Quantcast
PplWare Mobile

Elastic: Crie temas em 1 minuto para o WordPress

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Street Racer says:

    Simplesmente fantastico! Agora com isto mete o Blogger no bolço.

  2. Pedro O. says:

    boas alguem conhece um do genero para joomla???

  3. Igor Pereira says:

    Isto vai me dar imenso jeito.

  4. David Soares says:

    Mesmo a calhar… 😉

  5. a Friend® says:

    WordPress sem duvida o melhor que há!…

    Excelente mesmo!

  6. Guzzman says:

    O blogger é mais indicado para uso pessoal. Cria-se o blog em segundos e agora tem funcionalidades até dizer chega.

  7. Guzzman says:

    ^^
    Podem ver até aí pelo meu blog do nick. Tenho tudo o que pretendo.

  8. dppako says:

    A diferença é que o WordPress não serve só para blogs. É uma excelente plataforma para um site corporativo, pessoal…

  9. guilherme santos says:

    Penso que o “WordPress”, por causa da sua filosofia de “website”, é um espaço mais estruturado, com mais preocupações estéticas, mais rigor e que exige também mais recursos técnicos,
    O “Blogger” é um espaço mais pessoal e intimista, mais impulsivo e portanto, se quisermos, mais “anárquico” (no bom sentido), com conteúdos incluídos quase só de forma cronológica.
    Cada um terá o seu lugar próprio, mas acho que vou experimentar o “WordPress”, proximamente.
    Isto porque já tenho uma experiência pessoal no “Blogger”, de momento “semi abandonada”, devido a uma quase total ausência de visitantes. Deu trabalho e não houve praticamente “feed-back”, o que é muitíssimo desmotivador.
    O título é “CONTR(A) CORRENTE” e deixo aqui o “link” (http://emvoorasante.blogspot.com/) para o caso de quererem perder algum tempo a visitá-lo e lá deixarem a vossa opinião. Pode ser que recupere o ânimo para continuar. As opiniões nele expressas podem ser eventualmente polémicas. Mas pretendi apenas demonstrar que mesmo um “blogue” pode ter preocupações de qualidade, quer ao nível formal quer ao nível de conteúdos.
    Talvez fosse interessante sugerir aqui um espaço de abertura e discussão para “websites” e “blogues”, com a publicação dos respectivos “links”. Mas não sei se isto cabe na filosofia (e na estrutura) do “pplware”. Eu próprio me interrogo se não teria sido abusiva a divulgação do meu próprio blogue, por poder criar um precedente fora de contexto. Mas fica a sugestão e o pedido de desculpas, se fôr o caso…

  10. Luis Leite says:

    Parece ser um plugin porreiro, tenho que testar para o meu blog.

    Como sempre Pedro Pinto com posts de qualidade 🙂

    Cumprimentos

  11. BigJapa says:

    Gostaria que tivesse algo assim para o Blogger. Séria ótimo.

  12. Grande plugin! Aprovado 😀

  13. Rodrigo says:

    Olá,

    Vi que o pplware mudou o seu tema recentemente.
    Reparei no novo menú do topo, que provavelmente usa javascript.
    Alguém me pode dar umas luzes por favor?
    Como posso mudar um menú do topo no wordpress?
    Há widgets? Posso construir eu um?
    Obrigado desde já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.