PplWare Mobile

Afinal o TrueCrypt é mais seguro do que se pensava


Autor: Pedro Simões


  1. Arlindo says:

    Não interessa que os dados sejam 100% seguros, ou que demore muito tempo a desencriptar dados supostamente protegidos. Os serviços de segurança (ditas secretas) teem e sempre terão formas de aceder a dados encriptados. Se um programa é demasiado bom, é retirado do mercado. Os bons samaritanos podem crer proteger os seus dados, mas os criminosos também e é preciso aceder aos dados dos criminosos. Como disse certo dia o judas dos tempos modernos. É uma faca de dois legumes.

  2. Mylittlelife says:

    sempre pensei que a nova versão fosse o Veracrypt … alguém conhece boas e mais rápidas alternativas?

  3. Lionel says:

    Em que consiste basicamente o truecryPT? Proteger dados e informações?

  4. Vlad says:

    Existe sempre o VeraCrypt que é um fork do TrueCrypt. Neste, os problemas descobertos durante as várias avaliações foram corrigidos.

  5. Joao V. says:

    Software que encripta dados em tempo real:
    https://pt.wikipedia.org/wiki/TrueCrypt

  6. Pituína says:

    Como sempre estão presentes os comentários de pessoas que não têm ideia do que falam….
    O TC já demonstrou ser capaz de manter os dados seguros inúmeras vezes. Vários processos em tribunal nos EUA foram abandonados porque após mais de 1 ano de as várias agencias de segunraça tentarem recuperar dados obtidos de hackers americanos cifrados pelo TC, simplesmente não conseguiram.
    Educa-te ó ignorante.

    • lmx says:

      Que o diga o Governo Brasileiro..

      Depois de apreender os discos a um banqueiro e depoisd elutar muitos meses com os mesmos percebeu que não conseguia desencriptalos..

      Os discos foram entregues aos “experts” ameircanos….que passado um ano lá admitiram com muito custo que não eram capazes de desencriptar os discos hhehe 🙂

      Por isso é que a utilização deste software não se “deve” usar…isto do ponto de vista de Países habituados a roubar tudo o que podem..

  7. Rui says:

    Sou utilizador do truecrypt à muitos anos e sem qualquer queixa em relação ao programa, excepto agora com o windows 10 que deliberadamente desmonta as unidades do truecrypt que estiverem abertas. Digo deliberadamente porque o truecrypt funciona bem no windows 10, mas passados alguns minutos com as unidades virtuais montadas, o windows 10 desmonta automaticamente e sem explicação!!!! A solução é utilizar o windows 8.1 e funciona sem problemas!!!!

    O que faz o truecrypt ou como funciona?
    Ele cria “ficheiros” cifrados com o tamanho que nós quisermos e que o sistema de partição permita, pode ter 1 gb, 10gb, etc (depois de criado o ficheiro, não permite alterar o tamanho, se precisarmos de mais espaço, temos de criar outro maior e copiamos tudo lá para dentro).
    Pode gerar cifras triplas de 256 bits mais uma chave gigantesca para proteger o ficheiro. Introduzimos uma palavra-passe para abrirmos o ficheiro e está pronto para utilizar!
    Esse ficheiro abre como uma pasta e com o espaço pre-definido por nós. Depois basta copiarmos os ficheiros e pastas lá para dentro, o único limite é mesmo o espaço. Quando desmontado, nem o NSA consegue furar a cifra, está comprovado com relatos reais de tentativas de furar o código e até hoje ainda ninguém conseguiu furar a cifra do truecrypt!!!!
    O grande revés foi mesmo quando a Microsoft com o windows 10 quase proibiu o truecrypt de funcionar correctamente!!!! Apesar disso ele funciona bem até ao windows 8.1, Linux e OSX. O veracrypt também abre os ficheiros do truecrypt, mas sofre do mesmo problema no windows 10 (desmonta as unidades virtuais passados alguns minutos).
    Não há programa mais rápido que este para proteger ficheiros, desde que o programa de meia dúzia de Mb esteja instalado em qualquer máquina, e desde que saibam a palavra-passe 🙂 abrem a unidade virtual em segundos e sem gastarem recursos ao utilizarem máquinas virtuais como o VMware (têem de afectar parte do poder dos processadores, memória e disco, o truecrypt não precisa de nada disto!

  8. Marcio Jacinto says:

    Resumindo a maior ameaça ao dados é o windows, que permite acesso aos dados quando o volume esta amontado ,
    ou seja o Truecypte tem uma falha na forma como foi pensado, ( para ser facil para o utilziador) monta a unidade protegida como disco normal e passa a ser o explorer a ler e escrever dados,
    assim que isso acontece o windows começa a (descasçar os dados ) para txt e depois podem ser enviados em peq ficheiros. Caso aja interesse o equipamento ( pc/windows) é marcado para copia futura no proximo acesso a unidade protegida….
    isto é apenas um exemplo pratico do que o windows faz desde o xp…
    e sim quando mais recente mais seguro e mais fácil é de aceder remotamente, visto é feito para ser mesmo assim

  9. pentestbox says:

    Ainda bem q o true crypt era open source o que permitiu continuarem o trabalho criando o veracrypt, e já que o true crypt e seguro, o veracrypt parece ser mais ainda, estou usando o veracrypt e ele e MTU bom, sem a necessidade de se usar o true crypt novamente, vale lembrar q Edward snowden usou truecrypt , o mais engraçado q ele usava truecrypt usava tbm o email lavabit, e hj ambos não existem mais, com certeza tem o dedo da NSA nisso ae, eu recomendo a todos hoje em dia usarem o veracrypt q e excelente, e se quiserem um email seguro usem protonmail.

  10. Rui says:

    Sempre foi treta, nunca houve problemas graves, e o truecrypt salvou-me muitas vezes porque quando havia snitches que davam o meu nome, pj veio me a casa 2 vezes e 1 vez levei “raid” e não foi de autoridades, nenhum dos caras podres que se acham chico espertos conseguirão provar seja o que fosse, hidden volume + 3 camadas de encriptação e podem ficar descansados que nada vai acontecer.

  11. Diogo Alexandre says:

    O truecrypt é uma bom software. ainda bem que continuaram o projecto (veracrypt). Isto é a prova que ainda há softwares que resultam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.