PplWare Mobile

Projecto Colibri RCP 9 – Novas regras exigidas pela AT


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. antonio pedro says:

    Excelente. 🙂

  2. ZEN says:

    Boa tarde,

    Este programa é freeware??…

    Abraços,

  3. Pedro Leitão says:

    Utilizador desde a versão 4 desta pérola e cada vez mais satisfeito com o trabalho que esta equipa faz, tem vindo sempre a melhorar e acredito que esta versão 9 esteja ainda melhor que a versão 8, excelente produto nacional que utilizo e recomendo!

    Rápido, flexível e acima de tudo eficaz, desde a introdução do SAFT nunca tive problemas em submeter no portal da Autoridade Tributária.

    Abr.!

    • Paulo Gouveia says:

      Caro amigo também acho que está certo o que pensa do Projeto Colibri, mas acho que esta versão tem alguns erros para a versão Windows 64bits, pois já na versão 8.0, tive erros relacionados com a impressão das Faturas/Recibo, e agora que atualizei para a versão 9.0, continuei a encontrar o mesmo erro, quer a imprimir quer a gerar PDF.
      Agora acho que não estou a conseguir resolver o problema, pois não estou a encontrar nenhuma atualização a esta versão, e tenho que entregar as Faturas/Recibo aos meus clientes.
      Alguém me pode ajudar?

      Obrigado!

  4. ZEN says:

    Boas tardes,
    DEUS, obg, não tinha reparado!… 😉

  5. goncalo says:

    “Colibri usa o WebService do VIES …”
    “Basta inserir o NIF e carregar em Validar NIF. De imediato receberá os dados do cliente…”
    Se o cliente estiver isento de iva, art 9, por exemplo uma associação cultural, os dados não aparecem.

  6. David Ferreira says:

    eheh, Ainda teem que proguedir muito, mas estão quase lá xD

    A phc e a primavera que nao se metam a pau não xD

  7. gaguiel says:

    Alguém sabe o custo da versão paga paa ter acesso ao módulo de POS?

    Obrigado!

  8. Gilberto Pereira says:

    Deixei a Sage há dois anos e desde então uso o Colibri. Poupei muito dinheiro. Estava a ser chalado pela Sage. Ainda bem que decidi trocar.

    Deixem esses chulos da Sage, PHC, Primavera e afins… acreditem, este é muito melhor, mais em conta e com muito boa assistência técnica.

  9. luis santos says:

    ” na hora de comprar “?
    diz-se “no momento da compra”. se nem sabem escrever em português, também não sabem programar. esta aplicação não interessa.

    • anjodefogo says:

      Apesar de também gostar de ler e ver (bem / boa) escrita em Português (de preferência de Portugal), acho que este comentário era perfeitamente escusado!

      O comentário que elaborou foi do típico português, que tem a mania que só o que é estrangeiro é que é bom, o que é nacional, nada presta… enfim!

      Muitas MICRO empresas, andam a ser ROUBADAS com a obrigatoriedade de terem um software licenciado e capaz! Este programa nacional, com um simples pc e a aplicação instalada está pronto a facturar! Se optar pelo SO linux então, é outro sobre azul, não paga mesmo nada!

      Vamos valorizar o que é nosso! Se algo está mal escrito, acho bem que corrija! Mas daí dizer que tudo está mal…

      Tenho dito!

    • Fábio S. says:

      Concordo plenamente com o Gilberto Pereira!

      Aqui na empresa usávamos PHC (FX) que para contornar um “problema” chamado Linux foram pela via web, uma valente asneira pois eram chash constantes, etc, etc.

      Migramos para o Projecto Colibri há um ano, tudo em Linux (4 postos) e até à data sem qualquer tipo de problema, fazemos venda ao público e gestão back-office na perfeição,excelente compatibilidade com impressoras térmicas, ao contrário do FX, migração de dados impecável, suporte 5*, só não aposta quem tem medo ou por desconhecimento total ou mesmo ignorância! Para quê pagar fortunas por módulos e mais módulos / actualizações quando na verdade encontramos no mercado soluções bem mais em conta e que cumprem na perfeição as nossas necessidades?

