PplWare Mobile

ASUS Eee Pad Transformer – Primeiras Impressões


Destaques PPLWARE

  1. Pedro Pinto says:

    Excelente trabalho Tiago!!!

      • Luislelis says:

        Ola Tiago,

        Excelente conceito de maquina mas…..

        Comprei esta maquina vai para umas 4 semanas e de inicio pareceu-me muito boa, devo dizer, custou 375£ sem teclado. Para que quero eu o teclado, pensava eu de que.

        Apos alguns dias fiquei desiludido pois o tablet acaba por ser um pouco limitado na prespectiva de substituicao de um laptop.

        A imagem e optima (no interior da casa/HDMI) mas ecran muito pouco visivel quando usado no jardim principalmente se ouver algum sol (Aqui nao e a terra do sol).

        Flash com bom desempenho, Divx e uma seca quase nunca se consegue por a funcionar (please uma rom com Ubuntu ou outro linux decente).

        Rato nem pensar “Surprise! No USB port”

        Ranhura para Microcard e ja chega.

        Apos duas semans troquei por um laptop de 15 (que alivio).

        Concluindo:

        Muito giro durante uma semana onde so exploramos o que tem dentro e afinamos ao nosso gosto e, o mais importante ,podemos mostrar aos amigos.

        Depois de uma semana reparamos que nao podemos fazer o que queremos e que estamos abituados em outros systemas operativo e que este e giro mas tem muito “silicone”. Muito boa mas nao se pode tocar que estraga.

        O ecran esta sempre cagado ao fim de uma hora fica com uma camada de gordura que da para fritar um ovo.

        Na minha opiniao a ideia e boa mas… (maldito mas )Parece mais um Telemovem gigante com toda a negatividade que isso acarrecta.

        Seria melhor com um Linux aberto tipo debian ou fedora e uma porta USB pelo menos.

        O teclado nao parece ser uma opcao mas sim uma obrigacao .

        Sem teclado nao ha discos externos ou entradas de USB para usar (grande falha)

        Camara muito fraca sem led (nao faz sentido)web cam sem truques ou mais valias.

        Aconselho esperar ate a ideia amadurecer e vir ao encontro do consumidor com todas as possibilidades de espancao de forma a substituir a camera fotografica o GPS, o laptop, o Ipod, o leitor multimedia etc. (nao deve faltar muito)

        Despachei-o e nao sei porque fiquei mais feliz por o despachar do que quando o comprei.

        Axixe estranho.

        • Reodir says:

          ao que me parece tu queres um tablet para substituir um computador portatil?
          desculpa mas são coisas completamente a parte. um tablet serve para ter docs e navegar na net (na minha cabeça é assim) e este faz isso. se queres um portatil compra um portatil. Apenas nao venhas dizer que isto nao presta porque é bem capaz de ser o 3º melhor tablet do mercado. senão o segundo, ninguém tira o lugar ao ipad2 :b

        • Tiago Dias says:

          Olá Luislelis!

          Atenção que estes dispositivos não têm o intuito, pelo menos para já e nos próximos tempos, de substituir completamente um computador.

          Poderá ser uma alternativa a um computador para alguém que apenas pretenda tarefas simples, como navegar na internet, ler, ir às redes sociais, escrever pequenos textos, ver filmes “on-the-go”, ouvir música, e pouco mais. Tudo isto tarefas simples.

          Para alguém que pretenda mais que isto, seja escrever textos mais longos e elaborados, uma navegação mais intensiva na internet, ou mesmo a gestão de grandes quantidades de ficheiros (em discos externos, por exemplo), um tablet poderá não ser uma opção, ou pelo menos não uma opção única, pois ainda não são capazes de substituir completamente um computador.

          Penso que se pode entender um tablet como uma extensão de um computador. Permite realizar diversas tarefas que por vezes não necessitam do computador para serem feitas, e fazem-nas de uma forma melhor e mais interessante, dando uma melhor experiência ao utilizador.

