Quantcast
PplWare Mobile

SCDKey com excelentes ofertas Black Friday

                                    
                                

Autor: Mário Sousa


  1. Paulo Correia says:

    Boas
    Isto é legal para empresas ?
    Posso comprar o office e usar para fins profissionais ?

  2. Rui Mesquita says:

    Boas,
    Sabem se essas licenças são legais para uma empresa ?
    Pode parecer uma não questão, mas já me disseram que se houver uma inspeção, ou temos a caixa respeitante à licença ou estas keys online não são válidas.
    Para quem usou, sabe que por vezes até é preciso usar a ativação por telefone… o que me parece um pouco suspeito.
    Por isso, como há informação e deseinformação, gostaria de saber, alguma pessoa de alguma pessoa que saiba, concretamente, se houver uma inspeção à empresa e eu tiver uma licença adquiria num site como este ou semelhante ( até usava o G2Play), se a mesma, desde que o produto seja ativado é efetivamente válida.
    Cumprimentos a todos.

  3. TrasMontano says:

    Já alguém comprou software através deste site?
    Não conhecia este site e os pacotes de software da microsoft parecem bom demais para ser verdade…

  4. Gusmão says:

    Atenção que para o Office é a versão x86…
    Já fui…

    • Nelito says:

      Quem disse ????

      Dá para as duas versões .

    • Gusmão says:

      Afinal também dá para a versão de 64, depois de falar com o suporte lá consegui instalar.

    • Álvaro Campos says:

      E nem devias ter vindo pois assim não criavas confusões…..
      As chaves são independentes da arquitetura, seja no Office seja no Windows, seja neste site seja na M$, seja no canal doméstico seja no empresarial

      • Gusmão says:

        Senhor Álvaro Campos, não o vejo a comentar nada nesta “notícia” e depois vem com um “ar” de quem se considera “superior” puxar-me as “orelhas” …
        Sabe que errar faz parte da condição humana e que o importante é reconhecer que se está errado e através de uma atitude humilde tentar mitigar o que estava menos correcto.
        Sim, menos correcto, pois porque quando tentava instalar, o ficheiro instalava automaticamente a versão de x86 (32 bit), não me dando sequer outra opção.
        Infelizmente muitos dos que comentam por aqui são ou portam-se como “rapazotes”, com agressividade e escudados pelo anonimato. Ao Senhor o que lhe tenho a dizer é que seja elevado e assertivo, escusando-se de comentários autoritários do que eu devo ou não escrever.
        A tal chama-se educação, que neste caso é a total falta da mesma!

  5. Ricardo Abreu says:

    Boas, para empresas não sei, mas ainda ontem comprei uma licença do Office plus 2016 instalei a versão que fui buscar ao site da Microsoft meti a chave comprada e a Microsoft aceitou-a como legal.

  6. Mario says:

    Acabei de comprar uma licença para Office 2016. A ver como corre a instalação.

  7. Francisco Mota says:

    Comprei há meio ano uma do Office 2016 e no verso comprei do Call of Duty e estão a bombar.

    Estou a pensar comprar uma do Windows 7 e depois poderei migrar para o Windows 10?

    É que assim ficava com o 10 por cerca de 12 euros.

  8. Rui Mesquita says:

    Que a Microsoft aceita, e que tanto o Windows e Office ficam ativados é verdade, só queria saber se é legal instalar numa empresa.

    • Paulo Martins says:

      A licença é para OEMs, ou seja para fabricantes, não precisas de ser uma empresa de informática para usar isto basicamente se comprares um PC às peças tu és o “OEM” do PC e como tal podes usar uma licença destas, a questão é que a licença fica associada ao hardware e se alterares o hardware do PC a licença deixa de ser válida e a MS não oferece suporte para activar a licença porque como “OEM” tens obrigação de saber o que fazer para activar.
      Resumidamente é legal mas ficas com a noção dos potenciais problemas que possas vir a ter, se avariar um PC não podes usar a licença num novo que compres.

      • Hugo Gomes says:

        Ai podes podes eu tenho os meus 7 todos oem e deram para meter nos 3 pcs que fiz em 2015. So a podes é ter activada num pc. Mas no mesmo pc podes instalar no mesmo pc ate 5 a 6 tens de o ativar ligando para a micro. Ja utilizei licenças de portateis que nao trabalham para activar o win 10 e todas dao.

