Quantcast
PplWare Mobile

Apple tenta resolver problemas de autonomia no iPhone 4S

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Hugo Cura


  1. Ivo Fernandes says:

    Off tópic:

    Alguém me sabe dizer como importar os contactos do Gmail para o iCloud?

  2. bcuraboy says:

    hmmm,nao querendo eu ser fanatico disto ou daquilo,apenas sendo um apreciador de linux e android,abro a pagina do pplware,e deparo-me com uma noticia que fala acerca de problemas na autonomia do novo iphone,outra que me fala que me fala que a samsung e a zte ja ultrapassaram a apple em vendas no 3 trimestre deste ano,e como é que o CEO nokia vem falar que a personalizaçao será o declinio do android…?! :/
    hmmm atençao que nao sou fanático,mas nao ha aqui qualquer coisa errada na entrevista do senhor da nokia…?? 😉

  3. Pisca says:

    Se o problema é no Icloud, deve ter a ver com o Anti-ciclone dos Açores, falta essa patente

  4. Pedro says:

    Sou utilizador apple (completamente convertido), não uso iphone, mas acho que seria uma mais valia para a apple, tentar produzir os seus produtos nos US, se se preocupam tanto com o “designed by apple in california” tb deveria ter vergonha de ter os made in china, provavelmente estes erros de fábrica nao seria tao comuns.

    quanto ao icloud, esta de óptima saúde e recomenda-se, o anti ciclone dos açores nao afecta nada disto nem as patentes que diga-se são perfeitamente merecidas, se inventas tens direito à patente, plain & simple.

    • a friend® says:

      Concordo mas não é por falta de vontade da Apple, até porque alguns produtos até vão ser montados no Brasil a partir deste ano.

      Eles só não fazem nos EUA porque lá o rigor (por incrivel que pareça) é pior que na China. A mão de obra, de longe mais cara, depois as ajudas do governo, péssimas.

      Isso foi uma das coisas que ele (Steve Job) disse ao Presidente Obama, quando fizeram aquela reunião.

      Aparte disso esta falhas podem acontecer, especialente com baterias. Nenhuma marca está isenta. Importante é que as corrijam e assumam o erro. Até pode ser uma falha de Software em casos especificos, uma vez que, segundo se diz, não é uma falha geral, embora seja um numero considerável.

    • Carlos sousa says:

      Ser fabricado na China não é sinónimo de falta de qualidade, caso contrario, não teríamos nenhum produto que funcionasse. Li recentemente algures que esse telefone iria estar a partir de hoje à venda na worten por quase 1300€. Se o produto fosse inteiramente produzido no Estados Unidos por quanto acha que estaria à venda?

      • a friend® says:

        Os 1300 euros é outro tópico, chamado: Roubo.

        Já tinha deixado isto noutro artigo, mas volto a dizer aqui. Em França ele está a 629 euros e na nossa vizinha espanha a 599 euros.

        Pior que mão de obra é mesmo a mão da worten. 🙂

        http://store.apple.com/es/browse/home/shop_iphone/family/iphone

        Aos interessados ou amigos, passem a palavra. Lojas como a Worten merecem boicotes.

        • aver says:

          Calm down bro’

          Por que é que a Worten saiu com um comunicado a dizer que ia vender o iPhone 4S a €1299, a partir do dia 29 de Outubro não sei.

          Estive numa das lojas e não havia sinal do 4S nem ninguém sabia de nada.

          • Carlos sousa says:

            Presumo que o amigo andava a procura de um mas quano lá chegou já viu nenhum porque já estavam todos vendidos.

        • a friend® says:

          Nas lojas os funcionarios pouco ou nada sabem, mas que foi emitido um comunicado isso foi e é um dejavu do que se passou no ano passado com o iPhone 4.

          Mas ainda vão a tempo de não cometer o mesmo erro, já que basta ver a nossa vizinha espanha para se perceber o ridiculo e pelo que tenho lido net fora a worten está a ser bastante criticada.

