Unboxing: Equipamento 4G da TMN

Portugal é, do ponto e vista tecnológico, um marco no que toca a inovação. Embora o país não seja todo bafejado pela oportunidade, certo é que estamos certamente no pelotão da frente no servir as mais recentes tecnologias ao consumidor.

A TMN tem sido uma força impulsionadora dessa inovação e recentemente a Portugal Telecom assinalou o lançamento do 4G com uma oferta de Banda Larga Móvel que revoluciona o conceito de utilização da Internet, em mobilidade, em Portugal.

Recebemos os equipamentos em primeira mão para dar a conhecer o potencial da oferta da Portugal Telecom.



Os clientes da PT passam a ter acesso a duas ofertas – TMN 4G e MEO 4G – que, para além da Internet móvel, incluem outros serviços de elevada relevância para dar resposta às novas tendências do mercado e que tiram partido das potencialidades de outras ofertas já existentes no universo PT.

Com a tecnologia 4G, os clientes vão beneficiar de uma nova experiência de Internet móvel com velocidades até 100 Mbps, menor latência e melhor qualidade de rede.

O acesso a este pacote de testes que nos foi emprestado será usado para testarmos de forma intensiva todas as capacidades e potencialidades que esta nova rede tem para oferecer.

Resolvemos que a avaliação desta nova rede e dos serviços associados não deveria ser realizada nos locais mais óbvios, onde a cobertura da rede está já garantida com um elevado grau e por isso estes testes vão ser feitos em locais que a TMN garante cobertura, fora dos centros urbanos de referencia.

Claro que para realizar estes testes tivemos de nos equipar com equipamentos capazes de usar a rede 4G. Para isso foi fornecido um “pacote” de equipamento que estará dentro em breve disponível em qualquer loja da TMN.

São equipamentos móveis de elevada qualidade, com capacidades mais do que reconhecidas, mas que iremos também analisar de forma exaustiva, quer na vertente de acesso à Internet, sustentado pela tecnologia 4G, mas também como equipamentos para utilização em contextos de produtividade e lazer.

Cartões

O equipamento que nos chegou fez-se acompanhar por dois SIM, específicos para acesso à nova tecnologia 4G. Estes cartões, idênticos em tudo aos normais cartões são a porta de acesso a todas as potencialidades que esta rede tem para oferecer.

Existe a necessidade de usar cartões específicos, que podem ser encontrados em qualquer loja TMN. Se aderirem ao serviço, devem requerer numa loja TMN que vos sejam fornecidos cartões específicos para esta nova tecnologia.

Tablet

Uma das máquinas que nos foram entregues para testar foi o novo tablet da Samsung, da família Galaxy. O Galaxy Tab 8.9 LTE é uma máquina quase perfeita. A sua dimensão inicialmente parecia pequena demais para um tablet, mas ao ser manuseado acabou por mostrar que tem dimensões que se adaptam perfeitamente às nossas mãos.

O pacote em que vem incluído fornece-nos o básico e essencial. O cabo de ligação ao PC e o transformador são os componentes que estão disponíveis.

Este poderia parecer apenas mais um tablet Galaxy, mas existem factores que o destacam. O seu processador Dual Core de 1.5GHz promete que este será um tablet com elevado grau de desempenho e capaz de suportar tudo o que o Android, na versão 3.2, lhe exigir.

Podem ainda contar com um ecrã com uma resolução de 1280px por 800px, com 16M de cores. Adicionem-lhe uma camara frontal de 2MP e uma traseira de 3MP com flash e focagem automática.

Claro que este tablet tem ainda disponível acesso Wifi, GPS e Bluetooth. A memória interna é de 16GB. Por fim deixamos apenas o peso deste equipamento, que é uma referência nesta classe. São apenas 470g, o que convenhamos, é muito pouco!

Este será provavelmente o equipamento que iremos usar de forma mais exaustiva para testar as capacidades que o 4G nos pode oferecer. Isto deve-se à facilidade com que permite “simular” um computador, garantindo assim testes mais reais e próximos da realidade do dia-a-dia.

Telefone

Mas porque o 4G não é apenas para quem tem computador ou tablet, também o serviço será testado num telefone. Aí esperam-se conseguir velocidades que nos vão deixar com o apetite aguçado por ainda mais.

Para estar à altura do que a rede oferece, foi-nos disponibilizado um telefone da Samsung, capaz de estar à altura. O eleito foi o Galaxy S II LTE.

Tal como o equipamento anterior, também o Galaxy S II está apetrechado do essencial para uma utilização imediata. Para além do cabo de ligação ao PC e do transformador, o Galaxy S II tem também disponível auriculares para poderem ouvir música ou realizarem chamadas de mãos livres.

