PplWare Mobile

Cuidado! Para sua segurança não carregue o smartphone nas portas USB públicas


Fonte: LA County District Attorney

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Toni da Adega says:

    Como diz no artigo. Basta utilizar um cabo que transmita somente energia.

    • rjSampaio says:

      Basta não carregar onde diz permitir acesso…

    • k says:

      Segurança nunca é demais mas isto é um bocado sensacionalista e bastante vago.

      A maioria dos telefones, quando ligas um cabo usb, inicia em modo apenas para carga. Se quiseres transferência de ficheiros tens que ir mudar isto na notificação que acabou de aparecer. Depois disto, muitos telefones a seguir mandam um popup a dizer que Dispositivo X quer ter acesso a Y no telefone, queres permitir/recusar? o que é logo super suspeito num ponto que é suposto ser só carga (se permites/aceitas coisas sem ler, já começas a merecer o castigo…)
      E geralmente, isto são coisas que só costumam funcionar se o ADB Debugging estiver ativo, que a não ser que o utilizador o tenha ligado, nunca vi nenhuma a estar por defeito.

      Certo que o cabo charge only é uma garantia mas também não é super fácil mesmo com um cabo normal.

  2. Quim says:

    Usar um USB condom.
    Ou fazer um no cabo, cortando os dois fios que não sao preto nem vermelho.

    • Joao Ptt says:

      Aparentemente tem mesmo de ser um USB condom, porque aquilo aparentemente tem mais que se lhe diga do que apenas cortar os cabos para funcionar bem com os dispositivos.

      • rjSampaio says:

        um usb condom é o mesmo que nao ter os cabos de dados…

        antigamente tinhas marcas que insistiam em teres uma resistencia entre o d+/d- e gnd para carregar, isso desapareceu.

  3. Eu says:

    Acho que tudo isto está muito mal explicado em como realmente isto é feito! E parece-me ser algo alarmista, com eventual intenção de comercializar os referidos dispositivos de protecção, que nada mais são que ligações USB sem os cabos de dados.
    Segundo os referidos “especialistas”, isto apenas acontece se usarem algum cabo adulterado que foi deixado propositadamente pelos hackers ligado lá nos referidos pontos de carregamento USB! Ou seja, esses cabos é que contêm um pequeno dispositivo programado para proceder ao referido ataque ao telemóvel ou tablet.
    Ninguém fala de o ponto de carregamento USB ter ele próprio algo que permita realizar esse ataque!
    Não creio que os pontos de recarga USB tenham mais do que os contactos de energia para permitir o carregamento dos aparelhos. Não faz qualquer sentido existir algo desse tipo e se existe seria caso de proibir que os pontos de recarga possuam qualquer cabo de dados activo nas fichas USB.
    Para além disso sempre que uma nova ligação USB é feita, o sistema operativo (Android, Windows) pergunta ao utilizador que permissões pretende fornecer e aí pode bloquear o acesso aos dados!

    • Toni da Adega says:

      Aqui não se fala de cabos, porque o tal pequeno dispositivo pode estar instalado na porta.

      Isto normalmente não é efetuado pelo ‘dono’ do ponto de carga.
      As caixas de multibanco e de pagamento são bastante seguras mas mesmo assim são adulteradas e os cartões colonados, o mesmo pode acontecer com estas portas.

      As probabilidades de isto acontecer são ínfimas mas pode acontecer.

      • cat says:

        “As probabilidades de isto acontecer são ínfimas mas pode acontecer.”

        E é exactamente isso que Eu queria dizer: “Vamos aumentar a paranóia para vender mais cabos sem dados”.

        Já agora, não andem pelos passeios sem comprar um espelho retrovisor para ver quem se aproximam por trás. Existe a ínfima possibilidade de serem atropelados por um carro…

      • Eu says:

        Em Portugal, será mais habitual roubarem-te o aparelho que está a carregar, do que tentar um ataque tão complexo como o que é referido nesta notícia americana!

  4. mc says:

    Tenho a certeza que vai roubar a bateria. Lol

  5. cat says:

    Pá, é como um gajo e algumas DST’s. Convém ter muito cuidado na Tailândia … mas é na Tailândia …

    Parece que às vezes gostamos de “importar” problemas de outros lados como se fossem uma realidade em Portugal. Chama-se “pretensiosismo ao contrário” e nós temos muito disso…

    • Eu says:

      O problema é mesmo esse! Fazer-se um alarde noticioso cá em Portugal de uma pseudo-notícia pouco ou nada fundamentada de uma certa entidade norte-americana de Los Angeles, que se fazem passar por uns entendidos absolutos em questões tecnológicas de ponta como o seu presidente Trumpas 😀
      Tudo parece ser alvo da ideia de um espertalhão que por lá quis alarmar uns quantos milhares de pessoas, para conseguir vender daqueles apetrechos que “inventou” para fazer o seu quinhão de milionário à custa dos papalvos… Até lhes chamaram de “USB comdom” só para dar aquele ar de protecção 😉

  6. Rodrigo Da Silva says:

    Nunca viajo sem o meu powerbank.

  7. fakir says:

    Pergunta um leigo; como manter latente um malware, virus, etc, numa porta usb? ou seja, sem uma estrutura que o permita estar armazenado?Por hipótese, e também como se consegue injetar o sinal net na rede elétrica, também o carregador não estará impune a tais situações?

    • rjSampaio says:

      Do lado de dentro não tens apenas um transformador, tens um integrado por exemplo um pic ou Atmel do tamanho de uma unha que funciona como um PC ou teclado ou até placa de rede.

      Na rede elétrica já não tens esse problema, só tens dois tipos de equipamentos em Portugal que comunicam pela rede elétrica, os contadores inteligentes da EDP e os chamados power line que extendem a rede ethernet via tomadas elétricas na tua casa.

  8. Rasta says:

    Ou seja, jorneleirismo no seu melhor. Bora lá meter mais medo à carneirada.

  9. Paulo Martins says:

    E que tal se o carregarmos desligo????????????????

  10. Paulo Martins says:

    Desligado

  11. Carlos Mariano says:

    Façam como eu. Há anos que viajo e uso sempre um USB Data Blocker.

    https://portablepowersupplies.co.uk/home/portapow-data-blocker-usb-adaptor

    • rjSampaio says:

      assim não tens carregamento rapido, porque simplesmente nao autorizar comunicacao de dados? não percebo esta mania…

      • Carlos Mariano says:

        Em locais públicos como aeroportos, o que não te falta é tempo entre voos para carregar o dispositivo. Para quê carregamento rápido se prefiro segurança, lol

        • rjSampaio says:

          se tiveres um telemovel de 4A, e se forres a carregar numa porta sem carregamento rapido digamos a 2A ainda demoras umas boas horas a espera dele… podes simplesmente nao permitir o acesso caso seja pedido.

  12. Gabriel Tyaning says:

    Gente é muito fácil, é só usar cabo USB magnético, esses cabos não transmite dados, somente energia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.