PplWare Mobile

Apple apresentou lucros de 9.5 mil milhões de dólares


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. k says:

    O que era fixe era eles pegarem nesses lucros todos e fazerem outra vez o que os fez ficarem famosos em primeiro lugar – algo de novo. Infelizmente não estou a ver isso a acontecer. Enquanto a galinha der ovos de ouro…

  2. JJ says:

    Os iPhones e iPads estão mesmo na moda… e as pessoas por mais que neguem que seguem as modas, a prova é que as seguem…

    – Conheço pessoas que os tem, por que “ai e tal… é um iPhone (iPad)…”
    – Outros, até mudaram o seu modo de utilizar o telemóvel, para poder ter um iPhone, aderindo a tarifários pós-pagos e a períodos de fidelização (coisa que a meses antes diziam que não aderiam) para ter o equipamento mais “barato”.
    – Alguns que conheço, que tem iPad, quase nem no Word sabem mexer, mas ter um iPad é fantástico, mesmo não sabendo bem como trabalhar com ele.
    – Vê-se que as suas condições de vida não são as melhores, quase passando fome pois tem pouco dinheiro para gastar, mas tem um equipamento Apple.
    – Outros estão desempregados, a meses ou “anos”, e ainda conseguem comprar um iPhone.

    Enfim… as pessoas olham mais para a moda, do que para as suas reais necessidades/possibilidades.
    Logicamente as pessoas tem o direito em ter bons telemóveis, mas será que para as suas necessidades em conjunto com as suas possibilidades, equipamentos 50% mais baratos são seria o suficiente?

    Mas, pronto… as pessoas apenas vivem para as aparências e depois dizem que existe crise e a culpa é só dos políticos…

    • Ricardo says:

      Totalmente de acordo

    • Paulo Gomes says:

      Meu caro JJ, o mesmo se pode dizer dos topo de gama da Samsung ou da Sony, não é? Se há desempregados a comprarem iPhones a €600, também os há a comprarem, por ex., Galaxy S3 e Xperia Z. Enfim, cada um é que sabe. Eu, se tivesse guito, também comprava um iPhone. Mas como não tenho, prefiro um Android (foi baratinho, cento e picos euros. Este já passa no seu critério moralista? – E sim, prefiro Android ao Windows Phone). Agora, voltando ao que REALMENTE interessa. A maior parte das pessoas prefere os produtos Apple pelas mais diversas razões: design, grafismo e segurança do(s) sistema(s) operativo(s), qualidade do hardware, etc., etc. É uma questão de PREFERÊNCIA. Tenho um Macbook de 2008 e se hoje em dia me dessem a escolher entre um portátil PC/Windows actualizado e o meu Macbook, preferia 1000x o meu Macbook com o OSX/Mountain Lion. Consegue perceber a diferença? Não é uma questão de moda. É mesmo uma questão de preferência. Enquanto vocês, funcionários da Microsoft, não entenderem isto (e continuarem a imitar a concorrência e não inovarem), e apenas usarem o argumento do “preconceito” e da “moda” – argumento que diz muito sobre vocês -, não vão conseguir chegar lá.

      • Pedro Levi says:

        Errado! por norma quem compra topos de gama de outras marcas é porque sabe bem o que quer e não por estar na “berra”, porque a gama galaxy nem os xperias e afins dao os status que dá um iphone ou ipad!

      • faustino says:

