Quantcast
PplWare Mobile

Última hora: Marine Le Pen está fora da Web Summit

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Lagaffe says:

    Ela nunca havia de ter sido convidada, logo para começar.
    E então, esta atitude do governo a sacudir a água do capote…

    • Antoninho Pitágoras says:

      Quem queria sacudir a água do capote era Cosgrave, quem convidou foi ele, é um evento organizado por uma empresa privada, e vivemos numa democracia em que não vai ser o governo a decidir quem vai a um evento organizado por privados.
      Por isso só ele poderia decidir se vinha ou não, só num governo fascista estilo Marine Le Pen não seria assim.
      Começo a duvidar das ideologias do Cosgrave.

      • Lagaffe says:

        Então quero o reembolso do dinheiro dos meus impostos que o governo injetou em bancos privados.

      • Nuno says:

        Embora o web summit seja uma iniciativa privada, está recebeu fundos vindos do erário público, logo o governo teria toda a sua legitimidade para intervir ou então retirar esses mesmos fundos.

        • Bruno M. says:

          Essa foi a verdadeira razão para retirarem o convite, no entanto, um evento que promove a liberdade de expressão, veio agora provar que é mentira, e que apenas serve o interesse privado!

          Liberdade….. palavra essa que nas ditaduras está esquecida e é proibida!
          Liberdade….. palavra que num mundo pró-islamico, passa a ser uma ilusão!

          Liberdade………….. numa Europa falida socialmente, onde os valores perdem-se para um movimento ditador, que é disfarçado de religião, mas não é mais que um culto político…..simplesmente não existe!

          De livres, passamos lentamente a oprimidos onde quem critica o islão ou os governos são censurados, presos ou pior!

          • Nuno says:

            Liberdade de expressão não te dá direito da dizeres o que queres e te bem apetece. Não te dá direito a fazeres de discurso de ódio, xenófobos, racistas,… Liberdade não equivale a libertinagem.

            Claro que a maioria dos governos servem um interesse privado, tal como Le Pen. Ou pensas que as ditaduras fascistas serviam o quê, o interesse público?

            Um mundo pro-islamico? Quantos países islâmicos existem que não foram intervencionados militarmente, muitos deles reduzidos a escombros, pelos países que defendem os interesses privados do EUA e seus aliados? É precisamente o contrário do que tu pensas, a expansão imperialista e militarista não está a ser efectuada pelos países islâmicos.

            Tens uma noção muito distorcida da realidade.

    • Theboice says:

      Não? Porquê? Quem são os democratas agora? Quem são os fascistas agora? Isto lembra o pós 25 de Abril onde todos eram condenados por todos porque sim…

  2. Ruben Matos says:

    Que palhaçada. Só a ia ver quem queria. Ninguém era obrigado a ouvi-la.

    • ADMS says:

      Têm medo que a mensagem passada seja aquilo que realmente as pessoas pensam sobre a imigração ilegal que assola a Europa. E assim reforçar a posição das pessoas que até agora tem medo de dizer seja o que for por medo de censura. O medo dos fachistas do politicamente correcto é perderem o controlo e manipulação de opiniões que tanto os favorecem. E para informação pessoal, não sou de direita.

    • Eu mesmo says:

      Infelizmente isso faz ferver o sangue à esquedelhada. Não vi aqui ninguém a dizer que queria muito ouvir a senhora. Apenas vi pessoas contra certas pessoas controlarem que assuntos podem ser discutidos na praça pública. Pior é que essas pessoas que têm desejo de controlo da opinião pública, dizem que o fazem para defender a democracia. Quando nem sabem o que é democracia.
      Querem garantir democracia? Façam um referendo público a questionar sobre este assunto. E depois executem o resultado obtido. Isso é verdadeira democracia.
      Se maior parte das pessoas votar que os homossexuais não se podem casar, então qualquer decisão contrária é anti-democrática. É a melhor decisão? Provavelmente não, mas é a decisão democrática.
      Portanto não venham com tretas que aceitar que a Le Pen fale é anti democrático. Vão aprender o que é a democracia primeiro. Democracia é decisão igualitária por todos os membro de algo. Igualdade não é democracia. Igualdade de salários não é um requisito da democracia. Não confundam as coisas.

