PplWare Mobile

Ataque à PlayStation Network foi lançado da Amazon EC2


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Sérgio says:

    aprendi uma palavra nova… explanam. pensava que era gralha mas afina existe mesmo!

  2. José Fonseca says:

    Estamos a viver uma era tramada! Tudo o que é bom pode ser usado para o mal.

  3. Gonçalo says:

    Já sinto o cheirinho da Network, está quase!

  4. Darman says:

    Infelizmente, em cada solução que é criada estão agregadas uma série de novos problemas, claro que haverá sempre que esteja pronto para os explorar.

  5. Mixer says:

    Fogo … Quem me dera saber tanto como estes Hackers 😛

  6. Esperemos que os nossos dados na DropBox estejam seguros uma vez que também se encontram na Amazon

    Cumps,

  7. roliveira says:

    Bem, isto é de facto uma nova forma de ataque, um ataque de força bruta do tipo “pay2hack”.

    A realidade é que a cloud da amazon é extremamente poderosa a nivel de recursos e poderes de processamento. Estes serviços são extremamente personalizáveis, se derem um enfoque especial ao processamento dos GPUS, como foi descrito num exemplo de um artigo, aquilo fica com um poder gicantesco de calculo matematico. O que implica se usada de uma forma maliciosa e inteligente, pode colocar de joelhos qualquer infraestrutura no mundo que seja visada.

    A amazon pouco pode fazer, porque a partir do momento que qualquer pessoa paga, é um cliente. Como tal apenas podem detectar comportamento invalido, depois de ele ter acontecido, e depois será tarde demais.

    Penso que este tipo de ataques infelizmente vai ter tendência a ser mais comum, e substituir o tipo de ataques convencionais por botnets.

  8. Visitante says:

    Boas, bom domingo!

    Alguem sabe de onde é a última imagem do post (qualquer coisa como um control room)?

    • João Rodrigues says:

      São as antigas instalações da EDS, comprada à uns tempos pela HP. Era o centro de gestão e situa-se em Plano, Norte do estado do Texas.

      Entretanto penso que as instalações estão a ser reconvertidas.

  9. alan says:

    na dúvida culpe os chineses…

  10. pikax says:

    Não era a Sony que tinha contratado uma team Anti-Hacker??? :S

    ehehehheheheh

  11. Joao says:

    A Sony até pagava a quem desbloquea-se a ps3… olha onde xegou… ficou de calças na mao…

  12. Sammboga says:

    Nao e por causa do que aconteceu com a Sony que tenho esta opiniao mas acho que tudo o que e “Cloud” deixa-me um pouco pensativo e de pe atraz. Ok os mais entusiastas dirao que tou a ser um pouco conservador mas o mal e real. o Cloud nunca me agradou. Por outro lado ter ficheiros pessoais na cloud obviamente ninguem os tem. Ter um computador google nem que me dessem de graca porque para o material fica guardado fisicamente. Qual coisa de guardar na cloud e podes aceder de onde quizeres. Nem em todo o lado se tem boas ligacoes a Internet ate mesmo em Portugal. Se preciso de um ficheiro rapidamente basta uma pendrive ou um disco externo que normalmente vai comigo sempre que sei que vou precisar. Quanto aos ficheiros se forem importante e para guardar no bolso. Se nao forem pode guardar-se no cloud so mesmo naquela de explicar as pessoas como funciona. Pessoalmente o cloud… nao obrigado. Isto anda demasiado mau andar a deixar o meu material a solta. Nem que sejam protegidos com mil firewalls e passwords do catano etc e tal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.