PplWare Mobile

Aparece nova imagem do que será o Menu Iniciar no Windows


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. E. says:

    Na minha opinião, não podia ser mais bem-vindo! Não abomino a interface metro, (pelo contrário até acho que foi uma aposta bastante arrojada por parte da Microsoft) mas o facto, é que, para um utilizador de PC, acaba por ser completamente obsoleto. Mesmo para o formato “touch” é bastante limitado! Para mim um PC tem que ter apps/programas que possam tirar vantagem dum rato/teclado. O menu iniciar podia ser substituído, mas por algo direccionado para o uso do PC. Substituir o menu iniciar por um menu que pode ser utilizado em vários dispositivos pode funcionar, mas é estranho! Metro poderá no futuro ser brilhante num tablet. Enquanto não arranjarem uma interface melhor que o menu iniciar no windows para quem usa rato e teclado, longa vida ao menu iniciar!

  2. André Luz says:

    Por mim podem voltar a adicionar o menu iniciar, desde que seja dada a opção do utilizador poder escolher se quer utilizar o menu iniciar ou a interface metro.

    Eu pessoalmente já não me vejo a usar o menu iniciar, por isso incluírem esse recurso a mim não me diz nada… mas compreendo que a Microsoft tente agradar a todos o utilizadores, desde que dêem liberdade para cada um escolher o que prefere usar.

    Por exemplo no caso do botão iniciar, que não existia no Win8, as pessoas queixaram-se e voltaram a inclui-lo no Win8.1 … mas eu pessoalmente já estava habituado a usar sem o botão, e para mim essa não foi uma alteração positiva. Nesse caso podiam ter incluído uma opção que permitisse ao utilizador escolher se queria mostrar o botão ou não… Entretanto voltei a habituar-me ao botão, mas penso que com o menu iniciar isso não seja assim tão simples.

    Portanto por mim podem fazer essa alteração desde que dêem a opção ao utilizador de escolher o que quer usar directamente, ou seja, sem que o utilizador tenha a necessidade recorrer a programas de terceiros que façam isso.

  3. Nelson N says:

    Agora nem me aquece nem arrefece. Ao ler a artigo, lembrei-me – (corrijam-me se estiver errado)- o Win 3.11 também não tinha o menu iniciar, e nunca ouvi nenhuma queixa!

  4. Gonçalves says:

    Retrocesso? Não vejo porquê!

    De facto já me habituei, mas sempre que vou ao “iniciar” penso sempre “outra vez esta treta! Mas porque raio tenho de esconder o vídeo que estou a ver porque tenho de ir ao iniciar?”

  5. Blasterjack says:

    Agora os que se habituaram ao 8 já não vão querer mudar xD
    Esta microsoft, faz me lembrar o tira e põem ao final do dia.

    • quffy says:

      Mas se calhar se não tivessem passado pelo windows 8 não tinham chegado (ou dificilmente) a esta ideia de apps e não apenas programas normais, e apps integradas no menu iniciar. Era provável que continuássemos só com menu iniciar lista de programas e atalho para meu pc, painel de controlo etc.

      Fica muito mais interessante assim o Windows, mas não só o menu iniciar, as alterações feitas do win7 para 8 como as barras laterais, a pesquisa interna e da web com o Search (tecla windows + q), entre outros.

      Espero que façam outra vez uma promoção de ~30€ ao Windows (como foi feito ao win8), em vez do preço normal ~100/~200€.

  6. António says:

    Não serve. Os velhos do Restelo querem um menu IGUALZINHO ao do Windows XP/7. Repito, IGUALIZNHO.

  7. rmcrys says:

    A mudança 7 vs. 8 vou demasiado radical, se para os usuários dos tablets e híbridos o Windows 8.1 foi a solução, para os outros todos foi o pesadelo.

    O novo UI Metro não é intuitivo, e é complicado: qualquer pessoa aprende rápido a usar o iOS e o OSX; com o metro… ainda não vi ninguém fora dos tablets.

  8. Filipe says:

    Para quem não gostou do metro do 8, acho que tem aqui uma “solução”.

    Pela imagem é uma mistura do iniciar do 7 para trás com o metro do 8.

    Mas para o agrado de todos penso que se tiver uma opção para escolher este iniciar ou o metro seria perfeito para não andarem com a mesma “guerra”.

    Eu agora que já estou habituado a usar o metro, já não me faz grande diferença usa-lo.

  9. FOAD says:

    Mais valia estarem quietos. Ou ficava o Metro ou colocavam o menu iniciar clássico.