Também este telefone é algo no topo da sua gama. O seu processador é também ele um Dual Core de 1.5GHz, o que vai também garantir elevados desempenhos.

O ecrã generoso, de 4.5 polegadas, com tecnologia Super Amoled e 480 x 800 pixéis, consegue apresentar a informação que a versão 2.3 do Android tem para os utilizadores.

Está equipado com os habituais acessos à rede Wifi, complementado com o acesso Bluetooth, para que possam usar o acesso à Internet sem terem de recorrer ao 4G. Mas na verdade este pode até ser uma situação invulgar e pouco habitual, se a rede 4G debitar as velocidades anunciadas e prometidas. Está ainda disponível GPS e AGPS.

Encontram ainda disponível uma câmara fotográfica traseira de 8MP de focagem automática, com flash. À frente a câmara é de 2MP.

A memória do Galaxy S II é de 16 GB e está disponível um slot para cartão micro SD até 32 GB.

Está então apresentado o pacote que vamos usar para explorar ao máximo as potencialidades que a rede 4G da TMN tem para nos oferecer. As expectativas são elevadas pois esta tecnologia promete velocidades até agora disponíveis apenas no cabo ou em fibra.

Este equipamento será também alvo de uma análise até porque dentro em breve estará disponível nas lojas para todos poderem usar, recorrendo eles também à nova tecnologia agora disponibilizada a nível nacional.

Fiquem atentos que em breve daremos novidades sobre os testes que realizámos, tanto na vertente de acesso na nova rede disponibilizada, como no que conseguimos extrair dos equipamentos que vão dar suporte a esses testes.

Como referimos antes, as nossas expectativas estão elevadas. Esperemos que a rede 4G da TMN esteja à altura do nosso desafio e do que pretendemos testar. Acreditamos que sim!

Homepage: TMN 4G





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


50 Comentários

  1. Claro que para realizar estes testes tivemos de nos equipar com equipamentos capazes de usar a rede 4G

    boas,sabes se os telemoveis samsung focus + lg e900,estao aptos para receber 4g?

    obg,cumps

  2. Pode ser que seja desta que revejam os tarifários de dados.
    Neste momento só tenho uma palavra para eles: ridículos!

  3. ainda nao vi tarifarios a informar o trafego disponivel (trafego ilimitado a 100mb?)

    por quanto?

    • Hiper €24,90* (durante 24 meses) €49,99 (ao fim de 24 meses) – Até 50 Mb – tráfego ilimitado

      Mega €29,90*/€59,99 Até 100 Mb – tráfego ilimitado

      Utilização simultânea em 2 equipamentos (Opcional) – €15/mês

      * Para adesões até 30.04.2012, desconto de 50% na mensalidade dos tarifários Hiper e Mega durante vinte e quatro meses e desconto de 50% na aquisição da placa banda larga móvel 4G. Condições válidas mediante fidelização por um período de 24 meses.

      Sinceramente, nem acho a proposta, para quem aderir até 30 de Abril, nada má.

      • Questiona a operadora sobre o limite de consumo responsável !!! E sim mesmo em tarifários ditos ilimitados existe um limite de consumo nos actuais tarifários 3G falamos num limite de 15Gb.

        • Sou cliente TMN desde o início da banda “larga” a 384 kb/s, já a questionei sobre isso e outras coisas da concorrência, o meu plafont é ilimitado e consumo bem sem restrições. O que a TMN faz está tudo aqui:

          http://www.tmn.pt/portal/site/tmn/menuitem.e2754923589f1d4cea811c10751056a0/?vgnextoid=7a6867177bbd1110VgnVCM1000005401650aRCRD

          Só há aquelas restrições no Soft e no Regular. Nada que as pessoas não saibam.

          Mas porquê, tem havido alguém a queixar-se?

          • Retirado do link referido, nas notas adicionais, bem escondidinho… Nem os 15Gb colocaram em caracteres numéricos para não chmar muito à atenção. Assim é só texto corrido…

            “De forma a garantir uma elevada qualidade de serviço a todos os utilizadores, prevenindo situações abusivas ou que coloquem em causa a estabilidade da rede, a tmn poderá aplicar uma política de utilização responsável a todos os clientes que excedam quinze gigabytes de utilização mensal, reduzindo a sua velocidade até ao final desse mês para cento e vinte e oito kbps.”

          • Actualmente 15GB parece-me pouco, principalmente quando publicitam a funcionalidade de o 4G servir para todos os equipamentos.
            Vou utilizar intensivamente a rede móvel enquanto tiver os equipamentos. Ah, e duvido que venha a ter quebras de velocidade devido a congestionamentos numa altura destas :D portanto, isto vai ter de bater no máximo!