  3. Bruno Antunes says:

    nem vai dormir, que desgraça…

  4. António says:

    Igualde e Liberdade. Os chavões dos seguidores de Marx e outros da mesma laia morrem sempre que alguém tem uma ideia diferente.

    • Daniel says:

      Igualdade para o que é igual, ou fazendo uso do chavão: Não compares alhos com bugalhos.
      Comparem ideias diferentes o quanto quiserem, não tentem é fazer “opiniões” passarem por ter a mesma importância que factos. Essa é a primeira, a segunda é que já é dado liberdade a mais a quem dando a oportunidade nos negaria essa mesma liberdade (e nisso é tanto para proto-fascistas como Le Pen como comunistas tipo o PCP… a diferença é que – hipócritamente na minha opinião, tendo em conta a ortodoxia inerente ao PCP – o PCP decidiu jogar o jogo democrático, enquanto que a Frente Nacional nem sequer seria aceite como partido pelo TC em Portugal… o mais próximo que há é o PNR e demoraram décadas a perceber onde está o limite da xenofobia e discurso do ódio para serem aceites pelo TC).

      Dito isto: o único erro foi terem-na convidado, o depois manterem convite ou desconvidarem é acessório…. se mantivessem o convite ter-lhe-iam dado plataforma de propaganda e permitido equiparar opiões (odiosas) com factos (!!!), e ao desconvidarem-na fizeram dela uma martir chorona, que agora vai poder chorar as suas lágrimas de crocodilo com a falácia da liberdade de expressão (de novo, ver ponto 1).

      • António says:

        Errado meu caro.
        deveria ser liberdade de expressão, poder dizer livremente que não se concorda com cenas homo, nem com migrações clandestinas.
        o PCP não está a fazer o jogo da democracia, está a fazer o jogo que lhe deixam porque os genes do que eles referem como. Democracia Popular estão lá.
        eu nem sequer comparei ideais, limitei-me a fazer uma constatação das elites socialistas.

        • Daniel says:

          Qual “liberdade de expressão”? Amordaçaram a Le Pen?! Ela foi proibida de fazer comícios?! Não a nenhuma das perguntas, certo? Um evento privado fez-lhe um convite, foi criticado internacionalmente por oradores e clientes, retiraram o convite… não é direito inalienável da Le Pen ir discursar ao Web Summit, é descrição e direito COMERCIAL da Web Summit a convidar (e já agora, a desconvidar também).

          Além de que como escrevi abaixo: se a Le Pen dissesse metade do que diz em França cá em Portugal, estaria atrás das grades em pouco tempo (ela tem sorte que a França é dos países que têm uma legislação quanto a discurso de ódio mais laxivas da Europa, fosse em Portugal ou na Alemanha e ia bater com os couratos nas grades de uma cela).

          • Daniel says:

            É a ironia do país que um dia foi conquistado e ocupado por fascistas agora ter uma lei mais permissiva da Europa relativamente a organizações próximas a ideologias fascistas e a discurso de ódio… um sindrome de Estocolmo com décadas.

          • Rui says:

            Daniel? Não deixa de ser irónico que cá em Portugal haja a nova censura da extrema esquerda que impede alguém da direita de falar!!! Não foi só a Le Pen, recordo muito bem a extrema esquerda (PCP e BE) quando impediram Jaime Nogueira Pinto de discursar na Universidade Nova de Lisboa. Um grande exemplo da nova censura, desta vez vermelha: https://www.dn.pt/portugal/interior/palestra-de-jaime-nogueira-pinto-cancelada-devido-a-ameacas-5708960.html
            Recordo-te que até a Associação de Capitais de Abril ficou indignada (porque Jaime Nogueira Pinto não é membro de nenhum PNR) e até ofereceu as suas instalações para discursar.
            Voltando atrás, a Le Pen não deveria ter sido convidada (representa a extrema direita paga a peso de ouro por Putin para fazer a UE em pedaços), mas não deixa de ser verdade que há neste momento uma censura da extrema esquerda a tudo o que é os valores da fundação da Europa, a saber: É proibido elogiar um branco, um católico, comemorar o dia de Portugal a 10 de Junho, criticar um muçulmano, criticar um cigano……. este tipo de atitudes sem qualquer sentido é que estão a colocar a Europa, país atrás de país nas mãos da extrema direita, o último país foi a Itália e não tenhas dúvidas que a França vai tombar também. Porquê? Porque os europeus não querem receber mais refugiados que não têem nada a ver com o que defendem (os muçulmanos são poligãmicos caso não saibam e tratam as mulheres como cães….. algumas ainda podem conduzir……..). Rapaz, ouvi eu de um lusodescendente com mais de 70 anos e que vota em França, sempre no partido socialista, garantiu-me que está a ponderar votar Le Pen para acabar com a impunidade dos muçulmanos em França (isto depois do PS francês ter sido desfeito ao que ele me disse por culpa do Fillon…. eu acrescentaria Macron que também era socialista!!!!!!!!