          É, por exemplo, muito bom para estar no sofá ou na cama a navegar na internet, a por o email em dia, a ver uns vídeos no youtube, etc, mas não passaria sem um computador, pois não há ainda nenhum tablet que o consiga substituir.

          Cumps

          • luislelis says:

            Atencao!Jornalistas da TV, isto era para ser lido “substituir a camera fotografica o GPS, o laptop, o Ipod, o leitor multimedia etc. (nao deve faltar muito)”
            Aceito a vossa opiniao assim como defendo a minha por mais errada q possa parecer.

            A filosofia por de traz do tabelet e mesmo o de substituir o laptop e companhia de forma a libertarnos no espaco nao termos de ter duplicacao de equipamentos (redundancias).
            Embora ainda leve algum tempo para a miniaturizacao dos seus componentes (leia-se + capacidade).

            Lembro-me do primeiro tablet que vai ja para uns largos anos salvo erro 2001/2002 com o entao XP tive na altura um Acer.
            Morreu rapidamente por se concluir q nao tinha a potencia necessaria.
            Desde entao muita agua passou debaixo da ponte.
            O asus em questao e uma boa maquina com um optimo processador mas com um pessimo software para o efeito (tipo tablet g’anda maquina).
            Convenhamos e um dual core como este nao deveria estar limitado ao software Android (do qual sou fan e utilizador ,mas no telele, o que nao faz de mim um expert).
            Ou seja Dizem que nao he um laptop mas no entanto tem toda a configuracao pretenciosa. “Ele gosta de homens mas nao e gay acha lhes piada so isso.”

            A maioria dos Netbocks e alguns laptos tb sao mais fracos que esta maquina da asus e fazem muito mais.
            Ou seja o que quero dizer he que como tablete ta giro mas como maquina deixa muito a desejar,
            Pelas limitacaoes do software e nao me venham com … e roms xpto-biturbo Green.
            Eu com a liberdade de instalat o que quisesse nessa maquina punha aquilo a bombar q nem um leao gay.

            Vendi nao me arrependo e aconselho que experimentem e devolvam se nao gostarem.

            Quanto ao precisas de uma carrinha … sim preciso que seja pequena mas que cresca quando preciso dela, mesmo que raramente , gosto de perfeicao afinal sou eu q pago.

            “Orgulho-me de mudar de ideias quer dizer que aprendo com os erros”

            Final filosofal para dar um ar mais tipo.. meditacao… profundo.

        • Gaius Baltar says:

          Compraste uma mota, quando precisavas de uma carrinha. Tão simples quanto isso.

          • Fampa says:

            Ganda comentário 🙂

          • myd00m says:

            melhor comentario até agora =D e uma coisa, ubuntu seria melhor que o android? ubuntu nao é desenhado para ser tacti..

            ja tenho um ipad1 e estou satisfeito até agora.. senao esta seria a minha compra..

            Abracos

  2. L. Mata says:

    Estive a ver um este fim de semana no colombo numa das lojas. Acho que na Vobis.

    Pareceu-me:
    – Robusto
    – O teclado muito agradavel ao toque
    – Design apelativo

    Mas tamb+em pareceu-me:
    – Pesado
    – Com um pouco de lag, se compararmos com o iPad… por vezes nao é tão fluido
    – O ecran parece um espelho. Mas isso todos parecem hoje em dia, por norma

    O ponto a favor? Claramente o preço.

    • Tiago Dias says:

      Sim, pode-se resumir a esses pontos. Não concordo com o peso. Parece-me perfeitamente justificável o peso que tem, e não é exagerado.

      O ecrã realmente reflecte muito em ambientes com alguma luz. Já tinha também isso nas notas para referir na análise mais pormenorizada.

      • Bruno B. says:

        E o layout do teclado da versão disponível nas lojas não é portugues?

        • Bruno B. says:

          Mais uma curiosidade: ele reconhece ratos?