    • Glink says:

      é que é mesmo, bastava porem como opção o menu clássico, entenda-se o do 7/Vista, e ja estava, um gajo usava se quisesse.

      assim é uma mistela que não fica muito bem, pelo menos é o que eu acho… os tiles podiam aparecer como uma dashboard na lateral, com info útil e atalhos…

      MS contratem-me se faz favor, eu digo-vos o que fazer…

    • Blasterjack says:

      E eles fizeram as duas coisas de uma vez.

  10. Miguel Sousa says:

    Deviam deixar isso em opção. Quem é mais rico e usa o computador para andar no facebook e andar a saltitar em sites (ou que usa um ecrân táctil) pode escolher o metro.
    Quem usa o computador para trabalhar e quer funções que funcionem, usa o menu iniciar similar ao do windows 7.

    Desde o windows 98 que o menu iniciar se tornou no mais prático meio de chegar ás informações e aos programas do computador, sem ser necessário conhecer 210000 atalhos do teclado ou 4500000000 linhas de código. Chamam a isso retrocesso? É que na maioria dos sistemas operativos, existe uma coisa similar ao menu classico do windows… coisa que não existe no metro.

    Se uso o computador para trabalhar e me divertir, o metro é a pior abominação que existiu… quem usa um tablet já não diz o mesmo.

    Se a microsoft quer ir por esse caminho (que já deve ter percebido que é errado…) que meta o metro como opção para os tablets ou por quem vá usar um computador como se fosse um tablet.
    Para os outros, devolvam o menu classico que sempre funcionou bem nos últimos 18 anos… quer seja para pessoas com conhecimentos de informática, quer seja por pessoas com poucos conhecimentos.

    • diogo says:

      Deviam de por como opção sim, mas essa dos riquinhos usaram metro e quem quer trabalhar usar menu iniciar é estupidez, ora há sempre quem se tenha habituado bem ao metro e tenha bom rendimento com ele em trabalho. não sei de onde veio essa ideia retrogada e quanto ao menu iniciar. É tão facil aceder às aplicações todas antigamente como agora. Ah, falando noutras interfaces, no gnome 3 já não existe menu iniciar, existe uma opção onde podes ver os programas todos tal como no windows 8, no kde o menu funciona de forma substancialmente diferente, no unity também. Pronto tens o xfce, o cynammon e o mate mas bastante menos usados, quanto ao OSX não posso falar.

  11. Rafael says:

    Alguém arranja o link de download…?
    Ando a pesquisar, mas não está fácil…

  12. Ricardo Silva says:

    Não sei qual é a fixação do pessoal com o menu iniciar, tenho o 8 desde que saiu e nunca senti falta do menu iniciar, não sei qual é o problema de não haver, mas pelos vistos é um problema muito grande xD

    • JP says:

      se não sabes qual a fixação experimentar a colocar-te de vez em quando no lugar dos outros e chegas lá por ti próprio.

    • ElectroescadaS says:

      Se calhar o amigo tem um tablet e como tal adaptou-se a um SO para ser usado numa maquina táctil. Pessoalmente falando prefiro usar um SO que me seja familiar e onde possa aceder ao que preciso duma forma fácil. No pior dos casos Linux é uma opção (PCLinuxOS)… :mrgreen:

      Pessoalmente falando (2) a Microsoft deva desenvolver no mesmo SO 2 ambientes de trabalho, o clássico para PCs e o Metro para equipamentos tácteis. Poupavam chatices e não perderiam utilizadores para ouras plataformas de carácter concorrente 😈

  13. A microsoft andou os ultimos 15 anos a ensinar que do canto inferior esquerdo está o menú iniciar e com o windows 8 reitram isso? é por esse motivo que quando ajudo alguem com o computador não instalo windows 8….seriam apenas mais dores de cabeça para mim

  14. Luís Aguiar says:

    Acho abominável o gráfismo, ridiculo mesmo, detesto o metro, e a mistura fica raibow mesmo à javardo.

  15. MM says:

    Se MS nao muda é porque não muda. Se muda é porque muda.
    No entanto, os outros mudem ou não são sempre fantásticos, mesmo quando imitam a MS.
    Estes comentadores que por aqui andam são do melhor… não mudem, deixem-se andar que são fantásticos.

  16. Paulo Pinto says:

    Respondendo à questão: Não, não precisa.

    Este menu iniciar não trás vantagem nenhuma em relação ao metro.

