Quantcast
PplWare Mobile

Análise: DOOM 2016 (PC)

                                    
                                

Autor: Andreia de Almeida


  1. Sérgio says:

    O “suspense e claustrofobia de DOOM 3” era fenomenal, lembro-me de jogar às escuras e apanhar valentes cagaços :D!

    • PMS says:

      +1
      Havia um nivel que eu já andava devagarinho numas escadas para nao me assustar mais… Sai-me o fdp de um bicho debaixo dos degraus aos berros xD . até ia batendo com a cabeça no tecto 😀

    • FELIPE CAMPOS MELO says:

      Prefiro muito mais Doom 3 , eu particularmente achei entediante esse novo Doom 2016, muito repetitivo e sem nenhuma tensão, acabou o horror. Amava os cenários sombrios e o medo que dava em jogar Doom 3.. Uma pena!

  2. Mylittlelife says:

    Eu que fui um viciado no DOOM ao ver vários testes desde e doutros nos últimos anos:
    – história mínima
    – mudam o design das armas e bichos (uma vez Zombies, ora vez mutantes ou extraterrestres)
    – cenários entre estações abandonadas e pós guerras químicas

    E de resto são todos iguais. ZERO imaginação e ou inovação. É quase pegar nos jogos antigos, meter gráficos actualizados e já está. Já parece a série Need for Speed, cada ano parece uma copia do tunning anterior…

    Eu fico feliz por haver pelo menos nos de estratégia e rpg ainda alguma creatividade, porque nos de automóveis (F1, Forza, Need for Speed, etc) ou nos de shooting e afins “vira o disco e toca o mesmo” …

    • max says:

      Penso que é isso que se pretende num jogo deste tipo, que mantenha a onda. Tendo em conta os recentes fps’s (parados com puzles e nenhuma acção), este parece-me vir lançar uma lufada de ar fresco, mesmo mantendo o estilo dos anteriores. Afinal pelo que li no artigo é um remake do original de 1993.

  3. Paulo says:

    Estou só a espera que saia a nova gráfica da Nvidia 1070 GTX para jogar o DOOM.

  4. dione says:

    pra mim é nota 10

  5. Felipe says:

    Aviso aos navegantes:

    DOOM 2016 não é um REMAKE do Doom de 1993. PESQUISEM sobre a ligação que há entre os eventos de DOOM 64 e esse novo Doom. DOOM 64 É QUE É O VERDADEIRO DOOM 3. O Doom 3 é apenas parte da história.

    DooM 2016 acontece após os eventos de Doom 64, nos quais o fuzileiro termina por ficar no inferno para impedir o renascimento do poder dos demônios. O Doom Marine foi achado no inferno justamente porque já estava lá desde o Doom 64.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.