Waymo, a empresa da Google, apresentou o seu carro autónomo


Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. Helder Vaz says:

    Eu ia dizer que era uma ambulância, mas voltando 26 anos atrás, os telemóveis pareciam autênticos tijolos com antena!!!

    Viva a evolução, viva ao desemprego, viva ao mundo moderno e liberal.

    Viva, viva….

    Quando estas máquinas dominarem o mundo, voltaremos a ver o exterminador novamente, concordo com a utilização da tecnologia como um apoio às nossas funcionalidades, mas rejeito completamente a utilização desta na substituição das nossas funcionalidades, this is the first step to the end of humanity…

    • Rui Mendes says:

      Ao ler o teu comentário onde dizes que isto é o primeiro passo para o fim da humanidade, dei por mim a pensar que comentários idênticos aos teus devem ter sido feitos quando apareceram os automóveis.

      • JVC says:

        O problema é que nesse tempo não havia automação. Hoje o risco de desemprego é real e não podemos ser todos programadores de maquinas. Haverá gente sem lugar no mercado.

        • APereira says:

          Trata-se apenas das pessoas que nao tiverem vontade de evoluir e de se adaptar ao que os rodeia…

          Se me vieres falar dos velhinhos e afins, sim tens razao, mas sabes que isto nao será 100% para a nossa geracao(30-40anos), logo provavelmente nao causara grande impacto nas geracoes anteriores e que ainda estao cá.

        • Joao Antunes says:

          A automação tirou muito postos de trabalho, facto, mas os trabalhadores também não acompanharam essa mudança, que provavelmente foi radical, mas toda a automação precisa de manutenção, configuração e construção. Tira-se uns postos e criam-se outros.

    • me and me says:

      entendo o que dizes.
      isto esta a ficar cada vez mais matrix… ahahhahahaha
      agora a serio, na holanda eles ja andam a preparar-se para isso. estao a “desenvolver” um subsidio que vai ser dado a todos os cidadãos (desempregados e empregados) para “testar” uma forma sustentável de manter as pessoas basicamente a viver de borla.

      • APereira says:

        Na Holanda?Onde viste isso?

        • Jonas says:

          Chama-se Universal Basic Income.
          É uma ideia para resolver futuros problemas relacionados com o desaparecimento de trabalhos simples. Mas ainda está na fase de conceito e alguns países estão a fazer testes.

          De momento não existem soluções para o pessoal que depois fica em casa sem fazer nada por exemplo.

    • Jonas says:

      “mas rejeito completamente a utilização desta na substituição das nossas funcionalidades, this is the first step to the end of humanity…”

      Que visão mais distorcida, é o que dá ver tantos filmes e séries. Temos gente com uma mente fértil, mas completamente incapazes de prever o futuro. Talvez por isso esta ser a geração do chapa ganha, chapa gasta.

    • Sérgio J says:

      Evolução natural. O mundo devido à evolução da técnica eliminou doenças, aumentou as condições de vida, aumentou a esperança média de vida o que levou à sobre população. Esta sobre população não é auto sustentável. Se calhar está mesma evolução da técnica levará a uma hecatombe e uma regulação natural da população.

  2. kekes says:

    Saiu o novo Fiat Multipla!!!!!

  3. TOM says:

    Aquilo depois abre a mala, sai de lá um propulsor e levanta voo.

  4. miguel says:

    parece mesmo uma ambulancia

  5. djofight says:

    tem material para s n espetar como os tesla..veremos

  6. MiguelDias says:

    Já viram o vídeo do Tesla em condução autónoma?
    https://youtu.be/avr5MnhAzqE

    Aquilo sim é inovação, esse aí na imagem é uma ambulância cheia de sensores….

    • Nathan says:

      Esta “ambulancia cheia de sensores” e 100% autonoma ja o tesla não é 100% autonomo. O proprio nao aconselha deixar ele ir sozinho, e sempre ter a atenção.

  7. pedro says:

    ja nao vai ser preciso carta, nao vai haver multas..nada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.