    Conforme já muitos disseram, após algum tempo o menu iniciar ñ é necessário.

    Sou administrador de sistema numa empresa, temos pouco mais de 20 máquinas com Windows 8/8.1, e não tenho tido queixas acerca do que quer que seja, muito menos do menu iniciar/falta dele.

    A procura no windows 8 funciona muito bem, encontrando de imediato o programa que pretendemos.

    • JP says:

      Por acaso até não precisa pelo menos para mim que optei pelo Mint. Continuo a pregar o mesmo. Porquê achar que se é dono da razão se existem enormes variantes profissionais e ludicas que um sistema pode oferecer. Se não serve troca-se.

  17. Rui says:

    Não aprecio muito o metro, mas utilizo incondicionalmente o 8/8.1 (utilizo os dois, dependendo da máquina) sem pensar voltar atrás.
    A Microsoft tem um sistema operativo que mais ninguém tem, funciona em dispositivos tácteis e computadores tradicionais. Que outro SO consegue fazer tal coisa? Não conheço nenhum e porquê? Seguramente porque não é fácil e funcional!
    Acho brilhante a hipótese de ter um SO que funciona desde um tablet até um computador carregado de gráficas dedicadas!!

  18. WinRTdefender says:

    Não percebo a obcessão das pessoas com o menu iniciar.
    realmente a resistencia à mudança é tramada.

    quem usa o windows 8 diariamente nem se apercebe da ausência do menu iniciar. o sistema de pesquisa do windows 8 é fantasticos e basta colocar os dois primeiros caracteres do programa que querem abrir que ele retorna de imediato todas as aplicações. Muito mais rápido do que andar num suposto menu iniciar…

    • Rui says:

      Sem dúvida. Também prefiro de longe pesquisar o programa e nem preciso de escrever o nome completo, por exemplo, basta escrever goo e aparecem todos os programas da google, google chrome, google hearth, etc. E em velocidade, nunca na vida alguém consegue ser mais rápido através do botão iniciar!!!!

    • JP says:

      nem toda a gente usa o sistema da mesma forma.. entendes?

  19. PHRF says:

    Quem gosta do Metro, devia beber mais copos ao pequeno almoço… Pontos que ninguém menciona:
    1º – É uma tarefa mono-estúpida-tasking… Cada vez que se carrega no menu iniciar deixamos de puder ver os programas que estão em primeiro plano, logo aí, não tem nexo nenhum;
    2º – Não é prático colocar os atalhos no metro, não existe arrastar/largar nem dá para seleccionar um grupo de programas para colocar no ecrã inicial;
    3º – As dimensões das tiles são demasiado grandes para conseguir agrupar eficientemente os programas que mais usamos.
    4º – Não faz sentido absolutamente nenhum, haver duas formas de correr programas num S.O. As apps do metro são uma disfuncionalidade absurda e duplicam aquilo que já existe ou existia para Desktop sem grande utilidade para um sistema sem touchscreen. A maioria das pessoas que usa o Windows 8/8.1 nem instala Apps nenhumas.
    5º – No Windows 8.1 a coisa melhorou, mas tá longe de fazer sentido, por isso é bom que a Microsoft oiça as criticas que merece e corrija o mal que fez.
    6º – Muita gente fala mal do Vista, mas para mim é de longe melhor que o Windows 8.1 e até mais personalisavel que este.

    Um abraço

    • Rui says:

      E já pensaste que o windows 8/8.1 foi feito para funcionar num pc de secretária/portátil e ao mesmo tempo pode ser utilizado num tablet?
      Ora tenta lá utilizar o modo ambiente de trabalho num tablet aí com resolução Full HD? Deve ser bonito, e então com dedos grossos como os meus……. E já agora vai lá ao menu iniciar com resolução FullHD num tablet 🙂

    • MM says:

      1: dá para meter lado a lado 2 apps em simultâneo!! Queres mais multitasking que isto?!
      2: botão direito/lomgo press numa app -> pin to e tá feito (complicadissimo)
      3: há 4 tamanhos diferentes dos tiles e um deles é bem pequenp (botão direito ou longo press e redimensionar tile) – muito complicado
      4: são apps!! o mesmo sistema de apps que a google ou a apple usa!! Ahm ok, só na MS é que tá mal… ok…
      5: Faço um quote ali do Vitor M: “nunca se agrada a Gregos e a Troianos”
      6: Bem, não consigo dizer que é melhor, mas que o Vista teve má fama só porque sim, isso teve (é da MS, é normal todos dizerem mal mesmo que nunca tivessem razões de queixa na realidade).