          • Rui says:

            “É a ironia do país que um dia foi conquistado e ocupado por fascistas agora ter uma lei mais permissiva da Europa relativamente a organizações próximas a ideologias fascistas e a discurso de ódio… um sindrome de Estocolmo com décadas.”
            Não Daniel, o que tens de te questionar é o que leva a população votar na extrema direita e se não sabes a resposta, eu dou-ta, porque os europeus estão cansados de receber refugiados que nem sequer agradecem, vandalisam tudo por onde passam (vê os jornais franceses com o vandalismo dos carros queimados em todo o país) e os franceses e os restantes europeus estão fartos desta impunidade.
            Mas se vires com atenção, não deixa de ser cómico-trágico ver a extrema direita e a extrema esquerda apelarem ao fim da UE!!!!!
            Eu contraponho, vão ver o que vai ser a Europa sem a UE….. uma dica, leiam sobre como era a Europa dos anos 30 ….. e mais não digo.

          • BRUNO COIMBRA says:

            Rui, sabes q a maioria dos actos de vandalismo sao efectuados ja por filhos de estrangeiros…ja sao franceses
            e a maioria desses estrangeiros sao de origem das antigas colonias…portanto essa de que sao os refugiados tem muito que se lhe diga, franca esta ”invadida” pelos seus ex colonos por uma política vergonhosa com as suas antigas colonias

        • zé! says:

          liberdade de expressão…. gostei!! tipo matem os judeus, pretos, emigrantes e e quem não gosto..

      • Eu mesmo says:

        Daniel,
        Se eu proibir de se expressar quem quer que defenda a não igualdade universal de salário, o que chamas a isso? Censura? Porquê? Apenas estou a garantir que as pessoas são todas iguais, e quem quer que tenha uma opinião diferente é uma afronta à manutenção dessa ideologia.
        Caso ainda não tenhas percebido: welcome to communism! E caso não tenhas reparado também, esta “forte expressão online” foi manifestada pela extrema direita.
        O teu argumento tem zero de conteúdo. E continua a ser censura. Lá porque defende os direito das extrema-esquerda, não deixa de ser censura.

        Os boys da extrema esquerda que se deixem de tretas. E aprendam a dar argumentos de jeito, porque já ninguém cai nas vossas cantigas. Se gostas assim tanto do comunismo, vai para a Rússia! Problema resolvido.

        • p_t says:

          Isso de comunismo na Rússia não cola há 30 anos.

          • Eu mesmo says:

            A cena de que o Marxismo nunca foi implementado correctamente também não cola. Qual é a dificuldade em implementar o Marxismo correctamente? Especialmente numa sociedade “democrática”. Se a vontade do povo é chegar à utopia do Marxismo e não consegue, então se calhar não é uma democracia.

          • p_t says:

            Se ainda tivesse dito “vai para a Coreia do Norte” ainda percebia. A Rússia não é um estado comunista há 30 anos.

            Fala-se em alhos e traz bugalhos. Eu não disse que o marxismo nunca foi implementado. Essa tirada em nada se relaciona com o que eu disse.

            As razões para o Comunismo não se ter concretizado são imensas. Em verdade, não há ideologia concretizada na sua essência mais pura. Nem o capitalismo com o liberalismo ou libertarismo.

        • Nuno says:

          A tua educação parou no tempo à mais de duas décadas. A União Soviética já não existe. Neste momento a Rússia é capitalista. Nem nunca a União Soviética foi comunista, mas sim socialista.

  5. Manuel says:

    Não me revejo nos ideais desta senhora no entanto proibir que seja convidada estamos a usar a mesma doutrina que ela apregoa. sério seria ela vir e quem não concorda não assistir, ou em última instância não ir ao web summit. Isso é democracia.