      A crise muita das vezes está na má politica dos gestores da empresas… pensem nisto!

      Bem haja.

      • Fábio Matos says:

        O fx esta. Brutal ao nível de funcionalidades e user interface. Desconhecia que em Linux nao “corre tão bem”…lógico que pagar uma mensalidade e saber que existem aplicações como o colibri da que pensar.

    • Vítor M. says:

      Ui que ficou dorido o Luis, quer isso dizer que é da concorrência 😀 Pois pois, estás a perder terreno, deves ser dos tais que refere o Gilberto Pereira, no comentário em cima… eu logo vi que deveria aparecer cá um representante.

      Pois é, pratiquem preços justos e ofereçam software decente aos vossos clientes, deixem de vender a banha da cobra.

      • Paulo says:

        É da azia. Grande projecto e sobre tudo verdadeiro e honesto. Recomendo vivamente.

        • Fábio Matos says:

          Muito bom o projecto colibri. O que lhe falta é agora que o modulo pos evolua um pouco mais. Além disso acho que 150 euros pelo modulo pos é muito. Poderiam colocar o modulo pos na edição free, embora que com limitações, tipo so poder ter 10 botões ou isso. Baltazar também a interligação com visor de cliente e balança de checkout.

  10. Gonçalo Pimenta says:

    O problema não exclusivamente do Colibri, Primavera, PHC, Sage etc etc.. o webservice da AT ainda está cheio de falhas.. como é que as empresas podem enviar decentemente os ficheiros?! Não podem!

  11. fabio says:

    Uso e recomendo!

  12. vrc says:

    Quanto ao modulo POS é gratuito ou pago? Se for pago, qual o valor?
    Gostei muito do vosso projecto…força ai
    Há anos que ando a ser chulado pela Sage, com o modulo POS mesmo básico em linux seria ouro sobre azul.

  13. TCoiso says:

    Parece interessante. Testei em casa e parece bom.

    Mas no trabalho usamos um que até cumpre bem os requisitos no dia a dia, mas quando há uma actualização obrigatória aquilo dá sempre barraca que obriga a contactar o apoio técnico para eles poderem facturar mais um par de horas a peso de ouro.

    Não sou muito de teorias da conspiração, mas vendo-os a “reparar” o problema remotamente (via teamviwer), e de cada vez a solução vai mudando sem que o técnico tenha grandes dúvidas… Obviamente que é deliberado.

    Veremos se para o ano o patrão lá se decide a mudar.

  14. Ricardo Santos says:

    Só a titulo de curiosidade, este software, em modo gratuito, tem algum “tecto” de faturação?. Não sei se estou em erro mas acho que existe um software da concorrencia, não me recordo qual, que tem uma versão gratuita, mas que é só até 35k€ de facturação..

    ob.

  15. Ricardo Ribeiro says:

    Trabalhei até à bem pouco tempo em duas software houses em que o seu grosso-negocio eram ERP’s.

    E não posso deixar de dar um enorme PARABENS por este projeto, estar SEMPRE em cima do acontecimento e com uma identidade bem propria.

    É de facto excelente ver este projeto crescer desta forma, deixando para trás entidades (supostamente) maiores.
    Ainda hoje soube de alguns problemas que uma delas (Software House) vai ter em ter estas normas da AT “no ar” até segunda feira!

    Nunca percam essa identidade, nunca!

    Abraço e tudo a correr pelo melhor! 🙂

  16. Marco Tavares says:

    Tenho um programa de facturação que é gratuito e tem modulo pôs também grátis.
    É bem melhor que o primavera e tem uma acistencia muito bom e barato.
    Não exprimentei este, não posso dar opinião,
    Só estou a comentar porque há bons programas de facturação qua não custa nada e são muito bons enquanto há uma básicos que só querem dinheiro.

  17. João Miguel says:

    Boas pessoal há alguma forma de remover isto das facturas

    Projecto Colibri RCP 9.1.1 – Versão gratuita – http://www.projectocolibri.com

  18. DANIEL PIRES says:

    Alguém me pode dar instruções de como actualizar o software?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.