        • Tiago Dias says:

          Quanto ao teclado, já estive a verificar e encontrei o teclado com layout português, logo não será um ponto negativo. Como tanto o que experimentei na apresentação, como o que recebi da Asus, tinham aquele layout, estava na dúvida se estaria ou não disponível com o português, mas já confirmei que está 😉

          Em relação ao reconhecimento de ratos, já experimentei um sem fios e não reconheceu, mais logo experimento um com fios 😉 (no entanto, tratando-se de android, haverá alguma forma de colocar qualquer rato a funcionar no tablet)

    • Hugo Cura says:

      O preço só do tablet ou mesmo do conjunto é deveras interessante. O conceito “transformer” também me parece excelente. Só resta saber (já imagino) como o estilo de utilização netbook se adapta ao honeycomb… “não percam o próximo episódio”, na análise claro.

      Aperta com ele Tiago!

      • Tiago Dias says:

        A utilização do teclado no android, ao início é estranha, mas depois lá se apanha o jeito. Estranha porque é um sistema operativo que é habitual usar com os dedos, e custa a habituar a usar com teclado e rato.

        É diferente de usar um SO como o windows, e certamente que não permite o mesmo ritmo de trabalho que um netbook permite, ou a mesma agilidade, mas por outro lado, e como sabes, também vai além de um netbook, permite fazer certas coisas de uma forma muito melhor que com um netbook.

        Continua a ser diferente de um computador, e está longe de substituir um (a não ser para alguém que utilize um computador apenas para tarefas simples), mas é um conceito muito interessante que dá à usabilidade de um tablet maiores possibilidades de utilização.

        Ainda acerca do teclado, as teclas mais acima são atalhos muito úteis para aceder rapidamente a funções no tablet. Na análise vou focar em pormenor estes atalhos, mas posso já dizer que estão muito bem pensados, e permitem um aumento de produtividade quando se usa o conjunto completo.

        Vou tratar de apertar com ele 😀

  3. The STK says:

    Bastante porreiro, talvez uma compra em que poderia pensar, mas continuo a achar que o material com Android deveria ser muito mais barato…

  4. Hattori Hanzo says:

    Poderiam deixa-lo mais arredondado, pinta-lo de amarelo e preto e chama-lo de Bumblebee! Hehehe! Agora a sério: É um conceito bestial.

    • César Lima says:

      Ahahah gostei dessa do Bumblebee estando nos em epoca do filme, quanto ao “transformer” a asus continua a surpreender e quando ataca no mercado ataca pela calada 😉

  5. Rei Naldo says:

    E muito boas impressões …

  6. DFPA46 says:

    Acham que haverá a possibilidade de correr o Windows 7 (ou até mesmo o 8, que se assemelha ao WP7) em vez do Honeycomb?

    • Carlos says:

      O Windows 7 não porque é só para x86. O Windows 8, sem dúvida, aliás, podes apostar que quando o 8 sair vão aparecer outros tablets/netbooks deste género. Aliás, alguém sabe que nome dar a isto? É um tablet? Um netbook? um netlet? um tabbook? 🙂

      • É um tablet, sem dúvida.

        90% do tempo tenho-o usado sem a dock…

      • Redin says:

        Oh Carlos, terás de estar mais atento à evolução dos Sistemas Operativos Windows. A partir do Windows 7 todos os SO’s terão disponíveis sistemas tanto para x86 como x64.

        • A questão é que o Transformer, como todos os tablets Android que por aí andam, tem um processador ARM e não Intel (x86 ou x64).

          Assim sendo, apenas conseguirás em teoria utilizar um sistema operativo que suporte esses processadores.

          Alguns exemplos são o Android (obviamente), o Linux (o pessoal do forum XDA Developers promete a possibilidade de fazer dual-boot para Linux muito em breve) e o Windows 8.

