PplWare Mobile

Criada câmara que detecta 36 milhões de rostos num segundo


Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.

Destaques PPLWARE

  1. Blizard says:

    Como??? Isso é brutal!!!

  2. Rebel says:

    A serie televisiva “Intrest person” vai se tornar real a esse ritmo

  3. Fernando Faria says:

    Big Brother da vida real.

  4. Arcadiy Kulchinskiy says:

    Camera inventing – level Asian. x)

    Isso faz-me lembrar de Alice do Resident Evil a identificar tudo.

  5. Viriato says:

    Aposto que não detetam as pessoas com óculos escuros!

  6. faz-me lembrar os Superguerreiros do Dragon Ball xP

  7. CAmpachi says:

    Minhas fontes me dizem que foi no Japão…

  8. Serva says:

    Marisa ,

    Boa tarde , sempre com artigos excelentes , o que é que se pode dizer de um dispositivo destes ? …. se for usado para o bem da humanidade que venham ainda sistemas mais poderosos , o problema é que sabemos impiedosamente que este sistema vai ser usado sem sombra nenhuma de dúvida para o mal , e isso aflige-me , já não bastam os mercados financeiros estarem desregulados , vamos ter também uma vigilância desregulada , é que este brinquedo põe as escutas ilegais a um canto , eu sinto-me cada vez mais preocupado com tudo o que nos rodeia , a ambição e avidez desmedida da humanidade vai levar-nos ao colapso , quer pela via do meio Ambiente quer pela via social .

    Hoje são assustadores os nrs da taxa de Natalidade nos chamados Países desenvolvidos esse é um indicador que já é conhecido a muitos anos e a nossa sociedade tornou-se incapaz de resolver esta situação , cada vez mais as produções de terceira made in Hollywood , são mais uma realidade do que nos espera num futuro muito próximo , não auguro nada de bom para a Humanidade infelizmente .

    Aceita os meus sinceros cumprimentos , por trazeres até nós um assunto tão pertinente .

    Serva

    • citro says:

      Não deves por espaços antes das virgulas ou sinais, nem por uma virgula antes de um “e”. Frases pequenas e objetivas é por onde deves começar.

      • luisinho31 says:

        …e a acentuação ? … kkk …

        tipo o ^, que , por vezes , faz toda a diferença…

        deverias ter escrito: “…pôr espaços…” , “…nem pôr uma…”…

        Sabias que:

        – classe gramatical de pôr: verbo transitivo
        – classe gramatical de por: preposição.

        …não tem nada a ver uma coisa com a outra … kkk

        😉

  9. TCoiso says:

    Esta noite vou dormir bem pior.

  10. Pedro Levi says:

    Mau, que raio de titulo..

    “Criada câmara que reconhece 36 milhões de rostos num segundo”

    não seria mais:

    “Criado sistema que reconhece 36 milhões de rostos num segundo”

    é que as câmaras não reconhecem absolutamente nada apenas capturam imagens :S

    Quanto ao artigo em si… pau de 2 bicos.. a ver vamos o que o futuro nos reserva

  11. D says:

    Pelo que vi noutras notícias o sistema não reconhece 36 milhões de faces por segundo mas consegue comparar 1 face com 36 milhões de faces por segundo

  12. Emerson says:

    “Caso existam pessoas com várias semelhanças faciais, o sistema agrupa um conjunto das mesmas, de forma a fazer-se uma selecção.”

    Se eles testaram no metro do Japão dever ter criado mais ou menos uns dez grupos rsrsrsrsr…

  13. Krasy says:

    pá se for material chinês ao fim de uma semana está avariado 😀

  14. Alexandre Alves says:

    Se acham que mau é identificar rostos que tal datos codificados?

    http://www.wired.com/threatlevel/2012/03/ff_nsadatacenter/

    Assumindo que o que está no artigo é verdade …

  15. Valdemar de Jesus says:

    George Orwell está se Revirando no Túmulo

    https://www.youtube.com/view_play_list?p=4C2E7DD781C32B57

  16. Fontinhas says:

    Curiosamente, há uma empresa em Portugal que tem uma tecnologia muito semelhante. Não é uma grande novidade e já é feito em alguns locais em Portugal. Big brother is already watching you 🙂

  17. D! says:

    isso nao deve funcionar na china nem no japão xD

  18. Nuno José says:

    Correndo o risco de me chamarem picuinhas, deverá ser sistema de monitorização e não câmara, como até o próprio comentador em inglês diz “camera system”. As câmaras não têm nada de especial, o sistema é que tem.

  19. António says:

    Reparem numa coisa, tanta inovação mas ainda usam “Windows XP”

  20. Mário says:

    Imaginemos alguns ditadores da historia passada ou mais recente e depois coloque-mos na suas mãos esta tecnologia e outras que estão a desenvolver ou que estão a entrar no nosso coitidiano e nas nossas casas e se pensarmos bem chegamos a conclusão que o nosso futuro não será nada agradavel,observados,vigiados, e oprimidos sem qualquer fuga.

  21. lol says:

    a segurança e privacidade crescem inversamente proporcional, mais segurança menos privacidade….

    • José Maria Oliveira Simões says:

      Qual segurança ? Como o caso daquele tipo que foi morto à frente das câmaras de vídeo vigilância ? Tenham mas é juízo. O objectivo é e sempre foi vigiar, não é dar segurança. Se fosse para dar segurança, metiam mas é policia na rua. Por outro lado, a segurança anda de mãos dadas com educação e civismo. E não é importando criminosos de outros Países, que veem misturados com os emigrantes.

  22. jpng81 says:

    Imaginem o maquinão que não deve ser para processar esta informação toda 😀

  23. Pedro H. says:

    Se quiserem saber mais sobre a tecnologia, http://tldvision.com/

    O algoritmo funciona ( pelo menos na demo em video ) tirando uma fotografia e “aprende” a cara da pessoa. Assim que mostramos uma foto num livro, ou então mostramos a cara ao programa, ele “faz um alvo” ( tipo Predador ). Quem sabe se este sistema não é uma versão melhorada do algoritmo extrapolando para 36 milhões de rostos?

    PS: O algoritmo é open source.

  24. Muito giro, mas e a privacidade… é o fim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.