    • Arlindo says:

      Subscrevo o seu comentário, embora ache os ideais desta sra. abjetos.

    • Daniel says:

      Infelizmente não há resposta errada neste tema:

      1) Manter convite era dar plataforma e legitimar discurso de ódio, permitindo inclusive manter o erro crasso que se comete sempre de equiparar opiniões/ideias com factos e dar-lhes igual tempo de antena e importância (e não digam que ideias vencem-se com ideias, se fosse verdade fascismo teria morrido após a II Grande Guerra, não teriamos pessoas a dizer que a Terra é plana, etc).

      2) Desconvidar é fazer dela um martir, não interessa se o argumento cai assim que se começa a escrutinar (afinal, ideias que sejam diametricamente opostos a factos não têm importância nem devem de ser considerados).

      A partir do momento que a convidaram o mal estava feito, não interessa as opiniões individuais depois: ambos estão certos e ambos estão errados.

      • Eu mesmo says:

        Daniel, tão iluminado que é, explique-me o problema do Fascismo. E de que forma é que o comunismo é melhor que o Fascismo. Não seja ignorante, e não responda como se Hilter e fascismo fossem sinónimos.
        Porque razão temos representação de extrema esquerda em Portugal, mas não de extrema direita?
        Qual é a sua dificuldade em desmontar uma opinião que não concorda? Por essa lógica, é melhor proibir todos e quaisquer assuntos em praça pública pois podem ferir susceptibilidades.

        Qual é que é o problema de alguém dizer que a terra é plana? Isso é facilmente comprovado que é mentira. Quem está inseguro de algo, é que é incapaz de justificar a sua posição. É assim que quer o fascismo, quer o comunismo mantêm o seu poder: lavagem cerebral, e controlo da expressão pública.

        • BRUNO COIMBRA says:

          Engraçado como automaticamnte atiras o comunismo para cima da mesa quando laguem diz que fascismo é mau (efectivamente é) o teu argumento é ”o meu amigo tb fez”. Uma mente tao limitada so consegue justificar o fascismo, que claramente sentes uma atracao e defendes com unas e dentes, com outro regime barbaro….

          Segundo, a liberdade de expressao nao significa libre de consequencias, eu sei que nessa cabeça limitada isto nao faz sentido mas felizmente é assim que acontece, tu podes exercer a tua liberdade de expressao e as pessoas podem exercer a delas ignorándote ou removendo-te de eventos que nao se querem asociar a tua mensajem

          • Eu mesmo says:

            Claramente não sabes o que é liberdade de expressão! Não precisas de remover a liberdade dos outros, para conseguires exercer a tua.
            Obviamente que falei no dualismo fascismo e comunismo. Pois um é aceite na nossa sociedade e o outro não. No entanto, como bem disseste ambos são regimes bárbaros. E era esse o meu ponto.
            No entanto uma mente limitada como a tua, não consegue perceber isso, e portanto arranja argumentos vazios para defender um partido com afiliações bárbaras

          • Eu mesmo says:

            Bruno, aprende a escrever. E se queres alguma credibilidade a argumentar, não faças cherry picking de argumentos. Lá porque és limitado, e não consigas responder aos argumentos, não significa que por mudares de assunto, que tens razão.

        • Marco says:

          Mas quem é que falou de comunismo!?

    • joao says:

      Gostava imenso de saber quais sao os ideais e a doutrina dessa senhora.
      Agradecia que partilhasses aqui com o ignorante ou outros ignorantes como eu!

    • Ricardo Carvalho says:

      Voces esquecem-se que a democracia e liberdade de expressão também têm que ser defendidas, leiam este artigo do Rui Tavares no Publico (atenção que não sou de nenhum partido nem concordo c/ todas as opiniões dele) para terem uma noção do que a Le Pen representa. (…) A Europa do pós-guerra nasceu contra o fascismo e por isso não admira que o fascismo deteste o projeto europeu;(…)

      https://www.publico.pt/2018/08/13/politica/opiniao/a-democracia-nao-se-defende-sozinha-1840877

      • Eu mesmo says:

        Tu por acaso sabes o que é democracia? Define democracia numa frase.
        Parece-me a mim que censura é o contrário da liberdade de expressão.
        Além do mais como é que a proibição da imigração (um dos motivos mais utilizados para o que a Le Pen faz é errado) prejudica a democracia ou a liberdade de expressão? Honestamente não entendo. Os cidadão e imigrantes podem continuar a dizer que não concordam. Esse argumento é vazio, só para continuar a defender certas agendas políticas.
        Lá porque eu digo que quero ser rico, não quer dizer que alguém seja obrigado a fazer-me rico.