  7. João Costa says:

    Deixo aqui um link para um video de amostra do asus ee pad transformer com rato wireless, disco rigido, pen usb, etc –

    https://www.youtube.com/watch?v=DW5eqnN8a3E

    Penso que o preço não justifica-se tendo em conta os praticados nos EUA.
    Visitem o amazon.com vejam que o preço dele com os 32GB ronda os 420€ nos EUA, e em portugal o mais barato que vi foi no site da Minfo.pt, por 478€, nada absurdos visto os preços que a concorrência pratica!!! Espero que baixem o preço disto porque estou mesmo com vontade de o comprar… 🙂 Abraços.

  8. MigueLemos says:

    Tenho um exemplar deste Asus Pad e estou contentíssimo. Para quem como eu vinha de um iPad, este Honeycomb é realmente uma lufada de outras possibilidades.
    Quanto à ligação de um rato, funcionou comigo tanto com um rato sem fios como um com fios.

    O grande problema é encontrar unidades disponiveis à venda. Ou a Asus está a ter muita procura ou não se admite tamanha falta de stock.

    • bruno martins says:

      pelo que tenho lido por aí é mesmo muita a procura.. e mesmo a asus a aumentar a produção esta difícil dar com as encomendas..

  9. Em relação ao que foi falado anteriormente em relação ao suporte a ratos, depois de feita a actualização do Android que vem de origem (3.0) para a última fornecida pela Asus (3.1), o suporte a dispositivos USB melhora consideravelmente.

    Já liguei ratos wireless (Logitech), assim como pens USB e discos externos, e tudo funcionou na perfeição.

    Além disso, tanto o teclado como o Trackpad estão muito bem adaptados ao Android.

  10. Vítor M. says:

    Gostei da abordagem. Está um equipamento muito interessante.

  11. oi says:

    quando sair um com o processador quadcore da nvidia, lá para o ano penso nisso, porque aí já fico com a possibilidade de correr o win 8.

    • Tiago Dias says:

      Atenção que não é só meter potência lá para dentro.

      Um ponto também bastante forte neste tablet é a sua autonomia (o conjunto tem 14 horas anunciadas), e aumentando drasticamente a potência, perde-se em autonomia, que neste tipo de produto considero importante. Há que haver um equilíbrio, para não se perder demais nem de um lado nem do outro.

  12. Nuno says:

    Bom dia, alguém me pode confirmar se este table tem conectividade 3g por usb ou interno?? obrigado

    • MytyMyky says:

      nope… n tem 3g interno, nem aceita a pen das operadoras… infelizmente.

      só wifi, se bem que esta previsto brevemente um modelo 3g.

      A falta do 3G (ou melhor, da detecção da pen 3G) é talvez o ponto que mais me chateia. Ironia: A fnac vende o transformer e oferece o cartão SIM da kanguru…

  13. Hélder says:

    Tiago, a nivel de software como é? Nunca mexi em Honeycomb…
    Gostava de saber que processador de texto vem? Algo tipo word? ou é muito basico?

    • Vem de origem com o Polaris Office.

      Apesar de ser mais simples do que o Microsoft Office, tem muitas funcionalidades, abre os formatos da Microsoft (e outros) e, na minha opinião, é mais que suficiente para o dispositivo em questão.

      Podes ver um pequeno review do Polaris Office aqui, por exemplo: http://www.everythingabouttablets.net/2011/06/22/hands-on-polaris-office-3/

    • Tiago Dias says:

      Hélder, poderás ver uma pequena preview no vídeo do unboxing, para veres o que é o honeycomb. A meu ver está bem conseguido.. é claro que faltam uns pormenores, umas afinações, mas já gosto bastante.

      Quanto a suites de produtividade, este Eee Pad Transformer vem com o polaris office, que vou focar mais em pormenor na análise completa ao bicho. Parece-me o suficiente para o dispositivo em questão. Além deste, poderás ter sempre outras opções, como o google docs, ou outras aplicações disponíveis no android market 😉

      Cumps

  14. Rei Naldo says:

    Eu por acaso tenho um Samsung Galaxy Mini com o 2.2 froyo. Tem a opção PA Mobile que permite criar um hotspot. Com a rede WiFi assim criada navego com o Eee Pad pelo WiFi do Mini e assim utilizando o 3G deste. Já liguei 3 PC mais o Mini e tudo navega bem. É um remedeio enquanto não aparece o Eee Pad com 3G …

    Cumps.

