PplWare Mobile

antiX 17.2 – O Linux que arranca em menos de 10 segundos


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. bruno melo says:

    nada que o um SSD com win 10 nao faça…

    • arc says:

      Claramente, que o Microsoft Windows 10, devidamente instalado num SSD, consegue tempos de arranque de 10 segundos ou menos com 64, 128 OU 512MB de RAM VERDADE?

      GeT Arch Linux, Or DiE, same as for Debian Linux…Animals!!!

      • Daikoni says:

        Quem tem um SSD, também não tem 64Mb de RAM… Nem 128, nem 512. Qualquer pc de hoje em dia tem bem mais que isso.
        Mas se é para velharias, ainda sou capaz de ter lá em casa um 386, e duvido que este linux consiga correr nele… Pela tua perspectiva de que um bom SO tem de correr em velharias, este Linux passou a ser uma bela m*rda então?
        Não faz qualquer sentido, os pc’s actualizam-se, tal como o Software.
        Já usei Linux durante anos (desde RedHat, Debian / Ubuntu / Mint, Arch, Gentoo, etc), e posso dizer que o Windows está a anos luz.
        A única grande vantagem do Linux, é ser de borla.
        Mesmo a nível de servidores, a menos que seja para servir PHP e afins, venha windows todos os dias.

        • ElTuNeS says:

          ???

          Mas tu tens problemas?

          Vai procurar o que dá power a pessoas como tu, escreverem baboseiras dessas…

          Microsoft serve para…

          Jogar.. correr o word… apanhar virus…

          Com muito dinheiro, active directory, exchange e colaborativos, embora o possas fazer (e melhor), com ldap, kerberos, samba, etc.. de borla e hoje em dia, praticamente com simples clicks.

          Um qualquer flavor de Linux, guarda as tuas informações bancárias, alojam sites imensos (facebook, youtube.. chega.).

          Queres mais?

          • Daikoni says:

            Jogar, correr o Word, apanhar virus? Claramente sabes do que falas… E eu é que tenho problemas e digo baboseiras.
            Se apanhas vírus em windows nos dias de hoje, é simplesmente porque és cromo. Pessoalmente não vejo um vírus nos meus computadores em Windows há praí… 15 anos?! E tenho servidores a correr windows 24/24, alguns nem são reiniciados há mais de 5 anos, e 0 problemas. E vírus tanto há para Linux como para windows, software é software, se não há mais para Linux, é porque não se dão ao trabalho de os fazer.
            E mais uma vez não disse que Windows não é mais caro, e para alojar sites em PHP/Java nem tão pouco faz sentido Windows. Pagar mais para quê? É normal que o facebook e youtube prefiram não dar dinheiro à, em parte, concorrência, só porque sim… É uma questão de lógica.

        • TuNeS says:

          Windows com 5 anos de uptime… 😀 😀 😀 devem estar bonitos para serem comidos em segundos se forem expostos directamente à internet.. como se uptime fosse alguma vez sinónimo de qualidade e segurança. Linux para ti só serve para alojar sites em php e java.. depois o cromo sou eu… deves gerir coisas muito pequeninas. Linux não existem virus, para tua informação, quanto muito existem exploits. Linux é o SO mais usado ao cimo da terra, para tudo o que realmente interessa manter seguro e funcional. Devias abrir os teus horizontes. Em windows, não tenhas antivirus e firewalls externas (porque nem isso a MS soube fazer ainda como deve ser). Ou podemos fazer assim, instala lá um super MS dos teus, à tua escolha, e expoe directamente na internet.. eu faço o mesmo.. com uma distro com 10 anos, a ver quem é comido mais cedo. Dou-te a vantagem, eu instalo o meu Linux do século passado 1 mês mais cedo. Grow up kiddo.

          • Daikoni says:

            O linux só é o mais usado derivado do Android (que eu próprio já perdi a conta aos telemóveis Android que tive). Se retirares o Android, vais ver que o market share do Linux é muito pequenino.
            A MS tem firewalls internas bastante boas, e traz antivirus mais que suficiente de origem há vários anos.
            PS: se dizes que não dá para criar vírus para Linux, é porque nada entendes de software. Deixa de ser teimoso.
            Teimas que o Linux é melhor, e falas sem saber objectivamente como as coisas funcionam, e os porquês das coisas, e eu é que “cresço”. Se disseres que ambos os SO’s são bons, cada um tem as suas vantagens e desvantagens, tudo bem, e é verdade.
            Agora Linux é melhor all the way, e Windows é que é mau, esquece, nem tens ponta por onde pegar. Por alguma razão as grandes empresas por norma preferem Windows, apesar de pagarem, e por vezes pagarem bem.
            Podes inventar as teorias que quiseres, mas não é a verdade, nem tão pouco como as coisas funcionam.
            PS: nunca tive um servidor a ser comido/papado/etc, nunca instalei antivirus nem firewalls externos.

