PplWare Mobile

Projecto Colibri RCP 12 – Gestão com qualidade

Download Projecto Colibri RCP 12

Homepage: Projecto Colibri


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. José Pedro says:

    Já trabalhei com phc e sage, este sem dúvida é muito melhor. Mais rápido, simples e funciona no meu novo Mac.
    Parabéns à equipa de desenvolvimento.

    • João says:

      Também não percebo porque razão no PPLWARE só fazem analise de software de gestão do Colibri, têm alguma coisa contra as outras software houses portuguesas?
      Penso que ninguém Vos peça para testarem um SAP mas podem perfeitamente testar uma ou todas destas marcas (Sage, PHC, Primavera e Centralgest) entre outras que temos no mercado
      A isto também se chama ser tendencioso

    • aiaiw10m says:

      Lol, melhor apenas se as necessidades forem básicas… Claro que para free é bastante bom e tem pouca concorrência, agora melhor…

  2. Nuno Ferreira says:

    Está impecável esta nova versão!
    A integração com IfThenPay facilita ainda mais!
    Continuação.

  3. carlos p says:

    vitor m. o spotify premium nos yorn x vai acabar dia 5 de março e o apple music fica gratuito até 31 de dezembro

  4. Pedro Garrido says:

    Saiu agora?
    No fórum tem:
    05 Jul. 2017
    VERSÃO 12.1.3

  5. Ze says:

    Comentário Tuga…

    Bota a baixo só os Alemães e afins é que fazem um bom trabalho não é…

    Paga lá as licenças e cala-te

    • Carlos Fernandes says:

      ainda não vi um comentário a deitar abaixo …mas cá vai.
      Foi um bom programa free ….que a cada atualização vão retirando serviços.
      Serviço de vendas péssimo ….tentei fazer o upgrade até hoje estou à espera da demostração.
      Preços impensáveis para um mercado que está ao rubro

      Ps: publicidade enganosa que leva os clientes a atualizarem o programa (de forma a terem menos serviços) mediante a não atualização do ficheiro satf.

      • Igor Salazar says:

        Típico de ZE TUGA estes comentários!

        Disponibilizam uma versão FREE e ainda reclamam? Sou utilizador da versão FREE e serve perfeitamente as minhas necessidades! Se precisas de mais, é porque não tens assim tanto necessidade de uma versão FREE….

        Diz-me qual é tua empresa, para eu ir ai, prestares o serviço e no fim eu não pagar nada, boa? 🙂

        Tenham juízo e parabéns a toda a equipa! Continuem pois são uma grande ajuda, para utilizadores como eu!

  6. bola says:

    NA minha opinião, nem de perto nem de longe chega ao Primavera/PHC/SAP, mas é uma alternativa para quem pretender experimentar. 🙂

    • Vítor M. says:

      Esses são bons, mas não têm uma versão gratuita em que possa ajudar da forma como o Colibri ajuda. Depois, a SAGE cada vez mais é um poço sem fundo, poderosa é verdade, mas muito cara para a qualidade que fornece, até é cara para quem é agente. Primavera é bom, sem dúvida, produto português, de Braga, pessoas com outro tipo de visão de mercado, também não é barata mas tem uma estrutura mais linear que a SAGE. Produtos mais leves mas em demasia para determinados segmentos onde o colibri é perfeito.

      Onde o Colibri, na minha opinião, bate qualquer um é quando queremos trabalhar de forma ajustada às necessidades da empresa, trabalhar com máquinas Windows, Linux ou macOS sem qualquer problema de incompatibilidade. O PHC é igualmente uma solução fantástica mas é pesada, demais para grande parte do mercado nacional, embora que todos eles podem ser integrados numa solução onde o Colibri assume alguns módulos e outras soluções assumem outros.

      Não estamos mal servidos, realmente temos muitas suites de grande qualidade. Além das que citei há muitas outras, umas mais completas, outras mais pesadas, umas mais singelas e outras mais dedicadas a determinados setores mas aqui também o Colibri, com a sua flexibilidade de ser multi-plataforma, multi.BD pode fazer a diferença. A sugestão é que testem a versão gratuita, é funcional, para muitos dos profissionais que estão a começar serve totalmente e não precisam de gastar dinheiro, depois se precisarem de algo mais, quando a empresa crescer, existem pacotes profissionais ajustados às necessidades de cada empresa.