    • Exacto.

      Tenho um Samsung Galaxy S e um Huawei/Vodafone 858 (com Android 2.3.3 e 2.2.1, respectivamente) e também é assim que tenho acesso à Internet on the move.

      Funciona perfeitamente no Gingerbread, e com algumas deficiencias no Froyo, em que me interrompe a ligação quando recebo chamadas. Pode ser do telefone e não do Android, no entanto.

      • Rei Naldo says:

        Essa sua última nota tocou-me e tive que testar:
        Num Galaxy Tab 7″ 2.2 Froyo + telefone, liguei o 3G e até activei a função hotspot (ou PA Mobile). Portanto além do 3G, a emitir WiFi. Liguei do meu telemóvel para ele, atendi, estive a falar, com o Opera Mini chamei algumas páginas durante a chamada, desliguei-a e Tanto o 3G como o hotspot sempre operacinais. Portanto…

  15. Jorges says:

    Estou a pensar seriamente em comprar um para apresentação de porfólio (fotografia)
    Tenho uma dúvida, se comprar a versão 16gb, e inserir um cartão de memória fico apenas com 32gb?
    Ouvi dizer que além dos 16 internos ele só aceita outros 16 em cartão!
    Alguém sabe se é verdade?

    Obrigado

  16. racpxt says:

    O rei da qualidade/preço. Como tablet está excelente.
    No que diz respeito ao Honeycomb a Google fez um excelente trabalho, realmente bem pensado para este tipo de dispositivos.

    A dock… É boa, mas longe de perfeita, principalmente a escrever em formulários web onde a resposta ao teclado é lenta e “come” algumas letras. Ctrl+c, Ctrl+v, Shift+Setas, etc… não são “standard” em todas as apps de edição de texto…

    No tablet só tenho mesmo a apontar o reflexo do ecran. Mas se não o tivermos apontado para uma fonte de luz (lâmpada, janela, etc…), mal damos por ele.
    A dock é que desapontou um pouco, pelas razões atrás apontadas, mesmo assim dá jeito, mas hoje pensaria mais um pouco…

  17. João Dias says:

    Desculpem, mas posso fazer uma sugestão para os vídeos das reviews?

    Falem em vez de meter músicas techno, ou house ou lá o que é isso que vem em fundo.

    Não é por mal que faço esta sugestão, mas é que eu preferia ver-vos a falar e analisar em tempo real o que estão a desembrulhar e não ter que tirar o som para não ter que “gramar” com a música, para poder ver descansado o vídeo.

    Para além disso, penso que seria mais amigável que “impingir” uma faixa de áudio.

    P.S: Dispenso os comentários odiosos que possam vir daí (já se espera de tudo), estou só a sugerir algo, que, pelo menos a mim, faz mais sentido.

    • João Dias says:

      Quanto ao tablet em si, eu gosto bastante do conceito, e estava a pensar comprar um tablet ainda este ano. Mas tenho receio que, se comprar um tablet Android acabe por ficar com um equipamento que fica à mercê das actualizações do fabricante, e não das novas versões. Nisso, o iPad tem um ponto a favor…

      O meu telemóvel é um Optimus Boston e infelizmente para poder ter a versão 2.2 do Android tive que utilizar uma ROM da comunidade, porque a Optimus não se disponibilizou a lançar uma actualização posterior à 2.1.

    • Rei Naldo says:

      Apoio totalmente a sugestão. Mas como gosto muito de música porque não usar uma música tipo relax do canal 118 da tvcabo (passe a pub) leve e baixinha?

      Mais um complemento à sugestão.

  18. BV says:

    Adquiri recentemente um iPad 2.
    Este Asus era um dos dispositivos que tinha considerado. Como já tenho um iPhone escolhi o iPad por motivos de sincronização de dados.

