PplWare Mobile

Preço da luz vai descer 18 cêntimos na fatura mensal


Fonte: ERSE

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. cK says:

    E isso merece algum comentário?…

  2. Jota says:

    18 cêntimos não é nada, mas pelo menos não sobe!

    • Pirata das cabernas says:

      Em janeiro vamos ver se não sobe…

    • Não Interessa says:

      Acho que se devia fazer mais foco no seguinte paragrafo, em especial na segunda frase:

      “Esta redução vai ter impacto em cerca de um milhão de clientes domésticos que ainda encontram no mercado regulado. A maioria dos clientes já se encontra no mercado liberalizado.”

    • Bruno M. says:

      Em Janeiro sobe de certeza.
      Desde agora 18c, para subir 36c em Janeiro.

      E asim se enganam os tolos com papas e bolos.

  3. Koso says:

    Perderam uma boa oportunidade de estarem bem calados. Só vieram pra aqui perderem o seu tempo, pois todos sabemos que a chulice e mama nunca acabarão.

  4. Koso says:

    Perderam uma boa oportunidade de estarem bem calados. Só vieram pra aqui perderem o seu tempo, pois todos sabemos que a chulice e mama nunca acabarão.

  5. sakura says:

    Esta redução vai ter impacto em cerca de um milhão de clientes domésticos que ainda encontram no mercado regulado…………….LOLOLOLOLOLOL
    Para os consumidores com tarifas sociais de venda a clientes finais, a proposta tarifária prevê uma descida na fatura mensal de eletricidade de 11 cêntimos
    Lololololololol…..

    “”publicou uma proposta que visa baixar a eletricidade em 0,4%.””

    PQ? 0.4% e não 50%? Eu gostava de saber pq?

    • fak says:

      Sakura, queres saber porquê? é simples, só estás a pensar no teu umbigo…
      vamos pensar na EDP… este ano, fez um investimento de 25 mil milhões de euros em eólicas, e isto é apenas 1 dos vários investimentos da EDP.
      agora pensa que, a EDP, no ano passado lucrou mil milhões de euros…
      para manter isto simples, façamos as contas apenas a este investimento… são 25 anos para recuperar o valor deste investimento apenas, mas alto lá, a EDP tem outras despesas, recursos humanos (trabalhadores), matéria-prima, desenvolvimento/melhoramento de/das infraestruturas energéticas, outras dividas, entre outros…
      ou seja, sem fazer as contas todas (não tou para ir à procura das dividas da EDP e de quanto gasta anualmente), à, e tendo em conta que as eólicas só estão prontas daqui a uns anos, pode-se dizer que vai demorar uns 30 a 40 anos até que a EDP volte a ver os 25 mil milhões de euros e comece, finalmente, a lucrar com as eólicas…

      e estamos a falar de apenas 1 investimento… a EDP tem vários e mais os que fará no futuro…
      e também só estamos a falar da EDP… falta falar das outras empresas…

      ainda achas a eletricidade cara? eu cá até acho barata…

      • Aquele_gajo says:

        Aí brinques comigo meu caro. Deves trabalhar nesse sector mas estas eólicas pagam/se rapidamente. Se rebanho lucro líquido na ordem que disseste temos que o investir no mesmo ano por forma a baixar IRC. isto em empresas ditas “simples”. Estes lucros para serem mais baixos tendem a ser investidos nestas messias eólicas pelo que o investimento que dá-las já foi feito à custa dos lucros. Os lucros, já não comportam as despesas da empresa como os RH e viaturas e consumáveis etc pelo que é líquido. Mais ….toda a energia que não é aproveitada em PT das renováveis são vendidos a Espanha e Marrocos. Logo esse lucro ainda é exponenciado. Não há energia dita “perdida”. Existe alturas em PT que somos alimentados apenas pelas renováveis. Ora bem ….tendo em conta os lucros constantes anualmente desta empresa ainda vamos falar de aumentos de energia? Mas porque ? Eu explico: os senhores que estão no poleiro tem objectivos. Basta um objectivo de lucro de 1% relativo ao ano anterior. Se o mesmo não for obtido ou se preveja que não seja obtido …basicamente o que eles fazem e subir esses mesmos 1% ou 2% anualmente na fatura para que o seu objectivo seja cumprido e assim …..terem o seu prémio megalómano de 1 …2………..milhões de euros na sua continha 🙂 percebemos a jogada ? É isso.

      • Não Interessa says:

        O problema não é as contas altas, é mesmo os ordenados baixos, basta comparar com o resto da Europa.

        • Louro says:

          O problema é mesmo dos salários baixos combinados com o custo energetico dos mais altos da Europa.

          Como nao amar Portugal? Especialmente quando vives fora e ves isto tudo de longe.