          • aver says:

            …publicidade. Pode ser má mas é publicidade à borla. E desde que não venda nenhum a esse preço daqui a uns dias já ninguém se lembra.

            P.S. E torna o produto muito mais valioso. Diz-se à boca pequena que “Há quem esteja disposto a dar 1300 euros por um iPhone !”. Quando for posto à venda por 600 vão achar barato. Só acho é que estão a fazer das pessoas parvas.

          • RaCcOn says:

            Mesmo que o vendam a 1300€ só compra quem quer…não estão a roubar ninguém.
            Qualquer das formas, parece-me ser mais um golpe de publicidade tal como a Fnac fez com o iPhone4 😉
            Não interessa se falam bem ou mal, o que importa é que falem.

          • a friend® says:

            Bom para mim boa publicidade é:

            “Temos o iPhone ao preço mais baixo do mercado, 599!” (igual a espanha)

            Para além de BOA PUBLICIDADE, vendiam e MUITO. 😉

        • Eu mesmo says:

          lolol extorquir os fanboys

        • Sérgio says:

          Não tenho dúvidas que haverá fanboys a irem ao estrangeiro comprar um 4S. Percebo a jogada da Worten, mas continua a ser um roubo

          • Carlos says:

            Hombre, “ir ao estranjeiro” é meter-me no carro, andar pouco uns 230 km e estar em Badajoz.

            Não é assim tão complicado.

        • Marcelo Barros says:

          Aqui em espanha podes comprar a versão 32Gb por 90 euros com um contracto de 20 euros por mês de tarifa plana (voz+dados).
          Vinte euros por mês não é muito é o normal, aqui quem tem um Smartphone tem tarifa de dados.

  5. phixie says:

    Fazendo as contas, 10% de bateria por hora dá 10 horas de autonomia. Há dias que eu gostava de ter essa autonomia com o meu telemóvel!… 🙂

  6. okapi says:

    Quando li essa noticia “ontem fez-me lembrar o meu 1º e ultimo telemóvel com Android a experiência com o G1 foi tão péssima que jurei nunca mais comprar outro Android tinha que andar a carregar a bateria todos os dias e até chegava ser 2x no mesmo dia. Vou aguardar por um dos Nokia que estão a sair.

    • Eu mesmo says:

      lol o meu android sem 3G ou wireless dura mais de 24h, já me chegou a durar 48h com pouca utilização e 1 fundo preto (AMOLED)

      aliás, neste momento tenho a bateria a 55%

      27% da energia gasto em wifi

      há 1 dia, 9h e 48 minutos q n o ligo à corrente

      • a friend® says:

        No iPhone aguentas à vontade dois dias também, senão mais.

        Tudo depende do uso que dás ao 3G, Wifi… e se recebes chamadas também. Conheço pessoas que o telefone deles está sempre “mudo” .. por isso é que se gabam ter uma bateria que dura imenso tempo. 🙂

  7. Sérgio says:

    Quando li esta noticia a primeira vez a primeira coisa que me passou pela cabeça é se o tal engenheiro era mesmo da apple. Reparem ele pediu para instalar um programa e depois enviar os dados por email. Não podemos estar a falar de um Trojan?
    Por outro lado, se for realmente um engenheiro da Apple, será de louvar. Significa que a marca está preocupada em tentar resolver o problema. Provavelmente será daqueles problemas que não se consegue replicar.
    Eu, como eng. de desenvolvimento, fico fulo quando um cliente diz que tem um problema e depois chega-se lá e não se encontra nada. Normalmente o problema volta a acontecer. São os bugs de sistemas (sejam hw, ou sw) mais chatos de resolver. Provavelmente a Apple está a tentar chegar a esses utilizadores. Ou Talvez não….

    • a friend® says:

      A probabilidade de trojan é praticamente nula. No iOS para instalar algo só pela AppStore. De qualquer forma há varios pontos na história que não fazem sentido, mas provavelmente só farão quando os detalhes forem mais pormenorizados.

      A Apple tem centenas de testers, porque motivo iriam pedir tal coisa a um cliente? Bastaria pegar nos iPhones recolhidos e estuda-los…

      Este é apenas um exemplo entre outros pormenores que aqui não batem certo.