        • TuNeS says:

          Tirando o android, o market share de Linux é muito pequenino?!?!?! Bem, acaba aqui a cena, porque sinceramente… só deves gerir os teus wincraps lá de casa. Se quiseres, um dia, levo-te a conhecer alguns datacenters nacionais e internacionais, porque afinal, eu não percebo boi disto, nada, nadinha… nem te digo que Linux e Unix mete comida na minha mesa (e muito mais do que podes imaginar) há apenas 25 anos. Ms com firewalls muito boas.. nem statefull são sequer, toma juízo. Agora, diz-me um banco, um ISP, uma multinacional, que tenha as suas gigantescas e preciosas BD’s, em windows, o SQL é tão bom, que nem multinode é, nem suporta GRID (nem vai suportar) e nem imaginas o que o pessoal paga à Oracle e IBM, um simples cluster de 4 nós em Oracle, custa mais em licenças do que todo o volume de negócios de MS em Portugal, Grow up again kiddo. E que raio tem a ver o android com Linux? É um mero fork do Kernel, nada mais, aprende primeiro e fala depois.

          • Daikoni says:

            Sabes que trabalhei vários anos em/com Datacenters. Ambos com servidores Linux e Windows..
            E eu sei o que pagam à Oracle e IBM, até porque também já trabalhei com ambos (e não estou limitado a configurar servidores para outros, eu desenvolvo, e mesmo a nível de BD não estou limitado a SQL Server, também já desenvolvi em PL-SQL / Mysql, etc), e tenho perfeita noção das dezenas milhares de euros que chega uma simples licença. Mas não estávamos aqui a falar de SO’s? Nada te impede de correr o mesmo Oracle em Windows.
            Quanto a performance, o SQL Server é muito bom em preço vs custo, e cobre o que praticamente qualquer empresa hoje em dia. Mas não digo que Oracle não faça mais sentido em certas situações.
            Quanto a um Cluster de 4 nós em Oracle, custar mais que todo o volume de negócios da MS em Portugal, não tens mesmo noção portanto.
            Tu podes ter a tua comida posta na mesa por Linux, e tens todo o interesse em publicitar Linux. Mas não são assim que as coisas funcionam.
            A minha experiência é que grande parte das empresas muitas vezes começam com Linux e open source por ser barato, mas rapidamente se arrependem quando as coisas começam a dar para o torto. E é muito fácil. Não digo que Open-Source não funcione, mas tem que ser muito bem pensado e estruturado, porque se não é questão de pouco tempo. Estou farto de presenciar várias dezenas de empresas a migrar para tecnologias Microsoft, simplesmente porque as coisas em OpenSource deram asneira. Mudaram, nunca mais voltaram atrás.
            Qualquer das maneiras, acho que devias de investigar melhor, a net é um mundo vasto e encontras as mais variadas opiniões, mas também encontras artigos fundamentados.
            Também já trabalhei para um banco, e tínhamos ambos BD’s Oracle e SQL Server, e a maior parte dos nossos servidores eram geridos pela IBM, e sabes que mais? Não eram servidores Linux… Pelo teu comentário parece que todos os Bancos usam Linux como base, mas pelo contrário, são poucos os bancos (a nível nacional nem tenho conhecimento de nenhum – não estou a dizer que não há), que metem informação sensível em ferramentas e SO’s OpenSource.
            Podes vender o teu ganha pão a quem quiseres, mas não é o teu ganha pão que faz girar o mundo, nem tão pouco é considerado o melhor. Há situações que Linux pode compensar, há outras que não. Mas se és cego por Linux, mostra tudo.
            PS: é Stateful, e não “Statefull”, e as versões dos Firewalls do Windows modernas são Stateful.

        • TuNeS says:

          Se presenciaste muitas empresas a mudar para MS, é porque quem implementou sabia, pelos vistos, tanto como tu. Falas em dezenas de milhares de euros? Mete isso na casa dos milhões e depois dou-te ouvidos, para teres uma pequena ideia, um Grid com dois nós de 4 cores cada 1, só de licença, passa o milhão, aqui na casa, temos vários (quase uma dezena) de 8 a 12 nós, curiosamente, todos em Linux, já tiveram 1 em windows, e claro deu buraco. Curiosamente, pelo exemplo que deste, deves mesmo gerir coisas pequenitas. Outra coisa, eu não tenho de publicitar que o Linux é a melhor ou pior, a indústria faz isso por mim. Obrigado pela correcção, spell warrior. Já agora, MS só tem stateful firewall em win10, nós temos isso há 15 anos.. ou mais. Windows é excelente para desktops, AD’s e toda a restante oferta de exchange e afins, e claro, joga 🙂 desde que estejam bem protegidos atrás de firewalls a correrem Linux. Se conheces datacenters como dizes, diz-me que só corre internamente uma Checkpoint ou um F5 (F5 corre uma variante de BSD, tal como os Ciscos), ou que SO é usado para gerir Storage e SAN… ou o que é usado para correr farms de VmWare, Linux é mesmo foleiro e inflexível… A escolha de OSS nas empresas, nem sempre tem a ver com custos, e na maioria, nem tem nada a ver com custos, mas sim com a facilidade com que uma pequena equipa pode vergar o kernel e orienta-lo para a aplicação, do que ter de orientar o hardware para o SO. Em quantas arquitecturas corres windows? Em quantas podes correr Linux… Não tenho nada de fazer publicidade… Linux comercializa-se sozinho. Além disso, o que os meus clientes não pagam em licenças ao fabricante de uma coisa que devia gratuita, pagam a mim… pensa nisso.

