Quantcast
PplWare Mobile

PhotoMath: A app mais odiada por professores de Matemática

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. diogo says:

    Se já houvesse esta app na altura que estudava tinha passado a todos os exames de matematica .

    • Oliveira says:

      Sim, mas serias ainda um pouco mais burro do que és hoje.

      • Luis says:

        Isso não é bonito.

        • Quack says:

          Bonito é usar aplicações para resolverem os problemas de disciplinas e, dessa forma, passar as mesmas?

          • Cruz says:

            Bonito ou nao, provavelmente seria politico, estaria bem na vida, ganhava bem e isso é tudo o que interessa nesta vida, a vida é curta e ha que vive-la bem, ser-se honesto neste mundo é ser-se estupido.

          • Hugo says:

            Tas quase la LOOL

          • IT Consultant says:

            Ó Cruz, cada um sabe de si. Pelo teu comentário o teu QI não deve ser acima do mediano, logo darias um bom político.

            E pela tua lógica, não és político e não és honesto nem inteligente, logo és trafulha, aldrabão. Caso contrário só podes ser estúpido!

          • Luis says:

            Estava a falar do insulto. Mas de qualquer maneira, como é que esta app pode ser usada para passar a disciplinas?

          • David says:

            Acho que pode ser usada como soluções. Depois de a resolvemos, e não como cábula ou deixar que pense por nós. É uma ferramenta excelente para quem é autodidata.

          • Quack says:

            Cruz, se estar bem na vida implica ser aldrabão e outras coisas escusadas de mencionar a qualquer ser inteligente, então eu quero estar mal na vida. Antes de estar bem na vida e ganhar bem, tenho princípios e para mim tê-los é mais importante do que aquilo que está implícito no teu comentário. Mas cada um é que sabe o que lhe interessa na vida, a consciência é sua.

            Luis, não sei pois não usei a aplicação, para isso teremos que perguntar ao Diogo.

    • sómaisum says:

      Depois eras político! 😀

    • Raúl says:

      Tens aí um problema, ou não percebes peva de matematica, ou tiveste maus professores (que também me aconteceu) e como passavas nos exames com o telemovel em cima da mesa?
      HÁ PESSOAS AUTODIDATAS… não quer dizer que voces sejam claro…

  2. Nuno Santos says:

    “odiada por professores de Matemática”
    Nada disso, os profs é que estão preocupados com isso.
    Ensinam a quem quer aprender…

  3. RedM says:

    Esta app vai dar um grande contributo para que cada vez se perceba menos de matemática. Parabéns.

    • Raúl says:

      Mesmo não sabendo equações ou tendo uma minima ideia, com esta app não precisas necessáriamente de chamar o prof. Seja para confirmar que a solução está certa, seja para ver como se resolve, a app é impecável. Ninguém aprende se não estudar e quanto mais “ajudas” tivermos melhor.
      Alguém aqui nestes comentários acerca da app conhece o livro SOS MATEMATICA ?? funciona no mesmo contexto só que é um livro. Ao estudar uma equação ou a piramide de Pascal, etc. através do livro ou das app’s posso chegar ao objetivo mais depressa, independentemente das ajudas que se tiver só aprendemos matemática praticando… E não passas na disciplina através das app’s… passas fazendo os testes, e que eu saiba não se pode ter nada em cima da mesa a não ser caneta e teste, mas há pessoal milagroso… e cego…

    • Joao 2348 says:

      Que o pessoal saísse da escola a saber somar, subtrair, multiplicar, dividir, calcular pesos, calcular áreas e volumes é que era de valor!

      Querem que toda a gente compreenda matématica que só interessa a engenheiros e matemáticos avançados! Eles são necessários, mas era escusado impingir matemática avançada a quem dela não precisa e para a qual não está vocacionada.

      Estas escolas em Portugal são o centro de produção e distribuição de lixo intelectual! De vómito/ diarreia intelectual digo.

      E também posso falar dos trabalhos para casa… depois de horas e horas a debitar lixo intelectual ainda obrigam as crianças a levar para casa mais lixo intelectual, para assim garantir ainda problemas em casa das crianças.

