Quantcast
PplWare Mobile

O mundo tecnológico do cigarro electrónico

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Carla Sofia


  1. Pedro says:

    Parabéns pelo artigo! Perdoem-me o preciosismo mas esta frase: “O ecrã LCD também mostra o número de vezes que o fumador vaporizou…” fica muito mal… se é fumador, fuma, não vaporiza!
    Sugiro alteração para “O ecrã LCD também mostra o número de vezes que o utilizador vaporizou…”

  2. PaulO says:

    Curiosidade, pq a publicidade à loja em questão?

    • Vítor M. says:

      Porque são pessoas que colaboram conosco. Mais que publicidade há uma relação próxima em termos de serviços. Sinergias.

      • Luís says:

        faz todo o sentido. mas continuo a achar que devia estar indicado como publicidade.
        opinião pessoal, nada mais 🙂

        • Vítor M. says:

          Pois, mas não é, basicamente é como falar de um smartphone com LTE ou sem LTE ou derivações de arquitecturas e frisar marcas, neste caso com uma agravante, a destrinça das várias tecnologias foi feita por alguém que está por dentro do assunto e o assunto não é publicidade, é informação relevante para quem usa esta tecnologia. Por isso, não a tratamos obviamente como pub, alias, nem fazemos isso.

          Abraço.

          • Alex says:

            Quem esta dentro do assunto sabe que essa loja vende mais caro que os concorrentes.
            Basta ver este artigo http://vapo.pt/malibu-e-liquido-de-halo.html e comparar com qualquer outra loja em Portugal que venda o mesmo. Chega a ser uma diferença de 2.5€ por frasco.

          • Vítor M. says:

            Pois mas nessa guerra não quero saber. A parte comercial já não é o que nos interessa destacar, até porque o que é aqui interessante é mesmo o ponto em que ara além de haver tecnologia de vestir… há a de fumar. O resto… é com quem de direito.

      • PaulO says:

        Nada contra. Foi mesmo curiosidade. Valorizo o artigo como divulgação do mundo do Vaping, mas também concordo que acaba por ser publicidade sem indicação da mesma. 😉

        • Vítor M. says:

          Natural, e obviamente que como nos auxiliaram, era justo referir alguma coisa. Até porque nestes assuntos nada como solicitar informações a quem domina, de preferência a quem está por dentro dos assuntos. Como precisamos de determinado assunto, é importante ter alguém que o domine e o escreva para nós.

          Abraço.

      • Modem says:

        Realmente, esta malta que vê coisas onde elas existem…
        Anyway, nada contra artigos publicitários, mas a meio do texto dei por mim a procurar no inicio e no final de qualquer referência ao autor do artigo estar ligado à dita loja.

        • Vítor M. says:

          Não a Carla nada tem a ver com a loja, foi quem compilou a informação das conversas que teve na investigação, suponho. Mas porque perdem tempo a deslindar essas coisas? Há de certeza muitas a vender vários dos equipamentos existentes, nós só conhecemos esta e por isso usamos estas referências. Estas informações devem ser transversais a outras marcas, digo eu… que não percebo nada disto 🙂 mas que li para entender um pouco mais sobre a variedade da oferta.

          • PaulO says:

            Oh Vitor, eu entendo a tua parte e as respostas. Eu questionei, e acho que é por aí que vêm as outras questões, porque me parece errado um site como o pplware fazer este tipo de artigos onde estás a ler e claramente te parece um artigo publicitário ou encomendado. É só porque não me parece cair bem na imagem do site. Digo isto como leitor do site. Ou um artigo “publicitário” ou um mais genérico, referindo no fim o apoio da dita loja no fim do mesmo. Não como está feito. De resto gosto da intenção como referi antes

          • Vítor M. says:

            Mas se dissesse ali Samsung ou Apple… aí já estava tudo fixe. Bom 🙂 é tudo uma questão do que querem ou não perceber 😉 eu acho que errado é prestarem mais atenção a um aspecto secundário que propriamente à informação em si. Como está visto por muitos comentários, a informação é útil e muita gente está a tirar proveito disso, sem estar a perder tempo com algo secundário “só porque sim”.

