Quantcast
PplWare Mobile

Criptomoedas! Foram roubados mais de 560 milhões de euros

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Saldanha says:

    Então mas as cryptocoisas não eram seguras e à “prova de bala”? Já havia planos para substituir o FIAT money e tudo… E agora, como ficamos??

    • Rogerio Paulo says:

      Depende sempre do número de validadores, sendo apenas 9 validadores, bastava hackear mais de metade, neste caso 5, para validar uma transação (a maioria ganha). Na criptomoeda Bitcoin por exemplo, é quase impossível hackear centenas de milhões de validadores (mineradores) e assim fazer um roubo.

    • Eu says:

      Das duas uma (ou três)
      ou não percebes uma pívia de cripto ou não leste o artigo.
      …ou estas é a querer sangue na arena.

    • Zé Fonseca A. says:

      Acontece que a chain da Ronin não tinha nada de descentralizado, por isso lixaram-se.
      Chains mal concebidas, só investe quem é burro com tanta chain boa e com grande volume.

    • PAC says:

      Se reparar no artigo, “O atacante usou chaves privadas hackeadas…”, quer isto dizer que quem tem criptomoedas deve ter cuidado como guarda as suas chaves privadas… não tem nada a ver com a blockchain nem com segurança da mesma, é mais como deixar o cartão de crédito com os dados à mostra de toda a gente, ora experimente lá a ver o que vai dar 🙂

    • aaa says:

      então e o BES e BPN não eram seguros?

      • carlos says:

        Eu tinha e tenho dinheiro no BES (NB) e no Banif e não me lembro de ter perdido alguma coisa e que eu saiba ninguém perdeu.
        O que deu prejuízo a muita gente foram investimentos, muitos deles em ativos tóxicos, tipo “cripto moedas” dos tempos modernos.

        • 0xluis says:

          Sim o teu dinheiro está sempre “seguro” no banco. Vais ver aquele saldo fixo que tanto gostas e arregalar os olhos. Não há problema nenhum com a inflação criada para manter esses bancos que te garantem que o dinheiro está “seguro”. Também não há problema nenhum em receberes perto de 0% de juros, e teres o teu dinheiro a servir-lhes de reserva para imprimirem bateladas de mais dinheiro “seguro” que vão usar para ressuscitar-se a eles proprios criando ainda mais inflação. Desde que o saldo seja fixo, o resto não importa!!

          • andré says:

            Isso assumindo o “saldo fixo” como uma premissa certa, mas….. !!!!
            Já ouviram falar do plano Collor?

    • joao says:

      As pessoas nao percebem mesmo boi de tecnologia, e depois sao hackeadas e a culpa nunca e’ delas… a culpa e sempre da tecnologia… Nao foram elas que nao protegeram bem os seus bens…. nao…. foi mas foi a tecnologia que foi hackeada….
      Opah, isto so visto (ou isto so lido…)…

  2. Oscar says:

    So tens que comprar. Vao valer muito se nao te roubarem!!! 🙂

  3. Profeta says:

    560 milhoes e muito dinheiro. Algiuem ficou distraido e pos-se a jeito.

    • Vitor Tavares says:

      O que existe mais no mundo virtual são “distrações”…pode ser que no caso também existam uns “fundos de garantia” que paguem parte do prejuízo!

  4. tuga says:

    O Crime organizado tem aval dos governos hoje em dia, e estas coisas cada vez mais vão acontecer..

    • Sergio says:

      O unico crime aqui foi as pessoas que deixaram as suas chaves nalgum equipamento eletronico .. trocando por miudos é como deixares o teu cartao de multibanco e pin em cima de uma mesa de café e fores embora.
      Quem quer explorar este mundo tem de ser responsável, e se ha coisa que te pedem é para nao guardares a chave em nenhum aparelho eletronico.

      • carlos says:

        Tem a certeza absoluta do que está a dizer?
        O pin do cartão eu sei de memória e não tenho de o guardar em lado nenhum e se o perder posso perder outro. Além disso há limites diários para levantamentos e pagamentos.
        Já as chaves são um pouco mais complicadas de guardar na nossa memória e se as perder não as posso recuperar em lado nenhum.

        • Sergio says:

          está a misturar coisas, eu falei inicialmente sobre o comportamento que nos é pedido de forma vincada, quando criamos uma wallet.
          E a noticia refere que a chave foi conseguida e só depois é que violaram uma blockchain menos segura.
          Ou seja, se a chave de 24 palavras ( como a minha ), estivesse guardada num local nao digital.. podia vir o hacker que quisesse que nao chegava a ela.

          Quanto ao seu raciocínio do cartao, por acaso com as autenticações fortes a situação melhorou.
          Mas relembro que ha bem pouco tempo so com o cartao na mão e com os 3 digitos na traseira voce poderia fazer tudo com o cartao de outra pessoa.

          Mesmo assim um cartão perdido ainda faz pagamentos sem pin, embora que com limites.

        • 0xluis says:

          Então e qual é o problema de se perderes as chaves, perderes o acesso total ao dinheiro?? Isso quer dizer que tu e apenas tu controlas o teu dinheiro e que tu próprio és responsavel por ele. Parece-me que ficas contente por haver limites diarios para levantamentos e pagamentos. Possivelmente gostas de ser controlado e que controlem o teu dinheiro. Mas duvido que fosses da mesma opinião se te limitassem levantamentos como aconteceu na Grécia. Ou se os teus bancos fossem tão irresponsaveis ao ponto de criarem um nivel tão alto de inflação que o dinheiro que tens no banco e escondido de baixo da almofada não vale-se mais que pó, como aconteceu na Hungria e outros paises afectados pela hiperinflação

  5. Bruno Silva says:

    “O atacante usou chaves privadas hackeadas”
    Resta saber se foram realmente hackeadas… A terem sido hackeadas revela um brutal descuido, não guardas as chaves privadas em equipamentos vulneráveis é o ABC das criptomoedas… Imprimir ou escrever à mão e cofre com elas.