    • Nuno says:

      Le Pen não foi proibida de ser convidada. Estas a distorcer a realidade. Muitas pessoas do povo, convidados, participantes e visitantes demonstraram o seu descontentamento (e tem todo o direito para o fazer) em que uma convidada do web summit fosse alguém com ideias xenofobas, racistas, homofóbicas,… Os organizadores, vendo a reacção que houve, retiraram o convite, tal como tem o direito de o fazer. Isso não lhe impede de falar seja com quem for.

    • Bruno M. says:

      Infelizmente, estamos a usar a doutrina que a Europa utiliza e que começa a ser a mesma que o Islão professa!
      Estamos a aproximar-nos de uma nova Era das Trevas! Desta vez, bem pior que a que passámos anteriormente!

  6. d4rkw3b says:

    “democracia e igualdade”…..

    • joao says:

      Isso nao existe na esquerda, ou tens os mesmos ideais ou es racista e deves ser oprimido.

      • BRUNO COIMBRA says:

        Acho piada como automáticamente atacam a esquerda por este problema, uma empresa privada convida, depois desconvida…a culpa é da esquerda.

        O governo nao emitiu nenhum opiniao sobre este convite, a pesar da websummit tentar sacudir agua do capote para nao tomar uma decisao

        Varias pessoas a nivel mundial, principais figuras que ja participaram na Wsummit acharam este convite descabido, pessoas e todos os expectros políticos da esquerda a direita…mas é a esquerda q é mazinha

        Debe ter sido rejeitado por alguma miuda do BE so pode para essa raiva toda com a esquerda

  7. David Guerreiro says:

    Se fosse outra qualquer ia ser machismo, como é essa, já pode ser.

  8. Rodrigo says:

    Politicos: “Putos que brincam ao faz de conta armando-se em adultos e que julgam que mandam no que quer que seja”. WebSummit: “Evento onde ignorantes pagam um balurdio para ouvir a história e os dramas dos convidados durante vários dias.”

  9. Mdk says:

    Ponto 1… liberdade de expressão?onde?ouve quem quer e…
    Ponto 2… governo não se mete com a justiça,nem com outras entidades…..?um pouco de pressão e já foste…. democracia?onde? supostamente tb não iriam ceder a Angola e foi o que foi…

    • Bruno M. says:

      Essa foi a verdadeira razão para retirarem o convite, no entanto, um evento que promove a liberdade de expressão, veio agora provar que é mentira, e que apenas serve o interesse privado!

      Liberdade….. palavra essa que nas ditaduras está esquecida e é proibida!
      Liberdade….. palavra que num mundo pró-islamico, passa a ser uma ilusão!

      Liberdade………….. numa Europa falida socialmente, onde os valores perdem-se para um movimento ditador, que é disfarçado de religião, mas não é mais que um culto político…..simplesmente não existe!

      De livres, passamos lentamente a oprimidos onde quem critica o islão ou os governos são censurados, presos ou pior!

  10. Antonio Alberto Silva says:

    Aposto que quem não quer que ela fale no websumit nem sequer alguma vez pensou ir ao websumit. Querem censurar quem seja diferente deles e depois ficam admirados por a extrema-direita estar a crescer na europa.

  11. André Correia says:

    Ponto número 1…abomino o partido e os ideias da Senhora.
    Ponto número 2…Nao deixa de ser curioso que partidos que pregam a democracia e liberdade (nomeadamente BE) se tenham insurgido contra o governo e a web summit neste caso, os ideias que a senhora defende são asquerosos concordo mas tem tanto direito de antena e discursar como os que pregam ajuda a integrar imigrantes e ilegais etc é apenas o oposto das ideias deles mas em democracia todos teem direito a defender as suas ideias.
    Ponto número 3…se os políticos em geral se preocupassem em criar uma sociedade mais justa e equilibrada pessoas como esta senhora ficariam sempre a falar sozinhas pois ninguém lhe ligava cartão… Fica a dica Senhores Governantes…

    • Eu mesmo says:

      Concordo completamente. Não tinha qualquer interesse em assistir à palestra da Le Pen. Mas fico totalmente repugnado com a hipocrisia da extrema esquerda. E como conseguem tão facilmente subjugar a liberdade de expressão.
      Dá para reflectir, que até Portugal se transformar numa Rússia, não deve falar muito. Com o bom trabalho da extrema esquerda, e outros aparelhómetros mecânicos.