            O método de valorizar o apoio está conforme a autora do texto achou conveniente, sem que com isso fosse desfigurar a informação. Está colocada, está referida porque não foi inventada e, portanto, são ponto que não os valorizo em demasia, mas é a tua opinião, que respeito, pois todos os nossos leitores são válidos a opinar.

            Abraço.

  3. Ricardo Mateus says:

    Interessante, estou a pensar aderir a estes cigarros. Nem sabia que existiam todas estas variantes.

  4. Luis Silva says:

    O meu irmão começou a usar estes cigarros e diz que sente-se melhor na respiração e tudo, claro que estes cigarros também devemd ar algum problemas mas não tanto, pelo menos já não constrange quem está de perto,d evido aos sabores que o vapor tem se forem os personalizados.

    Quem quizer visitar a loja do meu irmão em Pombal, deixo aqui o site, desculpem a PUB 😛

    http://www.eglamourpt.com/

  5. VictoRego says:

    “Não existem circuitos num Mod Mecânico, a bateria conecta-se directamente à bobina”, o que é isso de bobina? agarra-se e pronto?

    “…trocam partes entre equipamentos e fazem as suas próprias bobinas onde inserem o e-líquido.”, o e-liquido é inserido na bobina?

    “…, devido a uma válvula de controlo de ar, ideal para as pessoas que gostam de fazer grandes nuvens de vapor,…” e quem quer fazer menos nuvens de vapor, troca a válvula?

    Muitas dúvidas, pouco esclarecido e não percebi quase nada!

    • k says:

      Estudos há muitos. Olha este a dizer o exacto oposto:

      http://tobaccoanalysis.blogspot.pt/2013/03/new-study-of-electronic-cigarette-vapor.html

      E como cereja no topo do bolo, no primeiro comentário deste artigo ainda aponta para um outro estudo que diz que o principal componente perigoso de que se fala (formaldehyde) é até um produto de reacções metabólicas humanas normais.

      http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2855181/

      E depois há ainda um sem-fim de artigos a concluir que a exposição aos componentes do ecig simplesmente ainda não existe à tempo suficiente para se concluir o que quer que seja. Em contrapartida, a exposição ao tabaco já existe à muitos anos e está mais que provado que tem MUITO componente nocivo.

      Por isso vamos ao senso comum. O liquido do cigarro electronico contem 4 componentes. 2 para produzir vapor na reação com a resistencia, nicotina e o aromatizante. Nicotina só por si não é o problema (acho que nunca ouvi falar de ninguem que morreu por causa da droga nicotina). O restante pode ou não ser um problema e havemos de o descobrir eventualmente. Não encontrei especificamente a composição de um cigarro mas deste não há dúvida, sabemos que é… péssimo:

      http://www.lung.org/stop-smoking/about-smoking/facts-figures/whats-in-a-cigarette.html

      http://www.quitsmokingsupport.com/whatsinit.htm

      Na pratica, eu acompanho de perto 2 fumadores que transitaram de cigarros para vapor já à algum tempo. Por experiência própria eu observo que:
      – recuperaram imenso o gosto e cheiro;
      – respiram muito melhor (menos “chiadeira” na respiração acordados e a dormir), menos “falta de ar”;
      – Deixaram de ter ataques de tosse/catarro matinal.
      – fumam muito menos frequentemente, chegando a haver alturas em que praticamente não fumam;
      – cheiro de um cigarro e o fumar um cigarro não é objecto de prazer. Embora possa apetecer (principalmente em momentos de stress), assim que o fazem acham-no muito agressivo e enjoativo e mudam de ideias;
      – poupam dinheiro – embora exista o investimento no equipamento, a longo prazo o custo é muito menor, pelo menos nestes 2 casos. Um frasco de liquido custa cerca de 4 ou 5€ dura IMENSO (mais de 1 mês). 1 maço/semana custaria isso e ficava mais caro logo na segunda semana (que era o consumido anteriormente)

      Em contrapartida temos um risco hipotetico que se pode vir a tornar muito real. E que já existia antes de qualquer maneira. Quando deixar de fumar não é uma possibilidade, acho que as vantagens de mudar para o vapor justificam o risco, que ao fim e ao cabo é o mesmo – ao consentir fumar, o fumador consente estar ciente e aceita o risco, independentemente do que fuma.

