Android está quase a superar o Windows na Internet


Destaques PPLWARE

42 Respostas

  1. censo says:

    O meu desktop cada vez mais só serve para trabalho pesado. Navegar na NET, uso o telefone ou o tablet.

    • Homo Erectíssimo says:

      Depende para que o utiliza.Para alguns trabalhos é realmente preciso um desktop com um bom processador e uma boa motherboard e placa gráfica.Para navegar na internet para muitas coisas ou o telemóvel/smartphone ou o tablet servem perfeitamente,como diz o “censo”.Concordo inteiramente com o que afirmou.

  2. Jairo says:

    O ano.do Linux está chegando

  3. ze ninguem says:

    porque a admiração ?

  4. ZeTolas says:

    Normal… Mais normal ter 3 ou 4 telemóveis e/ou tablets que portáteis e/ou pc’s, por isso é normal que este número se inverta! Agora se formos ver em que grupos de acessos se encaixam é que tinha alguma relevância pois nos telemóveis e tablets é mais jogos básicos, redes sociais e pouco mais…

    • Ralk2 says:

      O que a maioria das pessoas precisa fazer é justamente jogar, acessar redes sociais e navegar em alguns sites de informações. É provável q eles estejam equilibrados assim pq todo mundo tem uma máquina com windows que usa para trabalhar, porém se fosse feito uma pesquisa apenas com dispositivos pessoais que acessam internet, é provavel q o android ja leve uma boa vantagem.

    • luislelis says:

      OK então apresenta o que queres para nos vermos também,com relevância.

      • Carlos says:

        Simples os Android são para realizar coisas básicas, como por exemplo fazer telefonemas, jogar um jogo com a vantagem da mobilidade.
        Se queres fazer uma folha de calculo complexa, jogar um jogo pesado, trabalhares a sério com fotos, videos etc, vais para um pc, possivelmente com o Windows, pois a Microsoft tem 90% do mercado.

    • Pedro says:

      A tendência dos dias de hoje é usar um telemóvel/tablet para redes sociais e tarefas que antigamente só podiam ser feitas por computadores pessoais, e para jogar jogos mais pesados usam consolas. Se vires as vendas da PS4 elas revelam recordes nunca batidos na história dos videojogos. E tem também a maior taxa de software por consola (mais jogos por pessoa, outro recorde). As pessoas querem conforto e dispositivos pequenos e não ficarem agarradas a secretárias e cadeiras, cada vez mais.

      Conheço pessoas que mal usam o PC já. O futuro vai ser colocar o teu telemóvel numa dock e teres ali o teu PC.

  5. Álvaro Campos says:

    Porque carga de água é que estão a misturar sistemas operativos com objetivos diferentes?
    Se em vez de usarem a opção “All Platforms” (que é meter tudo ao molho e fé em Deus!) porque não usam “Desktop” para os sistemas operativos de secretária/portátil ou “Tablet” para os dispositivos tablet ou “Mobile” para os smartphones?
    Não chega colocar a palavra “Internet” no texto para misturarem tudo!
    É do conhecimento geral que nos dias de hoje há mais (ou um maior número de) dispositivos móveis que computadores/portáteis! No meu caso tenho dois telemóveis e um portátil…

    Posto isto, nos SO de secretária ou Desktop temos isto:
    http://gs.statcounter.com/os-market-share/desktop/worldwide/#monthly-201202-201702

    Nos SO Smartphones temos isto:
    http://gs.statcounter.com/os-market-share/mobile/worldwide/#monthly-201202-201702

    Não misturem tudo!
    Não é tudo a mesma coisa e nem sempre se substituem uns aos outros, quando muito complementam-se.

    • João says:

      Não é a mesma coisa mas é uma tendência. A pouco e pouco as duas plataformas vão convergindo, e a pouco e pouco muito trabalho que era feito exclusivamente em desktop começa a ser feito em mobile.

      • Álvaro Campos says:

        Muitas tendências não passaram disso mesmo, quem nos garante que neste caso não acontecerá o mesmo? Basta um valor fora do “normal” para que os dados se invertam.
        Sim, é verdade que cada vez mais os telemóveis são pequenos computadores mas neste momento, em março de 2017, é um erro misturar alhos com bugalhos. De futuro quem sabe mas agora não passará de uma tendência.

    • Carlos says:

      Tens razão, repara que isto é pura tentativa de manipulação, dai ser conveniente misturar tudo para induzir em erro quem não leia com atenção ou não tenha conhecimentos suficientes para ajuizar.
      Daquilo que li, gostava de saber como é que o Android vai conquistar mercado (não vou dizer qual o mercado) á Microsoft quando esta tem 90%. Só mesmo em sonhos…
      Ou seja a Google vai esmagar a Microsoft, é apenas isto que se pretende ao divulgar este artigo.
      A Google a esmagar a Microsoft, vou esperar para ver, mas sentado, é melhor comprar uma cadeira bastante confortável pois é capaz de demorar algum tempo isto se entretanto não acontecer o inverso.