      • Sérgio says:

        Pela história é um facto que algo foi instalado. Como dizes aó o poderia ser pela App Store. Mas a pessoa não saberia que aplicação foi. Não existe um histórico?
        A questão dos testers é que o problema pode ser reduzido e não ter acontecido em nenhum, ou num numero muito reduzido.

        • a friend® says:

          Sim existe um histórico, mas tudo o que é instalado é “visivel” nas opções do utilizador. Poderá ser uma app de serviço também.

          Desconhecia este metodo da Apple de analise, daí estranhar, mas a confirmar-se é algo inovativo, trabalhar assim directamente com o cliente. Sempre a surpreender 🙂

  8. L. Mata says:

    Tanta coisa porque UM utilizador reportou um problema e UM engenheiro anda a tentar ver o que se passa?

    A Apple está tão má que já aposta na públicidade má como forma de publicidade, para ir de encontro à velha máxima que mais vale falarem mal do que não falarem? 😀

    Os artigos e entusiasmo a volta da Nokia e do Windows Phone esta semana foram assim tão evidentes que já vale tudo? 😀

  9. Abílio says:

    Cada vez gosto mais do meu 3GS.
    A apple fez-me poupar uns trocos bons. Não me “queimou” como no 3g.
    A bateria dura bem, mas mesmo muito bem

  10. Misfit Actual says:

    E aqui está uma das 7 maravilhas do mundo, o Iphone inventado pelo génio Steve Jobs… é tal a pressa de colocarem um novo produto no mercado que se esquecem de testá-lo verificando se efectivamente está OK… depois consoante as queixas lá se vão desenrascando… ao estilo microsoft…
    Em vez de investirem em novas versões software as marcas deviam concentrar-se principalmente num software actual que não esgote os recursos do equipamento… 1 dia de bateria ? ridículo…
    Senão vejamos: o meu Nokia E71 com 3 anos e com a mesma bateria ainda se aguenta 4 dias sem ir ao carregador… não se desliga, não se atrapalha, no lags, sempre a bombar…
    Em resumo: uma pessoa é roubada quando paga uma fortuna por um equipamento que se comporta (na vertente prática) muito pior que o equipamento que antes tinha. Enquanto não existirem baterias em condições, os smartphones vão ter sempre o mesmo handicap.

    • a friend® says:

      Só o facto de comparares um Nokia E71, que nem sequer é touch-screen, perdes logo a razão. Um smartphone, só o facto de ser multi-touch é motivo suficiente para requerer mais energia para funcionar.

      Depois dentro da gama touch, a duração média de vida da bateria rondam todas as do iPhone, umas mais outras menos conforme a utilização de cada um. Este caso do 4S é especificio e não geral, pois trata-se de um problema que afecta apenas algumas unidades.

      Falando de software. O iOS5 é mais economico que o iOS4, o que acontece é que ao instalar ele activa todas as novas funções: iCloud, Location Services, entre outra tantas… e naturalmente, usando mais funções irá gastar mais, cabe agora a cada utilizador saber ao certo o que tem activo ou não. É precisamente o mesmo que o 3G, Wifi, Bluetooth e afins.

      • Misfit Actual says:

        Se o facto dum telefone é multitouch requerer uma melhor bateria então a maioria dos smartphones de hoje em dia são bem inferiores aos telemóveis de 2 ou 3 ou 4 anos atrás.. o que estou a dizer é que a apple segue o caminho da microsoft: manda cá para fora um produto defeituoso e depois preocupa-se em resolver os problemas com as actualizações de software…

        • aver says:

          Isso das baterias para abrir guerra Android/ Apple é escusado. Alguém que te diga que usa permanentemente todas as funcionalidades e a bateria dura e dura ’tá-te a enganar. O iOS 5 introduziu novas funcionalidades que se estiverem ligadas gastam, mais, bateria. Com os tablets não há grandes problemas porque as baterias são muito maiores.