  6. Francisco says:

    Há estudos que demonstram que isto é muito pior que o cigarro.

    • Vítor M. says:

      Acho que ambos são nocivos, opinião minha como não fumador, contudo, com o dinheiro que as tabaqueiras têm… podem fazer estudo poderosos, ir ao tutano da coisa, só para provar que estes gadgets são mais nocivos que comprar tabaco que alimenta milhões de poderoso por esse mundo fora.

      Já pensaste que, ao deixar o tabaco e passarem a fumar isto, as pessoa poupam milhões por ano que deixam de pingar nos bolsos dos poderosos? Já pensaste que as tabaqueiras são das indústrias mais fortes do mundo, contudo, mal ouves falar nelas?

      tens ideia do poder que esses magnatas têm na sociedade quer ao nível financeiro quer ao nível político decisor? 😀

    • Hugo says:

      Sim, é ve-los aí no chão a ganir por terem vaporizado…lol…
      Tb há quem diga que um americano morreu com uma pneumonia por vaporizar, a julgar por isso, o pessoal de Vila Franca de Xira anda todo metido nos vapores.

      Enfim, diz-se muita coisa, no entanto para quem tem bronquite e fumava, e com uma ultima crise que nem me deixava dormir durante 1 ano, passei de um dia para o outro a vaporizar e a crise passou, faço desporto de uma forma como não fazia, tenho muito menos dificuldades em respirar(não 100% por causa das alergias), a pele, o paladar, o cheiro estão impecáveis e a carteira não se queixa muito. Por mais que possamos dizer e “inventar” os resultados são latentes e indiscutiveis. Se alguem que nunca fumou, começar a vaporizar, acho mal, se alguem julga que deixa o vicio da nicotina sem esforço de um dia para o outro, esqueça…! Alem de tudo isso que se possa “ligar” ao tabaco, vaporizar não tem nada a ver, só coincide nos liquidos com nicotina, mas se forem reduzindo os mg podem chegar a um dia que nem isso tem e podem desfrutar naturalmente dos sabores. Mas repito, vaporizar não deve ser algo para quem nunca fumou. Em relação ás leis e taxas e impedimentos da liberdade de escolha que os governos e industria tabaqueira querem impor, preocupem-se com a poluição, com as legionellas, com as burlas e politicos corruptos, que isso é que faz mal á saude!!

    • Alexx says:

      Recebi à dias um esclarecimento da Smoky (desculpem me a publ) em que são apresentadas outras leituras … e sinceramente já não sei em quem hei de atribuir credibilidade. Certo é que sou fã do “vaping” com 0% de nicotina e neste momento acho que está na hora de começar a fumar outros vegetais 😀
      Artigo interessante sem dúvida.

  7. Windman says:

    Não digo que são inócuos, mas o certo é que há dois anos e meio passei de fumar mais de um maço de cigarros por dia, para consumidor de e-cig… Hoje tenho dois MOD’s, um electronico e um mecânico, e sou eu quem faz os líquidos que vaporizo. Obviamente que continua a ter efeitos nocivos, quanto mais não seja pela nicotina, no entanto tenho a certeza que se continuasse a ser fumador não conseguia praticar ciclismo de estrada, de forma amadora, mas que exigem sem dúvida um elevado trabalho aeróbio.

  8. luislelis says:

    Ola Vitor,

    Bom Artigo mas com muitas falhas e falta de informação.

    Eu sou fumador de Cigarros electronico(regarregaveis) faz sensivelmente um ano.
    Ego e um equipamento q pessoalmente nao recomendo. (sao fracos e dao uma pessima experiencia de “fumo”.
    Pessoalmente, para quem comeca, recomendo o innokin (http://www.innokin.com).
    Dentro desta marca aconcelho a comecar com o modelo iTaste VV V3.0 (Eu actualmente uso o iTaste MVP V2.0 com tanque,Kangertech AEROTANK e liquidos 70%PG e 30%VG).
    Atencao q a parte mais importante num cigarro electronico e o tanque e o liquido.
    O melhor tipo de Tanques, sao os com BDC dentro dos Tanques existem varias ofertas mas normalmente o barato sai caro.
    Recomendo Kangertech AEROTANK mega ou mini. Regulam o ar e teem vidro pirex. (faceis de lavar e nao ficam asperos ou ranhosos).
    Em termos de liquidos? So experimentando ate acharem o certo.
    Esquecam os sabores a tabaco pq precisam de muita imaginacao para q se pareca com o sabor de cigarros.
    Eu pessoalmente prefiro sabor a fruta.

