PplWare Mobile

Apple tem no macOS Catalina uma novidade com que gozou durante anos no Windows


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Luís Nabais says:

    É impressão minha, ou no Windows era apenas um aviso com um Ok, que não tinha nada para fazer, requeria intervenção manual, mas no macOS Catalina tem Ok e Don’t Allow, resolvendo o assunto logo ali? Se for assim, não é a mesma coisa, isso muda tudo!

  2. Hugo Cunha says:

    Quem tem telhados de vidro…

  3. Jakim says:

    O que esperar dos iDiotas da maçã podre?!

  4. Bob says:

    Quem trabalha muito na área, e se lembra da novidade do UAC, também consegue lembrar-se que ajudou, drasticamente, a reduzir os problemas de segurança no Windows.
    Nomeadamente, a pior ameaça de sempre, que é o próprio utilizador 🙂

    Nada contra que implementem no MacOS. Ainda bem!
    A maioria do utilizadores ainda tem a mentalidade que o MacOS é imune a problemas de segurança… assim a Apple força outra camada de protecção.

  5. Fixo says:

    Patetice. No Catalina os alertas quanto à instalação de apps de fontes não seguras são exatamente iguais às anteriores.

  6. Gaspar Oliveira says:

    É um bocado diferente, na altura a microsoft era basicamente para executar a aplicação.
    Aqui estamos num cenário diferente, as coisas evoluiram muito, neste momento é preciso dentro de uma aplicação controlar diferentes tipos de autorização, assim como nos smartphones, controlar acesso a camara, localização… em 2007 não havia nada disto, nem estas necessidades.

    • Filipe Morais says:

      Ou então a Apple estava com anos de atraso como é normal.
      O MacOs pede autorização para aceder a pastas !
      Pode ser que um dia destes consigam implementar a dock em 2 monitores, tal como o windows já tem.

    • AlexA says:

      É justamente o contrário. Em 2007 não era basicamente para executar, e sim para instalar a aplicação, e se somente ela fosse fazer alterações no sistema. E isso ainda é configurável. E era necessário, pois sem o UAC as aplicações podiam ser executadas livremente sem a permissão do usuário, alterando configurações do sistema. O que ocorre agora é que a Apple se deu conta que esse sistema é necessário no mac.

  7. Pedro Fernandes says:

    Opssss, acontece aos melhores 😛

  8. Jorge Carvalho says:

    Misturar isto com o UAC é pura anedota.

    Abc

    • Radamel says:

      adoro estes comentários que nada adicionam a discussão, sem ser tentar inflamar a mesma. Era pedir muito para que adicionasse o porquê de considerar anedota? Isso sim, era de valor. Vá-la, concerteza que consegue com algum esforço

      • Daniel says:

        UAC – pede autorização para executar uma aplicação como modo de administrador

        Permissões – pede autorização para que a aplicação aceda a determinadas funções (Bluetooth, pastas, localização, etc.). O diálogo só aparece UMA vez, não sempre que se volta a aceder à aplicação.

  9. JM says:

    no windows acontecia uma coisa maravilhosa que os softwares deixavam de ter um comportamento normal e era visivel em softwares baseados em .net vs os softwares feitos em Delphin (WTF Delphin, pois é incrivelemnte ainda é muito usado) portanto vs mac:
    as apps nao deixam de funcionar chateia uma vez nao chateia mais no windows nao sempre que executava a app perguntava questoes UAC.

    Esta similar? sim !
    é Chato? é! mas é uma vez nao é como o windows sempre…
    Aplaudir de pé admitirem e dar razao a Microsoft é de gente que sabe estar!

    ha comentarios desnecessario clubistas quem gosta de windows fixe para si fixe para mim fixe para todos e susecivamente para os restantes SO…

    • Balmer says:

      “é Chato? é! mas é uma vez nao é como o windows sempre…”

      Desde que compreendas que no Windows sempre tiveste a possibilidade de controlar isto de forma a que não te fosse mais pedida a permissão a nível de aplicação, por mim tudo bem.

  10. Jorge says:

    Essa função no windows é importante , por gozada que seja. claro que na altura do vista aparecia a cada aplicação que abria mas podíamos personalizar os avisos à nossa medida. Importante era para frotas de computadores em que o admin podia bloquear o acesso aos utilizadores a funções que não eram necessárias e assim eliminar muitos problemas que poderiam acontecer graças ao utilizador, por isso sim é uma boa funcionalidade gostem ou não dela.

  11. Aquele_que_sabe says:

    maxima segurança? Apenas diz ao utilizador que ele tem que aceitar. Basicamente, dentro de 10 a 20x repeticoes, o utilizador faz sempre ALLOW, e nao sabe o que está a aceitar. O que é de mais……….

  12. Paulo says:

    Oh, que horror! O pânico! O drama! A Microsoft também não dizia raios e coriscos do Linux? Era um cancro e mais não sei quê… E agora, é só love pelo pinguim! Deixem-se de discussões estéreis! 😛

    • Paulo L says:

      Shhhhh, não os mandes calar, é de partir o coco com os comentários, actualmente a melhor fonte de comédia visto que a qualidade do stand up comedy tem estado a decair

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.