        Apesar de a resposta ter sido dada ao JJ e não a mim acho que também levo por tabela, não sei se o JJ é da mesma opinião que eu, ele que responda por si.
        Não sou funcionário da Microsoft e quem me conhece sabe, que normalmente sou Microsoft-cético, também tenho um Android de cento e tal euros(Huawei X5) e como o guito também não abunda cá por casa, não comprei um melhor e se comprasse um melhor seria um da série Nexus porque tem atualizações da Google e naturalmente tem mais possibilidade de existirem rom’s com qualidade.
        Conheço várias pessoas com IPhone e várias pessoas com topos de gama de equipamentos Android, e no meu caso, repara que falo no meu caso, as que tem os topos de gama Android não foram atrás de uma suposta moda, foram atrás de uma/várias caraterísticas específicas, enquanto no caso dos Iphone/Ipad conheço casos de fans Apple, de pessoas que compraram porque viram uma ferramenta que respondia às suas necessidades, mas também conheço gente que recebe o RSI e outros que tem uma vida não muito desafogada que tem Iphone/Ipad ou querem ter, mas que quando se pergunta porque é que tem ou querem a justificação é sempre uma coisa qualquer que se consegue com qualquer telemovel Android/Ios/windows Phone jogar um jogo, ou então porque são fixes, e não é uma moda?
        Dizer que só vendem porque são melhores e servem melhor a toda a gente é mentira, quer dum lado quer do outro vendem-se por um conjunto de razões, normalmente ilógicas do ponto de vista de investimento (pelo menos para mim),que são:
        – porque os amigos tem
        – porque é fixe ter um no meu grupo de amigos
        – porque os reviews foram o máximo nos sites online,
        – etc., etc. , …
        Raras são as vezes que realmente estes equipamentos são comprados com razões lógicas e não emocionais (não tem nada de mal fazer compras emocionais se isso não provocar problemas como falta de dinheiro para bens essenciais à vida), e lembra-te que a maioria dos visitantes do pplware, não são um bom exemplo sobre compra de tecnologia, porque se andam aqui sabem alguma coisa ou querem aprender, o comum comprador de telemóvel não sabe o que está a comprar ou não tem a noção do mundo que se abre com a compra de um equipamento destes, seja Android/Ios/windowsPhone.

      • Rogerio M. says:

        Concordo.

    • Gaius Baltar says:

      Da mesma forma que dizer que todo proprietário de Android não tem dinheiro para coisa melhor é um raciocínio redutor, dizer que todo usuário de iOS é um parvo metido a rico também o é. Há inúmeros casos de utilizadores de iOS com vastos conhecimento e experiência em equipamentos mobile, e cito apenas dois: Vitor M. aqui do Peopleware e o Carlos Martins do Aberto até de Madrugada. Quem tem a oportunidade de utilizar vários equipamentos acaba por verificar que hoje em dia Android (de topo) e iOS equivalem-se, portanto a decisão de usar um ou outro vai muito do gosto de cada um.

    • Silva says:

      Eu passei de um 3GS para S3 e agora S1, e nao houve uma pessoa que nao me disse-se que estava cheio de dinheiro para ter o S3.
      Ja viram os precos dos topos de gama, galaxy e note??
      Acho que esse argumento do estatuto ja la vai á muito.
      O que vejo por aqui é os fanboys nas noticias da apple sempre a criticar tudo, e nao vejo nada sobre ios nas noticias sobre android, sao mais crescidos os adeptos da maça…
      Nao á nada que nao faca no android que nao faca no iphone, instalar roms personalizadas?? estou deveras impressionado…
      Quando eu escrevo aqui sobre o cydia e um user escreve que á outras ferramentas para desbloqueio, esta tudo dito.
      Eu culpo os administradores por nao colocar noticias interessantes sobre o android.

  3. Pedro says:

    PPLWARE (Pedro Simões)

    Estes números serão um pouco exagerados, ou melhor, traduzidos incorretamente 😀 Não estaremos a falar do valor gerado pela venda dos equipamentos ao invês no número de equipamentos vendidos?!

    “Tinham sido vendidos 35.1 mil milhões de iPhones e 11.8 mil milhões de iPads.
    Os números de vendas de Macs manteve-se inalterado, com vendas de 4 mil milhões de unidades.

    Abraço a todos e continuação do excelente trabalho

  4. Miguel Parreira says:

    36 mil milhoes de unidades vendidas? Se somos 6 mil milhoes a viver no planeta terra, ha por ai tipos que compram as centenas?

  5. Amaro Romão says:

    Desculpa em todas as frases não, só nas frases em que fazem referencia as unidades vendidas.

    As minhas desculpas.