          • @José Azevedo
            Escapou-me, passei pelo artigo 31 está bem escondido.

            Já vou questionar um conhecido da TMN de Gaia que me tinha dito não haver nada desses limites.

      • Acabei de falar com a TMN e o trafego é limitado a 15gb… LOL completamente ridículo e desajustado ao preço e necessidades dos utilizadores!!

    • Existem dois tarifários, ambos com tráfego ilimitado e actualmente com 50% de desconto por 24 meses:
      – Hiper – até 50Mbit por 24.90€
      – Mega – até 100Mbit por 29.90€

      Tudo aqui.

      • Boas, o problema é que eles dão um Ferrari mas a politica responsável de 15 gb deita tudo a perder, enquanto as operadoras não mudarem a politica de responsabilidade eu não entro no 4G

  4. A TMN tem já há algum tempo uma pen banda larga 4G/LTE Huawei E398. É pena não poder ser incluída nos testes.
    Eu comprei uma online há bastante tempo porque verifiquei que em Espinho a cobertura da TMN era de 21,6 mb/s garantidos 14,4 mb/s. Ora o meu cartão sendo de 7,2 mb/s com a pen antiga os meus downloads não iam a mais de 2,5 a 3 mb/s.
    Com a pen 4G passei a fazer downloads de 6, 7 e já vi um mesmo de 8,5 mb/s ultrapassando o valor do cartão. A velocidade da navegação aumentou toda ela e bem. Os videos já não me saem aos soluços.
    Dei por bem empregue o dinheiro que gastei nela.

    Agora falta testá-la mesmo em 4G/LTE (se os tarifários forem acessíveis).

    Não se pode fazer aí um acrescento aos testes 4G?

  5. Quem ainda não comprou e quer, aproveitem que os Samsung Galaxy II vão ficar BARATINHOOOOSSSSS.
    Isto porque muitas pessoas vão querer um telefone 4G para nunca o ligarem à 4G :D

  6. E depois aplicam-vos a PUR ao fim de uns dias, que é o suficiente para atingirem 15Gb em tráfego e a partir daí passam a navegar à estonteante e infinita velocidade de 200 kbps (+-) :s

    • Agora já sei. Como tenho uma pen 4G para aderir a um tarifário 4G quando houver onde moro, esse artigo 31 que fala da PUR vai ser bem discutido…

    • Mas a velocidade de 128 kb/s nota-se e eu uso frequentemente o speedtest.net e nunca vi nada assim tão baixo. No meu ilimitado se isso acontecesse eu já tinha reparado. Ou então eu nunca atingi os 15 GB!!!

  7. Ao que parece os 15 gigas de limite são impostos pela Anacom e comuns a todas as operadoras nacionais.

    É pena o smartphone ser apenas o Galaxy S 2 (gingerbread ainda por cima), agora que o 3 está a dias de ser anunciado. Esta é ainda a primeira geração de smartphones com LTE, com terrivel consumo de bateria, preparem-se para carregar o telefone de 3 em 3 horas.

    • Não há nenhuma limitação no tráfego imposta pela ANACOM, seja para o 3G/4G, até porque até aqui sempre foi tudo ilimitado…

      Há é um grupo de operadores, que conseguiram adivinhar limites iguais para o mesmo serviço, pura coincidência… até é coincidência o facto da “autoridade da concorrência” não detectar nada com o seu “controlo de concertações” :p

  8. mandei vir uma pen e tarifário dos 100Mb/s, se o tráfego ilimitado for limitado vou me passar à seria

  9. Em que frequências vai operar o “nosso” LTE/4G?

  10. Boas. Aquando o aparecimento das placas 3G fui logo comprar uma, e realmente tinha uma velocidade aceitável, o problema foi que com o passar dos meses as “quebras de velocidade devido a congestionamentos da rede” eram cada vez mais, acabando por ter uma velocidade de download inferior a 100kb/s.

    Assim sendo, tenho quase a certeza que no 4G acontecerá o mesmo, ou as operadoras já arranjaram solução?

    Penso que esta fidelização de 2 anos é mesmo para amarrar os clientes à rede, fazendo com que sirvam de cobaias e a qualidade do serviço vai degradar-se com o passar dos tempos.

    Como vivo fora das zonas sapo, esta seria uma boa opção para mim, no entanto vou esperar para ver se a 4G me surpreende.

    Entretanto desejo boa sorte a todos os que entrarem nesta aventura.

  11. Só não percebi uma coisa, e tarifário para o telemóvel ? fica por quanto ?

    Ando a pensar mudar-me da optimus para a TMN para um tarifario ALL net unlimited. vou aguardar que saia este SGSII e ver se preço vale a pena. E para confundir mais ainda temos meo ao barulho, parece-me que vou ter um serviço de futuro que vai incluir mesmo tudo !!!