    Há 15 dias estive numa loja Box onde tinham o Asus em exposição. Estive a testá-lo e fiquei agradecido em ter escolhido o iPad. O ecrã, de um modo geral, não respondia ao toque e quando o fazia o SO arrastava-se. Ainda pensei que fosse problema meu (pouca electricidade no corpo). No dia a seguir voltei à loja e estava o funcionário da Box a testar o dispositivo e reparei que ele estava com o mesmo problema.

    A Asus é uma das minhas marcas e eleição mas este dispositivo não parece ter sido feito por eles. Ao lado estavam vários tablets de marcas “deconhecidas” (ou menos conhecidas) e a resposta do Asus era tão má como neste últimos. Uma pena.
    Cumps.

    • Por acaso a primeira vez que o experimentei foi na Box de Alfragide e não tive a experiência que relatas…

      Tenho-o usado diariamente e, especialmente desde o update para o Android 3.1 (lançado oficialmente pela Asus), o tablet responde muito bem e é rara a vez em que noto atrasos desse género.

      Possivelmente o artigo de exposição já teria coisas instaladas incorrectamente ou algum outro problema semelhante?

      • BV says:

        Realmente pode ser alguma das razões que indicas.
        Não sei qual o versão do Android.
        O tempo que o utilizei foi penoso (entre 5 a 10 minutos), e fiquei sem vontade de o explorar mais.
        Sinceramente prefiro acreditar que o tablet teria álgum problema. Como referi gosto da marca e eles não costumam facilitar na qualidade.

      • racpxt says:

        Também me tem corrido bem a experiência, esses Lags ainda me são estranhos, se é que existem. Youtube, alternar para web browser com 6 tabs activas, e com 6 emails a chegarem às minhas caixas de correio,… Nada de especial. Outra vez, também a alternar entre ecrãs e apps com um download grande de fundo e tudo fluído. Uma pausa nos “pássaros zangados” para ler um mail, abre logo, leio e volto ao jogo sem tempo de espera…

  19. Rei Naldo says:

    Eu comprei o meu Asus Eee Pad logo em 15 de junho e tem tido uma utilização intensiva. Nunca vi nada do que BV se queixa. Impecável no funcionamento.
    Só podia haver qualquer coisa na loja Box mais o exemplar exposto.

  20. João Ramiro says:

    bom trabalho, breve vou receber um na loja e vou então ver se adquiro ou não.

    btw, grande escolha musical no video 😛

  21. Alberto says:

    Tinha tudo para ser uma aquisição rápida masss….sem 3G um tablet pra mim não vale muita coisa pois o que eu quero é portabilidade.

  22. Rei Naldo says:

    E quanto a segurança quem se preocupa?
    Em caso de esquecimento do tablet num local, ou roubo, ou lá em casa ele ficar ali em cima da mesa enquanto vamos ao wc, uma tentação para os filhos!

    Pessoalmente gosto e utilizo o “padrão visível” e a info do proprietário. Em definições / Localisação e segurança definimos um padrão.

    Assim quando o ecran adormece ou nós o apagamos, ao premir em start aparece o primeiro ecran onde temos de passar o dedo desenhando o padrão pré-escolhido e à esquerda em baixo aparece o que escolhemos como info do proprietário, como por exemplo “este tablet pertence a fulano de tal”. E sem o desenho do padrão correcto não se entra. É simples.

  23. Renato Almeida says:

    so tenho uma coisa a apontar a este tablet
    é a nao possibilidade de ver videos mkv a 720p, com a codificaçao mais usada pela net,
    mas acho que isto é culpa da asus/nvidia, pela nao disponibilizaçao/criaçao do driver para isso
    mas de resto o tablet ta mesmo qualquer coisa

    • É questão de se utilizar um video player que suporte esses formatos, como o RockPlayer ou o MoboPlayer.

      • Rei Naldo says:

        Pois é.
        Com o MoboPlayer o MP4 é uma maravilha, e até o WMV e o FLV saiem com boa qualidade.
        No entanto nas definições do Eee Pad consta como videos suportados: H263, H264 e MPEG4 simple profile (?). Só.