      É o desplante total… alguém deveria despedir e tirar a reforma a todos esses que promovem, divulgam e impingem tal lixo intelectual às crianças.

  4. Nuno Jose Almeida says:

    Pelo contrário. Boa ferramenta de ensino.

    • RedM says:

      No meu tempo tínhamos máquina a partir do 10 ano, e a maquina que podíamos ter era uma maquina que nós chamávamos cientifica, mas na realidade apenas dava pra fazer umas raizes quadradas e uma funções trigonométricas. Quando saí do 12º sabia resolver integrais simples. Os alunos de hoje em dia sabem fazer umas derivadas mas tenho muitas duvidas que saibam o que significa derivar. Hoje em dia usam-se máquinas gráficas sofisticadas, ainda não consegui perceber em que é que as máquinas ajudam os alunos. Mas há quem defenda que é uma óptima ferramenta de ensino.

      • João says:

        claramente muita gente devia voltar a fazer matemática do décimo ao décimo segundo , especialmente matemática A , para nao falarem do que nao têm minimamente ideia do que se da , para o que a calculadora serve e para aprenderem tudo pois provavelmente daquilo nao sabem nada × nada

  5. Luis Ribeiro says:

    porque tenho a noçao que nao existe para windows phone?

  6. v. t says:

    Defendem as maquinas porque percebem nada da matéria, não será?

    • Raúl says:

      Se eu for só às aulas de matemática e não conseguir apanhar 60% da matéria ou mais que o prof. deu, posso escrever uma equação na folha, por a app a funcionar e perceber qual o termo que devo por em evidencia e assim perceber como se resolve uma equação, após alguma pratica já não vou precisar da app para nada, mas não te esqueças de agradecer aos programadores.
      Fora esta APP que todos comentam, estou a ver que não conhecem mais nada:
      Existe muitas outras com o mesmo objetivo, assim como livros que fazem exatamente o mesmo…
      então devemos banir os livros e as app’s? sabiam que uma pessoa pode ser AUTODIDATA? não sabem o que significa, pois é normal, ainda dizem que os burros estão em extinção…

  7. David Ramos says:

    Para a maioria das pessoas não é necessário saber fazer cálculos avançados e por isso apoio a utilização destas tecnologias. Digam o que disserem só +- 1% necessita de saber fazer cálculos sem o auxílio de calculadoras. Existe outras coisas importantes para ensinar

    • Carlos V says:

      Yep. A ginastica cerebral näo é precisa.
      Entao, eu em vez de ir ao ginasio, sento-me no so fá e vejo um filme de treino. Boa.

    • joao magalhaes says:

      Sem duvida, estão a aprender coisas que para a maioria não serve para nada.

      • Hugo says:

        Biologia não serve de nada para a maioria.
        Físico-química não serve de nada para a maioria.
        Francês não serve de nada para a maioria.
        Ed. Física não serve de nada para a maioria.
        Muita coisa não serve de nada para a maioria.

        Há que definir “maioria” e “não servir de nada”.

        Agora dizer que a matemática é de certa forma desprezível é completamente de génio.
        Parabéns!!!

    • António says:

      Caro Crus, só fala assim quem é mau aluno ou foi mau aluno ! Aprender não significa que vai ser necessário, significa ganhar novas competências e estar preparado para eventuais necessidades. Você enquanto estudante não consegue prever o que vai ser necessário ou não…. por isso a escola prepara-o para a vida/futuro. De qualquer forma, o conhecimento adquirido não tem que vir a ser necessário. O conhecimento é o que nos diferencia do resto dos animais… Muitas pessoas dedicam-se a aprender coisas novas, não por ser necessário mas porque são curiosas, querem aprender como funciona a natureza, o mundo, querem comprender quem são, o que somos.. etc etc. Agora usar atalho é digno dos fracos, dos que não se querem esforçar, dos batoteiros e desonestos.

  8. João says:

    a app nao é odiada pelos professores de matemática , se os alunos a usarem só se estão a prejudicar a eles mesmos , para o sucesso nao há atalhos ate porque nos exames nao podem usar o telemóvel mas sim a cabecinha dos proprios

  9. Marco B. says:

    Eu uso o MalMath, não tem essa funcionalidade da câmara, mas da para fazer cálculos vem mais avançados.