      • Vítor M. says:

        Não é nem de longe essa conclusão que se tira ou pretende passar o artigo. Antes de mais é mostra o caminho já feito por uns e que o Android está a fazer, com os devidos proveitos. Depois é toda a mudança de paradigma. Leia bem.

        • Álvaro Campos says:

          A conclusão “que se tira” é aquela que nós, leitores, lemos e sobre a qual tiramos conclusões. As nossas, não as de quem escreve.
          A conclusão que se “pretende passar” é aquela que, os autores, pensam que os leitores irão apreender.
          Duma duas, ou nós lemos mos ou vocês explicaram-se mal…
          Sim o paradigma vem mudando mas cuidado que tenho uma filha pré-adolescente que liga pouquíssimo ao portátil (só para trabalhos escolares!!!) e ao telemóvel (só para jogar dois ou três jogos…) e não é por falta de incentivo!…
          Lá está, poderá ser uma tendência (sim, uma não é o mesmo que milhares mas começa sempre por algum lado…) ou então uma mudança de paradigma…
          Quem sabe? 😉

  6. aeme says:

    Um título de caca.
    Comparem o número de motos na Ásia com o número de automóveis por exemplo…….

  7. Paulo says:

    O meu telemóvel mal chega a qualquer lado onde há wifi liga logo a internet,o PC só liga quando eu o ligo.
    Mas de facto para coisas básicas passei a usar o mobile.

  8. 4044logic says:

    como e que o trafego gerado pelo IOs é quase o mesmo que o OSX? afinal a apple não tem mesmo marketshare nenhum, nem em mobile nem em pc. Apenas tem um absurdo de lucro devido a margem de lucro praticada em todos os dispositivos e devido ao pouco dinheiro investido em R&D nas versoes seguintes.

  9. João Antunes says:

    Desculpem lá .. mas esta plataforma de estatísticas não tem qualquer pingo de rigor.. Huawei apenas com 3,95% de market share! lollll
    http://gs.statcounter.com/vendor-market-share/mobile#monthly-201601-201702

  10. arkan says:

    mas é pq pelo menos nos paises emergentes como o Brasil, india, africa, la se consegue um android basicao….e ai poe credito nos pre pagos e se navega, diferente de ter que se pagar uma internet wifi e telefonia fixa.

    aqui no brasil ate a empresa lixo positivo que vendia pcs a preço de ouro e com peças ruins, parou de fazer propaganda, e promove o aparelho ruim de celular dela.

    Eu mesmo nao largo meu desktop, jogo, trabalho, digito meus trabalhos, contratos, e n coisas…mesmo tenhdo um smartphone top, fooora que recupero dados no meu servidor ou no desktop.

    Mas confesso uma coisa, se nao por um adblock ou um navegador como uc browser, via, 3dblock….navegar em aparelho android é uma armadilha, fora os sites que identificam ( e eu acho errado ser exposto essa info) o tipo, localidade, e etc, VC ESTA COM VIRUS usuario do aparelho tal. É uma vergonha navegar com android.

    Google então vê isso e nao melhora a navegaçao do chrome no android, e pior deixa qq browser entrar na playstore e por browser q abre propaganda dele mesmo.

  11. RuiZ says:

    macOS + iOS > Android

    Ayyyyyy LMAO!

    Só prova que os Android ficam é na gaveta

  12. knight says:

    JAMAIS USAREI O ANDROID.

    windows manda.

  13. JJ says:

    Já cheguei a uma simples conclusão, por razões profissionais: todos os dados estatísticos, podem mostram aquilo que se quer mostrar, positivamente ou negativamente, é tudo uma questão de interesse e do resultado pretendido. Com os mesmos valores, posso apresentar coisas boas ou coisas más.

    Este é mais uma prova disso.
    Positivo: uma família de 4 pessoas, existirão 4 smartphones e se calhar apenas 1 ou 2 PCs Windows. Logo estamos a comparar uma coisa que pode existir 4 vezes mais que a outra. O resultado fica bom.
    Negativo: Sendo o Android responsável por mais de 80% do mercado mobile, ter apenas uns 35% de peso no acesso global a Internet… é um resultado muito mau!

    Mesmos valores… pontos de vista diferentes. Os valores adaptam-se aquilo que se pretende, de forma apresentar algo como positivo ou como negativo. É raro não ser possível com os mesmos valores, apresentar apenas uma solução, positiva ou negativa.

  14. Luís says:

    Só falta o sector dos desktops para o domínio do Linux ser total. já não deve faltar muito tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.