PplWare Mobile

MegaMimo 2.0: Wireless 3x mais rápido e o dobro da cobertura


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. David says:

    Vou esperar pela internet son goku, será mais rapida decerteza que a internet do flash gordo.

  2. RDastr says:

    Estes indianos. O Abdelghany ja vai usar isto nas bombas

  3. sakura says:

    “”The team developed special signal-processing algorithms that allow multiple independent transmitters to transmit data on the same piece of spectrum to multiple independent receivers without interfering with each other.””

    Unidirecional:
    em teoria a tdt (rede SFN) tb devia trabalhar bem ….. so que. isto nao funciona bem–>
    https://es.wikipedia.org/wiki/Intervalo_de_guarda
    mas se é so mudar os algorithms…..

  4. me and me says:

    wifi a 6Gbps, com 90% dos clientes a usar no maximo 300Mbps….

  5. Catarino says:

    Isto deve funcionar que nem um MIMO 😀

  6. Dipsy says:

    @me and me muitas vezes o tráfego mais importante é o da intranet (empresas).. O Wi-Fi não serve só para navegar na Internet..

    • me and me says:

      mas eu nem falei da Internet… que 99% das pessoas não tem mais de 50Mbps… mal justifica usar a norma N.

      agora nas empresas, é um risco usar wifi para trabalhar. acaba por sair mais caro do que usar uma infraestrutura cablada. para não falar dos custos da manutenção do wifi que vai ter sempre tendencia a funcionar pior do que o cabo.

      a minha opiniao é que o wifi numa empresa é um extra, uma forma de dar alguma mobilidade a um posto caso tenha de sair, por exemplo, para uma apresentaçao na sala de reunioes, ou para o pessoal poder usar os seus tlf…

      usar wifi com 10 clientes em que se usam 3 ou 4 serviços na rede… esta tudo tramado..
      pelo menos é o que a minha experiencia me diz

  7. TopGum says:

    Apenas para ajudar ao tema:
    Já existem vários APs certificados com 802.11ac Wave 2 e disponiveis para compra – Cisco 18xx, 38xx, e outros fabricantes.
    A norma 802.11ac Wave 2 introduziu o conceito de MU-MIMO, sendo o MU para Multi User. Nas normas anteriores a expressão MIMO refereria-se a SU-MIMO (Single User). Desta forma passou a ser possivel mais do que um utilizador/device em simultaneo a comunicar com o AP.

  8. Pedro says:

    A engenharia é de facto maravilhosa. Havia nas primeiras redes móveis um problema grava – a propagação multicaminho. Este problema foi passado a usar como solução e aumento de largura de banda nas redes móveis e este agora é mais um passo. O mesmo nas redes óticas, com o PMD (problema de desfazemento entre os sinais de transmissão ortogonais entre si. Um problema bem complexo.

  9. Pedro says:

    (continução) que foi resolvido depois usando cada uma das componentes do sinal para transmitir ao dobro da velocidade. Por isso o engenho humano é tão espetacular – transformar problemas em soluções. É bom que o PPW tenha destas notícias também para motivar os interessados em tecnologia. Há inúmeras coisas mais interessantes do que apenas telemóveis, jogos e tablets. Há um mundo de tecnologia para descobrir (mas que obriga a estudar e trabalhar para compreender).

  10. poio says:

    Usando a norma N acho que so se conseguem ter 2 canais que nao se sobreponham (parcialmente). Por isso será boa tecnologia para uso doméstico, juntamente com a banda dos 5Ghz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.