esses ladrões vão se safar e BEM!!!

    Não há justiça e fazem o que querem aos patos…

  11. bom senso says:

    eu uso MBnet para compras online há anos zero problemas, e para compras online internacionais só uso os Gigantes Ebay e Amazon, nada a apontar até hoje, encomendas de varios pontos do mundo sempre entregues e sem problemas, a nivel nacional é muito raro comprar alguma coisa online e geralmente em lojas referencias e com envio á cobrança, fora isso faço a compra presencialmente…

  12. bom senso says:

    eu uso MBnet para compras online há anos zero problemas, e para compras online internacionais só uso os Gigantes Ebay e Amazon, nada a apontar até hoje, encomendas de vários pontos do mundo sempre entregues e sem problemas, a nível nacional é muito raro comprar alguma coisa online e geralmente em lojas referenciadas e com bom feedback e com envio á cobrança, fora isso faço a compra presencialmente…

  13. Marco says:

    A FNAC online tem muito que se lhe diga. Testei uma vez numas promos de fim de stock com entrega em loja. Passados uns dias … cancelaram-me as encomendas. Pro boda com eles. Nas lojas físicas são preços demasiado díspares da concorrência pelo que quando lá compro alguma coisa, é algum gift de baixo valor. Electrónica lá é de evitar na totalidade.

  14. Luis figueira says:

    gosto da foto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.