Usamos cookies para garantir a melhor experiência de utilização no Pplware.com - Saiba mais sobre os nossos cookies
Ok

Tecnologias 1G, 2G, 2.5 G, 3G e 4G – Sabe a diferença?

Ao longo de mais de 30 anos, foram muitas as tecnologias que acompanharam as redes celulares. Recentemente, enquanto lia sobre o adiamento por parte da Anacom relativamente ao “leilão” das frequência para a quarta geração (4G) das redes móveis,  lembrei-me de criar um artigo com a resenha histórica e funcionalidades das principais tecnologias móveis de comunicação. Vamos então saber as principais diferenças entre as tecnologias 1G, 2G, 2.5 G, 3G e 4G.

mobile_00

1G

Os sistemas móveis de comunicação de voz de primeira geração foram introduzidos em 1980. Estes tipo de sistemas permitiam a transferência de dados (voz apenas) através de ondas cuja forma variava de forma contínua. Este tipo de sistemas tinham grandes limitações, por se tratar de sistemas analógicos. Os sistemas celulares de primeira geração não suportam qualquer tipo de encriptação da informação (problemas de segurança), a qualidade de som é fraca e a velocidade de transferência rondava os 9.6 Kbps.

2G

Os sistemas de segunda geração (2G) apareceram por volta de 1990, no sentido de colmatar as limitações dos sistemas móveis de comunicação de primeira geração (1G). Os sistemas 2G são completamente digitais e têm como principais características a segurança, robustez/fiabilidade, utilização eficiente do espectro e suporte a serviços de transmissão de dados de baixo débito. A tecnologia móvel mais popular 2G é o GSM (Global System for Mobile Communications).

2.5G

A tecnologia móvel 2.5G serviu de transição entre os sistemas de segunda geração (2G) e os sistemas de terceira geração (3G). Nos sistemas 2.5G foram introduzidos alguns serviços, que são hoje bastante populares, como por exemplo o SMS (short messaging service), GPRS, EDGE ou High Speed Circuit switched data.

3G

A tecnologia móvel 3G tem por objectivo o suporte a uma ampla gama de serviços, que vão desde o suporte a aplicações multimédia (vídeo, áudio, dados) ao acesso a vários serviços disponíveis na Internet (WWW, correio electrónico, comércio electrónico, etc). Existem um conjunto de tecnologias que se enquadram nos sistemas 3G e das quais destacamos o UMTS, WCDMA, EV-DO e HSPA (3.6 e 7.2).

4G

4G é a nova geração de comunicações móveis que vem melhorar os sistemas 3G e estão associadas desde logo um conjunto de vantagens que equipará a experiência de utilização dos serviços móveis à das comunicações fixas em fibra: maior velocidade, maior largura de banda, melhor cobertura e maior qualidade de rede. Através do 4G, os utilizadores terão a oportunidade de usufruir de maiores débitos de transferência de dados, assim como de uma maior eficiência e performance no acesso a serviços disponíveis na Internet. Comparativamente com o 3G, os utilizadores das comunicações móveis podem, ainda, através do 4G, beneficiar de uma melhor eficiência de utilização do espectro radioeléctrico e de uma menor latência, usufruindo de serviços em mobilidade até agora só possíveis através da Fibra Óptica ou ADSL. Tecnologias como o WiMax ou Long term evolution (LTE) foram introduzidas no mercado em 2006, e devido as suas evoluções, têm sido “rotuladas” de tecnologias 4G.

Tabela resumo sobre tecnologias móveis

mobile_tecno

Esperamos que este artigo sirva de base para uma “saudável” discussão sobre as tecnologias móveis de comunicação. A questão que se coloca é inevitável:

O que mudará com a tecnologia móvel 4G?


  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


49 Comentários

  1. Penso que o artigo não está correcto.
    Os SMS são da 2G. Na geração 2.5 surgiram os MMS!

    • Em 1993, uma operadora da Finlândia enviou o primeiro SMS. Segundo algumas pesquisas que realizei, o MMS até é considerado de terceira geração. José, não sei se tens alguma informação que possa complementar a tua afirmação. Se tiveres, envia sff.

      • Penso que o José Ribeiro tem razão.

        2G
        http://en.wikipedia.org/wiki/2G -> “…and 2G introduced data services for mobile, starting with SMS text messages.”