        • TigTex says:

          Poder fazer não significa que seja legal. O windows pode ser ativado em imensos pc’s até a chave ser adicionada à blacklist. Quando isso acontece, todos os pc’s com essa chave ficam desativados caso seja necessário reinstalar ou caso faça upgrade para as novas versões do 10 que saem de 6 em 6 meses.
          A lei é clara. 1 chave por pc. Está no EULA que todos aceitamos quando instalamos o windows pela primeira vez.

    • JP says:

      Deram-me a indicação que seria necessário ter a prova de compra, factura, com o número de série incluído.
      Num dos sites onde comprei, o win10 Pro x64 (6€!) questionei se era possível emitir factura com o S/N, mas disseram-me prontamente que não (desconheço o motivo). Mas na verdade temos sempre a possibilidade de abrir o PDF e editá-lo com a versão Pro.

      • Rui Mesquita says:

        Como disse, é um assunto complicado. Uma vez pedi uma fatura a um jackie chan do eBay, e mandou-me em Excel 🙂

        • Sérgio Heniques says:

          Existem países aonde não existe certificação a nível de sistema de faturação. Já não é a primeira vez que vejo faturas desses países feitas em excel, word ou similar.

  9. Fabio says:

    Se é a versão professional, não deve haver problema para empresa, certo?

  10. Rui says:

    E sendo OEM, podemos instalar quantas vezes precisarmos no mesmo computador?
    Ou seja, eu costumo formatar o meu PC várias vezes ao ano, a licença OEM permite-me isso?

    • Hugo Cunha says:

      A licença OEM fica associada ao Hardware… podes instalar as vezes que quiseres desde que não mudes algumas partes do computador… não sei ao certo quais mas sei que o HDD pode ser mudado.

      • TigTex says:

        Geralmente tudo pode ser mudado excepto a motherboard. No entanto, por vezes updates à bios são suficientes para o windows desativar. Por segurança, se se fizer login na conta microsoft, é possível associar a senha do windows à conta. Caso algum problema aconteça no futuro, será só mesmo voltar a iniciar sessão.

  11. TigTex says:

    Boa noite. A todos os que estão a perguntar “se é valido para empresas” a resposta é não. É obrigatório ter fatura de compra e o COA colado num local visivel na máquina (no caso do sistema operativo). Licenças OEM apenas podem ser vendidas junto com computadores novos (se bem que o EULA da microsoft é pouco claro nesse assunto). No caso destes websites, os clientes nem recebem por correio o autocolante para por na caixa ou o cartão com a chave do office. Isso é tão legal como utilizar chaves roubadas que por vezes aparecem no youtube.
    Outra situação também falada nos comentários: é perfeitamente legal utilizar Windows 10 HOME em empresas. Ser o “windows 10 pro” não significa que é legal para empresas. Apenas não podem utilizar o Office 365 personal ou Office Casa e estudantes em ambiente empresarial, tudo o resto é valido.

    • Fox says:

      Este office é legal para empresas? Office2016 Professional Plus CD Key Global
      https://pt.scdkey.com/office2016-professional-plus-cd-key-global_1530-20.html

      Quem ja se registou no site, sabem dizer se é possível inserir o número de contribuinte para efeitos de fatura?

    • Hugo Cunha says:

      Estás enganado… os “autocolantes” já nem são usados… agora a Key do windows vem embutida na BIOS. Podes verificar nas lojas das grandes superfícies que isso já não existe nem nos computadores das grandes marcas como a HP.

      • TigTex says:

        Isso é o caso de computadores de marca. Já são vendidos com sistema operativo e nesse caso, a chave está embutida na firmware e geralmente está colado um autocolante apenas a dizer “windows” ou “windows 10” na frontal da caixa. Para computadores montados às peças ou computadores de marca mas vendidos com freedos / linux, é obrigatório que seja colado o autocolante para fins legais. É das primeiras coisas que a ASOFT vai verificar em caso de inspecção.

        • Vitor Afonso says:

          E então para os computadores comprados sem SO? Onde trabalho adquirimos os pacotes de licenças à microsoft e são entregues via digital. Não há cá autocolantes e tal. O mesmo se passa para o resto do software!

