Quantcast
PplWare Mobile

Google vai acabar com as passwords no Android e no Chrome

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. LA says:

    Olha tão bonito. E para repor o backup, vão utilizar o quê?

  2. Oscar says:

    Aleluia um sistema que garante segurança e acaba com o martírio das passwords!

  3. Carlos Seixas says:

    Muito cuidado com esta situação. Aconselho que, primeiramente, se analise como extremo cuidado a forma como este sistema funciona. Imaginem, por exemplo, que o sistema obriga a que o utilizador forneça o seu número de telemóvel, ou outros dados identificativos desse seu aparelho… Isto colocaria em causa diversos direitos, como o direito ao anonimato e à protecção de dados pessoais. Por outro lado, isto poderá também obrigar à instalação e uso de certo tipo de aplicações nos dispositivos em questão, aplicações essas que poderão até ser proprietárias, ou ter acesso a permissões não desejáveis… E atenção que ainda há a questão de estes sistemas poderem permitir o estabelecimento de ligação entre um determinado dispositivo móvel, nomeadamente ao qual está atribuído um certo número de telemóvel, com um determinado computador pessoal…

    Enfim, todo o cuidado é pouco… Pela minha parte vou estar atento. Se alguma das hipóteses que aventei, ou similares, se verificarem, logicamente que não usarei tais sistemas, nem recomendo a ninguém que os use…

  4. David Guerreiro says:

    E quando o smartphone não funciona, faz-se como? E estou mesmo a ver começarem apps maliciosas na Play Store a chupar as passwords todas.

  5. Carlos Seixas says:

    Muito cuidado com esta situação. Aconselho que, primeiramente, se analise como extremo cuidado a forma como este sistema funciona. Imaginem, por exemplo, que o sistema obriga a que o utilizador forneça o seu número de telemóvel, ou outros dados identificativos desse seu aparelho… Isto colocaria em causa diversos direitos, como o direito ao anonimato e à protecção de dados pessoais. Por outro lado, isto poderá também obrigar à instalação e uso de certo tipo de aplicações nos dispositivos em questão, aplicações essas que poderão até ser proprietárias, ou ter acesso a permissões não desejáveis… E atenção que ainda há a questão de estes sistemas poderem permitir o estabelecimento de ligação entre um determinado dispositivo móvel, nomeadamente ao qual está atribuído um certo número de telemóvel, com um determinado computador pessoal…

    Enfim, todo o cuidado é pouco… Pela minha parte vou estar atento. Se alguma das hipóteses que aventei, ou similares, se verificarem, logicamente que não usarei tais sistemas, nem recomendo a ninguém que os use…

  6. Fran Sérgio says:

    Isto é extremamente perigoso para a privacidade das pessoas….

  7. SteveRobs says:

    Se roubarem o telefone ficamos sem aceder a nada? hummmm não me parece boa ideia.

  8. Telmo Dias says:

    O sistema de publicação de comentários não está a funcionar.

  9. paulo says:

    Quem não tem telefone, entra no e-mail como? Nas finanças, na Seg. Social., bancos….
    Será mesmo assim tão inteligente essa medida? Será mesmo necessária essa mudança?

    • duh says:

      Quem não tiver telemóvel certamente ainda poderá usar password.
      Nos outros que referiste, já era suposto usares o teu cartão de cidadão num leitor de smartcard. Se tiveres um ThinkPad, provavelmente há-de ter um leitor integrado.

  10. Samuel MGor says:

    Esta medida ainda vai dar porcaria!! Se roubarem smartphone ficam com o acesso a tudo.

  11. Jane Doe says:

    Finalmente! As passwords estão a chegar ao um nível ridículo… “Tem de ter mais de 8 caracteres, maiusculas, minúsculas, carácteres especiais, números, não pode conter o seu nome, nem username, nem data de nascimento, nem ser igual ás últimas 5, bla bla…”

  12. anonimus says:

    Pelos comentários chego há conclusão que há malta que deve estar parada no tempo, há bastante tempo que muitos serviços já dependem do telemovel para receber autorização de acesso, pois não existe passwords, qual é a diferença aqui???

    não vale apena andarem com teorias de conspiração, que isto é o futuro já se encontra em pratica há muito, vai é tornar-se padrão, algo que até agora não o era.

