Emmabuntüs 2 – Uma distro Linux para iniciantes


Destaques PPLWARE

38 Respostas

  1. Rachaminoff says:

    excelente sugestão. Obrigado

  2. jorjão says:

    Sou adepto do linux mas acho que com 3.2GB deve trazer muitos programas a mais. Deveria trazer menos tralha, menos programas. Poderia, por exemplo, permitir a escolha dentro dos vários tipos de programas evitando duplicação de programas com a mesma funcionalidade.
    De resto parece ser uma boa opção para quem se quer iniciar em linux.

  3. hmx says:

    link download off

  4. claudio says:

    nunca usei linux, mas gostava de testar.
    no modo livecd, dá para fazer arranque pelo usb, certo?
    e guarda as coisas, ou sempre que se inicia começa de novo?

  5. Eagler says:

    Até gosto de Linux mas sinceramente acho que esta dock é muita falta de imaginação… para não dizer outra coisa…

    • Rafael says:

      É como as rodas… Umas são cinzentas, outras com outras cores; umas mais largas, outras mais estreitas; umas maiores, outras mais pequenas; mas todas são redondas… 😉

    • Nuno Vieira says:

      Desta forma quem está habituado ao dock do Mac OS sente-se mais ou menos em casa.

      Mas se ias dizer que eram copiões, tem a atenção que a Apple não inventou o dock. A Apple foi buscar a ideia ao Looking Glass da Sun apresentado em 2007.

  6. Shynkendo says:

    Boas, mais um xubuntu/xubuntu?

  7. portugal'23 says:

    e mais leve que o windows 8.1 ?

  8. Eu até gosto de Linux porém o meu problema é com os comandos. Para se fazer algum um pouco mais avançado é preciso saber imenso sobre comandos. Essa é, para mim, a maior diferença entre Windows e Linux. Por isso ainda continuo a usar o Windows (Windows 7).

    • Lm says:

      Se quiseres fazer alguma coisa realmente avancada no Windows precisas dominar o Registry e o PowerShell.

    • paulo g. says:

      Se achas que instalar 90% dos programas pela central de programas não é suficiente e preferes ter de os ir buscar um a um na internet, podes continuar a usar o ruimdows. Só usa a linha de comandos quem quer…

      • Eu acho que estão deveras enganados.
        Quanto ao que o Paulo diz, eu prefiro sim instalar os programas individualmente porém existem formas de o fazer em massa mas que nunca aconselhei nem aconselho. (http://ninite.com)
        Quanto às afirmações do LM ele tem toda a razão do que fala porém a vantagem é que o Windows permite fazer muitas coisas sem a ida ao Registry e ao PowerShell, indo através das inúmeras ferramentas do Painel de Controlo.

  9. Osvander says:

    Adoro esta doch que fica em baixo como atalho igual elementary os luna

  10. Raul Manoel says:

    Movie Player, Gnome Player e VLC. Pra que tantos programas com a mesma finalidade? Entupiram o Xubuntu de programas e ‘fizeram’ uma nova distribuição. Uma distribuição para ser lançada ofialmente deveria trazer algo de novo.

  11. Pedro Melo says:

    Honestamente na 1ª vez que vislumbrei e utilizei o Emmabuntus 2 eu pensei: Uau,isto não é só bom.Isto é fabuloso.As minhas meninas monopolizaram-me logo o portátil(os jogos pah :))),e eu fiquei algo amuado porque queria explorar mais o Emmabuntus.Quando finalmente consegui por-lhe a mão levei com 217 updates.Ok,re-start.O ecrã de inicio estava modificado,a disposição dos icones idem,e quando apareceu a caixa de diálogo: “experimentar/ou instalar” o Emmabuntus colou,gelou,parou no tempo e no espaço.E não importa quantas vezes eu o tente rodar,ele trava sempre no mesmo sítio.Aceito sugestões sobre este bug colossal.
    Tenho-o instalado no modo live,numa pen de 32G c/persistência até ao máximo.Não comungo da opinião de que existe redundância de aplicações,mas sim opcões de escolha diversas.O uninstall está presente.Continuo a acreditar no projecto Emmabuntus mesmo assim.
    E eis,esta é a minha experiência,também minha opinião.
    Cumps

    • Pedro Pinto says:

      Obrigado Pedro pelo teu Feeback

    • Seu problema não parece ser a terceira janela aqui: http://lea-linux.org/documentations/Emmabuntus_post-installation

      Se assim for, é que você não completou o pós-instalação. Desculpe o meu tutorial está em francês.

      Coloque sua senha e finisée pós-instalação, ele deve ir melhor.

      Desculpe, mas eu não falo Português, e eu uso o Google Translate.

      • Pedro Melo says:

        Obrigado Patrick. Já resolvi o problema. Após as 217 updates eu deixei abrir o boot no meu SO (Windows 8 Enterprise),depois executei o NU 16 para verificar eventuais erros na pen onde estava o Emmabuntus,e só depois deixei correr para re-start unidade Emmabuntus. Bug do Norton Utilities 16 sem dúvida,até porque executei todos os anteriores passos descritos várias vezes sempre com o mesmo fatal bug da Symantec.Analisa,contudo escreve sobre a unidade,inutilizando assim o boot.
        As minhas mais sinceras desculpas ao projecto Emmabuntus.
        Cumps

  12. Pedro Melo says:

    O “universo” linux é uma caixinha de surpresas,e devido a isso deparei-me com o MakuluLinux.Actualmente ainda estou a “boiar”,contudo já dá para perceber que está excelentemente estruturado.Rápido e fiável.Estou então a explorar a versão 4.0 Debian Based XFCE Edition. Destaco; Android Device usb auto sync/Nero Linux EXPRESS/Usb stick formatter/Kernel 3.10.3/Nitroshare substituindo o Samba/etc,etc.
    Experimenta e diz cá ao nosso ppl como é “esta coisa zulu” 🙂
    Cumps

    • Pedro Pinto says:

      Faz uma análise para o Pplware 🙂 entra em contacto comigo.

      PP

      • Pedro Melo says:

        Já completei a parte técnica pelo tempo que na análise enuncio.Também já completei a parte descritiva.Faltam-me únicamente limpar os screen-shots do teste.(nele usei um Notebook,até para que quem leia a análise possa equacionar que existem vários degraus que se podem subir)Utilizei português do novo acordo ortográfico,o que no meu quotidiano me recuso liminarmente a fazer.
        Tens um contacto preferencial?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.