        2.5G
        http://en.wikipedia.org/wiki/2.5G#2.5G_.28GPRS.29 -> “…It can be used for services such as Wireless Application Protocol (WAP) access, Multimedia Messaging Service (MMS),…”

      • Pedro, os 1ºs telefones a suportar MMS em Portugal foram o Sharp GX10, um Nokia de slide (não me recordo o modelo) e um SE que se tinha de juntar uma camara, em 2002. Isto a funcionar em GPRS. O 3G seria lançado em 2004. Isto apenas para os telefones, pq ambas as tecnologias já tinham sido lançadas mais cedo, mas apenas a funcionarem em placa de dados.
        As sms já existem desde 95 ou 96. Era um serviço exclusivo dos serviços pós-pagos, sendo mais tarde alargado a todos os serviços.

        • Nokia 7650, tive um ;)
          Mas os SMS vieram primeiro que a 2G :|

        • O nokia slide foi o 7650. Confirmo a data de final 2002 (setembro/outubro)

        • Penso que o SE foi o T68i.
          Tive este modelo juntamente com a câmera.

        • “As sms já existem desde 95 ou 96. Era um serviço exclusivo dos serviços pós-pagos, sendo mais tarde alargado a todos os serviços.”

          Achei interessante esta parte e por isso, permita(m)-me corrigir qualquer dúvida que possa(m) ter.

          As SMS já existem desde 1985. É um protocolo de envio de texto, bastante básico, com um limite de 160 caracteres codificados segundo o idioma pretendido (com um máximo de 7 bits cada um).

          Quanto a “exclusivo dos serviços pós-pagos”, bem, em 1995 ainda não existiam pré-pagos em nenhuma operadora mundial, excepto a TMN, que foi o inventor e percursor dos cartões pré-pagos, os famosos MIMO, que surgiram precisamente nesse mesmo ano.

          Espero vos ter iluminado um pouco mais.

      • Bom dia, o José está correcto, e ainda sobre o SMS, em Portugal foi a TMN a pioneira a usar o SMS, uma vez que no período de desenvolvimento e implementação da Rede 2G confirmaram que havia espaço para usar na largura de banda, e lembraram-se do SMS, a Finlândia fez isso em conjunto com a TMN. Da mesma forma como a TMN inventou o SIM e não patenteou e todas as operadoras o usam. Enfim.

      • Bastava a memoria para comprovar o que o Jose disse, bem antes de termos GPRS tinhamos SMS, e a comunicação de dados era feita por uma linha dedicada, tanto que na altura o telefone do meu pai tinha 2 números de telefone, um para voz e outro para dados. Em jeito de curiosidade dava para telefonar para os dois numeros:P

        • eh eh eh, bastava a memória se tiveres idade para recordar tal facto. Por curiosidade, isso foi há quantos anos?

          • Boas Pedro – ninguém falou da tecnologia 3.5G que antecede ao 4G mas conhecida por (HSDPA) High-Speed Downlink Packet Access. O HSDPA é um serviço de transmissão de pacotes de dados que funciona dentro do W-CDMA.

      • Vejam o site da wikipedia e tirem conclusões:
        http://en.wikipedia.org/wiki/SMS

    • Pois… tambem é essa ideia que eu tenho, alias tive telemovel por volta de 1998 e ja existia as SMS, mas so os planos de assinatura podiam usar o serviço….

  2. Parabéns Pedro, mt bom artigo, estava mm a precisar algo do género para me esclarecer.

  3. Muito bom artigo. E pelos vistos, suscita discussões interessantes sobre o tema.

    Tendo isto, podemos ter uma ideia das tecnologias e como as mesmas foram implementadas por cá

  4. Só uma pequena adenda:
    desde Dezembro do ano passado que as tecnologias apresentadas na tabela como pré-4G são já consideradas 4G pelo organismo responsável pelos standards (ITU).

  5. Infelizmente, e como a tabela bem informa, isto nao passa de teoria. Costumo usar a 3G no meu telefone. Normalmente as velocidades nunca passam da teoria. Ha dias em que preciso dar uma vista de olhos na minha mailbox e e um castigo. Outros vai ate rapidamente.

    • As tabelas, normalmente, são criadas tendo em conta testes em ambientes controlados e propícios para os mesmos. O que acontece, normalmente, é que no final a realidade é bem diferente.

      • Errado.
        Os valores apresentados são bem reais.
        No entanto a velocidade útil é uma porção da velocidade total.
        Exemplo: Para transportar 1 único bit de informação útil, podem ser necessários 5 bits de transporte/sinalização/redundância,
        Num exemplo de 6 Mb/s de ligação total, apenas 1 Mb/s é útil para o consumidor.
        Aplica-se o mesmo no WiFi e em todos os sistemas sem fios.

