Portagens devem aumentar 1,4% já em janeiro de 2018


Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. Luiz says:

    Aumento de custos redução de veículos. é o que se pode esperar. Paga Zé Povinho

  2. Enfim says:

    E continua o saque…Impostos que lembram e remetem aos tempos medievais, pagar para atravessar pontes e vias que quando foram construídas, tiveram a promessa de que não seriam nunca taxadas e assim vamos andando por Portugal. Para quando uma medida como existem noutros Países, selo para poder circular anualmente sem surpresas. Acabava parte do sustento de muitos é realmente muito difícil, viver neste Portugal feito a medida de pessoas que não tem noção da dificuldade de como vive grande parte dos portugueses.

  3. rodrigojds says:

    Incha Povo!!

  4. SmarTech says:

    Criminosos …
    Todos descontamos já para o estado, qual a lógica de aplicarem sequer portagens?

    Portugal e todos aqueles que apoiam estas coisas deviam ser colocados na prisão ou enviados com 2 pontapés para fora do país.

    • Hugo Gomes says:

      Se todos descontasse como numa Holanda e tivessemos reformas como na suiça ai sim era um bom pais agora uns descontam os olhos da cara para os outros encherem os bolsos dos bons reformados que ganham nao 500€ mas 5000 ou mais.

  5. Henrique Gonçalves says:

    Eu também queria que o meu salário aumentasse na mesma proporção todos os anos…

  6. TD says:

    Acho engraçado as pessoas que vêm comentar que o governo está a agir mal.

    Votam sempre PS/PSD, as coisas não melhoram mas continuam a votar e depois quando saem estas medidas reclamam.

    PORTUGUESES…… Eu nasci em Portugal, resido em Portugal, trabalho em Portugal, e se me perguntarem se tenho orgulho em ser Português a resposta é NÃO. Não tem só a ver com portagens ou custos de saúde e afins, tem mais a ver com o facto de não ser um país que se preocupa com o seu povo mas sim com os bolsos dos seus governantes, e no fim de contas quem se queixa são aqueles que quando o partido ganha as eleições está lá na fila com os bonés e as “fitinhas” do (seu ou não) partido a festejar.

    E sim, eu voto, em branco, porque não existem partidos que vão ao encontro do que eu acho ser as medidas certas a serem tomadas….

  7. Mota says:

    Um dia destes até nos cobram a quantidade de vezes que temos de fazer necessidades.

    É um abuso.

  8. censo says:

    Se todos, mas mesmo todos pagassem os impostos devidos, poderíamos nunca ter visto a troika e afins. Mas manda a chico espertice nacional e depois queixam-se.

  9. Miguel says:

    Vamos pagar portagens para manter autoestradas, a ver com os outros impostos que se pagaram para manter as florestas deixa a desejar o “zelo” que fizeram ao Pinhal de Leiria de onde extraíram milhões também estão a extrair milhões dos nossos bolsos. Nós que chegamos a ficar sem bens, vidas e sem os donativos que se angariaram dos concertos solidários agora temos de pagar portagens. Tenham dó….

  10. falcaobranco says:

    Viva as estradas nacionais!!!

  11. krasct says:

    a economia começa a melhorar…

    ESTADO: Já se pode aumentar as portagens, a meio do ano aumentamos os impostos ao combustível.

  12. Rodrigo Maia says:

    Parodia via verde 😀

  13. José Lopes says:

    ja não basta o preço da gasolina/gasóleo estar um absurdo…

  14. MAFF says:

    Querem aumentar as portagens…ok..só tenho uma pergunta simples e justificada em relação a isso, por que carga de água é que vão aumentar as portagens?
    Melhoraram a via? Não me parece.
    Aumentaram a visibilidade com luzes de presença? Acho que não, a A13 pelo menos continua com o mesmo troço sem iluminação, com imposição de 100km/h em algumas secções desconheço porque, que me lembro de à 1 ano atrás.
    Têm mais pessoal a trabalhar nas portagens em si? Não me parece visto que têm ficado automatizadas com via verde.

    O que sei é que em 2010 pagava salvo erro 4.80€ a fazer Santarém-Leiria e agora já são 5.30€ e eu não vi nada a melhorar que me lembre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.