      • PHRF says:

        1º Não estou a falar de correr 2 apps lado a lado, estou a dizer que o menu iniciar não permite ver o que está a correr em primeiro plano;
        2º Só consegues fazer isso a uma Aplicação de cada vez, experimenta fazer isso a 20 ou 30 atalhos (como eu faço), torna-se chato.
        3º Mesmo os mais pequenos, se tiveres demasiado grupos torna-se confuso e tens de andar demasiado com o Scrool para chegares lá.
        4º Que não faz sentido num desktop, nesse caso permutavam as apps para funcionarem directamente no desktop. Ter dois modos de instalar/correr aplicações é absurdo.
        5º É obvio que não… Mas eu até sou bem razoável
        6º Ainda ha pouco tempo migrei duas máquinas que tinham Xp para Vista, tem de levar umas tweakadelas, mas impecável.

    • JP says:

      Este SO é um desastre total…

    • ForgottenAsgardian says:

      WTF???

      Mais um anti windows 8 LOL!

      • PHRF says:

        Não sei, a mim parece-me que és tu que és mais fanboy do 8. Conheço todos os Windows desde o 3.11, entre outros S.O.’s Isto foi a maior calinada que a Ms deu. Não se esqueçam que estamos a falar de uma empresa milionária com uma responsabilidade muito grande com os consumidores. Até o Unity do Ubuntu é 500x melhor que isto.

    • Blasterjack says:

      No 8.1 podes mudar as dimensões das tiles, e se tiveres uma resolução 1680×1050 nao te podes queixar do tamanho, quem tem 1280×800 ou 1366×768 é que talvez se poderá queixar.

      O resto nem vou comentar, porque certamente so usaste o windows 8 8 minutos.

  20. Joao says:

    Não sei se sabem mas o windows 8.1 dá para iniciar em modo desktop. Nem vai ao MetroUI.Com o botão direito do rato em cima do “menu iniciar” fica uma especie de painel de controlo. Eu pessoalmente já me habituei e até gosto. Mas vamos voltar sempre à mesma máxima. Gostos não se discutem!

  21. A verdade says:

    Assim é que devia ter saído o Windows 8 logo de inicio.

    • MM says:

      Isso é o mesmo que dizer que o Android deveria ter saído como o 4.4 de início ou o Apple OS deveria ter saído logo como OS X.
      Seu sei, a MS, ao contrário dos outros, não pode ter processos de amadurecimento dos sistemas operativos.

      Esclarecimento: eu estou em contacto todos os dias com os sistemas operativos mais conhecidos (Windows, OS, Android e Linux), e por isso consigo comparar o seu crescimento, a evolução, as vantagens e desvantagens de cada um. Posso falar das distro Linux também: vão lá ver o que era o Ubuntu há 4 anos atrás, etc.
      Passos de evolução, já ouviram falar?! Ou vocês começaram logo a correr e nunca gatinharam ou andaram?!

    • Blasterjack says:

      E depois no windows 9 tiravam o iniciar 😡

  22. cnavigator says:

    Eu pessoalmente não senti a falta de um menu hierárquico como maior inconveniente do Windows 8. Realmente também acho que isso é uma forma ultrapassada de aceder aos programas. A nova pesquisa de sistema, com resultados ultra-irrelevantes (com o Bing à mistura) é que se mostrou muito inferior à pesquisa do menu do Windows 7 (ou Classic Shell), sobretudo para encontrar ferramentas do sistema, como um simples msconfig. Outro grande inconveniente é o facto de não poder correr as apps em modo janela no ambiente de trabalho e ter de as correr em ecrã inteiro ou em snap. O problema é que muitas delas apresentam elementos da UI ocultos ou distorcidos quando colocadas lado a lado, pelo que esse emparelhamento das apps também acaba por ser inúteil quando se poderiam ter n janelas com apps abertas no ambiente de trabalho.

    Não sei o que se passou na cabeça dos responsáveis do Windows quando decidiram lançar o Windows 8 com estes pequenos grandes constrangimentos. Na verdade é o melhor Windows de sempre, em termos de segurança e desempenho, mas depois decidiram estragar tudo com alterações que poderiam ter sido facilmente evitadas. Dar a escolher a existência de um menu perante a detecção de um rato e teclado, permitir correr apps em modo janela e não remover a pesquisa do ambiente de trabalho, 3 coisas simples que evitariam tanta discussão à volta deste SO.