  10. Redin says:

    É por causa deste tipo de situações que se vê os putos do secundário a fazer álgebra a contar pelos dedos, a somar quando deviam calcular mentalmente uma multiplicação (chamam agora algoritmos) e demoram muito mais tempo a completar um raciocínio que deveria ser fácil e rápido.
    Com a papinha toda feita, os professores nem se dão agora ao trabalho de puxar por eles. (“Estão a aprender a usar as ferramentas tecnológicas”, dizem eles).
    Portanto, em muitas situações, até diria que os professores gostam. Mas como é óbvio, não vou estar aqui a generalizar. Apenas conheço casos muito próximos.

  11. Claudio Domingos says:

    Excelente artigo.
    Malta, quero fazer uma correção / melhoria no texto pois quase no final diz:
    “… que actualmente apenas está disponível para iOS…” e depois no final é dito “Actualmente o PhotoMath está disponível para iOS, Android e Windows Phone.”

    Em que ficamos? Só existe para IOS ou existe para os 3 sistemas indicados?
    Continuação de excelente trabalho 😉

  12. tiago says:

    É por isso e por outras que faz-se a pergunta típica… 9×9… e ficam a pensar mil vezes…

    Mais uma cena para proibir os smartphones nos testes, que acho muito bem!

    • Joao 2348 says:

      Será que também banem os smartphones, calculadoras, etc. nos locais de trabalho no dia a dia? Ou obrigam a ter tudo o que possa auxiliar o trabalho a ficar bem feito?

  13. Rui says:

    Eu até acho uma boa aplicação se funcionar correctamente.
    Por experiência própria quando andei a estudar os livros tinham a solução dos problemas no fim, logo se o resultado não tivesse correcto ia fazer de novo até descobrir onde me tinha enganado e chegar ao resultado correcto.
    Os alunos só têm de ser sinceros com eles mesmos, pois se usarem a aplicação para aprenderem como se chega ao resultado final tudo bem, se usarem a aplicação para se enganarem a eles próprios aí sim é um grave problema.
    Quanto a W10phone no meu tem e talvez vá experimentar só por curiosidade.

  14. Daniel says:

    Não sei se ainda é assim, mas quando se chega ao ensino superior as cadeiras de análise de matemática são feitas sem acesso a máquina de calcular, daí quando a malta chegava à universidade encalhar nessa disciplina!
    Eu nunca fui grande aluno de matemática e só na universidade é que aprendi matemática a sério, tive de esgadanhar muito e voltar a estudar tudo desde o 10º ano para poder fazer essas disciplinas!
    Usar estas aplicações dá jeito no fim de se saber o que se está a fazer para poupar tempo com calculos, mas isso é para quem já usa a matemática como uma ferramenta de trabalho noutras disciplinas por exemplo.

  15. Vanderlei says:

    Na realidade a matemática deveria estar mais voltada para cálculos de controle financeiro de casa, para ensinar melhor o controlar seu salário e as despesas de sua casa ,calculo de juros de bancos e financiamento que a grande maioria não tem nem noção e não cálculos complexos que a grande maioria nunca vai usar.
    Ja esta na hora de rever os métodos de ensino e focar realmente no que todos precisão.

    • JJ says:

      Nem mais!

      Recentemente vi um professor a fazer um comentário bem realista: a escola do séc. XXI, continua a usar os métodos do séc. XIX.

    • Hugo says:

      Isso não é matemática mas sim gestão. E sim, concordo que não faria mal nenhum obrigar a essa disciplina no secundário.

      • khidreal says:

        sem matemática não há gestão financeira, a gestão está diretamente relacionada com matemática, já a matematica está indiretamente relacionada com a gestão.

        • Hugo says:

          Exactamente. Daí serem ensinadas em disciplinas diferentes.
          Agora o que não faz sentido é ensinar gestão como se fosse matemática.

          • JJ says:

            O mais lógico seria ensinar, pelo menos até ao 9º, a matemática necessária para o dia a dia. Podia-se falar de coisas mais complexas, mas não gastar muito tempo nisso. Depois, a partir do 10º conforme a área escolhida, tinha-se (ou não) a matemática necessária para essa área.