    • Samuel MGor says:

      A diferença é que te roubarem o telemóvel agora podes mudar o acesso mas quando isto começar a funcionar se te roubarem o telemóvel vão ter acesso a tudo até à conta online que tens no banco. Mas como és a favor não te devem importar se te levarem o dinheiro que tens no banco ou que até te façam créditos em teu nome.

      • anonimus says:

        Amigo, informe-se antes de dizer asneiras, pois claramente nem sabe usar as coisas, pior ainda nem como elas funcionam, depois vem para aqui dizer coisas dessas a fazer figuras tristes…

        • Nuno says:

          Realmente são argumentos bem ridículos que não fazem o menor sentido…
          Se tivesse de apostar diria que são argumentos de quem usa a mesma password para tudo ou lá perto…

  13. Nuno says:

    A quantidade de pessoas que critica sem se ter dado ao trabalho de perceber qual o sistema utilizado ou a forma de trabalho do mesmo é a prova que a autenticação por passwords não é segura por culpa das pessoas e que têm de se mudar o sistema por não ser possível mudar as mesmas…

  14. JL says:

    De facto não consigo entender o porquê de tanto medo da mudança. Reparem que sistemas similares, sem password, já existem há vários anos em funcionamento. A própria chave móvel digital é disso exemplo. Mas claro, é típico dos portugueses criticar sem se saberem pormenores de funcionamento da ferramenta. Acho muito bem que se adotem medidas realmente eficazes em termos de segurança online, já que o comum mortal não é capaz de fazer isso por si.

  15. Samuel MGor says:

    Estar depende-te de ter um telemóvel para aceder a tudo é um grande erro. Um telemóvel pode ser invadido e roubado. Mas por alguns não saberem criar passwords de jeito a Google vai por esta medida tão arriscada, no meu caso vou continuar a usar passwords.

    • Nuno says:

      O problema é que se não tens telemóvel essas passwords não vão ser seguras…

      • Samuel MGor says:

        O problema é que a Apple e a Microsoft juntaram-se a Google nesta ideia maluca.

        • Nuno says:

          Ideia maluca na opinião de quem? Dos malucos que usam a mesma password fatela para tudo?
          Vai haver sempre uma alternativa para quem não tem telemóvel e para quem quer métodos menos seguros só porque “há anos que é assim”…

          • Samuel MGor says:

            É uma ideia maluca quer queiras quer não pois nunca se deve estar dependente de um único dispositivo para tudo senão lixas-te.

          • Nuno says:

            Maluca é a ideia de usar passwords fracas e repetidas. Disso não há dúvida. Como prova tens as hashtables e rainbow tables com biliões de entradas.
            As pessoas que se preocupam minimamente com a segurança, utilizam um dispositivo com um gestor de passwords, com um gerador OTP ou como 2FA.
            Se não dependes de um dispositivo para isso já estás no grupo dos que vão beneficiar com esta mudança para um aumento de segurança.
            De resto, é como digo acima. Nada como perceber primeiro como funciona aquilo de que se está a falar para não dizer disparates. Ou então, outra ideia, pode ser marcar uma reunião com a Google, Apple e Microsoft para lhes explicar o conceito de segurança e para lhes dizer que os milhões de utilizadores que perdem informação e acesso a contas todos os anos por causa de passwords tiveram o que mereciam e que eles não precisam de se preocupar…
            E aproveitando o balanço, podemos pedir aos fabricantes automóvel para remover airbags e cintos de segurança dos carros porque se as pessoas respeitarem o código não são precisos para nada e podemos baixar o preço de fabrico…

    • anonimus says:

      deixe a de andar na idade da pedra pode ser que veja a luz de como funcionam os tempos modernos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.