    • arc says:

      Claramente, que o Microsoft Windows 10, devidamente instalado num SSD, consegue tempos de arranque de 10 segundos ou menos com 64, 128 OU 512MB de RAM VERDADE?

      GeT Arch Linux, Or DiE, same as for Debian Linux…Animals!!!

    • cascavel says:

      Eu tenho um USSD, muito melhor que SSD comum e não fico a me gabar.
      Afinal, SSDs morrem mais cedo.
      Nada melhor que um HDD.

  2. arc says:

    Estou a imaginar um utilizador acabado de chegar a esta Distribuição e começar a configurar o IceWm ou os *boxs isto para não falar no tilling window (herbstluftwm).
    Melhor mesmo, logo MXLinux!!!

    GeT Arch Linux, Or DiE, same as for Debian Linux…Animals!!!

  3. d says:

    Duvido que arranque em menos de 10 segundos num HD
    Só se tweakar muito mesmo

  4. cascavel says:

    Cousa pra apressadinho que não sabe esperar nem o pc/laptop bootar.
    Não sabe a importância do boot, quer que clique no botão ligar e já esteja apto a uso, tsc tsc.

  5. zeze camarinha says:

    o meu mac arranca muito mais rápido tomem fresquinho

  6. JFK says:

    Meu LIXUX demora 38 SEGUNDOS PRA DAR BOOT

    Windows > Linux

  7. Archmen says:

    Não se aprende nada neste comentarios…
    Fica aqui uma dica esta distribução é boa pra quem não gosta do
    systemd

    • cascavel says:

      Systemd é vida, deixa de ser bobo.

      • cantor says:

        Já que entraste por esse caminho do ouro roubado : Não sejas ignorante em publico, se Portugal explorou ouro e demais riquezas, era a contrapartida de ir formando um País ( que são Federações de estados) , construiu : Cidades , todo um sistema de estado instalado (era uma colonia e dai ?!?! ) , a maioria esmagadora de vcs que repetem essa do ouro roubado NÂO são de origem DAÍ , ou são descendentes de povos africanos ou povos europeus ( alemães , polacos ou poloneses como vcs lhes chamam, franceses , ingleses, italianos, espanhois, portugueses e mais uma mao cheia de outros tantos povos que tem representação no teu país , ao não falares no que tem acontecido depois da independencia e já no seculo xx e xxi em que a amazonia está a ser explorada maioritariamente por NÂO brasileiros , isso sim devias preocuparte por faz parte da realidade actual… não me vou alongar porque não é local pra escrever as 10 folhas que poderia ficar aqui apontando …. vai aprender e deixa de ter o complexo de inferioridade que a maior parte das ex-colonias tem (noutros paises isso acontece tb)

  8. eu says:

    Estão a brincar, certo ?
    O meu MacBook arranca em 3 a 4 s. Desde que pressiono o botão até ter o login a piscar.

  9. arc says:

    Eu devo ter lido MAL o inicio do artigo do Pedro Pinto!!!

    “O AntiX é uma distribuição muito interessante, capaz de correr a partir de um PII com 64MB de RAM.”

    NÃO estou a imaginar, quem sabe esteja totalmente enganado, que esses BRILHANTES devices do século 21, consigam um boot time de 10 segundos?!?!?

    Ops…afinal é mesmo….”PII com 64MB de RAM”!!!!!

    GeT Arch Linux, Or DiE, same as for Debian Linux…Animals!!!

  10. arc says:

    Pedro Pinto, aceita a minha modesta sugestao…

    É chegado o momento, de ser criada uma nova coluna editorial para o Pplware….algo como:

    – -> Vamos começar a usar o Windows 10 em vez do macOS e das Distribuições de Linux? <–

    GeT Arch Linux, Or DiE, same as for Debian Linux…Animals!!!

  11. Samuel says:

    Nota para a pplware:
    Mais de metade senão todas as distros de linux trazem o libreoffice e o resto.
    Linux é para pessoas que pensam.

  12. Nelson says:

    da para correr em pen?

  13. JoaoLisboa says:

    Adoro adoro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.