PplWare Mobile

PHP é à quinta-feira – Definir cookies de forma mais prática


Destaques PPLWARE

  1. Bónus says:

    Quando definimos um cookie com um tempo de vida igual a zero, ele é apagado assim que for terminada a sessão. Esse cookie fica guardado do lado do cliente, enquanto uma variável de sessão fica guardada do lado do servidor, mas o uso de uma solução e da outra parecem-me idênticos, com o inconveniente de o utilizador ter os cookies desactivados.
    Existe alguma vantagem de usar um cookie (expire = 0) em relação à variável de sessão?

    • Não, e obrigado pelo reparo pois é um bug no código, falta a verificação do $expire (apaguei código a mais :D).

    • César Couto says:

      A vantagem das cookies para as sessões é que normalmente podes definir um tempo de vida mais longo para as cookies. Também se tiveres um site grandes, tipo portal que utilize vários servidores, aos utilizares sessoes ele guarda apenas no servidor que a gerou, terias que programar mais codigo para a replicar.

      Os cookies por outro lados tem limites de tamanho muito mais pequenos que as sessions e são re-enviandos de página para página enquanto se navega no site enquanto as sessions são utilizadas apenas quando as programares para tal.

      Ou seja, as cookies são para usar em casos especifidos, eu costumo usar para fazer o auto-login de utilizadores por exemplo. Num portal que estou a desenvolver utilizo cookies e sessions, não é uma questão de prós e contras mas depende do objectivo e como o fazer de forma mais eficaz e eficiente.

    • Bónus says:

      Obrigado pelas respostas.
      Era a ideia que eu tinha, mas podia haver algo mais que me estivesse a escapar.

  2. cativaweb says:

    Justamente eu estava pesquisando sobre isso!

    Obrigado

    ——————————–
    Cativaweb
    CativaWeb – hospedagem de sites

  3. Nuno Peralta says:

    “PERGUNTA: Já agora, alguém me sabe dizer que cuidados devemos ter após definir um cookie? O valor fica logo disponível?”

    Fica, no próximo script PHP… o PHP que criou o cookie não vai poder ler esse cookie.

  4. César Couto says:

    Também é preciso referir que as cookies como as sessions têm que ser definidas antes de ser enviado qualquer informação de saída do script, ou seja, antes de ser enviar qualquer coisa para o ecrâ.

    Depois para verificar a existência de uma cookie pode-se utilizar..

    if (isset($_COOKIE[‘lang’) && $_COOKIE[‘lang’] == ‘pt’) echo ‘sim sim….’; else echo ‘yeah baby’;

  5. Miguel Braga says:

    Também utilizo cookies para fazer auto-logins. Faço da forma tradicional, na homepage, que encaminha para script que depois faz um “redirect” para a homepage, que já vai conseguir “ler” o cookie.
    Como agora ando a implementar sites com AJAX (jQuery) gostaria de implementar os logons desta forma, ou seja, refrescando apenas uma zona da página e não a página toda.
    Será que alguém já experimentou? Será que funciona?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.