Microsoft também está a desenvolver um teclado para o iPad


Destaques PPLWARE

25 Respostas

  1. Malicx says:

    Estou a ler isto num iPad, porque a MS não têm nada parecido (mini) e fiquei logo com urticária.
    Então querem continuar a dar o ouro ao vendido? Mas o “Nutella” agora tornou-se no “Elop” da Apple?

  2. Miguel Pinto says:

    O ipad pro 10.5 e 12.9 deviam era ter office gratuito da MS …mas o Nutella nao percebe que assim o pessoal vira se para o pages e o numbers que apesar de nao serem tao bons servem perfeitamente a 99% das pessoas

  3. ze ninguem says:

    A MICROSOFT E SUBSIDIÁRIA DA APPLE?

    • JJ says:

      Não o é… mas a ser, seria mais ao contrario.
      Visto que a Microsoft tem mais acções da Apple, do que a Apple tem da Microsoft.

      • Bruno says:

        A Microsoft não tem acções da Apple!

          • Bruno says:

            LOL^2
            “Microsoft confirmed that it sold all of its AAPL holdings some time ago”
            arstechnica.com/information-technology/2010/05/apples-stock-rise-could-have-meant-5-billion-for-microsoft

          • JJ says:

            Não tem acções em nome da Microsoft, mas tem em nome de fundos de investimento. O mesmo acontece ao contrario.
            Visto serem empresas concorrentes, podia ser penalizadas pelas autoridades da concorrência, se tivesse as acções em seu nome.
            Dizer que as vendeu, não quer dizer que deixou de ganhar dinheiro com elas…

          • Bruno says:

            @ JJ, tens cá uma piada! Tu não estavas a falar sobre a MS ganhar dinheiro com as acções da Apple, estavas a falar sobre a MS ter mais poder sobre a Apple do que a Apple sobre a MS (“SUBSIDIÁRIA”), por a MS ter acções da Apple.
            A participação em fundos de investimento externos não torna a empresa em accionista. Tu nem sequer sabes em que fundos a MS e a Apple participam para poderes determinar quem é que ganha o quê!

            Não há nenhuma lei que proíba uma empresa de ter uma pequena percentagem de acções doutra empresa concorrente. Os problemas apenas começam a surgir se tiver poder suficiente para ter acesso a informação privilegiada e definição do rumo da empresa – Conselho de Administração – e para isso não basta ser um pequeno accionista.

        • Carlos says:

          A microsoft até com o android ganha dinheiro lololol e nao é pouco. Mas tem ganho menos. A MS ganha mais com os fishoids gama alta mas vendem-se nais os de gamas mais baixas

  4. Eu says:

    De todas as coisas estranhas que a Microsoft fez nos últimos anos, esta é de longe a mais estranha de todas.
    Andam todos à toa !
    Parecem baratas tontas a correr quando alguém liga a luz.

    A outra notícia publicada hoje acerca da Apple ultrapassar a Microsoft em breve, é cada vez mais previsível.
    Há uma década atrás (ou mais), lembro-me de uma vez dizer num fórum que não me admirava que um dia a Microsoft começa-se a fazer os produtos deles a longo prazo para outros sistema como Linux e macOS.
    Gosaram na altura. Fui visto como idiota. Pelos vistos se recupera-se o mesmo fórum, hoje estaria escrito visionário.
    Agora o que não me surpreendia é que a longo prazo a Microsoft se possa tornar irrelevante (irrelevante tal e quando com o BlackBerry é hoje em dia).
    Não digo que vamos ver Linux em cada casa, pois isto díficil por n razões.

    • JJ says:

      Mas a Apple vai ultrapassar a Microsoft em que?
      Empresa com mais valor, já o é alguns anos para cá…
      Empresa com maior mercado mobile, sempre o foi desde que lançou o iPhone…
      De resto, qual é outro segmento de peso que vai ultrapassar a Microsoft?

      Depois, a Microsoft, desde a sua origem sempre produziu produtos para a Apple, quer software ou hardware. Por isso, quando disse o que disse nesse forum, não foi nenhum visionário e muito menos disse uma novidade…

      Para a Microsoft tornar-se realmente irrelevante, muita empresa do mundo das tecnologias tinham de desaparecer por completo primeiro. E pior ainda, os utilizadores na sua maioria seriam gravemente prejudicados.

    • Belmiro says:

      A Microsoft hardware a fazer um teclado rende dinheiro e não altera absolutamente nada a nível de vendas dos seus produtos já que quem compra um Surface quer um PC, quem quer iPad quer um “meio – PC “. Além disso a compra dum teclado Microsoft influencia a usar o Office, quem sabe até tem teclas específicas.

  5. Joao Zinco says:

    Por isso vale a pena ter produtos da apple, tem o melhor da microsoft e da google enquanto os outros ficam a ver navios. Vergonhoso a microsoft matar o seu SO mobile e mimar os iphones e ipads com apps e acessorios de topo

  6. Helder says:

    Uma empresa falida como a Microsoft vai ter de arranjar dinheiro de alguma forma…

  7. sakura says:

    Se e se, a MS fizer isso não passa de uma campanha publicitaria!!! barata. e infectar macs com a cortana e respectivos controladores de teclados para recolher INFO.
    https://www.youtube.com/watch?v=HRQtNBs8BF8
    min 0:00 –>0:16
    achas que tange o office completo nos macs……..

  8. sakura says:

    ha, a. eu explico,
    Pinky — trabalhadores MS
    Cerebro — directivos da MS.
    “office completo nos “”ios””” sabes que se pode por um EC DREAM T3 debaixo do teclado? https://pplware.sapo.pt/gadgets/hardware/ja-pensou-um-mini-pc-podera-precisa/

    continua a ter garça?

    offT.
    keyloger?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.