    Eliquidos. (eu uso uma mistura the PG e VG.
    VG (base vegetal)Produz mais vapor
    PG (Propylene Glycol) Menos vapor mais sabor.
    Aquele abraco

  9. JDP says:

    Gostaria de deixar aqui está notícia. http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=4263411

    É inacreditável como ainda existem pessoas a fumar! Imaturidade, inocência, ignorância ou simplesmente desvalorização psicológica dos malefícios deste vício.

    Fica a tentativa de alerta… Aproveitem a vida com algo que seja útil e vos dê prazer (não momentâneo) em vez de vos tirar anos de vida e de conforto.

    • Tavares says:

      “…em vez de vos tirar anos de vida e de conforto”. Bem…acho que estas a ser um pouco intolerante!Quem,além de mim próprio,sabe o que me dá(ou poderá dar!) conforto na vida?? Todos os fumadores sabem os riscos de saúde que correm ao fumar…se essa é a sua opção tem de ser respeitada!! Não podem nem devem é incomodar ou “interferir” com as opções dos não fumadores…eu também “aderi” à moda dos cigarros electrónicos!! Satisfaz o vício e fica mais barato…kkkkkkkk!

    • luislelis says:

      Ja ouviste falar em lobis das tabaqueiras?
      Sabias que perderam (so em inglaterra 4 milhoes de consumidores no espaco de 2 anos? Imagina quantos no japao).
      Fica tb a minha tentativa de alerta. Ja agora sabias q usas o glicerol quase todos os dias na tua comida e bebida?
      Atencao eu nao digo q faz bem (tudo o que se inala faz mal, ate o ar).

      http://en.wikipedia.org/wiki/Glycerol

      • Jdp says:

        Pois é, e se n bastasse as pessoas ainda prejudicam mais a sua saúde com este tipo de vícios!
        Eu respeito, mas faz parte do meu trabalho alertar e consciencializar as pessoas fumadoras e n fumadoras. Lido diariamente com fumadores e ex fumadores e tenho a noção teórica e prática das consequências…

    • cesar_panter says:

      Amigo, as pessoas são livres e conscientes de fazer o que entenderem, mas puxando a conversa do vitor uns posts acima, recomendo que leiam a reportagem inicial:

      http://www.reddit.com/r/electronic_cigarette/comments/2nkqu3/japanese_researchers_find_one_ecig_that/

      • zombie says:

        Sem duvida, desde que DP paguem as consequências do seu bolso !!! Só que na pratica, DP, todos pagamos os vicios e devaneios dos outros e lá derrapa o SNS ! Ter um acidente ou um cancro eh uma coisa, vícios são outra !mas infelizmente ate as seringas são grátis, qdo p ex um diabético ate as palhetas paga!!!!!!!!

        • Sócrates says:

          Que mundo confuso, o do mercantilismo. O utilizador pagador… Um vício é um mau hábito; o hábito não faz o monge. Ter um acidente porque se descansou pouco, para para ganhar dinheiro, para comprar um computador, ou lá o que seja, quantas vezes à conta de trabalho escravo; uma alimentação desadequada, com todos os seus efeitos nefastos para o SNS; um planeta cheio de lixo e poluído… e o problema são as seringas grátis… Pois sim! Quem nunca pecou que atire a primeira pedra.

  10. Rui Pires says:

    Finalmente o artigo que pedi para falaram já há uns meses!