        • Desculpa. Mas onde disse eu que os valores não são reais? O que quis dizer tal como tu fizeste é que na realidade os valores não são utilizados claramente como a tabela estipula.

          • Os valores são utilizados claramente como a tabela estipula.

            Apenas uma porção desse ritmo binário pode transportar tráfego útil ao utilizador.

      • Concordo. A verdade é que o débito é enormemente influenciado pelo meio circundante. Os débitos apresentados apenas são conseguidos (no nível de comunicação físico) em ambientes ideais, com linha de vista e a curtas distâncias. A esmagadora maioria dos utilizadores nunca terá valores próximos dos anunciados.

  6. Alguém sabe a localização das antenas 3G em Portugal Continental pois tenho de escolher operadora para usar na terrinha e todas me indicam que tem igual velocidade de download mas na pratica os valores são diferentes, por experiência de outros vizinhos.

  7. Para quem quiser saber mais sobre comunicações móveis, visitem http://paginas.fe.up.pt/~mricardo/08_09/cmov-mieic/

  8. Excelente artigo! Parabéns Pedro

  9. Boas.
    Posso até estar a dizer alguma asneira, mas nao existe 3.5G ?
    Pelo menos no meu telemovel (Nokia N8) diz 3.5 :D

    Obrigado

    • A tecnologia 3.5G foi introduzida em portugal com a introdução do HSDPA ou seja com a velocidade de 3.6Mbps.
      em que o primeiro tlm da TMN foi um lg U830 ou uma variante do mesmo modelo.

  10. Grande artigo Pedro!

    Quanto à pergunta final, eu espero que mude o preço actual da internet móvel, e que apareçam melhores serviços a melhor preço :P Os preços actuais, para o que oferecem, são , digamos, puxadotes :\

  11. Espero que não venha aumentar a probabilidade de apanha cancro, ou como o que se diz agora nas noticias.

    De facto andar apanhar radiação diária não deve fazer bem, não é?

  12. Na tecnologia 4G o que significa fixed e mobile? Fixo em comunicações móveis?

  13. Ora viva

    Sou ex.técnico de computadores reformado (deixei de trabalhar em 1992), tenho como hobby todos estes problemas e gadjets (agora maníaco dos tablets), e continuo a aprender com 73 anos.
    Só conhecia o 2G, o 3G, o 3,5G e o novo 4G, afinal há mais que isso.
    Obrigado a todos pelos ensinamentos que me estão a dar.

    Saudações
    Manuel Lopes

  14. E a tecnologia 3.5G?

  15. Já agora podia falar na tecnologia 5G que pode vir a ser uma realidade lá para 2020!

    A Wikipedia não refere mas havia trabalhos conjuntos entre alguns governos e empresas privadas para criar a base da tecnologia 5G que unificará as redes modernas “wireless” e “wired”.

    É apenas uma curiosidade mas que vai ditar o futuro por muitos anos, segundo o anunciado ;)

  16. Pedro, bom artigo!

    Sabes dizer-me onde encontrar a fonte para essa tabela?

  17. Olá essas tecnologias 2G,3G,4G etc… influencia na velocidade da Internet de móvel eu sei que também conta o sinal etc… podiam me esclarecer este assunto se faz favor

  18. Olá 4G

    Tenho um cartão 3G TMN de banda larga Plus a 7,2 Mbs e a Pen idem. Mas no local onde habito fazia testes e a velocidade andava nos 2,5 3,0 e ficava por aqui.
    Com vi que a cobertura da TMN aqui já era de 21,6 sendo garantida os 14,4 eu andava a pensar em comprar uma Pen de 21,6 para ver se com o meu actual cartão a velocidade aumentava. Mas destas pens já não há.
    Mas nas compras On Line da TMN apareceu entretanto a nova Pen 4G e eu não exitei e lá foi uma extravagância, encomendei-a.

    E foi um êxito. Coloquei-a no meu router 3G da BeeWi, funcionou à primeira (este router é livre de operador e aceita qualquer Pen), e liguei-me de imediato por WiFi. Feitos testes de velocidade passaram para 6,5. 7 7,5 8, e na navegação tudo mais rápido. Páginas, downloads, vídeos… tudo melhor.
    Estou contente pelo investimento, e quando sair o 4G já estou preparado. O pior serão os tarifários que vão sair … veremos.

    Saudações

    –> Coment. enviado do meu Eee Pad.

  19. artigo muito útil, Pedro!
    Vou acrescentar o link da página nas fontes do meu trabalho ;)

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.