PplWare Mobile

Google já alerta utilizadores para páginas mais lentas a carregar


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. David Ferreira says:

    Boa info =D

  2. Naive says:

    Mais uma maneira de controlar e redireccionar os utilizadores para os conteúdos que eles entenderem mesmo que para isso tenham que sacrificar algumas páginas deles com menos hits para parecerem que fazem isto com boas intenções.

    É um poder que eles não abdicam.

    • Carlos says:

      Eles não podem mandar no que é deles?

    • Silva says:

      Exacto.

      E mais o facto de que ser mais lento não significa que não tenha melhores conteúdos.

      A velocidade não me parece ser um factor credível de diferenciação. É apenas mais uma maneira de controlar o fluxo de tráfego.

      Existem alternativas credíveis à Google por isso só lá vai quem quer.

      • Pff says:

        A Google não vai omitir esses resultados que têm um load-time maior…

        Existem tarifários que só têm tipo 200MB/mes e se vais entrar em um site que tem logo 50MB em imagens já é demasiado tarde quando te apercebes com as velocidades LTE. Acho que a Google teve uma boa ideia, mas também espero que seja possível desativar está opção para quem não precise.

      • Poupadinho says:

        Quem tem poucos megas de tráfego ou só está preocupado com imagens que desactive o carregamento das imagens no browser.

  3. André Alves says:

    A mim o Google no telemóvel está bugado e aparece a versão desktop(é mesmo na aplicação Google)

  4. Manuel says:

    so falta a google anunciar que o android e lento e o iphone e melhor.

  5. Costinha says:

    Se eles explicassem porque raio num Tablet Windows com processador Intel® Atom™ Z3735F (Quad Core, 1.83 Ghz) ou até superior e é transversal a vários seja de que marca for, temos que utilizar o raio do Internet Explorer visto que Chrome arrasta-se, também agradecíamos…isso é que era informação de valor.

  6. Francisco C. says:

    De estranhar seria se não viessem os comentários dos anti-google (mas que muitos devem usar o motor de busca, e até o Chrome, deles…).

    Eles vão começar a apresentar essa info, somente isso; quem quiser visitar na mesma esses sites, visita! Agora virem com essa conversa estragada de que a Google quer redireccionar as pessoas para as páginas que eles querem, é cair no ridículo!

    Enfim…

  7. luislelis says:

    Nem mais “Chico” estes gajos quando vêem uma placa na estrada a dizer lisboa via A1 150 kms, via nacional 1 200 km.
    O que fazem?
    Param o carro no meio da estrada (para todos verem q esta contra ) e inventa a teoria da conspiracao do alcatrao. Entretanto juntam se alguns apoiantes q nem carta de condução teem.
    Fazem uma manifestação no cafe da esquina, e exigem uma nacional 789.1.
    Entretanto o gajo q começou isto tudo, saiu de fininho para nao apanhar transito na A1.

    • Pato Pato Vai says:

      Alguns não deviam ter carta. Conduzem com muito álcool ou impurezas no sangue.

      Não vêm bem a estrada por onde andam e vão mais ou menos ceguinhos no caminho que seguem.

      São os Ayrton Sennas lá no bairro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.