      • Diogo says:

        @fak, Só podes ser estúpido ou troll… sabes quando recebe o ladrão do António Mexia, não sabes??? Este é o que se conhece… imagino a cambada de chulos que está igualmente a mamar à nossa custa…

        • fak says:

          Diogo
          mamam em todo o lado. no meu tempo de tropa, um tenente-coronel ganhava o meu ordenado em subsídio de salto (tropas paraquedistas)… fora outros subsidios e o salário base, enquanto que o praça, para fazer o mesmo salto, nem 1/3 ganhava de subsidio de salto… é a vida, revoltares-te porque fulano ganha 500 mil para fazer assinaturas num papel ou fulano ganha 3x mais que tu para fazer a mesma coisa não vai mudar nada, é assim que o sistema está feito…
          é como já tenho dito, ir contra o sistema não dá em nada, o nosso sistema não é perfeito, mas foi o que melhor funcionou até agora, por isso queres mais, trabalha e estuda para teres mais, em vez de reclamares dos mamões que aí andam, porque não trabalhas para teres uma mama igual à deles?

    • fak says:

      já agora, queres reduzir na conta?
      muda para uma empresa mais barata, tens a Endesa, gold energy, logica energy, iberdrola… o que não falta são empresas no mercado livre…
      reduz ao máximo o consumo em casa, tás a ver aquelas tomadas inteligentes da EDP? eu comprei tomadas dessas na Amazon para tudo o que é aparelho, nas que não dá para usar tenho daquelas tomadas com botão ON/OFF;
      se sais do PC , TV, etc por mais de 5 minutos, desliga-as…
      aproveita ao máximo a luz do sol;
      aproveita a tomada no trabalho ou o carregador de isqueiro do carro para carregares aparelhos como o telemovel, powerbanks, etc;
      lavar a roupa, secar roupa, passar a ferro, etc nos horários com a tarifa mais baixa (no meu caso é a partir das 20h);
      há mais, mas esses são os que pratico com mais frequência e só pago 25€ por mês (2 pessoas, sendo que a maria trabalha desde casa), no mercado regulado (EDP – tarifas mais caras)… mês que vem vou para a Endesa (mercado livre) e espero poupar cerca de 6-7€ face ao atual…
      só paga muito quem quer…

      • Artemus says:

        Então faz bem as contas para ver se poupas mesmo 6-7 euros…

        • fak says:

          Artemus,
          sempre podes negociar os preços no mercado livre…
          eu tive a sorte de me bater à porta uma associada ou colaboradora da Endesa com a qual negociei que fazia contrato com eles se me fizessem um desconto, com possibilidade de fidelização se fosse preciso… atualmente aguardo resposta.

      • RM says:

        ’25€ por mês’ … quantos kwh por mês e a potência contratada ?

        • fak says:

          RM
          olha, estes são os detalhes da minha fatura de Outubro (atenção que fui 1 semana de férias e não estivemos em casa):

          potência: 4,6kVA
          consumo do mês de outubro: 39kWh
          preço por kWh: 0,1534
          contador: 0,2751 por dia
          totais: 5,98 em eletricidade, 8,53 para contador, 1,88 para impostos e 1,06 para contribuição audiovisual. 17,45€ a pagar este mês.

          • Artemus says:

            @ Fak
            Então estás a pagar muito. O meu consumo, na fatura de Agosto, na EDP, foi de 147 kWh e paguei 34,06 €.

          • fak says:

            Artemus
            de certeza? por especulação, para o valor que indicas, parece-me ser que tens bi-horário e gastas quase tudo no vazio (cujo preço é 0.11€ e gastas 16€ em eletricidade, que + contador + impostos e taxa, há-de rondar os 30€)… mas lá está, é especulação.
            também podes ter tarifa social, descontos, ou podes ter mesmo pago a mais no mês passado e este mês chegou o acerto, se não deres a contagem todos os meses eles fazem a estimativa e se pagares a mais vem o acerto no mês em que a EDP tirar a contagem real e esse acerto está lá, mas não está escrito na fatura…

          • Artemus says:

            @Fak
            Foi leitura real e não tenho qualquer desconto, tarifário social ou bi-horário (essa fatura é a do apartamento que tenho alugado). No apartamento onde moro, também com tarifário normal, no mês passado gastei 165 kWh e paguei 41,17 (leitura real).

          • fak says:

            @Artemus
            então não sei, só se for da zona porque eu tenho uma casa no norte, na qual eu já vivi (agora está arrendada), eramos 4 naquela casa e o normal era pagar 70-80€ por mês, mas isto era porque a gente tinha luz trifásica por causa do sistema de rega, do motor do poço de água, etc, mudei-me para o centro, vivo agora num apartamento com alguns 25 metros quadrados, luz monofásica, e pago 25 (em média)…
            deve ser da área, porque as contas batem certas na minha fatura.