          Há de facto formas de poupar bateria. mas a única solução é “Tem uma tomada à mão recarrega. Ah, mas só dá tempo de recarregar dos 40% para os 70% ! Recarrega à mesma”.

        • a friend® says:

          Qual foi a má experiência que tiveste com o iPhone 4S para tal afirmação?

          O facto de “x” pessoas terem tido problemas isso significa “mandar um smartphone defeituoso cá para fora”?

  11. serva says:

    Pois mas correr o IOS 5 , não vai ser fácil com 256 Mb de ram e processador a 600 , por isso é que a bateria dura , eu ontem comprei o Galaxy 2 , tinha o tablet de 7” também da Samsung e estou a dar-me bem com o tablet chega a durar 3 dias e com utilização moderada e com algumas chamadas pelo meio e recebo muitos sms e emails , Wifi ligado , bluetooth , 3G e programas como o earthquaque e vários de noticias que estão sempre a actualizar em background .

    O SG 2 , é simplesmente fantástico , um dos aspectos que a Samsung melhorou muito foi a dissipação de calor, no meu tablet o calor faz-se sentir ao fim de uns 30 minutos de utilização , e não é muito agradável , neste SG 2 , ontem como imaginam usei e abusei senti alguma alteração térmica , mas para um dispositivo tão fino com a capacidade de processamento que tem, tenho de dizer que fizeram um excelente trabalho , o único senão é que é muito caro, mas é uma grande maquina , comprei porque sei que já suporta o Ice cream , e como ainda não sabemos quando vai saír o 3 e o 2 desceu 100 € na sexta feira aproveitei .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

    • a friend® says:

      Onde é que vem ao acaso essa afirmação se este problema nem afecta o modelo 3GS. Esse com o iOS5 para além de manter todas as performances, a bateria fica igual.

      Isto está relacionado mais com o 4S e pode ser uma serie de baterias com defeito, já que mesmo dentro do 4S nem afecta todos.

  12. Britz says:

    Boas.

    Eu comprei ontem o 4s, e estou bastante satisfeito. Como ainda nao tem muito tempo de uso nao sei se poderei ter problemas de autonomia, por enquanto está tudo bem. Mesmo com o Icloud, Siri, e wifi activos.

    Acho um roubo os preços em Portugal, eu comprei na Suiça, fiz um contrato de 24 meses, paguei 250 CHF de entrada, e vou pagar 35 CHF por mês, com chamadas gratis para a minha rede (Orange) e rede fixa suiça, 30 min por mes de chamadas para todo mundo, sms ilimitadas para todas as redes suiças, e 1 GB de internet. Não acho caro, para quem ganha uma média de 3500 CHF por mes.

    Um aparte, ontem quando estava nas lojas á procura do Iphone, mais que uma porque nao estava nada facil de encontrar algum, um dia depois do seu lançamento, vi no minimo 5 pessoas a comprarem um iphone. MODA? sim, alguns casos sim!
    BOM PRODUTO? para mim, sem duvida nenhuma. Só tenho pena de no nosso pais não ser possível um jovem de 20 anos poder pagar as suas faturas, comprar algumas coisas, e ainda ficar com dinheiro no bolso ao fim do mes.

    Cumprimentos

    • Joao Pinho says:

      “Um aparte, ontem quando estava nas lojas á procura do Iphone, mais que uma porque nao estava nada facil de encontrar algum, um dia depois do seu lançamento, vi no minimo 5 pessoas a comprarem um iphone. MODA? sim, alguns casos sim!
      BOM PRODUTO? para mim, sem duvida nenhuma. Só tenho pena de no nosso pais não ser possível um jovem de 20 anos poder pagar as suas faturas, comprar algumas coisas, e ainda ficar com dinheiro no bolso ao fim do mes.”

      +1

      • Ryan says:

        Da maneira como estăo as coisas em Portugal eu acho que há muita gente que está mais preocupada com a imagem do que com o que realmente interessa. Será que um Smartphone seja qual for merece o dinheiro que se pede nas lojas? Năo acho. Será que há um aproveitamento dos vendedores nesta moda? Há e muito.
        O que falta no meio de tudo isto é um pouco de senso comum (que para muitos năo existe).
        Para mim é um exagero um telefone custar tanto como um computador de preço e média robustez de hardware.