        • Renato Almeida says:

          pois o transformer so suporta o simple profile, ou seja, os videos que normalmente vejo estao num profile melhor, e no transformer so vejo video, o audio nao dá
          e ja experimentei varios players e nada

  24. Miguel says:

    é impressao minha ou ele a ligar levou uma eternidade? ou por norma sao todos assim?

  25. Ricardo says:

    É compativel com xvid? avi?

  26. Ricardo says:

    Já agora, desculpem pelo double-post.
    O desktop é editavel? Escolher que icones meter no desktop tirar tudo e mais alguma coisa….aquela barra azul à volta do ecran quando se esta a escolher o menu, etc..

  27. Valente says:

    Nova Actualização hoje 16/07.
    Ao ligar de manhã apareceu-me uma indicação para actualizar o system do Eee Pad.

    Eu aceitei ela arrancou e demorou uns 5 min. No fim fui ver o que tinha alterado :
    O Firmware (ou Número de Compilação) que estava como WW_epad-8.4.4.5- xx..
    passou a estar em WW_epad-8.4.4.11-xx…

  28. Enfim, devo ou não comprar um ASUS Eee Pad Transformer?
    Aqui no brasil custa em torno de 1400R$ á 1500R$.
    Nós temos um dos maiores impostos do mundo, sendo assim comprar um tablet uma luxúria.
    Qual sua opinião?
    Obrigado

    • Enfim, devo ou não comprar um ASUS Eee Pad Transformer?
      Aqui no brasil custa em torno de 1400R$ á 1500R$ somente o tablet.
      Nós temos um dos maiores impostos do mundo, sendo assim, comprar um tablet é uma luxúria.
      Qual sua opinião?
      Obrigado

  29. Tiago Silva says:

    Bom dia eu era para comprar o ipad2 na fnac do algarve mas estava esgotado então em alternativa comprei o asus Eee pad com a dock estou muito satisfeito corre divx muito bem todas as paginas na web sem problemas como se de um pc se trata-se.
    Depois da recente actualização da asus parece que os gestos ficaram mais fluidos
    Realmente nunca mais liguei o meu pc porque da para ler os email youtube facebook etcetc .
    Na minha opinião è um excelente produto é pena a limitação ainda das aplicações para tablet da android
    A dock è uma mais valia porque dà para carregar o proprio tablet ou seja a bateria do teclado carrega a batteria do tablet

  30. Valente says:

    Hey Tiago Dias

    Então já há o Android 3.2 para o Eee Pad ??? Ver o link:

    http://www.androidcentral.com/asus-transformer-receive-android-honeycomb-32-update-tomorrow

    • Valente says:

      ASUS announced via Twitter today that their EeePad Transformer will receive the Honeycomb 3.2 update tomorrow, July 28. Though we knew ASUS was testing 3.2, it’s refreshing to see a manufacturer turn an update around so quickly . Honeycomb 3.2 brings with it compatability zoom for phone apps, support for microSD loading, and other tablet-based optimizations. No word on whether ASUS will be gradually rolling out the update (and how long that would take) or releasing to all at once, but we’ll keep our ears open for more word. Be sure to check your Transformer for updates tomorrow and keep us posted in the comments below.

    • Valente says:

      Já está. Procurei por actualizações e lá estava, actualizei e o meu Eee Pad já está em 3.2 Honeycomb.
      A Asus cumpre.
      Curiosidades: Tinha a bateria só com 18% de carga e liguei o carregador durante o download e este parou. Tive que repetir. Quando acabou, a bateria tinha 23% e apareceu um aviso de que só com 25% podia ser feito o update e ficou à espera. Quando chegou a este valor continuou automáticamente. Não liga ao facto de estar ligado à corrente.

  31. João Ferreira says:

    Sei que é possível instalar, ou pelo menos correr o Windows 8 dentro do asus transformer, mas como instalo o Windows através da pen?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.