PplWare Mobile

Apple deve 48,5 milhões de euros aos operadores franceses


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. RVM says:

    “A entidade reguladora da concorrência francesa está agora a preparar-se para colocar a Apple em tribunal”

    Título disto?

    Já foi julgada e sentenciada, ou ainda vai ser sequer acusada?

    Enfim! Apple pagar isso? Tem algum jeito? Não gostam da clausulas, não vendam iPhones! Ninguém os obriga!

  2. bill says:

    A Apple no seu melhor….

  3. halnaweb says:

    bom, pelo que li, parece um contrato leonino. Sendo verdade o teor do artigo, a marca demonstra uma atitude prepotente e arrogante. Pergunto eu, será que está atitude é igual noutras grandes marcas? Tipo coca-cola com os hipermercados!

  4. João says:

    As cláusulas que a Apple impõe são um absurdo, em Portugal tambem queriam só dar 1 ano de garantia, mas a lei obrigou a que fossem 2 como todos os outros.

    • Miguel says:

      Nao e assim que funciona. Nem com a Apple nem com qualquer outra marca.

      A Apple e muitas outras marcam so oferecem um ano de garantia, a partir dai entra em vigor a lei do consumidor que normalmente nos chamamos de garantia.
      As leis do consumidor duram 2 anos e tem de ser reclamadas no ponto de compra.

      Legalmente nenhuma empresa e obrigada a oferecer garantia.

      O mesmo acontece nos outros países, no UK são 6 anos por exemplo, se comprares o telemóvel pela Apple tens 1 ano de garantia + 6 anos de consumer law que reclamas com a Apple, mas se comprares numa operadora tens 1 ano de garantia + 6 de consumer law mas reclamas na operadora se precisares.

      Desculpa o português, mas estou com teclado ingles e é complicado escrever correctamente

      • Rosso says:

        Ora nem mais. Entre empresas as garantias de equipamento são de um ano. A não ser que sejam negociadas condições excepcionais.

      • APereira says:

        A tua explicacao esta correcta, no entanto a questao do UK serem 6 anos nao.

        “Your rights against the retailer can last for up to six years but the onus is on you to prove a fault was present at the time of purchase after the first six months.”

        Tens 6 anos, no caso de conseguires provar que a falha ja estava presente no equipamento desde a altura de compra.

    • APereira says:

      Treta… O distribuidor em Portugal (Interlog na altura) nunca negou garantia a equipamentos com mais do que um ano…
      O problema foi mesmo vir nos manuais que a garantia era de 1 ano.
      Para alem disso foi algo a nivel Europeu (paises onde garantia minima é de 2 anos) e nao de Portugal

    • Henrique says:

      Não tens outro sítio para espalhar mentiras?

      Tem 1 ano internacional, 2 em Portugal.

  5. zefra says:

    A Apple não pagara multa nenhuma mas vão ser apertados. tao simples como isso. O iPhone esta bem estabelecido no mercado dai que agora não precisam de se impor a outros para vender. O produto vai vender-se por si mesmo. Mas espero que lhes apertem bem. Ao e por ser fenómeno de moda que tenho de me impor seja la quem for.

  6. José Fernandes says:

    Uma ajuda da vossa parte se possível, encomendei um iphone se pela loja apple e meti nos dados o nif. A factura que me enviaram ontem só tem o nome e não o nif. Ora se a factura vem com o nif apple pt, cobram taxa de direitos de autor e 23% iva, não posso ter lá o meu nif?

  7. PPrates says:

    Bem…la vão eles aumentar o preço dos telelés para pagar a multa.

  8. José Gomes says:

    As operadoras não concordam com isto: “A Apple tem condições pelo, menos tão benéficas (ou até mais), que a concorrência para o preço sem contrato” , ou seja querem que os iphones livres sejam muito mais caros que os bloqueados á rede… o consumidor vai ganhar tanto com isto…

  9. João says:

    As cláusulas que a Apple impõe são um absurdo, em Portugal tambem queriam só dar 1 ano de garantia, mas a lei obrigou a que fossem 2 como todos os outros.

    • APereira says:

      Treta…
      O distribuidor em Portugal (Interlog na altura) nunca negou garantia a equipamentos com mais do que um ano…
      O problema foi mesmo vir nos manuais que a garantia era de 1 ano.
      Para alem disso foi algo a nivel Europeu (paises onde garantia minima é de 2 anos) e nao de Portugal

  10. Rosso says:

    Pobres operadoras… Tanta pena que tenho delas. Já não basta terem de se degladiar entre si agora ainda tem de lidar com a prepotência dos contratos da Apple.

  11. Modem says:

    Lindo era os operadores unirem-se contra a apple…

  12. Tony says:

    entre várias, esta fez-me rir “Os Operadores têm de contribuir para os custos de reparação dos iPhones” quando avaria um telemóvel os outros que paguem.

  13. Tony says:

    A Apple que continue a exigir, que o reinado vai de ser de curta duração. Os fanboys Apple, são pelo marketing efectuado, depois ha quem tenha porque gosta das características, mas esses, são realistas e podem mudar de sistema a qualquer altura. A Apple ja nao tem produto novo desde o tempo do Jobs, ahhh o Watch, sim, mas não quis contar piadas…

  14. RubenS says:

    A apple impoe clausulas de forma arrogante. Será que se esqueceram que sem operadoras nao vendem tanto?!? Muitos iphones sao vendidos de forma mais acessivel atraves das operadoras e aplicar tudo conforme os gostos da apple nao é o mais correto. É verdade que sem apple também as operadoras lucram menos mas temos que ver que as pessoas sao clientes das operadoras e estas querem obter equipamentos do seu grado e caso a apple nao facilite, so faz com que as operadoras deem deataque a outros equipamentos e assim a apple so fica a perder.

    • Rosso says:

      Que interessa se perde?
      Esta noção de que uma empresa tem de fazer tudo por tudo para adquirir clientes a todo o custo é o que faz com que para a maioria dos fabricantes de dispositivos Android os lucros sejam parcos e muitas vezes inexistentes.
      Há clientes que não interessam a ninguém.

      A Apple pode ter custos com estas politicas, no entanto esses custos são largamente compensados pelos lucros que estas politicas geram.

      Para quê vender 100 unidade de algo a lucrar 1€ por unidade quando se podem vender apenas 5 a lucrar 50€ em cada uma? Nem todas as empresas se podem dar a esse luxo, mas as que podem que aproveitem. (desde que não estejamos a falar de monopólios não existe nada de eticamente errado nesta opção de gestão , e neste caso telemóveis há muitos)

  15. Francisco Pinto says:

    O título dá-me vontade de rir…!

  16. Tico says:

    deve mais aos consumidores…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.