  13. Texugoelectrico says:

    Quer dizer, para mim esta noticia é tão preocupante como para qualquer telemóvel que custe mais do que, vá lá, a partir dos 300€, ou seja, acho que se uma pessoa dá o dinheiro com certeza espera que valha a pena, quanto mais quando estamos a falar de topos de gama, ou se quiser-mos, a meu ver, telemóveis acima dos 450/500€, sejam Samsung’s, LG’s, Nokias, HTC’s, o que quer que seja.

    Acho que num investimento mais baixo uma pessoa ainda pode pensar que possam sair alguns aparelhos com defeito (é bastante normal numa linha de produção) mas com um investimento maior espera-se que se tenha tido um cuidado máximo quer na produção quer no controlo de qualidade. A proliferação de uma noticia destas poderá muito bem colocar um travão em alguns compradores que se calhar se voltam para outras opções. Eu cá acho que, enquanto for só um ou dois e numa ou noutra marca nunca vai haver problemas de maior (e isto não é novo, portanto acredito que continuará assim). O problema seria se a coisa começasse a proliferar e o pessoal se lembra-se que a verdade é que independentemente da marca aquilo é quase tudo “Made in China” e se calhar não vale a pena gastar tanto…

    Olhem, eu só de ver aqueles vídeos dos gajos dos crash tests no Youtube até me dói a alma, quanto mais:p

    • a friend® says:

      Gama alta ou baixa não deixam de ser máquinas produzidas em máxima. O rigor é naturalmente mais elevado que qualquer outra gama mas isso não impede que haja falhas, e no que toca a baterias maior a probabilidade, devido a ser uma tecnologia imprevisível.

      Se forem a ver, é precisamente uma falha comum a um vasto numero de aparelhos.

      Importante é que, acima de tudo as marcas assumam essas falhas quando acontecem e respondam de forma rápida ao cliente sem este nunca sair lesado de forma alguma.

      Neste caso a Apple, a uns deu um novo e outros (com o devido consentimento) pediu para estudar o que se passava a fim de apurar mais a fundo se o erro de forma a a solucionar com mais eficácia a falha que possa estar a causar este problema a esse determinado numero de iPhones 4S, que mais uma vez, não são todos. Tendo em conta o numero já vendido, os com esta falha são um numero bastante reduzido.

  14. Jorge says:

    Foi por andar a seguir este tipo de debates que quando saiu o 3 optei por comprar um Blackberry Storm II…
    Uma coisa que já constatei é que os smartphones gastam, de facto, muita bateria, mas penso que será o preço a pagar por um ecrã de grandes dimensões e poder dispor de inúmeras ferramentas que são bastante úteis. Numa utilização normal, com mails, chamadas e navegação, dados sempre ligados, o BB dura-me no mínimo entre 20 a 30 horas. Numa utilização mais intensa, com jogos e publicações nas redes sociais dura entre 6 e 10 horas. Se o iphone durar mais um bocado não fico descontente. É claro que fica longe da autonomia do meu velhinho E51, mas as funcionalidades e ecrã não têm nada a haver.
    As operadoras móveis nacionais têm planos de assinatura interessantes que disponibilizam o 4s a preços aceitáveis, se comparados com aquele que é praticado livre de operador. É um facto, mesmo assim não são baratos e os compromissos de permanência obrigam a desembolsar algum por mês. Mas… afinal os smartphones não são para utilizar? Eu estou à espera de receber o 4s de 32 gb, por 211,00 + IVA. E por menos de 50,00 mês tenho chamadas e mensagens grátis para a minha rede + 240 minutos para as outras redes + 1gb de tráfico. Não acho assim tão exagerado

  15. Ikankitty says:

    Eu tenho um problema com o iPhone 4s.
    A imagem não fica na posição horizontal.
    O que faço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.