    • Bruno M. says:

      São esses partidos que apregoam a liberdade, andam a importar um culto político que respira tudo menos liberdade! – Islão!

  12. Pedro says:

    O politicamente correto vence sempre. Portugal é um nojo

    • Eu mesmo says:

      Enquanto as vozes das minorias forem assumidas como sendo a voz da maioria, é assim que vai continuar. Quem domina as redes sociais, domina a opinião pública.

  13. jaugusto says:

    blá blá meninos mimados …

  14. Informático Amador says:

    E eu que pensava que a Democracia, também significava dar oportunidade a todos de falar, mesmo que as opiniões de alguns, nos pusessem o sangue a ferver … A ditadura do “politicamente correcto” ganhou, e nem dei por isso …

    • Eu mesmo says:

      É assim que funciona neste momento. E não vai melhorar!
      Isto porque a minha geração está cheia de putos mimados, que em vez de trabalharem para o sucesso se refugiam na cultura de vitimização. Informalmente designados por SJW’s.
      Pior é que esta cultura de vitimização que não ajuda ninguém (ninguém é bem sucedido se passa a vida a fazer-se de vitima e a culpar os outros pelos seus erros) não é travada por ninguém. Mas já seria de esperar: os meus pais que criaram estes jovens adultos mimados, naturalmente serão incapazes de os controlar quando são adultos.
      Como atualmente quem tem maior voz é quem tem maior representação nas redes sociais, é normal que por mau trabalho dos media, se fique com a ideia errada, de que uma decisão de um conjunto minoritário de pessoas, represente a decisão democrática de um país.

      E é assim que a economia global funciona neste momento.

  15. Greenshines says:

    Fascistas…

  16. Nuno says:

    evento irrelevante

  17. Daniel says:

    Os ideias que esta senhora defende, se fossem professados em Portugal da forma como ela o faz em França, seria considerado crime público e ela há muito estaria presa. Aliás, a Frente Nacional nunca teria como formar partido em Portugal, nos moldes e com a acção que tem, perante a Constituição da República Portuguesa… o PNR levou décadas para descobrir algo tão simples quanto como se manter como partido sem ser dissolvido ou recusado pelo Tribunal Constitucional.

    Por isso não, perante a lei nacional e as consequências legais para essa senhora caso ela agisse em Portugal como age em França, o BE por acaso nesta situação não estão a ser hipócritas.

  18. pedro says:

    é a “liberdade de expressão” da extrema esquerda no seu melhor!!!

  19. Rafael says:

    Quando digo que vocês europeus estão comendo muita soja e ficando de pau mole ninguém acredita.

    Qual será o próximo passo dos globalistas pro velho mundo?

  20. Nuno Flores says:

    Democracia é isto para a esquerda.
    Silencia-se todos os que não afinam pelo mesmo diapasão.
    Diálogo válido é o monólogo em que só a esquerdalha fala.

    • Nuno says:

      Dizes isso enquanto a quase totalidade do governo defende políticas de direita. Bem como o organizador do evento é de rireita, se não, não teria feito o convite logo no início. O mais provável é a grande maioria do convidados, oradores e visitantes também o serem. Para ti, a esquerda leva com a culpa de tudo, mesmo sem esta, alguma vez ter estado no governo.

  21. Pingalin says:

    E se todos os que estão contra a presença fossem tambem barrados, por exemplo de escrever aqui? O que seria?? Enquanto nao ouvirmos o que os outros têm a dizer não evoluimos. Não há discussão, não há evolução!

  22. S Sousaousa Campos says:

    Ora aqui está uma enorme prova que a democracia só funciona para um lado

  23. Conhecimento Ana says:

    Fica a dica, para todos os que expressam com liberdade , e sem saber, dizem que Portugal se vai transformar num pais Comunista, como na Russia, ou palavras que ao mesmo vão beber.
    Consultem melhor esta ferramenta que nasceu da liberdade e procurem saber o que é a russia nos dias de hoje, e que sistema existe a muitos anos. Que lugar ocupa o Partido Comunista na cadeia de Poder.