      • V3rm3 says:

        “aproveita a tomada no trabalho “.. pois.. para poupares tu, paga o teu patrão… nem merece mais cometários.

        • fak says:

          V3rm3
          pensa lá um bocadinho… achas que não se pede autorização para isso? se ele diz que sim é porque não se importa…
          eu por acaso é tranquilo, sou condutor de profissão, como o meu telemóvel é também o GPS (ligo por Android Auto ao Octavia), quando chego ao final do dia de trabalho o meu telemóvel já está carregado e assim evito de carregar em casa.

      • AlphaB says:

        Muda para uma mais barata dizes tu e depois falas na endesa etc.
        Sabes qual é o problema ? credibilidade !! conheço quem saiu da EDP e foi para a endesa era só vantagens e depois no fim do ano veio o acerto diziam eles depois de fazer as contas mudou para a edp o acerto ficava mais caro do que estar na edp.
        Eles bem andam cá a volta de mim é só descontos e promoções o problema é que não acredito neles.

  6. joao says:

    BEM…

    Ja conseguimos comprar 1 pastilha de 10 paus

  7. nop90 says:

    Tanto? ainda declaram falência.

  8. R says:

    “Abram a pestana” e olhem para a energia nuclear de forma científica.
    E houve desenvolvimentos recentes que justificam (ainda mais) essa opção.
    Vejam isto: https://www.imdb.com/title/tt10986062/?ref_=ttep_ep3

    Já sei que vou ser trucidado nos comentários, mas nem vou responder.
    Quem estiver disposto que estude o tema a sério.

    http://visao.sapo.pt/opiniao/2019-06-05-O-ambientalista-simplorio-1

    • Pirata das cabernas says:

      Em França a maioria é nuclear… Os tugas têm. Medo que isso rebente.
      Sim para muitos nuclear é apenas uma bomba

    • Francisco Guerra says:

      nao sou muito conhecedor do tema, mas ainda a pouco vi um género de documentário sobre o Bill Gates.. e eles estavam a trabalhar num novo tipo de reactor que até usa o “lixo” radioactivo que esta a empilhar-se actualmente para produzir energia! ia avançar com a construção na china.. até que o Trump.. é o Trump

      • Redin says:

        E o resultado desse processo faz com que os resíduos finais fiquem Inertes?
        Se assim fosse e pela quantidade de resíduos actualmente existentes teríamos combustível suficiente para muitos anos.
        A não ser assim mais vale continuar a aposta na energia de fusão que está a ser trabalhada por cerca de 30 países.

    • Louro says:

      @R
      Cuidado com o que dizes, muito cuidado pois daqui a nada aparecem aí os protectores do ambiente de bancada em que tudo para eles é mau a dizerem que energia nuclear era para matar os Portugueses.

      Lembras há uns anos atrás eram para construir um reactor no Alentejo? O que disseram os tugas? Nao, porque vai rebentar, nao porque a nossa saúde, nao porque o diabo a 7… onde foi construido? Espanha, Badajoz logo ao lado da fronteira.
      Quem ficou com o lucro foram os Espanhois e se algo correce mal os Portugueses também iam…

      Agora o que está na moda é a extraccao de litium, estou a ver tanta gente contra extrairem em Portugal que já estou a ver algum país a pegar nisso e a sua economia a crescer significativamente enquanto os Portugueses mais uma vez ficam a ver navios.

      Lindo de ver.

  9. Joaquim says:

    Lá vou ter que comprar um mealheiro maior!

  10. Nuno says:

    Ena ena, ao fim de 5 meses tenho um café à borla! Mas não pode ser num sítio muito fino…

  11. Redin says:

    Pronto, até que enfim. Já posso minerar Bitcoins.

  12. Jorge Silva says:

    Com esta enorme baixa de preço, vou já aproveitar para electrificar a casota do meu canito!

  13. says:

    A importarmos energia de proveniente nuclear aqui da vizinha Espanha, espanta-me como é que ainda querem descer a fatura. A tendência vai ser aumentar a fatura, com o logro que são as energias renováveis.

    • zeca até de nome says:

      Es mesmo Zé. Mais um que não sabe o que está a dizer. Vai ao site da REN e vê a proveniencia da produção diária/semanal em Portugal, e depois diz- me alguma coisa aqui. Essa energia que falas, ainda vai ser a mais utilizada do Mundo.

  14. atento says:

    Fico extremamente grato por tal “Generosidade”, que terá um impacto incontestável no meu poder de compra………..Obrigado ERSE e Mexia !

  15. anon says:

    Isto nem deveria ser notícia, de rir.

  16. ASilva says:

    Isto é apenas uma proposta. Acho que com um pouco de sorte, talvez fiquemos com a generosidade pela metade.
    Já pagamos mais que quase todos. Esta poupança vai seguramente mudar e economia portuguesa.
    Dá para rir com vontade de vomitar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.