    • José Rodrigues says:

      Sacrilégio!

    • Bruno Coimbra says:

      cnavigator
      como tudo na vida é preciso procurar para encontrar….e dito isto pode desde remover as pesquisas do bing e decidir onde a pesquisa vai buscar resultados (ta uma setinha q permite isso) e os resultados do bing ate podem vir filtrados s quiser (basta ir as definiçoes n custa mt)

      Relativamente as apps..pois bem elas sao exactamente isso apps n sao programas executavies tipicos. Sao desenhadas para correr em full screen, mas os programas ”normais” continuam a correr no desktop habitual com a vantagem q pode ter as apps minimizadas na barra de tarefas e aceder a qualquer momento ou melhor dividir o ecran em 2 e dum lado corre o desktop e do outro as apps….bem ja resolvemos 2 dos seus problemas continuando…
      N percebi essa do menu com rato e teclado…que menu? para que?
      Mais uma vez…apps n sao programas tipicos executaveis para desktop sao para usar em modo full screen tipo telemoveis e tablets coisas tateis onde n se redimensiona a janela….

      A pesquisa NUNCA repito NUNCA desaparece de lado nenhum esteja em Metro ou em Destop ou numa app a barra do lado direito tem sempre a pesquisa disponivel e em metro n precisa de carregar em lado nenhum é so escrever o q procura q ele detecta automaticamente.

      Continuo a dizer o mal do W8.1 n é a sua construçao é os rumores e o diz q disse q se criou e as pessoas ficaram com a ideia do bicho papao e nem se dao ao trabalho de experimentar e descobrir onde as coisas estao ou o que fazem COMO SEMPRE FIZERAM NUM OS NOVO….

  23. JP says:

    Quando é que vão entender que tudo depende do tipo de utilização? Os velhos do restelo isto e aquilo, porque têm de abandonar aquilo e isto. Amigo na minha forma de produzir mando eu, sabes que na maior parte da industria se utiliza o que funciona e não o que é o ultimo grito da moda? Reflete aí um bocado e vai ver como se corta vidro ou como são os aparelhos de suporte de vida.

    Quem gosta de simplicidade e objectividade sem ‘merdices’ a poluir o flow do seu trabalho e se quer focar na própria tarefa vai por exemplo de linux mint e esquece a licença paga que tem do win8.1 (como eu) e de um sistema que parece um mar de paradoxos sem sentido (apps de um lado, programas do outro, 2 ambientes de trabalho totalmente destintos, pouca fluidez, nem quero saber da curva de aprendizagem pois para mim o win8 é totalmente simples e cru que até enjoa, e mais a mais estou-me a borrifar para o touch e o hype à volta dele pois se tenho um desktop para trabalhar em projectos de arquitectura e design com bastante componente gráfica, não me interessam os tiles do tempo ou das notícias ou da temperatura do CPU para nada… OK?

  24. Rui says:

    Offtopic: A Bloomberg está a informar que a Microsoft vai cortar 5.800 postos de trabalho!

  25. Ghost says:

    Engraçado, depois de ler todos os comentários cheguei a uma pequena conclusão:

    Os que defendem o menu iniciar, sao os mesmos que defendem a produtividade e que o que está bem não se mexe… Entao para que porra é que mudam para o Win8/8.1? Porque nao se deixam ficar no Win7/Vista/XP? Se está a funcionar e a produzir não é preciso mexer…

    Em relação ao Metro… não entendo o problema, venho do tempo do MS-DOS, fui passando por todas as alterações dos SOs e tudo depende da vontade de aprender e adaptar ao que aparece de novo…

    Antigamente tinhamos de:
    > cd:\win OU cd jogo princeofpersia.exe

    Depois:
    clique aqui, clique acolá

    Agora:
    pesquisar o programa que se quer por meia duzia de caracteres… ou entao, perder 10min a organizar o Metro de maneira a ter tudo a um clique de distancia…

    Aprender e adaptar é viver…

  26. Sergio J says:

    e se for o menu metro actual, mas apenas com fundo transparente. As janelas continuam abertas e aparece só os icons por cima?

  27. Lino Lisboa says:

    Sinceramente, estou a gostar imenso do 8.1, mas não tive a mesma experiência com 8 apesar de ter poucas alterações, mas significativas na minha opinião.

    A única coisa que alteraria(e até já estava a contar que estivesse disponível no 8.1) é a possibilidade de termos as Apps no ambiente de trabalho em janela. Penso que será esse o ponto de convergência para um SO transversal a vários Produtos.