            É verdade que muitos aspectos mencionados são gestão, mas assim como se dá estatística em matemática, devia-se dar gestão. Visto ser mais útil gestão, para o dia a dia da maioria das pessoas, do que determinado tipo de equações.

            Mas este aspecto não é só em matemática, em português e outras disciplinas é a mesma coisa.

            Em português por exemplo, devia-se dedicar-se mais tempo a ensinar a fazer CVs, cartas de apresentação, relatórios, apresentações… e não gastar tanto tempo em literatura (apesar de também ser importante).

          • khidreal says:

            Claro Hugo, eu só estava a complementar o que disseste 😀

      • Machado says:

        Ja existe:
        MACS, no secundário…

  16. Asdrubal says:

    Existem calculadoras gráficas para android?

    • Asdrubal says:

      De preferência, Casio.

      • khidreal says:

        sim. existe uma chamada Wabbitemu, eu usava isso. requer apenas que se faça download de uma pequena ROM que é a calculadora em si através de um site, a propria calculadora (app) direciona para esse site. pode-se escolher de entre varios modelos, suporta os modelos TI-73, TI-81, TI-82, TI-83, TI-83 Plus, TI-83 Plus Silver Edition, TI-84 Plus, TI-84 Plus Silver Edition, TI-85, and TI-86, eu adorava a TI-84 plus mas parece que adicionaram a 85 e a 86 tbm. todos estes modelos são casio.

  17. Antunes says:

    A maior parte dos putos do secundário nem uma conta de dividir sabe fazer à mão!

  18. André Cardoso says:

    Não é mau, mas o Wolfram Alpha é incomparavelmente melhor.

  19. Carlos Ferreira says:

    Que comentários. A desdenharem da evolução. Não é a ferramenta que vai fazer os putos mais burros ou estragar a vida aos professores.
    O aluno deve perceber o conceito (e isso aplica-se também à tabuada, que tantos sabem, mas só de cabeça) e saber fazer. A ferramenta pode ser útil tanto para professores como alunos.

    Se isto das ferramentas desse uma visão negativa em todas as áreas, diria que os programadores não deviam programar em IDEs com autocomplete. Não deviam haver máquinas para pintar casas, porque é preciso saber fazer à mão. … E tantas outras coisas que não acabaria hoje de escrever.

  20. Toni says:

    Sinceramente acho que é uma excelente ferramenta para aprender autonomamente.
    Todos sabemos que muitos livros com exercícios de matemática apenas tem o resultado final. Ora se nós não conseguimos chegar à solução e se tivermos a solução com todos os passos conseguimos muito mais facilmente perceber onde falhámos e como ultrapassar problema em questão. Acho que vai facilitar o processo de aprendizagem. Se mesmo assim não percebemos a resolução ainda temos os professores para nos explicarem, não sei digo eu.

  21. Machado says:

    Sou prof de matematica e eu dei a conhecer esta e outras apps p ajudar os meus alunos em casa.
    Claro que houve um “génio” que tentou usar num teste: Mas esqueceu se que faço os testes todos diferentes, têm de colocar o numero de aluno nos calculos (normalmente dentro de uma “caixa” que eu coloco propositadamente).
    E a App assumiu um numero errado por causa da “caixa”… Tal como eu previa…
    😀

  22. Fernando says:

    Enquanto professor de matemática acho estas apps úteis, como os meus alunos têm de saber explicar como chegaram ao resultado e justificar cada passo da resolução de problemas, estas ferramentas, como as calculadoras (científicas ou não), sites como o wolfram e outros servem para a componente do cálculo, da computação, mas ninguém passa sem saber explicar como resolveu e porque seguiu aqueles passos.
    Assim ocupam mais tempo a pensar matemática e menos a fazer o que qualquer aplicação faz muito mais rápido, e não é por isso que sabem menos matemática…

  23. Rafael says:

    Equações diferenciais e equações diferenciais de ordem superior a primeira resolve?
    A aplicação serve para o que serve, nem má nem boa.
    Se eu fosse professor, ao colocar uma equação seja ela qual for, dizia assim: demonstre que…e dava uma simplificação possível do resultado final.
    Qual aplicações qual quê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.