    Sou Vaper já à 1 anos e não poderia estar melhor. Comecei com os tais Ego da Cigavapor mas depressa percebi que não me satisfaziam, tendo feito um upgrade para uma ego twist e para um kangertech protank 3. Depois fui comprando uma e outra coisa. Neste momento os meus “kits” são:

    iTaste MVP + Aspire Nautilus Mini
    Hana Modz 30W + Tobecco Orchid V1 (Alterno também com o RDA Mutation X V2)

    Possivelmente no futuro irei adquirir uma box mod Sigelei 100w, vamos ver se recebo no Natal 😀

    • luislelis says:

      Boa escolha bateria MVP da Innokin.Combinei com o Aerotank mega
      Pessoalmente nao tenho paciencia para os “drip MOD”. Dao uma trabalheira danada, muita manutencao.(giros para criar nuvens gigantes).
      Bons vapes

      • Rui Pires says:

        Realmente na altura era a que mais me agradava em termos de autonomia e potência aliado também à facilidade de a usar. Agora já ficou para trás tendo o iStick tomado o “trono”, e com muita qualidade!

        Em termos de trabalhos eu também não gostava e não gosto, mas a performance é surreal quando comparada com os equipamentos pré-fabricados…

    • VictoRego says:

      Eu gostava de saber porque o meu comentário não foi publicado. Acho que não perguntei nada de maior, nem estava a ofender alguém.
      Continuem assim, publiquem o que só realmente vos interessa!
      Estou curioso por saber qual seria a desculpa!
      Bem haja!

  11. okapi says:

    A diferença deve de ser só eletronica mas para estar completo devia de tirar bicas. Agora fora de brincadeira…
    Eu fui fumador durante muito anos nem vou dizer quantos porque até tenho raiva, foram dezenas … deixei de fumar já vão uns 5 anos e agora é que me sinto bem. Entre fumar estes comboios e os convencionais deixo aqui um artigo que muitos olharam para o lado mas que rebentou em todos os jornais e TVs no passado mês de Novembro e cada um que tire as conclusões.

    http://www.dailystar.com.lb/Life/Health/2014/Nov-27/279094-e-cigarettes-contain-up-to-10-times-carcinogens-japan-research.ashx

    • Alexandre Matos says:

      Esse teste é falso… já foi confirmado… os componentes do cigarro electrónicos são apenas 4: Glicerina vegetel e Propilenoglicol (ambos vendidos em farmácias e ambos produtos vegetais e de confiança pois são produtos farmaceuticos que nada fazem mal), aroma alimentar (não faz mal desde que o aquecimento não seja acima de 250 graus para cima) e nicotina… portanto se fizeres alguma pesquisa antes de criticar talvez te ajude… basta pedires numa loja para ver os frascos e já tiras a tua conclusão… para além disso existe já uma data de pesquisas médicas que por sinal são escondidas pela comunicação social que comprova que o cigarro electrico nada faz de mal… pelo contrário… portanto se deixaste de fumar boa! estás de parabéns no meu caso tenho 3 MOD’s… um mecânico e dois electronicos… estou super bem de saude e cada vez mais me sinto melhor… eu proprio faço os meus liquidos e daí saber que substancia levam… e na minha opiniao vou usar as tuas palavras… mais vale “fumar esses comboios” do que fumar tabaco que esse sim faz mil vezes mais mal do que as nossas estações de comboio… fica a dica 😉

  12. okapi says:

    Mais uma noticia de hoje , que nada prova que faz bem ou que é melhor, a não ser que é menos viciante que o tabaco tradicional, mas como ainda não existem provas do contrário o melhor mesmo é não consumir. Eu lembro-me quando comecei a fumar nem se ouvia dizer que fazia mal, até pelo contrário, fumar era chic,era de Homem, mais tarde veio a prova que faz mal em toda a linha e com estes pelo sim e pelo não, o melhor é precaver.
    Cada um fuma o que quer, mas agora que não fumo é que vejo a figura ridicula que um fumador faz.

    http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2867865/E-cigarettes-addictive-study-finds-experts-warn-long-term-health-benefits-unknown.html

  13. Vasco says:

    Há 2 semanas que estou com um e-cig do mais barato e manhoso que possa haver num stand do Oeiras Parque. tanto eu como a minha mulher não fumamos mais um único cigarro. Estou contente.

    Nuff said.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.