    • carlos says:

      Não me parece que um grupo de “donos” das cripto moedas tenham combinado guardar as chaves todas no mesmo sitio e o “hacker mau” apareceu e levou tudo.

  6. Jota says:

    Vejo nesta foto que já há uma criptomoeda com o símbolo da invasão russa à Ucrânia!

  7. Sergio says:

    Voltamos sempre às mesmas duas questões.. scam ou descuido das pessoas, se estas pessoas nao tivessem guardado de forma errada as chaves, isto não teria acontecido.

    • carlos says:

      Tem conhecimentos suficientes sobre o “ataque” para tirar essa conclusão.
      Querem ver que um grupo de “donos” de cripto moedas combinaram guardar as chaves todas no mesmo sitio e o “hacker mau” apareceu e levou tudo.

      • Sergio says:

        Como já lhe disse mais acima, a noticia descreve que o acesso às chaves facilitou.

        Acontece que um utilizador em vez de escrever num papel e guardar numa gaveta segura, tira uma foto e deixa no pc, telemovel ou cloud.. e puff fez-se o chocapic.

        Eu não estou aqui para incentivar, nem dizer bem ou mal das cryptos, mas temos que ter consciência que criptografia veio para ficar. É uma tecnologia que ultrapassa os pequenos trades que o vizinho do lado faz com sorte.

        Quando disseram às pessoas que iriam deixar de trocar bens, mas bens por um pedaço de metal valioso ( que não lhes servia de nada no entanto) elas também demoraram a aceitar.

        Quando disseram às pessoas que esse pedaço de metal valioso ia passar a ser cunhado num metal sem valor, também demoraram a aceitar.

        Quando deixaram de associar proporcionalmente esse metal sem valor às reservas de ouro de cada país, também demoraram a aceitar.

        Resumo do lado negativo do sistema actual? Venezuela

        A bitcoin é melhor? não sei, mas pior que que um sistema baseado em especulação e manipulação, não é com certeza.

        Temos a obrigação de pelo menos estar informados.

        • Francisco says:

          Basta saber que investir em Cripto moeda é o mesmo que investir em ativos tóxicos. Além disso, para que alguém ganhe há sempre alguém a perder e se um dia acabar ninguém tem onde se queixar.
          Eu quando investi recebi claramente a informação que se tratava de um investimento de risco e que o valor investido pode até baixar ate zero.

          • Sergio says:

            E qual a diferença disso para um venezuelano que durante uma vida inteira juntou milhares e milhares de bolivares com valor e agora não valem nada?
            Eu nao vejo nenhuma, aliás vejo, na bitcoin as transferências sao mais baratas xD

          • joao says:

            “…se um dia acabar…”

            LOLOL

            Isto e o futuro do dinheiro oh Francisco!!! A tecnologia tem e’ de amadurecer pois as pessoas ainda nao estao preparadas para ser os seus proprios bancos…

            Porra, muita gente mais sabe andar na net, quando mais guardar chaves privadas de modo seguro………….

            Keep stacking stats!!!!!

        • joao says:

          Nao estou sozinho!!! Alguem que percebe isto alem de mim 🙂
          Como disse mais abaixo:

          “…se isto um dia acabar…”

          LOLOL

          Isto e o futuro do dinheiro!!! A tecnologia tem e’ de amadurecer pois as pessoas ainda nao estao preparadas para ser os seus proprios bancos…
          Porra, muita gente mal sabe andar na net, quando mais guardar chaves privadas de modo seguro………….
          Keep stacking stats!!!!!

  8. Profeta says:

    O facto e que ha essa possibilidade de acontecer, e todos nos sabemos que o que nao faltam por esse mundo fora sao pessoas irresponsaveis e sem o minimo de espirito critico de seguranca.. Entao se esse tipo de pessoas existem, tambem irao existir os aproveitadores.

  9. Francisco says:

    Surpreende-me que ninguém coloque a possibilidade do sistema ser falível e pouco seguro.
    Quando o Grupo Sonae é atacado é porque são pouco seguros, não investem em segurança, etc., etc..
    Quando isso acontece com cripto moedas, a culpa é dos “donos” das mesmas.

    • 0xluis says:

      Neste caso os donos que estás a falar são os mesmo que criaram a rede, e que a tornaram centralizada. E o problema foi esse, essa rede era tao centralizada como ter o dinheiro no banco. Mas também é uma rede que só é usada para um jogo, por isso não era de esperar assim tanto de uma rede que tem poucos meses

    • joao says:

      Leste bem a noticia? Isto era uma blockchain centralizada…. Tinha 9 validadores ou la o que era….
      Usassem Bitcoin e nao essa treta!!!

  10. Samuel MGor says:

    A blockchain falhou!! Não vale a pena virem defender-la!! Os hackers descobriram uma falha… e pimba tokens na carteira.

  11. joao says:

    Tenho dito que isto, apesar de ser o futuro do dinheiro, ainda esta muito muito na sua infancia…

    As pessoas nao estao preparadas para ser os seus proprios bancos……

    Cada vez que alguem nao guarda as cenas de modo seguro, acontace desgracas… e depois vamos culpar a tecnologia so para nos sentirmos bem….

    Ja diz o outro… Keep stacking stats!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.