  28. João Terra says:

    Ainda bem que vem ai o menu iniciar de novo.
    Porque isto saltar “género ping pong” não tem piada nenhuma

  29. LuisC says:

    Considero que há pelo menos duas formas de viver:
    1) adquirir uns sapatos em função das características dos pés; 2) comprar o par de sapatos e obrigar os pés a adaptarem-se aos sapatos.

    Porque não deixar ao critério do utilizador decidir se quer ou não o menu iniciar? Eu pessoalmente acho-o intuitivo e lógico. A interface Metro é muito interessante até ao ponto em que se instala um software pouco conhecido e com nome difícil e tem-se de dar voltar para o encontrar. Mais: para abrir a janela “Computador”, no Win 7 faço-o em 2 cliques: iniciar>Computador. No 8.1, ou se aprende a usar o botão direito do rato, ou faz-se CTRL+E – prático para iniciantes na informática… Não, a mim ninguém me tira o botão iniciar, porque, apesar de ser utilizador avançado, considero-o muito mais produtivo que andar a deslocar mosaicos ou andar à procura do “Dispositivos e Impressoras”.
    Cada vez que abro a interface desaparecem do ecrã todos os programas abertos. Não, não é o MS-DOS, é mesmo o Windows 8. A diferença em que em vez de um ecrã preto com umas letras brancas no topo a dizerem: “C:\>”, tenho um ecrã de tijolos coloridos (ironia).

    Falaram no Windows 3.1? Mas até o 3.1 não tinha o botão iniciar mas dispunha de um gestor de programas intuitivo onde os programas eram organizados em grupos de uma forma lógica e intuitiva. Queriam abrir o Word, abriam o grupo “Microsoft Office” e aí carregavam 2x no ícone do Word.

  30. Blasterjack says:

    OFF: Este script estava a dar lag o firefox “platform.twitter.com/widgets.js”

  31. Miguel R. says:

    Acho ridículo!
    Sempre fui um pouco séptico em relação ao metro, mas depois com o tempo e com a actualização do 8.1 habituei-me bastante bem!
    Acho o iniciar muito desorganizado e confuso enquanto que o windows metro é muito mais prático e apelativo.

  32. João Terra says:

    Eu usei o windows 8.1 na minha máquina que tinha o 7.
    Formatei e tal e deixei os discos de recovery para voltar para o 7, caso eu não gostasse do 8.1
    Depois de uns dias no 8.1 voltei ao 7. O windows 8.1 ainda está meio bugado, ou seja, 1º não tem o iniciar e torna as coisas mais complicadas e andar estilo “ping Pong” não gosto.
    O Design do windows 8.1 é horrivel e a nível de grafismo está muito básico. A nível de funcionamento está horrível.
    2º Deu-me problemas no sistema em que o google chrome abria e fechava e nem dava para ir há net( talvez uma técnica do dono para usar o browser dele) O windows 8.1 alterou-me as configurações das opções de energia.
    3º Ao fazer um restauro do sistema não conseguia e dava erro. Para fazer actualizações e para a instalar e reniciar, demorava muito tempo.
    4º O windos 8.1 é sem duvida uma copia de vários sistemas operativos, como as APP´s etc…
    Migrei novamente para o windows sevem que é o mais estável, mas mesmo assim tem bug´s também

    • Ghost says:

      90% das vezes, o maior bug é o próprio user!!!

      • João Terra says:

        E 99% das vezes é de comentários parvos como o teu. Só me sai gente parola e cenas tristes…
        Ao menos respeita a opinião dos outros!!!
        Já mexi em vários sistemas operacionais e sei do que estou a falar.
        Existe muita gente a colocar nas suas máquinas ou o fedora, ou o Unbutu, ou o XP, etc…
        Eu só dei a minha opinião do que acho, mas se para ti funciona a 100%, porreiro!!!

  33. André Matias says:

    A minha pergunta é a seguinte, porquê que a Microsoft quer voltar a pôr o menu iniciar? se quisessem pôr, punham de início quando lançaram o Windows 8 e não agora, mas pronto, se depois houver uma definição que dê para escolher esse menu iniciar que vem na Update 2 e o menu iniciar normal do windows 8/8.1 é uma vantagem para mim, e para quem utiliza o Windows 8/8.1, se não der vai haver um escândalo entre nós utilizadores clientes e a Microsoft.
    É a minha opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.