    Amaro Romão

  6. José Ribeiro says:

    Como é obvio não foram vendidos mil milhoes de iDevices!!!
    Não sei que números são esses!…

  7. Ângelo Conde says:

    Esses número estão errados.

    Fonte (http://www.apple.com/pr/library/2013/04/23Apple-Reports-Second-Quarter-Results.html):

    “The Company sold 37.4 million iPhones in the quarter, compared to 35.1 million in the year-ago quarter. Apple also sold 19.5 million iPads during the quarter, compared to 11.8 million in the year-ago quarter. The Company sold just under 4 million Macs, compared to 4 million in the year-ago quarter.”

  8. Ru1Sous4 says:

    Lucros a subir e as acções a descer ^^

  9. lunatic says:

    “Tinham sido vendidos 35.1 mil milhões de iPhones e 11.8 mil milhões de iPads.”

    Atenção aos “mil milhões”

  10. Paulo Guerra says:

    35.1 mil milhões de iPhones ?? Isso não dá tipo 5 iphones por pessoa em todo o mundo ? Ou a população do mundo aumentou muito ou deve haver muita gente com 10 ou 20 iphones…tendo em conta que metade da população não tem àgua e eletricidade…

  11. João Oliveira says:

    Esta notícia é sob a perspectiva do “copo meio cheio”, agora a mesma notícia sob a perspectiva do “copo meio vazio”:

    Lucros da Apple descem pela primeira vez numa década.
    Fonte: http://www.publico.pt/economia/noticia/lucros-da-apple-descem-pela-primeira-vez-numa-decada-1592327

  12. osvander says:

    Não acredito!!! com certeza foi a sansung

  13. lontra says:

    Baixaram as vendas, 8 milhões de iphones devolvidos à foxcon, baixaram os lucros, aumentaram de 10B para 60B a compra das suas próprias ações, aumentaram os lucros dos acionistas(e mesmo assim eles fogem), caiu metade o valor da empresa, ações continuam a cair, novidades zero, yaps… está no bom caminho a apple 😡

  14. Pedro says:

    Já venho tarde, mas…

    LET THE FLAME WARS BEGIN!

  15. Na minha opinião, mesmo sendo em milhões, continuam a ser valores considerados impressionantes.

  16. vitor soares says:

    e…. de repente, todos se preocupam com os milhões de lucro destes e de outros senhores do mesmo ramo.
    Quero lá saber quem ganhou mais. Se a Apple se a Samsung, ou a Vodafone.

    mas ok divirtam-se aos milionários 🙂

  17. Abílio says:

    E as acções a tombarem. É o mundo de especuladores em que vivemos.

  18. luislelis says:

    Uma coisa eu aprendi com a Historia.
    Todos os impérios caem mais tarde ou mais cedo e todos aplaudem de pé quando isso acontece.
    Estranho estes seres humanos.
    Eu sou um androidiano, mas camaradas, da raiva ver a Apple com tanta qualidade nos equipamentos que vende.

    Q inveja que eu tenho de nao ter um citroen igual ao teu ferrari.
    Aquele abraco de um utilizador android invejoso.

  19. Ana Ferreira says:

    Eu sei que o dia 27 de aproxima, e para tal, andam com o pipi a arder, os Apple FanBoys 😀 cambadaaaaaaaaa!

  20. Liph says:

    ou seja + vendas – lucro.

    Faz-me lembrar clubes de futebol, o que adianta ser grande se não se é o melhor…

  21. Rio says:

    um amigo meu hoje comprou um apple mac book ecrã retina de 2200euros.
    chegou a casa e instalou o windows.
    nice.

    • vasconde says:

      O pessoal é tão cego.
      A moda da maça mostra bem o que o bom markting consegue fazer.

      Os produtos da apple são caros, o software não é nada de especial, o design já foi original mas depois de tantos anos passou a ser banalissimo (toda a gente é igual e não há variedade). Não têm liberdade porque o software da apple é dos piores em termos de vigilância ao utilizador. E tudo na apple se paga…

  22. vasconde says:

    É impressionante. Com lucros astronómicos e com o apoio ao cliente e uma garantia tão merdosa. Vão roubar para outro sitio…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.