  24. Mdk says:

    Democracia?onde…..ao longo dos anos só vejo governos a alterar leis em cima do joelho…deveres e obrigações é o que nos espera,os direitos interessam pouco.

  25. Cristóvão says:

    A extrema-esquerda, com uma atitude fascista perante uma líder nacionalista, acusa os outros de serem fascistas. Se a ironia pagasse imposto… E ainda se auto-proclamam promotores da tolerância.

    Tolerância, democracia e liberdade para mim, mas não para ti.

  26. Zed Mendes says:

    excelente golpe publicitário, apenas e só isso. De resto ainda me hão de explicar porque é que um evento cuja entrada é paga e bem paga há de ser financiado por dinheiros públicos. Turismo? Já cá temos que chegue, se é esse o argumento parece-me muito fraquinho

  27. Rui says:

    Não é de admirar esta nova censura desta vez da extrema esquerda nacional (PCP + BE). E não é caso único, eu lembro-me muito bem de no ano passado terem impedido o politólogo Jaime Nogueira Pinto de discursar na Universidade Nova de Lisboa (esse antro da extrema esquerda):

    Nessa altura até a Associação 25 de Abril sentiu-se incomodada e ofereceu as suas instalações para Jaime Nogueira Pinto falar.

    É por estes motivos: censura da extrema esquerda, o politicamente correcto aos olhos da extrema esquerda, que as pessoas estão a votar cada vez mais na extrema direita por essa Europa a fora (o mais trágico-cómico de tudo isto é a extrema esquerda e extrema direita quererem destruír a UE, como pede o mecenas Putin, esse democrata). Caíu a Itália, que era talvez o pais mais europeista….. até levar com centenas de milhares de refugiados em cima e ninguém querer saber ou ajudar (assim como os desgraçados dos Gregos) e não me admirava nada da França caír também, porque chega de encobrir as situações e defender o indefensável.
    À dias um casal gay foi agredido em Coimbra por uma família. A extrema esquerda já ía criar mais uma guerra santa em defesa dos direitos gays….. até que descobriu que quem lhes bateu foi uma família cigana….. e como é uma minoria protegida do BE, o caso foi abafado e não se falou mais nisso…….
    Uma questão: Acham mesmo que os franceses…. e já agora os Suecos, estão muito contentes por verem todos os dias carros incendiados, mulheres violadas, pessoas maltratadas quando alguém ousa defender-se como contra uma matilha…… acham mesmo que as pessoas vão ficar caladas muito tempo sem se revoltarem ou usarem o voto como arma contra esta impunidade só porque são uma minoria protegida pela extrema esquerda?

  28. Jorge Carvalho says:

    Convinha que alguns comentadores soubessem ao menos o que significa liberdade de expressão.

    Abc

  29. Mdk says:

    É uma conferência tecnológica ,não me parece que seja de ideologias, acredito tb que as pessoas que assistissem teriam algo a dizer ou mostrar o seu desagrado no momento . agora uma coisa é certa ,com essas extremas esquerdas e direitas sabemos com que contar.mal daqueles que pensam e não dizem…ou fazem pela calada.

  30. Norberto Vale says:

    Muito me espanta alguns comentários nesta publicação. Portugal pode ter muitos defeitos, mas ainda assim é considerada uma das democracias mais evoluídas do mundo. Portugal pode ter muitos vícios, mas ainda é um país onde existe liberdade de expressão. Muitos não sabem dar valor ao que têm, talvez porque nasceram num país onde esta realidade nada lhes custou alcançar. Pessoas como Le Pen não podem de modo algum ser bem vindas. A desculpa de atribuir o direito de liberdade de expressão a quem não a defende, e que no uso dessa liberdade de expressão luta por ideiais opressivos e fascistas, além de uma grande irresponsabilidade é também burrice. Essa senhora que pegue nos seus ideiais e que vá para a Coreia no Norte, de preferência apenas com bilhete de ida. E quem concorda com ela, que apanhe a boleia.

    • Norberto Vale says:

      E para todos os que querem tomar uma atitude de “santo” ao ponto de abençoar o diabo, podem estar certos que a longo prazo, deixarão de ser santos e passam a ser mártires.

  31. Nuno says:

    A tão falada democracia, democracia mas só para alguns, só quando interessa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.