      • Crow- says:

        A Primavera tem uma versão gratuita também…

      • ERPuser says:

        “a SAGE cada vez mais é um poço sem fundo, poderosa é verdade, mas muito cara para a qualidade que fornece”

        Gostava mesmo de perceber esta afirmação. Aliás, gostava de perceber que produtos o Vítor M. conhece da Sage e da concorrencia para fazer este tipo de afirmações 🙂

        Porque quando diz “Onde o Colibri, na minha opinião, bate qualquer um é quando queremos trabalhar de forma ajustada às necessidades da empresa, trabalhar com máquinas Windows, Linux ou macOS sem qualquer problema de incompatibilidade.”, parece que desconhece que existem soluções baratas na cloud, e soluções de servidor remoto que são acedidas via browser, ou seja, sem incompatibilidades de plataforma.

        “o Colibri assume alguns módulos e outras soluções assumem outros.” – Ui, lá se foi o conceito de ERP.

        ” sugestão é que testem a versão gratuita, é funcional” – Não serve para um monte de coisas, ao que parece nem para emitir uma factura ao estrangeiro. Aliás, basta ir ao forum verificar que algumas funcionalidades da versão gratuira foram retiradas na ultima versão.

        Cumprimentos

        • Vítor M. says:

          Caro ERPuser, obrigado pelo seu testemunho. Sobre as suas dúvidas… sabe eu conheço o software da SAGE desde há mais de 20 anos quando ainda era infologia (netware, etc…) 😉 provavelmente o caríssimo ainda nem sabia do que se trata, digo eu que não o conheço. Além disso, trabalhei mais de uma década diretamente com as várias evoluções do software, usei mais tarde uma suite (Gestexper) que veio a ser depois comprada pela SAGE e que transformou o que hoje existe em termos de oferta das várias linhas existentes no mercado. Além disso, vários colegas, amigos e clientes que usaram ou usam, têm uma opinião unánime sobre a suite: é poderosa mas é um poço sem fundo, altamente completa e complexa para se conseguir adaptar ao utilizador, obrigando sistematicamente os utilizadores a ter que se adaptar ao software. Em regra geral, como referi, é cara demais e mesmo ao nível de revendedores a opinião é exatamente essa, eles têm de pagar para vender SAGE, o que levou já muita gente a abandonar esse negócio.

          Em Portugal as empresas são em cerca de 90% micro, pequenas ou médias empresas, sendo que a grande maioria são microempresas, assim, o software concorrente que existe no mercado, substancialmente mais barato, substancialmente mais leve e simples de usar, permite um total controlo das suas necessidades. É claro que a SAGE sabe disso e por isso ao longo dos anos arrumou com a concorrência dessas plataformas, como o material da Escripóvoa, Gestexper e muitos outros, os chamados software de prateleira.

          Portanto, sobre esse assunto 😉 gosto de saber a opinião de terceiros mas não é para moldar a minha que tem por base muitos anos de trabalho e experiência. Sobre o Colibri, é de facto uma solução menos completa, mais flexível, mais ajustável e que pode operar em conjunto com outras, principalmente na área do módulo de contabilidade (módulo este que durante anos o da SAGE foi o herdado de suites que adquiriu). Lá está coisas boas que existiam no mercado e foram anexadas e desmembradas.

          A versão gratuita e mesmo o preço que pedem pela versão profissional, ajusta-se a mais de 60% das necessidades deste nosso mercado… isso é garantido 😉

          Finalizo como comecei: SAGE é bom, não tenho dúvidas, mas pelo preço e pelo mercado que temos… há muitas outras alternativas tão ou mais interessantes.

          Cumprimentos.

      • ERPuser says:

        Algum motivo por o meu comentario ter sido apagado ou ignorado?

    • António Fagundes says:

      Lol, colocar SAP na mesma linha que Primavera e PHC é mesmo desconhecimento, nem SAGE colocas nessa linha, só mesmo NAV ou Oracle competem com SAP, e NAV não se ajusta a todos os modelos de negócio, mas também fica mais barato que as alternativas.

  7. Alberto Ricardo says:

    Eu fui obrigado a trocar para o masterway, pois o colibri apartir de uma certa altura deixou de ter qualidade. Pelo menos até agora no masterway nada apontar.

    • José Pedro says:

      ai sim? que qualidade deixou de ter? Não esquecer que o Projecto Colibri é um software de gestão a sério, não para uns brincadeirinhas de meia dúzia de facturas.

      • Alberto Ricardo says:

        Para mim e é apenas uma opinião pessoal, começou a cada vez a ter mais funcionalidades (é uma qualidade) e a tornar-se cada vez menos intuitivo. As novas funcionalidades são sempre bem vindas mas tem que ser pensadas de como vão ser inseridas no programa. No masterway acabei por ter um programa complexo, intuitivo e barato.

  8. Hugo Gomes says:

    Quem quiser utilizar utilize ou experimente quem não quer cale se antes de mandar pescadinhas

  9. Jo says:

    Com excepção de mim, que dou sempre bom dia, boa tarde ou boa noite, ninguém dá nada a ninguém, portanto isso de ser gratuito tem augua no bico..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.