    • Em principio vai ser um cartão 3 em 1 com Voz+Sms+4G como o “InternetPAD” que tenho. Além daquele tarifário 4G pagam-se á parte as chamadas e o SMS. Depois vem tudo na factura no fim do mês. Funciona assim comigo (no 3G).

  12. Mickael Batista Marques

    Boas,

    Aqui fico à espera desta análise.
    Como já tinha pedido, mas pelos os vistos não vos forneceram uma pen 4G, gostaria de uma análise dessa mesma pen 4G, sexta-feira, chega a minha pen 4G, depois posso deixar feedback, e não vivo nos centros urbanos, mas sim na Serra da Estrela, local ideal para testar a 4G ;).

    Mas também já questionei ao Pplware e a TMN, o que me recomendariam para eu usar a minha pen 4G num router, tenho um router (TP-Link MR3420) que vai até 3,75G, gostaria de saber se deveria comprar um novo, e se for o caso, quais modelos de router que já aceitam a 4G (já vi este: Netgear MBRN3000), ou guardar o meu router 3,75G!??

    Obrigado desde já.

    • Eu uso o Router BWG200 da BeeWi (ensitel) e aceitou bem a pen 4G Huawei E398. Recomendo.

    • Caro amigo

      o router tp-link mr3420 já consegue funcionar com 4G, pelo menos com a pen huawei e392. Basta que faça o donwload do ficheiro .bin para o modem huawei e398 para a finlândia do próprio site da tp-link. Faça o upload desse ficheiro para o seu router, liga a sua pen e deixe pensar durante uns minutos. O router passa a reconhecer o seu huawei e392 e passa a estar ligado à net pela pen 4G.

  13. Olá Hugo
    Nos testes em Coimbra vão ser utilizados programas de medição de velocidade do género speedtest.net, não é verdade?
    Posso saber quais vão ser utilizados?
    É que eu vou muitas vezes a Coimbra e depois, sabendo quais as melhores zonas de 4G, também lá vou testar a minha pen 4G, no portátil e no Router Wifi da BeeWi.
    Obrigado

  14. Boas,
    São bem vindos estes post’s tecnológicos, mas seriam ainda mais se abrangessem outros operadores também.

    Cump’s

    • Será que os outros têm alguma coisa para mostrar?

    • Neste preciso momento quem nos está a mostrar é a TMN, até nos forneceram equipamentos que não estão sequer à venda por cá.
      A par disso deu-nos já condições óptimas para efectuar testes nas zona onde nos convinha, em Coimbra.
      Portanto, até aqui foi o único operador.

      Mas seja agora ou depois, haverá de certeza resultados bastante equilibrados. Portanto, isto poderá ser encarado como um teste ao LTE actualmente possível.

  15. Se este galaxy tb necessitar de estar constantemente com a ligação de dados activa para enviar/receber mms, então vai ser uma treta pq parte deste plafon de dados vai ser gasto sem o controle do utilizador porque o telm vai estar sempre a tentar actualizar as aplicações tmn que estao “enlatadas no software”.

    • Vamos por partes. Por vezes o problema não está no equipamento mas apenas na utilização que lhe é dada.
      – um smartphone pressupõe a utilização de um plano de dados móvel, só assim é tirado o seu máximo proveito
      – cada um sabe de si e é claro que não há obrigatoriedade na subscrição de um plano desses, ainda mais perante os preços (ainda) altos praticados
      – eu próprio não subscrevo nenhum plano de dados pois tenho sempre Wi-Fi disponível… mas isso não me impede de receber MMS
      – por norma, para uma rede, existem dois APNs: para rede móvel e para MMS
      – ao desactivar a funcionalidade “Dados móveis” no Android, ambos os APNs são desactivados, impossibilitando então a recepção/envio de MMS (e não é só no Android)
      – existem aplicações na Play Store que permitem ter o APN das MMS activado e o de dados móveis desactivado
      – o APN Portugal, ao activar/desactivar os dados móveis, altera apenas esse APN e mantém o das MMS inalterado. Existem muitos outros

  16. Valente, a sua pen Huawei é boa mas para 3G, quando a usar em 4G durante uns tempos a fazer tráfego a sério vai reparar que a tua placa não é assim tão boa ;)

    Falo com conhecimento de causa que já testei tanto essa, como a ZTE à venda pela TMN e a da ZTE fica a milhas da Huawei.

  17. Alguém já tem a pen Huawei a funcionar no router tp-link mr3420?
    Como fizeram?
    Cump’s

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.