PplWare Mobile

Redes – Sabe o que são sockets de comunicação? (Parte I)


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Francisco says:

    Fantástico

    Muito obrigado por toda a ajuda que me dão a preparar as minhas formações 🙂

    Fico a espera dos próximos tutoriais.

  2. Serva says:

    Pedro Pinto ,

    Sempre com artigos interessantes , aguardo os próximos tutoriais sou um seguidor deles e em caso de dúvida acedo aos arquivos do Pplware foi assim que no passado fim de semana acabei por criar um servidor em minha casa ideia que já tinha a algum tempo , mas que por falta de conhecimentos e por puro comodismo fui arrastando a decisão .

    Aceita os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  3. GreenTuxer says:

    Muito bom! Obrigado por estes artigos, são sempre bem vindos!

  4. Jorge Dias says:

    Muito obrigado pela partilha da informação. Tenho apreendido muito com voçês.

  5. Tiago Silva says:

    Tenho conhecimento de que as conversas no Windows Live Messenger não são encriptadas. Em que circunstâncias elas podem ser interceptadas por terceiros? Apenas no caso de uma rede local (por exemplo escritório) ou também alguém a aceder à nossa internet wireless? E no caso de ser preciso encriptar as conversas, suponho que ambos os interlocutores tenham de implementar a encriptação, certo? à semelhança do que permite fazer o Pidgin.

    • Lennon Silva says:

      Interessante pergunta. como leigo gostaria muito que isso fosse respondido também. Alias, favor apresentar exemplos aplicados a whatsapp também se possível. gostaria de entender como essas informações podem ser interceptadas.

      Muito legal o site. É a primeira vez que acesso, mas gostei do conteúdo.

      Grato!

  6. Semnome says:

    Excelente Artigo!

  7. Gajo Bom says:

    No 3º ano de Eletrotecnia na FEUP na cadeira de sistemas de informação o trabalho final era implementar isto. Bem engraçado.

  8. FCoelho says:

    Nem fazia ideia o que era, continuem com este tipo de informação e tutoriais.

  9. Ricardo Silva says:

    Boa malha. Um bom exemplo é o velhinho IRC.

    Cumprimentos e Larguras

  10. Viperz0r says:

    Grande iniciativa! A nível académico já fiz utilizei UDP e TCP e prefiro TCP pela fiabilidade.

    Só um pequeno comentário, dentro das sockets, existem sockets activas e passivas.

    A passiva é aquela onde o cliente se liga ao servidor, depois é gerada uma socket activa de comunicação para cada cliente, tal como explicado no artigo.

    Só por curiosidade, qual é a linguagem que vão utilizar para demonstração ?

    Parabéns pelo artigo.

  11. Felipe Lima says:

    É impressão minha ou tem palavras repetidas no parágrafo 5? A palavra “aplicação” aparece duas vezes seguidas.

  12. Gabriel Facchi says:

    Muito bom, esclareceu minha dúvida a respeito de sockets.

  13. juarez says:

    ótima matéria sobre SOCKET,
    Porém tenho o seguinte questionamento:
    Frota com vários veículos com validadores independentes que precisam fechar comunicação com servidor, retornando:
    (1022) erro ao ler dados do socket
    – Motivo presumível: várias antenas espalhadas, (creio que pelo fato dos veículos estarem em circulação ocasiona este erro.
    – Este um limite de conexões simultâneas de clientes para o servidor ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.