          • TigTex says:

            Boas

            Isso são as licenças de volume. Nesse caso, sim, são entregues por via digital. Alguém ficará responsável pelo acesso à plataforma de licenças de volume da microsoft e poderá gerar chaves novas do windows até atingir o máximo de chaves adquiridas. Caso haja alguma inspeção, apenas terá que mostrar a fatura como efetuou a reserva de X licenças windows. Geralmente, também é entregue um contracto no formato pdf ao cliente que se inscreveu para licenças de volume.
            Muitas vezes na internet, são estas licenças que são redistribuídas. Não é legal revender licenças de volume ou utiliza-las fora da empresa para a qual foram adquiridas. Mas não ser legal não significa que muita gente não o faça. Na verdade, o windows fica ativado e não deverá dar problemas

      • Hugo Gomes says:

        Achas que as empresas vao ao media markt comprar 200 ou 500 pcs

    • Hugo Gomes says:

      +1 alguem que sabe do que fala é ias mesmo ta tudo bem explicadinho

    • Rui Mesquita says:

      Bom dia TigTex,
      Efetivamente, no autocolante, diz lá “FOR OEM SOFTWARE” | “THIS IS NOT A COA”.

      Quando compramos, eles enviam uma imagem com a serial, se imprimirmos a mesma e colarmos no PC não é valida?

      O que tu falas, é valido tanto para office como para o windows ou só para windows ?

      Cumprimentos

      Outra questão é, quando efetuas o pagamento por paypal, é gerado um recibo de pagamento, e onde é feita a referencia à key adquirida, também não serve de nada ?

      • TigTex says:

        O coa tem duas partes. Uma que se descola duma fita e cola-se na lateral da caixa e outra que fica colada junto ao dvd de instalação original. O aviso “this is not a coa” é só para mostrar que essa é a parte que não é para se remover, o COA é a parte que tem o serial number. O objetivo é evitar que haja trocas e se instale o windows errado (e falhe a ativação) por se ter trocado o DVD.
        Legalmente, tal como não se pode copiar notas (dinheiro), não se pode copiar os COAs. Eles não são planos como papel. Junto ao logótipo da microsoft, existe uma superfície com texturas.
        O recibo do paypal serve como prova de compra que adquiriu uma chave do windows que ficou na casa de outra pessoa. por isso, não serve de muito.

  12. João says:

    Produto a funcionar a 100 % e enviaram-me fatura apos pedir.

  13. Leonardo Macedo says:

    Alguém sabe porquê não é compatível com Mac?

    • Nuno Leitão says:

      Há um Office para PC e outro para Mac, tal como na loja.
      É preciso ter atenção e comprar o correto.
      Já comprei um para PC e outro para Mac e correu tudo muito bem. Rápido e a funcionar.

    • Ricardo says:

      Boa tarde, não é compatível com o mac porque são “arquiteturas” diferentes, mas se procurares bem encontras o Office para mac também.

  14. Pedro says:

    Penso que o problema no caso de empresas seria a falta do COA (etiqueta com o cdkey)

  15. Kris says:

    Eu gostava de ver a pessoa que escreveu o artigo esclarecer todas a duvidas que estão a surgir nos comentários.
    Seria interessante, além de divulgar preços, saber se de facto devemos e podemos usar sem qualquer restrição particular ou profissional/empresas.

    • Mario Sousa says:

      Kris, a única questão que se prende aqui com a possibilidade de usar o software numa empresa tem a ver com a factura de compra.

      Uma vez que a SCDKey emite algo muito “diferente” do nosso conceito de factura, esse documento pode não servir na sua totalidade para justificar perante quem de direito. É um handicap, efectivamente.

      Mas no seguimento desta questão, dou outro exemplo muito simples e na primeira pessoa: muito recentemente estive num país de “1º mundo” europeu. Neste mesmo pais, estive a serviço de uma empresa e fui jantar com alguém local. No final, depois de pagar e quando peço um recibo, foi-me entregue LITERALMENTE um post-it amarelo com o valo escrito à mão e um carimbo do estabelecimento.

      Agora a questão que deixo é: no sistema português este recebo era aceite?…

  16. Luis Caldas says:

    Entao ninguém consegue saber ao certo se isto é valido para uma empresa ou não?
    faria sentido se eles fizessem uma invoice (fatura) para validar a compra.
    ou sera que o comprovativo de pagamento e order impressa vale de alguma coisa?

  17. TrasMontano says:

    Apenas a Microsoft pode dizer se a licença é ou não válida para o fim que se destina.
    Quanto a facturação provavelmente é como qualquer outro produto: a factura tem de ser válida no país de origem para comprovar a compra.

    • says:

      O país de origem neste caso é a China, o que significa que não se usa sistemas de faturação como cá em Portugal. Em grande parte dos casos são faturas feitas à mão, valor é praticamente 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.